História Perfect - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Exibições 121
Palavras 2.657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é uma foto de 2012 ☺️☺️☺️ Descreve bem a parte que Selena senta no colo do Justin — sem nenhuma conotação sexual, ok pessoal? — Boa leitura, e salvem a foto, pois eu demorei pra achar.

Capítulo 17 - Você disse que me amava ainda hoje.


Fanfic / Fanfiction Perfect - Capítulo 17 - Você disse que me amava ainda hoje.

Selena Gomez 

Um mês depois. — 10:30 P.M. 

 

Eu estava em meu quarto me preparando para a festa que o amigo de Zayn iria fazer, somente eu e Zayn, sem Justin, sem nenhuma outra pessoa. Na cabeça dele, rolaria alguma coisa, mas eu realmente amo Justin. Baguncei um pouco meu cabelo e ajeitei meu vestido, sai do quarto e Zayn estava encostado na porta.

 

— Você não se vestia tão bem quando saíamos antigamente. Isso tudo é porquê você namora o jogador de basquete? 

 

— Eu apenas mudei, todos mudam. — ele revirou os olhos e eu passei por ele na porta, indo até a sala. — Voltaremos mais tarde, ou amanhã de manhã. — minha mãe concordou com a cabeça e eu suspirei aliviada, imaginando que ela poderia não deixar. Pedimos um táxi por aplicativo e ele chegou em menos de dois minutos. — Obrigada. — Zayn abriu a porta e deixou com que eu passasse na frente. 

 

— Você está pronta para conhecer pessoas nunca antes vistas? Lá nós iremos fumar. — ele sussurrou em meu ouvido, impedindo que o motorista escutasse algo. — Se eu continuar sussurrando, vai ser uma espécie de asmr.

 

— Talvez. — rapidamente, o motorista estaciona em frente de uma casa branca e gigantesca, com um som muito alto, pagamos o motorista e rapidamente nos dirigimos para dentro da casa.  

 

— Tudo bem, apenas me siga, você terá novos amigos, amor. — ele entrelaçou seus dedos no meu, caminhando até o quintal, onde todas as pessoas estavam, por diversas partes, tanto na piscina, quanto fora, no gramado, ele subiu em cima de uma mesa e eu fiquei ao seu lado, porém não subi na mesa. — E aí pessoal. Eu não sou o dono da festa, mas vocês deveriam me conhecer, eu me tornei um dos caras mais popular daquele colégio em um mês. Então, conheçam minha namorada, Selena Gomez. — ele me pegou, me fazendo ficar ao lado dele na mesa. — Falem com ela e votem nela para rainha do baile! 

 

— Mas ela não é namorada do Bieber? — uma garota qualquer gritou, fazendo Zayn revirar os olhos. 

 

— Tanto faz. — a música voltou a tocar, e ele desceu da mesa, me pegando pela cintura e me colocando no chão, eu o segui até uma mesa cheia de bebidas e peguei um copo que ele me ofereceu. — Beba, apenas beba. Você quer fumar também? É legal, você não vai se viciar em uma tragada só. 

 

— Eu não sei. 

 

— Vamos, é só uma vez, se você não quiser mais, não irei te obrigar. Qual é, a vida é uma só, e se você se importar em apenas ser certinha todas as vezes de sua vida, não vai aproveitar nada. — ele levou o cigarro até minha boca e eu traguei, soltando toda a fumaça pela boca, eu gostei, então fiz isso mais algumas vezes e larguei. — Bom trabalho, little heart.

 

— Isso é bom, o que é? — me referi a bebida vermelha que estava em meu copo e ele deu risada. — Qual é a graça, Zayn? 

 

— Eu sei lá, você gostou de fumar e agora está bebendo bebida alcoólica? Viu, eu mudo a vida das pessoas. — revirei os olhos e dei risada, ele é bastante convencido. — Ponche com frutas vermelhas, babe. Aceita wisky? 

 

— Aceito, obrigada.

 

— Vamos dançar, coração. — ele me arrastou até o centro, onde todos estavam dançando, dancei no ritmo da música eletrônica e após alguns minutos senti tudo girar, completamente zonza e desnorteada, peguei mais um copo de bebida, me deixando cada vez mais louca, mas eu me sentia bem, eu queria aquilo. Olhei no relógio, com uma certa dificuldade, e enxerguei 11:00, caminhei para fora da casa, reconhecendo o local, a casa de Justin é em três quarteirões, eu tropeçava a cada passo que eu dava, mas me mantive em pé, após tirar meu salto alto. Cheguei em sua porta e toquei seguidas vezes em sua campainha, até ele sair. 

