História Perfect For Me - Camren (G!P) - Capítulo 109


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ally Brooke, Ariana Grande, Camren, Camren G!p, Fifth Harmony, Norminah, Vercy
Visualizações 3.007
Palavras 2.579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores...Desculpem pela demora tá...eu não ia postar hoje mas estou vendo que vocês estão muito ansiosos então corri com as coisas,eu já tinha esse escrito mas queria modificar um pouco e fazer alguma coisa mais emocionante sabe,mas acelerei tanto a minha cabeça que se eu pensasse mais um pouco iria sair fumaça kkkk
Mas bom,vamos lá...
Espero que gostem e algum erro desconsiderem ok :)
Boa Leitura...

Capítulo 109 - As voltas que o mundo dá


Fanfic / Fanfiction Perfect For Me - Camren (G!P) - Capítulo 109 - As voltas que o mundo dá

P.O.V Lauren
-Lauren minha filha,por favor se acalme,você está me deixando tonta de tanto andar pra lá e pra cá,sente-se aqui comigo...Vai ver como logo sua amiga chega. _Dona Sinuh diz de um jeito engraçado e só aí me dou conta de que estou quase fazendo um buraco no chão por andar de um lado para o outro...Mas também,eu estava morrendo de nervoso,porque a Vero ainda não chegou,e olha que já faz uma hora depois que ela me ligou,já está tudo pronto para a Camz fazer a transfusão e a Veronica que é bom desapareceu,eu ligo pra ela mas cai direto na caixa postal,já estou ficando preocupada.
-Mas já era pra ela ter chegado dona Sinuh,olha só que horas são. _Falei me sentando ao seu lado. Só estávamos nós duas agora porque seu Alê foi buscar a Sofi em casa,já está a noite e a babá dela precisava ir na formatura da irmã.
-Ainda temos tempo Lauren,não se preocupe...talvez o carro quebrou e sua amiga ficou sem bateria,isso acontece bastante. _Olhei pra ela pensativa como se estivesse buscando algum sentido e bom,talvez fosse isso mesmo.
-Tomara que tenha sido mesmo isso. _Eu disse mais pra mim do que pra ela.
-Vai dar tudo certo filha! _Disse e me abraçou de lado.
...
Poucos minutos depois...
-Eu vou atrás dela dona Sinuh...não dá pra ficar aqui parada só esperando. _Eu disse nervosa após tentar ligar pra Vero mais uma vez e me levantei.
-LAUR... _Ouvi a voz da Vero e quando olhei vi as portas do elevador se fecharem e ela vir correndo igual uma desesperada com...O que a Keana estava fazendo com ela? Será que é ela a doadora? Não,acho que não.
-Onde você estava Veronica,pelo amor de Deus,você quer me matar do coração?
-Desculpa amiga,ma-mas aquela. _Parou um pouco para retomar o ar e depois continuou. -Aquela porcaria do meu carro deu pane bem na hora que eu estava vindo pra cá,aí eu tive que fazer o resto do trajeto correndo já que não encontrei nenhum táxi...E pra completar fiquei sem bateria por isso não deu pra te avisar e se eu parasse para usar o telefone público não chegaria aqui nunca...A Keana já tinha chegado mas ficou apreensiva de entrar sem mim. _Falou e eu e Keana nos olhamos.
-Tá bom mas onde está o doador?
-Não está vendo? _Apontou para Keana como se fosse óbvio,outra vez meus olhos foram parar na mulher a minha frente que me encarava apreensiva.
-Você? _Fiquei surpresa e ela sorriu fraco.
-Sim Lauren...A Vero comentou na sua empresa e o Ian falou comigo pra perguntar se eu poderia doar,e eu posso,se eu soubesse já teria vindo a mais tempo,mas estava fora da cidade._Sinceramente eu não sabia o que falar pra ela,eu estava surpresa...poxa,nunca que eu ia imaginar que seria ela,ainda mais depois de tudo que aconteceu. -Mas se você não quiser que eu seja a doadora,eu vou entender,eu sei que vocês tem todo direito. _Ela disse me tirando do transe.
-Desculpa,não é isso,é só que eu não imaginava que seria você.
-Mas isso agora não importa não é mesmo? _Minha sogra se pôs do meu lado mas logo foi para perto de Keana e pegou em suas mãos com um sorriso sincero nos lábios. -Muito obrigada moça,você vai salvar a vida da minha filha e do meu neto.
-Isso não é nada senhora...estou fazendo de coração.
-Boa noite! _A voz do doutor Charlie se fez presente chamando a atenção de todos. -Eu gostaria de saber sobre o doador...já deveria ter chegado não acham?
-Sim doutor,é essa moça. _Minha sogra disse para ele que olhou para Keana.
-Keana...é um prazer. _Ela estendeu a mão e ele prontamente aceitou.
-O prazer é todo meu. _Respondeu simpaticamente. -Desculpe perguntar,mas,qual é sua idade?
-Tenho 23 doutor.
