História Perfect Attraction!. (Camren) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Amor, Camren, Desafios, Drama, Ganançia, Homossexualidade, Hot
Exibições 94
Palavras 2.901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Tá aí mais um, gente.. Espero que gostem... Boa leitura
Bjo bjo até as notas finais

Capítulo 8 - Mãe da Lauren?!



CAPÍTULO 08
Lauren estava tão entregue à mim que fazia meu corpo todo se arrepiar com aquela sensação. Lauren contorcia-se na parede da boate em busca de mais do meu corpo, mas eu não deixava a mesma tocar. Na medida que a música ia tocando, eu rebolava contra seu corpo, arrancando suspiros e sussurros de Lauren. Desci minha boca por todo seu corpo ansiando por ter seus seios em minha boca, mas aquele vestido impedia que qualquer outra coisa que não fosse minhas mãos não passasse por ali, Lauren estava tão atordoada apenas peguei em sua mão e falei
-Vamos ao banheiro, agora.
Lauren não reclamou, apenas piscou algumas vezes como se tivesse acabado de sair do transe e quisesse entender o que eu tinha acabado de falar, mas apenas me seguiu de acordo com que eu puxava suas mãos. Entramos no banheiro e demos de cara com uma mulher arrumando os cabelos no espelho, falamos com ela e nos encostamos na parede esperando a mulher que estava dentro da única cabine que tinha ali dentro. Alguns minutos depois a mulher saiu, lavou as mãos e então as duas saíram do banheiro. Puxei Lauren pela mão entrando na cabine, fechei a porta e joguei-a contra a porta do banheiro beijando desesperadamente, Lauren colocou suas mãos por dentro dos meus cabelos enquanto eu descia seu vestido desesperadamente 
-Da próxima vez venha com um vestido mais fácil de tirar- Falei enquanto passava meus lábios por seu pescoço descendo vagarosamente enquanto levava as alças finas do seu vestido. 
-Não vou facilitar pra você, Camila. 
-Não tenho problemas com isso, Jauregui. Gosto de desafios- Falei baixando seu vestido até seus pés, me dando a belíssima imagem de seu corpo apenas de roupa íntima bem ali na minha frente. Levei minhas mãos até seu sutiã e o desabotooei tirando-o e me dando uma vista perfeita de seus seios, não perdi tempo algum, segurei seu seios direito com minha mão enquanto coloquei o esquerdo em minha boca, chupando-o com vontade, hora passava a língua por seu mamilo, hora passava os dentes levemente, Lauren arfava com a cabeça encostada na porta do banheiro. Levantei o olhar, sem parar um único segundo o que estava fazendo, para observar Lauren, em sua testa formava-se pequenas gotas de suor, seu olhos estavam fechados fortemente e sua boca estava estava contraída como quem estava segurando o gemido e eu rir com a cena. Soltei um de seus seios e levei minha mão para sua intimidade, passando meu dedo levemente por cima de sua calcinha fazendo Lauren soltar um gemido surpreso e logo olhei pra cima e a vi com um sorriso tímido no rosto. Tímido? Lauren estava com vergonha ou eu estava ficando louca? 
-Não fique com vergonha, vou te mostrar o que é prazer, Jauregui.-Falei tirando sua calcinha e descendo minha boca até sua intimidade, Lauren estava tensa, talvez por achar que eu não gostaria, mas não dei tempo pra ela envergonhar-se ainda mais, passei minha língua vagarosamente por sua intimidade, enquanto apertava seu clitóris devagar.
-Camz
-Isso, Lolo... geme pra mim, quero ouvir você gemendo igual uma vadia pra mim.- Ao falar isso notei o corpo de Lauren arrepiar e então enfiei dois dedos em sua entrada sem pedir licença alguma, fazendo-a soltar um grito agudo- Tão molhada pra mim, lolo.- Meus dedos estavam mais rápidos e eu desci minha boca para seu clitóris e o chupei com vontade enquanto apertava seu mamilo com a ponta dos dedos. Sentia o corpo de Lauren tremer, ela estava perto de gozar então acelerei ainda mais meus dedos e minha língua, fazendo-a gemer em questão de segundos, lambi tudo, cada parte daquele tesão que escorria por sua intimidade vendo um sorriso safado se formar na boca de Lauren. 