 

— Selena? 

 

— Seus pais estão aí? — ele balançou a cabeça, negando, entrei em sua casa e joguei-me em seu sofá, fazendo-o me encarar com certa dúvida. 

 

— Selena, são duas horas da manhã, o que você faz aqui? — coloquei minha mão na testa, eu cheguei um pouco tarde, talvez, ele se aproximou e sentiu meu cheiro. — Você está bêbada? 

 

— Eu não sei. 

 

— Selena. onde você estava? — ele agachou-se, tentando ficar aproximadamente da minha altura, me encarando. — Você fumou? 

 

— Não, por que você acha isso? 

 

— Eu estou sentindo cheiro de bebida junto com cheiro de cigarro. — fitei a parede, tentando não manter contato visual com ele, mas foi em vão, ele segurou em meu rosto, forçando a olhá-lo. — Vá tomar um banho, hoje você dorme aqui. 

 

— Tudo bem. — levantei-me cambaleando um pouco e subi as escadas com dificuldade, já que eu quase não enxergava os degraus, entrei em seu quarto e caminhei direto para seu banheiro, tomando banho. Ao sair, procurei em qualquer gaveta alguma coisa minha, vestindo um conjunto de moletom e minha pantufa, que não é infantil. Sentei-me em sua cama e fechei os olhos, tentando pensar em alguma coisa, ou apenas voltar ao normal, levantei-me depois de um tempo e voltei para a sala, sentando na poltrona ao lado de Justin. 

 

— Pode começar. 

 

— Zayn me convidou para uma festa de um de seus amigos do colégio, e eu aceitei, ao chegarmos ele me ofereceu uma bebida muito fraca, mas logo depois ele me ofereceu uma bebida muito mais forte e também me ofereceu um cigarro, eu só usei apenas uma vez, mas parece que foi bastante. 

 

— Eu não acredito que ele fez isso, por que você não me disse que ia nessa festa? — ele quase gritou, Justin definitivamente odeia Zayn, e agora muito mais. 

 

— Eu não sabia, tá legal? Se você quiser, eu nunca mais falarei com Zayn, mas eu já fiz, eu gostei e eu aceitei. A culpa não foi dele, foi definitivamente minha. Eu quis isso. — eu desabei em lágrimas, eu nunca havia feito algo parecido, se a minha mãe descobrisse algo do tipo, eu estaria completamente ferrada.

 

— Meu amor, vem aqui. — ele apontou para seu colo, caminhei até sua pequena poltrona e sentei-me de lado, deixando minhas pernas para fora. — Está tudo bem, mas por favor, nunca mais faça isso. — ele acariciou meu rosto de ponta a ponta, me fazendo fechar os olhos, então ele selou nossos lábios e permanecemos assim por muito tempo, ele carregou-me até seu quarto e me colocou deitada em sua cama, e logo depois deitou-se ao meu lado. — Boa noite, meu amor. — ele agarrou minha cintura, me aproximando mais do seu corpo. 

 

Selena Gomez 

Dia seguinte. — 09:00 A.M.

 

Ashley acabara de me dizer que havia uma briga no refeitório, e não vejo Justin e nem Zayn por aí, presumo logo que os dois estejam em uma briga e corro até o refeitório, minhas intuições estavam certas. 

 

— O que está acontecendo aqui? — grito, chamando a atenção dos dois garotos para mim, porém, após alguns segundos eles começaram a discutir novamente. — Garotos! 

 

— Eu espero que você nunca mais dê alguma coisa para Selena, você sabe como ela ficou ontem à noite? Presumo que não, já que ela chegou sozinha em minha casa. — Justin alterou um pouco de sua voz, mas Zayn continuou sério, talvez zombando da situação. — Você sabe que isso faz mal e eu juro que se alguma coisa acontecer futuramente com Selena por sua culpa, eu quebro a sua cara. 

 

— Uh, que medo. Justin, você deveria saber que eu nunca faria mal à Selena, eu a amo. E se você quer saber, eu cuidei dela à noite inteira, melhor que você. Ah é, você não estava lá. 

 

— Eu não vou repetir, eu quero você longe da minha namorada, e não importa se você mora ou não na casa dela, tudo que você fez até agora foi mal. — ele pegou em minha mão, me levando para uma sala bem distante do refeitório. — Me desculpe. 

 

— Tudo bem. 

