História Perdidos no Labirinto


Escrita por: ~


Sinopse:
"Onde estou...? Que escuridão é essa? Como cheguei aqui...?"
Esses são os primeiros pensamentos de todos os recém chegados. Não há exceção. Pois o Labirinto não considera ninguém especial. O Labirinto é traiçoeiro, e sabe o que devemos fazer para sobreviver nele? Sermos mais traiçoeiros ainda.
A guerra sem fim que assola a todos os habitantes do Labirinto, você conseguirá escapar?

"-Onde estou? Que lugar é esse? -perguntei para o garoto de cabelos vermelhos.

-Você está no Labirinto, um lugar onde as pessoas jovens que se suicidaram ou morreram de forma dolorosa vem para ter uma “segunda chance” de voltar há vida. –ele respondeu sem emoção e entediado, como se aquela não fosse a primeira vez que lhe perguntam sobre isso."
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 907
Favoritos 46
Comentários 70
Listas de Leitura 1
Palavras 15.887
Terminada Não
Categorias Amor Doce
Tags Amandre, Daphniel, Kristiel, Labirinto, Marymin, Mistério, Olike, Romance, Suspense

Fanfic / Fanfiction Perdidos no Labirinto
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
18
231
215
 
2.
A Arqueira de Gelo
9
177
2.192
 
3.
A Saída do Labirinto
10
106
2.120
 
4.
Os Integrantes do Clã Vertybs
7
92
2.453
 
5.
O Primeiro Treinamento
9
85
1.926
 
6.
Os Magos do Clã Wiffs
7
97
2.674
 
7.
O Desmaio
10
104
2.321
 
8.
Decline-o de Complicações
0
15
1.986

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~ElectraMustaine
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: ~ElectraMustaine
Usuário
Oie Mirelle! Segui a sua recomendação no meu livro de visitas, e aqui estou eu <3

Então, se tiver algum erro, ou esquecimento, e se puder, me avisa. Sim?
Estou ansiosa. Ah! E sua ideia para a fic foi bem criativa. ^^

Espero que goste da Liv tanto quanto eu gosto ♥
Link → https://spiritfanfics.com/perfil/kyllin/jornal/perdidos-no-labirinto--ficha-6598242

Até <33
Postado por ~Muun
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: ~Muun
Usuário
Oii! Você deixou a mensagem no meu livro e eu vim :3
Gostei da ideia da fic, adorarei me surpreender!

Espero que goste da minha Amandinha >.<
https://spiritfanfics.com/perfil/amandoim/jornal/amanda-king--perdidos-no-labirinto-6596348
Beijão <3
Postado por ~layySwan
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: ~layySwan
Usuário
Nome: Celeste Davis

Idade: 18 anos

Personalidade: Celeste tem um jeito peculiar de lhe dar com as coisas ao seu redor, a arrogância e o sarcasmo sempre a acompanha, devido sua adolescência conturbada, vive em uma guerra dentro de si, afasta todos que possa nutrir algum tipo de sentimento. Porém quando se apega, o único desejo que tem é proteger a pessoa a todo custo. A palavra "perda" a assusta, o medo de que as pessoas a abandone a deixa apavorada. Então, para ela é bem mais fácil seguir o papel de vilã, mesmo que saiba que seu verdadeiro eu, contem uma dose de heroísmo e esperança, na qual só deixara de existir em seu ultimo suspiro.

Historia: Celeste teve uma infância "normal" como todas as outras crianças. Porém ao completar seus doze anos, começou a perceber como o mundo realmente era, a injustiça, as rivalidades, o mundo nunca foi justo. E ela sabia disso. E como toda pessoa só se dar conta de como isso pode mudar sua vida, quando acontece com a mesma, Celeste viu a sua vida se transformar em um verdadeiro caos. Seu pai foi morto a pauladas em frente a toda cidade em que morava, pelo simples motivo de ser pobre. É claro que nada justifica um roubo, mas ele precisa daquilo. Como ele iria saber que se roubasse um velho e mofado pão, para alimentar seus filhos e esposa, levaria a sua morte. Depois disso, Celeste teve que arcar com as despesas de sua casa, com a doença terminal de sua mãe, ela fez de tudo para conseguir um mínimo de remédio que fosse. Trabalhar e ser humilhada por isso. Já obteve varias propostas de homens mais velhos, mas mesmo que morresse de fome, nunca que iriam tirar dela sua dignidade e por isso recusava todas. E como se já não bastasse a pobreza, ela presenciou mais uma vez um ente querido ser morto injustamente. O mesmo cara no qual ordenou o assassinato de seu pai, matou sua mãe com dois tiros na cabeça, mesmo sabendo de sua doença e que já estava na beira da morte. Celeste tentou fugir com seu irmão mais novo de apenas cinco anos na época, mas para a sua tristeza, o pequeno Jeremy sumiu, e nunca mais o viu, não sabe se está vivo, morto ou se foi adotado por alguma família rica. Decidindo assim, ir embora de sua cidade, sozinha no mundo, deixando para trás um amor de infância, ela não poderia meter ele nessa historia, simplesmente não podia. E até então, seis anos se passaram, após tanto trabalho duro, ela consegue se sustentar, mas ela nunca esqueceu do ocorrido, nunca deixou de derramar lagrimas pelo oque aconteceu. E em sua mente só há lugar para três coisas: esperança, vingança ou morte. Basta saber qual caminho seguir.


