História Perdas irreparáveis - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Forçachape, Perdas Irreparáveis
Exibições 113
Palavras 200
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabs, Drama (Tragédia), Droubble

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá, pessoal!

Talvez muita gente não saiba, mas gosto de futebol (embora eu não saiba jogar nada). A tragédia que aconteceu noite passada com a queda do avião da equipe da Chapecoense, que iria disputar a primeira partida da final da Copa Sulamericana amanhã, me comoveu, porque naquele avião que caiu na Colômbia não estavam apenas jogadores, comissão técnica, jornalistas e tripulação. Estavam pais de família, pessoas jovens e experientes, com vários sonhos e planos, que foram interrompidos da pior forma possível.

Claro que, apesar das homenagens aos que foram, e aos que sobreviveram, eu quis prestar uma homenagem também aos que ficaram. Familiares, amigos e colegas de elenco também sofrem com tais perdas, assim como o futebol e seus fãs, não importam a camisa para a qual torcem.

#ForçaChape

Capítulo 1 - Único


Saiu do departamento médico do clube onde jogava após mais uma sessão de tratamento da lesão que o impedira de viajar com seus companheiros para jogar fora do país. Abatido, caminhou até o local aonde fazia dias que não ia desde que se machucara.

Seguiu até o campo de treino, a grama bem cortada, as marcações feitas a cal. Chegou ao círculo central e, com o uniforme de treino, olhou ao seu redor, tudo mergulhado em um triste e doloroso silêncio. Em sua mente, as notícias que viu na TV, no seu smartphone, e nas redes sociais nas quais tinha conta.

Não conseguia acreditar que ocorrera aquela tragédia, onde quase todos morreram. Queria que fosse apenas um pesadelo, mas não era.

Ajoelhou-se na marca da cal, bem ao meio do círculo central. Tudo estava vazio. Olhou para um lado do campo, para o outro. As traves. O banco de reservas. Não havia ninguém. Absolutamente ninguém. Nenhum de seus companheiros de time estava lá.

Nunca mais estariam lá. As primeiras lágrimas que surgiam de seus olhos expressavam a dor que sentia.

Eles eram mais do que colegas de trabalho. Eram seus amigos, os quais nunca mais veria.

Eles nunca mais voltariam.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...