 

— Não está tudo bem, eu não posso te impedir de falar com uma pessoa. Mas é que eu não sinto algo bom vindo dele, Selena. — ele se aproximou e segurou em meu rosto, me dando um selinho. — Eu amo tanto você. 

 

— Eu também amo você. — ele se separa quando escuta o sinal, e olha a sua agenda, completamente decepcionado. — Você não tem aula aqui, não é? 

 

— Não. — dou risada da sua face triste, ele me deu o último beijo e correu para fora, tentando não perder sua próxima aula. 

 

Justin Bieber 

 

— E aí, Bieber, está mais calmo? — Zayn sentou-se ao meu lado, ocupando a dupla que faltava, fitei a minha esquerda, tentando não brigar com ele no meio da sala. — Eu já vou te deixar avisado: eu não vou me separar de Selena, mas você sim. 

 

— Como? 

 

— Eu sei dessa aposta que você fez com Hailey, transar com Selena, fazer um vídeo e depois mandar para a escola inteira, mas Justin, isso não deve nem passar na cabeça da pobre Selena, não é? — engoli seco, ele iria contar absolutamente tudo para Selena. 

 

— Como você descobriu isso? 

 

— Hailey me contou. Qual é, ela é caidinha por mim, mas ainda ama você, e quer ficar com você, mas para isso, você tem que se separar de Selena, e meu caro, se você não fizer isso, Hailey pode machucar Selena, você quer isso? 

 

— Hailey é um passado que eu odeio lembrar, e eu me odeio por ter algum dia entrado nessa furada, mas quer saber? Eu amo a Selena, é isso que importa, eu a amo como nunca amei ninguém e eu não irei me separar dela. 

 

— Ah não? Tudo bem, sua namoradinha adorará saber que ela é apenas uma aposta pra você, — ele pegou seu celular e começou a digitar qualquer coisa, tomei o celular de sua mão e ele me encarou com as sobrancelhas arqueadas. 

 

— Me dê um mês, eu irei terminar com ela quando estivermos viajando. 

 

— Que crueldade, Bieber. Mas tudo bem, eu servirei de consolo para ela. 

 

— E se ela quiser voltar comigo? — ele ficou em silêncio por um tempo, pensando talvez, e voltou a dar risada. — Qual é a graça? 

 

— Está me achando com cara de idiota? Mas se ela quiser voltar com você, tudo bem, ao menos que eu consiga namorar com ela antes, ela pode voltar com você, querido. 

 

— Eu te odeio. 

 

22 de Setembro — 02:00 P.M. 

Miami Beach 

 

Estou suando frio, hoje é a viagem de Selena e fazem exatamente um mês que eu tive minha conversa com Zayn. Hoje será o pior de todos os seus dias, eu, a pessoa que ela ama, a machucará. Eu juro por tudo que eu não quero isso, minha vontade é de apagar toda essa história e recomeçar algo novo e sincero com ela. Se eu contasse para ela, com certeza ela não entenderia, ou talvez entendesse, mas eu não tenho coragem. Eu a amo tanto, que prefiro mentir, do que dizer a verdade e perdê-la.

 

— Está calor aqui, não? — ela deitou-se na sua cadeira de praia e eu assenti. — Você está bem? 

 

— Na verdade, não. — era essa a hora de quebrar seu coração, mesmo eu não querendo, eu tinha que fazer isso, respirei fundo e a encarei bem. — Eu vou ser sincero com você, eu não sei o que estou fazendo com você, eu ainda amo Hailey, sempre irei amá-la. Eu apenas comecei tudo isso com você para tentar esquecê-la, mas eu não consigo. 

 

— O quê? Você está brincando comigo? 

 

— Não. Selena, ouça, eu não quero que você se sinta mal por isso, vários garotos querem ter essa oportunidade que eu tive, então apenas siga em frente. — ela retirou seus óculos de Sol e pude perceber o quão assustada ela estava. — Eu vou embora, tá? Aproveite seu dia. — levantei-me, caminhando em direção ao hotel, quando senti sua mão puxar-me. 

 

Você disse que me amava ainda hoje. — ela chorou, e fez com que meus olhos marejassem, eu queria poder abraçá-la e dizer que tudo isso que eu disse é mentira, mas eu não posso. — O que aconteceu com isso? 