-Agora é minha vez- Falou Lauren empurrando-me para cima do vaso, mas fui rápida, levantei do vaso e a sentei ali. 
-Não, Lauren. Não estou afim agora- Falei com um sorriso maldoso na boca- Vista-se tem gente querendo usar o banheiro, vou lhe esperar aqui fora- Disse abrindo a porta e saindo, dando de cara com uma mulher do lado de fora do banheiro sorrindo descaradamente, muito provavelmente tinha escutado tudo, a vergonha me dominou, o que eu tinha feito? Eu nunca fiz isso em toda minha vida, eu, definitivamente, não posso tomar vodka.  
-Pronto- Falou Lauren ajeitando o vestido enquanto saía da cabine e o sorriso da mulher aumentou ainda mais. 
-Perdeu alguma coisa aqui?- Perguntou Lauren brava
-Não deveria estar brava, acabou de ter um orgasmo, vou ter que te ensinar tudo, Jauregui?- Lauren bufou com raiva e saiu do banheiro.  
-Meio esquentadinha, né?- Falou a mulher 
-Um pouco, mas eu adoro isso. 
-Acredito que sim.- Falou com um sorriso safado medindo-me de cima à baixo
-Tenho que ir. Tiau- Falei simples e saí do banheiro. 
Não achei Lauren em nenhum lugar, encontrei-me com as meninas, todas ocupadas beijando várias, Nick estava no canto conversando com uma menina baixinha, loira, de um sorriso encantador, mas bastante hétero para meu gaydar. Fui até o bar, bebi uma tequila e então fui até Nick e a menina
-Licença, desculpa atrapalhar, mas preciso te perguntar uma coisa, Nick
-Tudo bem, Mila essa é a Ally, Ally, essa é a Mila, uma amiga minha
-Ah, tudo bem, Mila? 
-Tudo ótimo, Ally e com você? 
-Estou bem também.
-Que ótimo, mas Nick, você viu Jauregui por aí? 
-Não, Mila. Vocês discutiram de novo? 
-Ela tá brava porque não deixei que ela me comesse como fiz com ela- Falei rindo, a bebida estava muito forte no meu corpo, não deveria falar aquilo e percebi isso quando vi a cara de tensa e desconfortável de Ally e a cara de diversão da Nick.  
-Adoraria ver Lauren frustrada, deve ser impagável vê-la tão submissa e vulnerável, acho que nunca vou presenciar essa cena.- Falou brincalhona rindo. 
-Tudo bem, irei atrás dela- Falei 
-Não não, você vem aproveitar comigom depois curti sua amiguinha.- Falou a DJ aparecendo ao meu lado.
-Nossa, DJ... Estava me seguindo? 
-Estava, até ver você entrar no banheiro junto com aquela menina que você queria provocar.- Ela riu e eu ri juntamente com ela- Conseguiu o que queria?
-Consegui- Falei com um sorriso vitorioso no rosto.
-Ótimo, porque agora eu vou conseguir o que quero.- Falou a DJ puxando-me para um beijo. Seus lábios eram macios, não tanto quanto os de Lauren, mas eram macios. Diferente do nosso primeiro beijo aqui, esse beijo tinha desejo, muito desejo até, a DJ puxou meus cabelos com vontade e beijou meu pescoço 
-Hey, vão pro banheiro- Falou Nick rindo fazendo com que nós duas nos afastássemos. 
-Tudo bem, licença-Falou a DJ puxando-me pela mão e me levando para o bar. 
-Bar?-Perguntei
-Shh.. Tomás, me dá uma licença aí embaixo? 
