História Perfect Blend - Jackson (Shortfic) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, Originais
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Família, Filhos, Got7, Imagine, Jackson, Negra, Sexo, Você
Visualizações 37
Palavras 1.056
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu ultimamente estou com muita preguicinha de fazer aqueles HOTZÃO, então tá ai né


Sorry

Capítulo 2 - 2


Fanfic / Fanfiction Perfect Blend - Jackson (Shortfic) - Capítulo 2 - 2

Ele deposita uma chupada em meu pescoço com força e sugando, sua boca quente e molhada subindo para o lóbulo de minha orelha onde me arrepia.

Ele vai botão por botão retirando sua camisa, deslizo minhas mãos até seu abdômen não muito definido e aperto ligeiramente por cima de sua peça de roupa, o seu membro.

Jackson adentra as mãos por de baixo de meu baby doll e direciona seus dedos até minha intimidade, colocando de lado o tecido da minha calcinha e estimulando meu clitóris em seguida.

Jackson: Quero que minha baby girl faça silêncio agora,para não acordá-los

Sussurrava de tom muito sexy e estimulante.

Sem aviso prévio, Jackson penetra seu indicador em minha entrada já molhadinha. Ele muda gradativamente de velocidade, fazendo o meu liquido sair cada vez mais.

S/N: J-Jack-kson ah...

Desfaço-me e tento me conter dos gemidos mordiscando meu lábio inferior. Na tentativa de abafar o som, olho para ele com certa luxuria e o maior se mostra com certa feição de vitorioso lambendo seus dedos que antes me penetravam.

Ele se aproxima de mim e me beija.

Pego o controle da televisão que fica perto do criado-mudo, boto em um volume baixo uma música sensual aleatória. Fico por cima de Jackson e sento no colo dele.

S/N: Não precisaremos disso, não é?

Tiro seu cinto e sua calça junto, deixando-o só de boxer. E jogo longe as peças, paro um momento para olhar a elevação de seu membro sob a sua cueca boxer

Jackson: O que pretende fazer comigo senhorita Wang?

S/N: Vou te mostrar minhas habilidades de dança, só que... do meu jeito.

Ele ri nasal com a proposta tirando sarro, pois ele sabe que eu não sei dançar muito bem. Mas a proposta é bem estimulante ao gosto dele.

A música era lenta e de acordo com o ritmo eu rebolava em cima de seu membro, a cada minuto que eu rebolava eu sentia enrijecer mais e mais. Fazendo-me excitar e desejá-lo ainda mais.

Da música lenta foi para uma música um ritmo mais um pouquinho acelerado. Sorrio sapeca e rebolo com intensidade com a ajuda dele segurando minha cintura e simulando uma penetração.

Tiro sua ultima peça de roupa e seu membro salta para fora ao ser exposto. Mordo meu lábio inferior e logo começo a masturbá-lo.

Jackson gemia arrastado e tentava abafar os gemidos roucos. Mas com minha maestria com os movimentos, era quase impossível de ele se conter tanto tempo.

Jackson: Chupa seu Daddy vai Baby Girl...

Seu membro deslizava em minhas mãos de tanto masturbá-lo, brinco com sua cabeçinha usando minha língua, logo chupo toda a extensão do maior.

Ele fodia minha boca mexendo o quadril, e uma hora ou outra me fazendo engasgar. Quando se cansou de mexer tanto, ele me ditava os movimentos de vai e vem com as mãos entrelaçadas sob meus fios de cabelos.

Jackson se desfaz e provo de seu sabor, lambendo toda sua extensão que estava coberta pelo seu gozo.

Recomponho-me de coluna ereta, tiro minhas peças de roupas ficando completamente nua. Ao olhar de novo para Jackson, vejo-o vestir a camisinha em que estava na gaveta do criado-mudo de seu lado da cama.

Jackson P.O.V

Ao me fitar de novo vejo a visão do paraíso ou será que eu estou no céu? S/N ligeiramente suada, sua pele brilhava e seus fios de cabelos ligeiramente bagunçados colados em sua testa e nuca cheia de marcas que eu deixei. Ela me olhava de forma extremamente sexy e sorri quando me vê já com a camisinha vestida.

Reverto nossas posições, ficando por cima dela. Seguro meu membro para encaixar em sua intimidade, dou uma leve apertada em sua coxa e a mesma arfa.

Invisto na estocadas, ouvindo de acordo com o ritmo da música e com a cautela da cama bater contra a parede e fazer um barulho muito alto. Ao acelerar as investidas dentro dela, tampo a boca dela para abafar o som de seus gemidos.

Embora eu deseje muito que ela faça isso gritando por meu nome. Mesmo sendo baixos ou não,é musica para meus ouvidos, isso me excitava e tirava o meu controle.

Apoio a perna de S/N em meu braço, descobrindo posições novas. S/N me fita com curiosidade e tempo depois implorava para ir mais fundo e mais rápido. Nossas respirações estavam descompassadas e estávamos soados, sussurrava coisas sem nexos, coisas pervertidas e xingamentos. Na qual aparentava adorar isso.

S/N: Daddy pare. — Fala com dificuldade

Jackson: Que foi Baby Girl?

S/N: Eu acho que eu ouvi um de nossos filhos…

Jackson: Aish! — Reclamo.

Ela põe o roupão e sai do quarto para ver as crianças, tento recuperar o ar enquanto ela não chega. Desligo a televisão com a música e vou ao banheiro jogar a camisinha fora, volto para nossa cama e deito.

S/N: Parece que está tudo bem, mas devemos para por aqui

Ela senta na cama e fica de costas para mim.

Aproximo-me dela aparecendo por trás tirando delicadamente seu cabelo para o lado e envolvendo meus braços beijando suas costas e pescoço.

Jackson: Ah, por favor, S/N só mais um pouquinho...Fique com seu Daddy.

S/N: Jackson,amanhã, hoje já deu. Alias teremos visita então nada de acordar tarde ou não conseguir levantar por conta do cansaço!

Jackson: Quem reclamará é você amanhã por não poder andar.

S/N: Engraçadinho.

Jackson: Vem tomar banho com seu marido — Beijo sua nuca

Ela vira delicadamente seu rosto e cela nossos lábios.

S/N: Está bem.

Preparo o banho enquanto S/N troca os lençóis e põe na lavanderia e pega roupa limpa.

Jackson: está pronta.

Chamo-a e ela vem para tomar banho comigo.

Ao banho houve mais do que mãos bobas. S/N quicava sob meu membro e finalizamos o nosso banho com um anal por muita insistência minha.

Saímos já banhados dormimos tranquilamente de conchinha. Já com os lençóis limpos e trocados.

X

Sinto a cama se movimentar muito e pigmeus pulando em cima de mim

Daniel & Leah: Appa,Appa! — Em uníssono.

Jackson: Pronto eu já acordei — Falo com uma voz rouca de sono.

Olho para o lado e vejo que S/N já tinha acordado

Daniel: Os tios já estão aqui Appa!

Jackson: Tios?

Tento raciocinar por conta da lerdeza que eu tenho quando estou com sono

Leah: Jaebum oppa, tio Mark, tio Jinyoung, tio Youngjae, tio BamBam e tio Yugyeom!


Notas Finais


Próximo capítulo é o ultimo, espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...