 

— Me desculpa. — soltei-me de seus braços e corri desesperadamente até a rua, buscando qualquer táxi disponível, dei sinal e entrei em um, indo em direção ao aeroporto. Eu estava com apenas a minha carteira, todas as minhas coisas estavam no hotel, mas eu sei que Selena iria me devolver. — Uma passagem urgente para Los Angeles, por favor. — parei em frente ao balcão, onde a senhora me olhou com certa dúvida, mas mesmo assim me deu quando paguei. Pareço estar sendo forte, mas não vejo a hora de chegar em minha casa e desabar totalmente. 

 

Selena Gomez — Miami Beach

 

Quando eu o vi correndo até o táxi soube que aquilo não era nenhuma brincadeira, era real, ele havia me abandonado e eu não sei o que eu fiz de errado. Disse que ainda ama Hailey e eu me senti tão inútil e vazia que eu nem consigo descrever. Vejo Ashley correr em minha direção, com seu semblante preocupado e eu me levanto e a abraço. 

 

— Selena, o que aconteceu? 

 

— Justin disse que ainda ama Hailey e ele foi embora do nada, eu percebi que ele estava estranho hoje, mas Ashley, eu ainda não acredito que ele pôde mentir desse jeito. — a cada palavra que eu falava, o choro elevava e algo negativo invadiu meu ser.

 

— Você quer voltar para Los Angeles? — ela limpou minhas lágrimas e eu assenti. — Vamos voltar para o hotel, você vai tomar um banho e voltaremos para Los Angeles. Vou ligar para ele. 

 

— Não. — quase gritei, em um fio de voz desesperada. — Não liga pra ele, por favor. 

 

— Tudo bem, mas amanhã eu irei conversar com ele.

 

 — As coisas dele estão aqui, mas eu faço questão de levar para ele. — coloquei meu óculos de sol novamente e peguei minhas coisas que estavam na cadeira. 

 

— Vamos? — assenti e ela posicionou sua mão em minhas costas, me conduzindo o caminho inteiro até o hotel. — Eu vou te deixar sozinha, esteja pronta em meia-hora. — ela deu um beijo em minha bochecha e entrou no seu quarto ao lado. Adentrei ao banheiro e liguei o chuveiro, deixei que a água molhasse cada partícula do meu cabelo e do meu corpo, causando certo relaxamento.

 

Justin Bieber

Dia seguinte — High School L.A. 

 

Encostei-me ao lado do meu armário, tendo visão de todas as pessoas que passavam pelo extenso corredor. Hailey surgiu bem atrás de mim e me surpreendeu após segurar em meu rosto e selar nossos lábios, mas eu não rejeitei. Ela parou e então eu abri meus olhos, me deparando com Selena e sua amiga Ashley encarando toda aquela cena. Selena deu as costas, caminhando em sentindo oposto, mas Ashley caminhou depressa até meu corpo e depositou um tapa em minha face, deixando o lugar ardendo. 

 

— Como você pode ser tão idiota, Justin Bieber? Selena é a pessoa que mais ama você e você ainda tem coragem de fazer uma coisa dessa? Caráter é o que te falta. — percebi a presença de meus amigos e de mais pessoas vendo toda essa cena quando eles gritaram, parecendo uma plateia. 

 

— Você é louca. 

 

— Você sabe o quanto suas palavras machucaram a minha amiga? Não, você não deve saber. Eu tive que dopá-la a viagem inteira para não vê-la chorar. Sua face está toda inchada agora de chorar a noite inteira por um babaca igual a você. Mas ela não merece isso, ela vai superar e você vai ver o quanto você foi um idiota de trocar ela por isso. — apontou para Hailey, mostrando total nojo pela garota. — Mas quer saber? Vocês se merecem, dois idiotas juntos. Todo amor para vocês. — em sua última palavra, senti o quanto a garota tinha tomado as dores de sua amiga. 

 

— Que bom que estamos juntos novamente, não? — ela sorriu, como sempre fazia antigamente, não me abalei, eu nunca a amei verdadeiramente, e nunca mais vou tentar fazer isso, meu coração é apenas da Selena. 

 

— Não estamos juntos e você sabe disso. — retirei seus braços ao redor dos meus ombros e dei as costas para ela, ela não é digna de quaisquer atenção. 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Asmr- Vídeos que induzem o sono, as pessoas sussurram ou fazem diversos tipos de barulhos.

Pessoal, como vocês podem perceber, Selena é muito frágil, eu já deixei isso bem claro nos outros capítulos.

Fiquei muito tempo — na minha opinião — sem postar, me desculpem! Agora, eu só quero terminar essa fanfic rápido, porque vou viajar e voltarei após muitooooo tempo, e eu meio que vou esquecer de postar. Então, é isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...