-Claro, Vê... À vontade- Falou com um sorriso safado. 
Entramos no bar e vi um pequeno colchão inflável bem embaixo da bancada, não fazia ideia que esse balcão era grande assim. 
-Não é muito grande, mas consigo te fazer gemer loucamente até no chão então... - A DJ me derrubou no colchão inflável de solteiro e não perdeu tempo algum, levantou meu vestido, e passou os dedos sobre minha calcinha. 
-Você é bem rápida.
-Você não faz ideia. Quero te comer, Camila. Você é muito gostosa- Falou afastando minha calcinha e enfiando um dedo sem avisar nada, fazendo-me arquear as costas- Não levanta muito pra não bater a cabeça no balcão- Falou rindo e beijou meu pescoço enquanto seus dedos entravam e saíam de mim rapidamente
-Ain, ain.. DJ, es-espera. 
-O quê? Não tá gostando?- Falou ainda me masturbando.
-Tô, quer dizer, para de mexer os dedos em mim que não consigo falar- Falei segurando sua mão entre minhas pernas.- Só vamos deixar pra depois, ok? Não sei onde tá Lauren e tô preocupada com ela. 
-Você vai perder a chance de foder comigo porque está preocupada com a tal Lauren? 
-Todas nós viemos para ficar juntas aqui, se eu perdê-la de vista, vai ter muita confusão. 
-Ok então, eu entendo, mas me dá o teu número? Eu preciso te comer direito, Camila. - Falou olhando-me safada, fazendo-me rir e dei meu número pra ela que salvou como "gostosa" em seu celular. Levantei com calma para não bater a cabeça no balcão. Ajeitei a calcinha e baixei o vestido, dei a mão para a DJ levantar, e então saí dali pra ir atrás da Lauren
LAUREN ON 
Nossa, quem Camila acha que é pra me deixar da forma que ela deixou? Ela nem me deixou tocá-la, acho que me enganei profundamente com Camila, ela não será uma presa fácil como imaginava, mas eu vou mostrar pra ela que eu posso jogar como ela. Ah, se posso... Fui lá fora pegar um vento, respirar um pouco para poder controlar um pouco a raiva que tava sentindo e logo fui pro bar e dei de cara com Camila levantando do chão no bar? Que merda era aquela? E logo depois a tal DJ que ela tava beijando assim que cheguei levantou também, fui pra trás de um menino que tinha ali para que elas não me vissem. 
-Que sexo rápido, Vê. A menina não presta?
-Não presta? Nossa, ela é tão apertada...- Antes de deixar ela terminar a frase fui para o outro lado do bar e pedi a bebida mais forte que eles tivessem, queria duas delas. O barman me olhou assustado, mas ainda assim me deu. Paguei as bebidas e bebi as duas de uma só vez, aquilo desceu rasgando minha garganta, do meus olhos saíram algumas lágrimas por conta da bebida e fui até o centro da pista e comecei a dançar, rebolei até o chão, senti algumas mãos pelo meu corpo, mas não tirei. Os minutos passaram e eu dançava loucamente, aquela bebida era realmente muito forte, eu já estava bem mais que bêbada. 
-Tá ficando louca, Lauren?- Ouvi uma voz distante e logo senti alguém puxando meus braços e dei de cara com Camila
LAUREN OFF 
Lauren só podia estar muito louca pra estar dançando daquela forma e deixando várias pessoas passarem a mão por seu corpo. Puxei-a pelo braço e a mesma me olhou fracamente, eu conhecia aquele olhar, mas torcia para que ela não... 
-Droga, Lauren, não desmaia aqui, não consigo contigo, ainda mais bêbada.
Pedi ajuda para um menino que estava ali na pista para levá-la até os sofás que Ally e Nick estavam  
-Meninas, saíam aí pra eu colocar Lauren- Falei com as duas que levantaram-se rapidamente. Agradeci ao menino que a levou até lá- Nick, vai pegar uma água com gás e uma água normal pra ela, por favor. 
