História Perdido• - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Família/ Empresa/ Poder
Exibições 10
Palavras 644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiie voltei ♥

Espero que gostem desse capítulo, e deixem o que você estão achando sobre a história nos comentários

Boa leitura

Capítulo 2 - Vinho tinto


Acordei com uma gota caindo em minha testá, passei a mão no travesseiro e estava totalmente molhado. O pior era que o mesmo garoto de ontem acho que se chamava J-jung Jung Kook estava deitado em cima de mim.

— O que está fazendo aqui ?.— na minha cama.

Ele se levantou, assustado com o meu pânico.

— É... Eu também não sei.— passou a mão nos fios de cabelo.— Eu acho que.— pegou a garrafa de vinho do chão.— Ficamos bêbados.

— O que eu fiz ..Meu Deus !.— não podia ter acontecido nada, eu sou uma pessoa descente não é..? Eu não ficaria com um menino.. seria um desonra para minha família.

— Calma, acho que não aconteceu nada, E-eu não sou ..gay.

— E o que você acha ? Que eu sou, aí já é demais..Vai sai da minha casa.

Então ele saiu.

Não me lembrava mais de nada a partir do momento em que tomei o primeiro copo de vinho. Minha cabeça doía muito, e entre as 14:39 e 3:00 horas eu passei indo de 5 á 5 segundos ao banheiro vomitar.

— Droga ...agora perdi meu emprego por causa, daquele garoto e seu vinho.

Eu deveria estar ás 8 horas na cafeteria, e acordei 12:00.

Não adiantaria eu ir para lá agora, então resolvi ter a cara de pau e aparecer por lá amanhã.

(...)

3:15

— Aí como tá indo a ressaca ?.— era ele de novo na minha porta.

— O que está fazendo aqui de novo ?.— ele entrou e fechou a porta.— Não trouxe outra garrafa de vinho, para me embebedar ?.

— Desculpa tá ! Não costumo beber, mais ontem meus pais estavam discutindo e eu fico mal com isso.

— Não foram eles que mandaram você passar aqui né ?.— perguntei.

— É ...não foi, eu costumava ficar aqui para pensar e eu não sabia que já tinham alugado aqui...e então eu vi você.

— E resolveu me embebedar, e fazer eu perder meu emprego ?.

— Para vai ...assim vou me sentir culpado.— respondeu ele.

—Ta você não é tão culpado assim, porque se eu não quisesse afogar a magoa...

Ele me interrompeu.

— Não vim aqui para isso.— ele se sentou na cadeira da pequena mesa bamba.— Eu lembrei de algumas coisa de ontem e vim perguntar se você se lembrou de algo.

— Eu não...— senti uma dor na cabeça e uma lembrança refletiu na minha memória.

• Flashback •

— Mais... não devemos fazer isso...Jung Kook.

( Jimin )

— Ninguém precisa saber.

( Jung Kook )

— Não eu não..

( Jimin )

• Fim Flashback •

— O que foi ?.— Jung Kook perguntou.

— Não ...Eu não posso ter feito isso, com um garoto.

— O que ?.

— Jung Kook, a gente se beijou ?.— perguntei e esperava que minhas bochechas não estivessem rosadas.

— É ...Eu acho que sim.— respondeu ele.

— Mais estávamos bêbedos.

— Ainda bem.— ele riu.— Agora preciso ir, tenho que arrumar um emprego antes que meu pai me jogue pela janela.

(...)

Passei pela farmácia, era minha primeira ressaca e eu prometi a mim mesmo que nunca beberia novamente.

— Me desculpe.— uma garota esbarrou-se em mim.— Eu estava apressada.

— Não tem problema eu sei que foi sem querer.

— Eii moço.— alguém gritou do outro lado da rua.

Jung Kook.. ele estava me perseguindo !!

— Você está me seguindo ?.— perguntei.

— Ei amor vejo que já conheceu o meu amigo.— disse ele.

— Prazer, me chamo Haru.— estendeu a mão.

— Prazer.— respondi.— Agora tenho que ir.

(...)

Sentei na cama e tomei o comprimido e por um instante Jung Kook veio na minha memória.

Ele tinha namorada e...e .. Porque eu estou sentindo isso, uma sensação boa e !!! Nãooo, Nunca isso, Nunca.

Então ele invadiu o meu quarto de novo.

— Preciso da sua ajuda, Jimin.— disse ele.— Haru está vindo até aqui e eu não posso levar ela agora para casa dos meus pais.

— Então quer que eu empreste minha casa.— Tudo bem vai.

— Mais você tem que jantar com nós dois.

— O que ?.


Notas Finais


°•💛💛💛💛💛💙
Eai ? Desculpe os erros e tals..!! 💚💚💚💜♥

Mais não desiste ( Jimin )

Desculpa tive que fazer isso !! 👆👆👆👆👆👆👆👆👆👆↑


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...