História PERDIDO NO TEMPO - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Sehun
Tags Ação, Drama, Kaisoo, Romance
Exibições 111
Palavras 876
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Saga, Slash
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fanfic dedicada ao meu casal favorito Kaisoo.

Capítulo 1 - CAPÍTULO 1


Fanfic / Fanfiction PERDIDO NO TEMPO - Capítulo 1 - CAPÍTULO 1

Eu sabia que deveria ter voltado pra cama assim que sai de casa. Devia ter ficado dormindo o dia inteiro. Eu tinha acababo de chegar na calçada e um carro literalmente me ensopou inteiro.

Eu devia ter voltado.

Ao invés disso, eu respirei fundo e insultei o motorista por pelo menos dois minutos com todos os palavrões que eu conheço, e ignorei os pedestres que me olhavam assustados.

Cheguei atrasado no serviço e ainda tive que escutar o meu chefe me dando a maior bronca como se o salário que eu recebia me pagasse pra ouvir tamanhas barbaridades.

Eu mal conseguia pagar as minhas contas em dia. Eu tinha entrado naquela empresa assim que acabei a faculdade e nunca mais tive coragem de sair dali, a comodidade era comum na minha vida, talvez fosse por isso que nada de bom acontecia, eu nunca dava chance pra nada.

Meu chefe me pediu pra ficar vinte minutos a mais naquele dia pra compensar meu atraso, eu já estava fulo da vida. Era aniversário do meu melhor amigo Chanyeol e eu nem tinha comprado o seu presente ainda. Teria que parar em uma loja no meio do caminho depois do serviço e torcer pra encontrar algo que ele realmente goste e não pense que foi comprado de última hora.
Tentei dissolver a pilha de papéis acumulada em minha mesa o mais rápido possível, talvez se eu terminasse logo o meu serviço meu chefe me liberaria mais cedo e eu conseguiria fazer o que eu precisava e chegar adiantado na festa de aniversário.

Por algum motivo incomum meu chefe se surpreendeu com a rapidez que terminei meu serviço e me liberou mais cedo para ir embora.

Corri desesperado procurando lojas em que eu encontrasse alguma coisa legal pra dar de presente. Chanyeol era estranho, ele gostava de velharias e coisas que não eram comuns, acho que era por isso que éramos tão amigos, nós dois gostamos de coisas diferentes. As vezes passamos dias sem nos ver porque estamos ocupados em nossos mundos estranhos mas quando nos encontramos nada muda.

Vi pelo vidro uma loja com milhões de objetos estranhos e antigos, pareciam relíquias, coisas que provavelmente as pessoas passam e não olham, coisas que talvez tivessem sido jogadas fora.
Entrei e comecei a olhar ao redor pra ver se via algo que eu batesse os olhos e achasse a cara de Chanyeol. Ouvi uma voz baixa vindo de longe.

- Posso ajudar senhor?

Virei pra trás e vi uma senhora baixinha e encolhida atrás da estante me olhando através de seus olhos redondos.

- Ah, estou só olhando, procuro um presente diferente pra um amigo.

- Amigo? - ela disse curiosa.

Olhei pra ela mais uma vez. O que ela queria dizer?

- Sim, um amigo.

A senhora começou a se aproximar e sem perceber dei um passo pra trás meio assustado.

- As pessoas não entram nessa loja pra procurar presentes para amigos meu jovem, tem certeza que está no lugar certo? - ela me deu mais uma olhada  - Não estaria procurando um presente para o seu amado?

Eu quase engasguei. Não me entendam mal, Chanyeol é incrível, é o tipo de pessoa ideal mas eu nunca vi ele dessa forma. Eu nunca me senti assim por ninguém, a não ser é claro pelo desgraçado do meu ex namorado que acabou com qualquer esperança de que um dia eu encontraria alguém que me amasse de novo. Oh Sehun. Ele tinha me traído, me largado e destruído qualquer fonte de sentimento que eu tinha em mim. Chanyeol foi meu porto seguro nesses dias difíceis, nada mais do que isso.

- Oh não, é só um amigo.

Me virei mais uma vez para as estantes procurando objetos que eram o estilo de Chan.

- Você não acredita no amor meu jovem?

Me virei de novo.

- Não acredito que as pessoas podem amar o suficiente hoje em dia, só isso. - respondi tentando acabar com o assunto.

A senhora ficou alguns segundos me olhando pensativa e sorriu de repente.

- Tenho o presente ideal pra você.

- O que? - agora eu estava curioso.

- Ali atrás na terceira estante e na terceira fileira tem um triângulo colorido, quando você o encontrar, aperte embaixo dele, acredito que é isso o que você procura.

Ela virou de costas e caminhou pra dentro de uma porta dentro da loja como se eu não existisse mais ali. 

Me virei curioso e fui imediatamente pra onde ela havia indicado. Cheguei na terceira fileira da loja e estranhei pois não havia nada ali, olhei em volta e quando bati os olhos de novo na estante um objeto em forma de triângulo apareceu ali como que por mágica. Eu estava ficando louco ou estava cansado?

Caminhei diretamente pro objeto e parecia que um imã estava me puxando para toca-lo. Peguei o objeto na mão e virei ele de ponta cabeça, tirando o botão que havia ali, nada de anormal parecia chamar a atenção, não era algo que Chanyeol gostaria.

Pensei em colocar ele de volta na estante mas a curiosidade foi maior. Apertei o botão e imediatamento a loja ficou escura e uma luz forte apareceu do objeto. Eu não fazia ideia do que tinha acontecido.
 
 


Notas Finais


Quero agradecer sempre ao grupo FBI KAISOO que me faz amar a cada dia mais o meu otp favorito.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...