-Tô indo- Disse Nick correndo até o bar.
-Posso fazer alguma coisa?- Perguntei Ally assustada. 
-Só me ajuda a segurar a cabeça dela, por favor.- Disse e Ally levantou a cabeça dela rapidamente. 
Peguei as águas que Nick trouxe e abri a sem gás, molhei minha mão e coloquei em seu rosto dando batidas leves em seu rosto. 
-Lauren, acorda... Ei- Falei enquanto colocava mais água gelada em seu rosto. Lauren foi abrindo os olhos vagarosamente. 
-Ain, tô um pouco tonta.- Reclamou 
-Quero nem saber o que você bebeu pra ficar bêbada em menos de uma hora.- Ela apenas me olhou feio e revirou os olhos.- Vem cá, toma isso aqui- Falei entregando a garrafa com água com gás.
-Não quero, isso vai me fazer vomitar 
-E é o que você precisa fazer. Precisa colocar essa bebida pra fora. Vem cá comigo, tenta sentar- Falei puxando-a lentamente pelo braço e ela foi levantando. Peguei mais um pouco da água sem gás e passei no seu rosto que agora estava suado.- Nick, vai atrás das meninas, por favor.- Nick assentiu e saiu atrás delas. Fiquei conversando com Lauren pra não deixá-la dormir ainda.  
-Chamou a gente?- As meninas chegaram e quando viram Lauren naquele estado ficaram loucas. 
-O que é isso, Lauren Michelle? Tá louca? Quem te deu tanta bebida assim?- Perguntou Normani ao ver a amiga naquele estado. 
-Eu não sei, Mani. A gente se distanciou por um tempo e logo que a achei ela estava na pista de dança bêbada dançando e deixando todos passarem a mão nela, deve ter bebido algo bem forte pra ficar bêbada tão rápido, mas não se preocupem, vou levá-la pra casa, podem aproveitar aí 
-Não, eu a levo, não faz mal. 
-Deixa comigo, Mani. Aproveite sua noite, eu a levo pra casa, me diz só o endereço certinho pra eu pegar o táxi.
Estávamos no táxi quase chegando na casa de Lauren e eu tentava manter sua cabeça levantada para que ela não vomitasse. 
-Chegamos.- Falou o taxista, paguei o táxi e entrei com Lauren dentro da casa acompanhada de mil seguranças. 
-Hey, eu sou a namorada dela, vocês podem nos dar licença? Eu prciso cuidar dela.- Falei séria e já brava com esse monte de seguranças atrás da gente.  
-Michelle, minha filha. O que aconteceu?- Perguntou uma senhora já de idade vindo até nós duas e falando com Lauren.  
-Desculpe, ela acabou bebendo muito e vim com ela pra casa. 
-Vou pegar alguma coisa doce pra ela comer, benha comigo irei te levar até o quarto dela.- Falou e chamou um dos seguranças para levar Lauren até o quarto e eu fui seguindo-a  
-Pronto, é aqui- Falou abrindo a porta e revelando um quarto enorme, com uma cama gigante e um espelho em cima. Que mundo Lauren Jauregui vive? Olha isso tudo, é tudo muito luxuoso. 
-Vou pegar algo pra vocês comerem, já volto- Falou a senhora saindo do quarto, o segurança a deixou sentada na cama, mas fui até ela e a levantei indo até o banheiro com ela
-Agache-se aqui, Lauren- Falei ajudando-a a ficar de joelhos no chão daquele enorme banheiro e levantei a tampa do vaso, segurei seus cabelos e passei a mão em suas costas- Vomite, você precisa colocar pra fora.
-Não consigo, Camz.- Falou manhosa. 