Aparência: Tem longos cabelos negros, olhos extremamente azuis, dona de um corpo escultural, pele clara. (Megan Fox) https://images2.alphacoders.com/916/91652.jpg http://all4desktop.com/data_images/1920%20x%201080/4187548-megan-fox-in-jennifers-body-poster.jpg


Par: Lysandre ou Nathaniel... sla


Como ela é na convivência com o paquera: Celeste tem uma certa dificuldade em confiar, ou talvez seja medo de que a abandone. Seu único amigo, na qual sentia algo especial foi um garoto de sua infância do qual nem se despediu, por isso a insegurança. Quando se apaixona se torna frágil, ele se torna o seu mundo particular, carinhosa e amorosa com quem gosta, e sempre procura o deixar feliz, para não desgastar a relação.

Como ela é na convivência dos amigos: Amigos... é uma palavra na qual valoriza muito, mas nem sempre consegue fazer com que os outros vejam o seu melhor, se abrir para alguém requer tempo, confiança, e paciência. Porém quando já tem uma certa intimidade, mesmo com o tanto de coisas que já passou na vida, é ela quem joga tudo pro alto e exala energia positiva, tornando-se assim a amiga, doce, extrovertida e conselheira.

Tem alguma habilidade com armas?

Para sobreviver ela teve que aprender diversas coisas, usar arma foi uma delas, para conseguir lidar com o lado ruim das coisas, as segundas intenções, pessoas mal intencionadas, aqueles que desejam o mal. Ela costuma dizer que "meu pai me ensinou a lutar antes mesmo de me ensinar a falar".
Possui facilidade em muitas coisas, aprendeu a se defender sozinha já que não havia ninguém que a ajudasse. Lutar é um dom.

Algo mais?
Carrega com si, um arco-flecha (opcional)
Postado por ~HADUUUUKEN
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: ~HADUUUUKEN
Usuário
Nome: Ikki Slank

Idade: 18

Personalidade: Ikki é uma pessoa que por fora e com pessoas que não conhece é fria, quieta e as vezes sem educação, porém quando ela percebe que essa pessoa é realmente seu amigo se torna totalmente leal e confiável. Ikki sempre foi alegre quando criança, porém quando um terrível acontecimento veio a ocorrer, as pessoas que diziam ser seus amigos a deixaram, oque ajudou a fazer ela ficar cada vez mais fechada.

História: Ikki quando pequena sempre foi uma daquelas crianças alegres que estão sempre com um grupo de amigos sorrindo, vivia saindo para passear na floresta e pegar sementes. Até que em um dia qualquer, seus amigos estavam brincando, mas Ikki estava com um mal pressentimento e achava que era melhor ficar em casa, sua mãe estava agindo estranho e como seu pai já havia morrido, Ikki não queria deixar sua mãe sozinha. Quando Ikki falou que não iria sair de casa, sua mãe a encarou um pouco e disse "Ikki... hoje é um dia lindo não? Acho que você deveria sair para brincar com seus amigos", essas foram as últimas palavras que Ikki ouviu de sua mãe, logo depois ela saiu. Ikki chegou em casa mais cedo do que de costume e tentou não fazer barulho pois viu que havia alguém mais em casa, entrando na sala viu um homem e sua mãe brigando, o homem estava quase tirando uma arma da calça, quando que por impulso pisou em seu pé, assustado largou a arma, Ikki pegou-a, mas como estava muito assustada apertou a arma forte de mais, e acabou disparando em sua mãe, o resultado disso não foi nada bom, sua mãe acabou falecendo e o homem nunca foi encontrado. Ikki tentou contar isso para seus amigos, mas sempre que contava eles se distanciavam, contou inclusive para Viktor, mas a mãe dele o fes se distanciar

Aparência: Uma menina de cabelos loiros com pontas azuis, olhos igualmente azuis e corpo não muito reto
https://pandainvertido.files.wordpress.com/2013/05/269365_344988082290189_91535574_n_large.jpg

Par: Viktor

Convivência com o paquera: Ikki sempre é doce e sempre tenta agrada-lo, esse ato pode até chegar a se tornar chato. Ikki aparentemente o trata diferente das outras pessoas, até chegando a brincar com ele, mas pelo oque ocorreu com sua mãe, ela tem medo de entrar em um relacionamento e machuca-lo.

Convivência com amigos: Ikki é normalmente quieta com seus amigos, mas tenta ser gentil e alegre apesar de que na mente dela sempre está passando essa frase "você matou sua mãe"

Habilidade com armas: Ikki nunca gostou de armas, principalmente depois do que aconteceu, mas sua mãe a deu um canivete e ela sabe manusea-lo muito bem

Extra: Não tem uma estatura muito alta

Estou rezando para os unicórnios aq altora-chan
Postado por ~Virtue
Capítulo 1 - Prólogo
Usuário: ~Virtue
Usuário