História Perdida na própria vida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 3
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie, boa leitura❣️💙

Capítulo 2 - Parque de diversões


Nossa, como o dia está lindo hoje e uau já são 11:00 horas, tenho que me arrumar pra sair, puxa hoje o dia promete, com que roupa eu vou meu Deus não tenho nenhuma roupa linda, mas acho que vou com esse vestido preto e o tênis branco, nossa como eu sei ser diva, agora vou lá embaixo tomar o café da manhã, chego na cozinha e me deparo com meu pai e minha mãe com uma cara de mal humor mesmo assim não vou deixar eles estragarem meu dia
-Aline: bom dia a vocês também
-Ricardo: bom dia
-Matilde: bom dia, porque você está arrumada desse jeito se você vai ficar em casa?!
-Aline: não, hoje eu vou sair com a vizinha nova para apresentar o bairro
-Matilde: e com permissão de quem?
-Aline: então quer dizer que agora você quer dar uma de mãe, pra mandar em mim você vira mãe né!!, vou comer e já vou embora daqui porque a senhora é muito inconveniente
-Matilde: Aline, só vou falar uma vez você não vai e pronto, ouviu?!!
-Ricardo: deixa a menina Matilde, você também sabe ser chata
-Matilde: e você para de tirar minha autoridade, já que  você não quer ficar com ela, ela vai morar comigo e quem vai mandar nela sou eu, vocês dois fiquem quietos agora, não tem nem sossego na hora do almoço, caramba
-Aline: tá, não tá mais aqui quem falou
-Ricardo: Aline você pode sair sim, tem dinheiro?
-Aline: não, o senhor pode me dar?
-Ricardo: ok, mas só dessa vez- meu pai me deu 70,00 reais-
-Matilde: me dá o dinheiro, se você for me desobedecer e sair você até vai ir mas vai sem dinheiro
-Aline: ele deu pra mim mãe, chega de ser chata por hoje né, vou indo já, tchau- quando eu ia saindo minha mãe pegou o dinheiro e ela e meu pai começaram a discutir de novo, eu pude ouvir minha mãe falando que ia ficar com minha guarda, eu preferia meu pai mas já que ele ia ficar com a Ana eu não ia aguentar acordar e ver a cara daquela puta, ela tem minha idade, mas eu tenho medo da minha mãe ela é tão sem paciência, qualquer coisinha já da chilique, mas no momento oque importa e sair com a Andressa-
   Enquanto eu caminhava pra ir a praça com a Andressa estava pensando, com quem será que eu vou ficar, hoje é 19 de novembro e eu vou embora para Harvard em 30 de Dezembro até lá tenho que arranjar um lugar para ficar, fico em qualquer lugar menos com minha mãe já estou cansada dela ficar brigando comigo por qualquer coisinha, eu quero ter uma vida normal só isso será que é pedir demais, enquanto eu pensava nem percebi que a Andreesa estava vindo na minha direção.
-Andressa: oiee Aline- a Andressa disse bem empolgada-
-Aline: ah, oi- eu disse e depois suspirei-
-Andressa: tudo bem??
-Aline: sim, aonde nós vamos
-Andressa: vamos no parque de diversões??
-Aline: é que eu não trouxe dinheiro, mas se você quiser ir...
-Andressa : isso não é problema eu pago pra você
-Aline: não precisa eu.....
-Andressa: deixa, não tem problema, agora vamos- Andressa me puxou pelo braço e me levou a montanha russa com ela-
-Aline: Andressa eu tenho medo de altura, não quero ir pode ir você
-Andressa: ah não vem comigo- ela insistiu tanto que eu acabei indo-.
  Nós ficamos bastante tempo no parque, nós fomos na montanha russa varias vezes, fomos no samba, fomos naqueles carros e em vários outros brinquedos e por ultimo fomos descansar um pouco no carrossel, eu estava no meu cavalo quando a Andressa saiu do dela e veio falar comigo, quando ela veio pude reparar que ela estava de saia e bem curta
-Andressa: você pode ir no shopping comigo depois Aline??
-Aline: não sei é que....- ela me interrompeu-
-Andressa: por favor, por favor, por favor.....
-Aline: tá kskkskk, melhor você ir sentar no seu cavalo
-Andressa: já já vai acabar, vou sentar aqui com você- peraaa, não acredito, a Andressa sentou no meio da minha perna e ficou olhando pra mim como se nada tivesse acontecido
-Aline: kskskks ok- depois de um tempo o carrossel parou e ela desceu do meu cavalo sensualizando ainda, impressão minha ou ela está dando encima de mim, deve ser coisa da minha cabeça-
-Andressa: vamos agora lá no shopping Line?
-Aline: pode ser Andressa
-Andressa: pode me chamar de Dessa
-Aline: ok dessa ksksks
    Quando chegamos no shopping a Andressa ou melhor a Dessa me disse que ela queria comprar umas roupas e  queria minha ajuda para falar quais roupas ficavam legais nela
-Andressa: eai gostou desse vestido??
-Aline: sim, ficou muito fofo- ela estava com um vestido rosa com um degrade roxo com azul bem lindo-
-Andressa: ok vou levar ele, Line me ajuda a tirar o vestido por favor, puxa o zíper pra mim
-Aline: tudo bem- quando eu estava abrindo o zíper pra ela vi as costas dela inteira e como ela era branca, ela era tão lina-
-Andressa: pronto??
-Aline: ã, sim sim rsrsrs
-Andressa : vou levar só esse outro dia eu volto porque está ficando tarde já, vamos tomar um sorvete?
-Aline: não obrigada, você já pagou muita coisa pra mim
-Andressa: por favor, não tem problema, você é a primeira amiga que eu tenho  desde que eu cheguei aqui
-Aline: tudo bem, mas vamos rápido
-Andressa: tá já volto.
Depois que ela pagou o vestido nós fomos tomar o sorvete, ela pegou um de morango e eu um de chocolate, quando do nada ela me pergunta algo estranho
-Andressa: Line?.....
-Aline: oi??
-Andressa: você gosta de mulher?
-Aline: como assim?- eu realmente estava confusa-
-Andressa: gostar de ficar com mulher, ser bi ou lésbica?
-Aline: eu não sei nunca fiquei com uma mulher- quando eu falei isso a Andressa parou e me deu um beijo e eu correspondi sem pensar-
-Andressa: gostou?- ela deu um sorriso de canto de boca-
-Aline: bom, não sei oque dizer ksksksksk
-Andressa: não tem problema ksksks- quando nós chegamos Andressa foi pra casa e antes de entrar falou uma coisa pra mim- só pra constar eu sou bi, tchau até amanhã
Aline: até....- de novo eu estava sem palavras.
Cheguei em casa lá pelas 19:00 e meus pais estavam na sala assistindo TV, nem falei com eles porque estava super cansada e que dia foi esse meu Deus skskskkk, nunca pensei que isso aconteceria, não que eu não tenha gostado mas foi muito inesperado, só tenho a dizer uma coisa, ela beija muito bem, oque eu vou falar pros meus pais se eles já me acham fora do normal imagina agora com isso, simples, não vou contar, puxa como eu estou cansada aquele parque acabou comigo, vou dormir e torcer para que o amanhã chegue logo, acho que vou chamar a Andressa para tomar milk-shaike no lanchonete aqui perto, não pode ser, será que eu estou gostando dela.
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.

beijos da filha de Larry e sobrinha de Camren 🌈😽


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...