-Consegue, abre a boca- Falei e Lauren abriu a boca, não esperei muito e coloquei meu dedo em sua garganta, Lauren começou a suspirar mais profundamente e então começou a vomitar. Assim que terminou de vomitar, tirei sua roupa, deixando-a nua e a levei para debaixo do chuveiro. Seu corpo era tão lindo, sua pele tão macia, eu tinha uma vontade louca de me jogar nessa mulher, de mergulhar nessa personalidade, descobrir cada segredinho dela.  
-Você não pode me comer agora, Camz. Estou muito bêbada- Falou com a voz bastante enrolada e então rir muito. 
-Te cala, Lolo. Sua mãe entrar no banheiro e ver eu te dando banho já vai ser estranho o suficiente, ela não precisa ouvir essas coisas também.- Senti o corpo de Lauren encolher-se embaixo do chuveiro- Eu falei algo? 
-Voltei, filhas. Deixei a comida em cima da cama, as roupas de Michelle ficam no closet atrás da cama. Qualquer coisa, me chame, por favor
-Sim senhora, pode deixar comigo. 
-Obrigado por trazê-la em casa.  
-Não precisa agradecer.  
Terminei de banhar Lauren que agora estava calada, bem mais do quê de costume, enrolei-a na toalha e fui levando-a até a cama deitando-a.
-Mila, pode escovar meus cabelos, eu odeio dormir sem que ele esteja escovado. 
-Escovo sim, Lolo. Vou primeiro pegar sua roupa e então escovo ele pra você.- Entrei no closet enorme que tinha ali atrás da porta, tinha roupas bastante formais e roupas bastante espontâneas, abri uma das gavetas e dentro tinha algumas fotos de Lauren com várias pessoas. Mas uma foto me chamou muita atenção, era Lauren com uma mulher bastante parecida com ela, com um sorriso simpático no rosto, mas não foi isso que chamou minha atenção, atrás da foto tinha uma data "23.04.2013".... O que quer que seja isso depois de amanhã faz 03 anos do ocorrido... Ao lado da data tinha um escrito a mão...
 "Não importa se um dia eu não lembrar de você, quero que você nunca esqueça de mim, minha filha. Eu a amo mais que tudo e nada vai tirar isso de mim. Lembre-se desse dia, não importa o que tenha acontecido após a foto...
-Com amor, mamãe."

Então aquela senhora não era a mãe de Lauren? Mas se aquela não era a mãe de Lauren, onde estaria sua mãe? E o quê teria acontecido no dia dessa foto? 
 -Camila? 
-Já estou indo, Lauren.- Coloquei a foto de volta na gaveta e abri mais algumas gavetas para procurar pijamas até que finalmente encontrei um, peguei-o e fui correndo até lá- Nossa, seu closet é enorme quase me perco lá. 
-Você é muito atrapalhada, Camila.- Falou rindo. Peguei o pijama e as roupas íntimas que a senhora havia deixado em cima da cama e então vesti Lauren, ela já estava com bastante sono, ia dormir rapidinho, fiz com que ela comesse as coisas que a senhora havia deixado aqui. Após terminar de comer, me despedi
-Já estou indo, Lauren. Você já está entregue e limpa, já dorme. Preciso voltar pra casa, amanhã tenho faculdade cedo.  
-Não, Camz. Dorme aqui, por favor. 
-An? 
-Não me deixa aqui, por favor. 
-Você tá bêbada só assim pra eu acreditar que tá me pedindo isso. 
-Quer saber, fica não, pode ir. 
-Hey, foi brincadeira. 
-Pode ir, Camila. Sério.- Olhei em seus olhos e seus olhos imploravam para que eu ficasse, para que eu não deixasse ali sozinha. 
-Eu não vou embora, Lolo. Vou dormir aqui com você 
 


Notas Finais


BOM, GENTE, É ISSO... ESPERO QUE TENHAM GOSTADO, CURTAM, COMENTEM, A OPINIÃO DE VOCÊS É ESSENCIAL PARA A CONTINUAÇÃO DAS MINHAS FICS
BJO BJO E ATÉ O PRÓXIMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...