-Certo,então é melhor que comecemos logo...vamos fazer os procedimentos necessários,é preciso fazer alguns exames para saber se está tudo certo,nenhuma doença ou coisas do tipo,mas isso não leva muito tempo porque os resultados saem na hora. _Informou,ela assentiu positivamente e ele voltou sua atenção a todos nós. -Bom,então é isso...agora eu só volto a falar com vocês depois da transfusão ok.
-Espero que dê tudo certo. _Falei abraçando de lado minha sogra.
-Vai dar. _Ele respondeu convicto e sorrindo.- Eu vou pedir que me acompanhe senhorita. _Keana assentiu e quando ia saindo eu seguro seu pulso.
-Muito obrigada pelo que está fazendo pela Camz. _Eu disse da maneira mais sincera e grata que pude e ela abriu um sorriso tímido.
-Não precisa agradecer Laur...Eu faço por vocês três. _ Sorri agradecida e a soltei,fiquei os acompanhando com o olhar até que entrassem no elevador.
-Agora é só rezar para que tudo corra bem. _Minha sogra disse indo se sentar.
-Olha só quem está vindo. _Vero diz animada e quando levo meu olhar a minha frente vejo Ariana.
-Oi Ari,que bom que veio. _Vero a cumprimenta simpaticamente quando se aproximou e lhe dá um beijo no rosto,Ariana devolve o gesto.
-Obrigada senhorita Vero.
-Pode chamar só de Vero. _Vero deu uma risadinha e Ariana assentiu,em seguida vem me cumprimentar da mesma forma que fez com minha amiga.
-Parabéns pelo bebê Lauren,estou muito feliz por vocês. _Ela disse esbanjando um sorriso contente fazendo aparecer suas covinhas.
-Muito obrigada. _Sorrio simpaticamente.
-Desculpe eu ter vindo,eu sei que não sou da família,mas,eu tenho a Mila como uma irmã e saber do que aconteceu com ela me deixou muito triste.
-Que isso Ariana,você sempre será bem vinda. _Falei.
-Muito bem vinda. _Vero confirmou e Ariana corou,na verdade isso sempre acontecia quando Vero à elogiava ou fazia algo do tipo.
-Obrigada Vero.
-Quem é essa moça tão bonita? _Minha sogra perguntou e em seguida se levantou.
Mas realmente,Ariana estava mudada demais,mudou a cor dos cabelos que antes eram ruivos e agora estão num tom castanho e loiro nas pontas,e estão ainda mais cumpridos,na minha opinião essa pequena mudança fez bastante diferença nela,ficou mais mulher,não que antes não fosse,mas agora está mais.
-Ah,me esqueci de apresentar...Ariana,essa é Sinuh minha sogra...E dona Sinuh,essa é Ariana,minha secretária e amiga da Camz.
-Que mal educação a minha,me desculpe...E um prazer conhecer a senhora dona Sinuh. _Ariana disse ao estender a mão e dar um beijo em minha sogra.
-Que isso filha...O prazer é todo meu...E se você é amiga da minha filha então é minha também. _Disse e as duas sorriram.
-Mamaaa...Lolo... _Um sorriso estampou meu rosto assim que ouvi a voz daquela pequenininha. Seu pai a colocou no chão e ela veio correndo ao nosso encontro.
-Que saudade filhinha. _Dona Sinuh disse estendendo os braços para a menina que veio para o abraço da mãe,deu um beijo em seu rosto e quando se soltou,agarrou minhas pernas bem daquele jeito eufórico dela que chegava até ser engraçado,então me abaixei para pegá-la no colo.
-Oi meu amor...tá tudo bem? _Perguntei e beijei seu rosto.
-Sim Lolo... _Ela sorriu e beijou meu rosto de volta.
-Que bom princesa.
-A Kaki já tomou injeção? O meu papá disse que ela ficou doente e que por isso tá aqui. _Seu Alê assentiu para que eu confirmasse e foi o que eu fiz.
-Ela já tomou sim minha linda...e logo você vai poder ver e da um beijo nela.
-Eu tô com saudade da Kaki Lolo,eu quero que ela vá pra casa com a gente...Depois você pede pro médico deixar ela ir? _Perguntou em expectativa.
-Eu já pedi meu anjo,ele disse que a sua Kaki vai ter que esperar só mais um pouquinho para ir pra casa porque ela tem que tomar outros remedinhos pra nunca mais ficar doente,tá bom.
-Tá bom. _Me abraçou apertado com os bracinhos em torno do meu pescoço mas logo voltou a me olhar com um sorriso de orelha a orelha. -Lolo é verdade que a Kaki vai ter um bebezinho? _Perguntou me fazendo sorrir igual uma boba.
-É verdade Sofi...
-Ebaaaa... _Ela comemorou batendo palminhas de felicidade mas logo fez um biquinho triste. -Mas ele também tá doente igual a Kaki? _Fiquei sem saber se dizia que sim ou não,mas acho que tecnicamente a resposta seria sim.
-Tá pequena. _Falei sem muito ânimo ao me lembrar da situação.
-Por que Lolo?
-Hey mocinha,você só vai querer saber dessa chata da Lauren aí mesmo? E a sua tia Vero? _Dei graças a Deus por Vero ter desconversado o assunto,se não eu tava ferrada,Sofi estendeu os braços e Vero a pegou do meu colo.
-É irmãzinha da Camila? _Ariana perguntou para Vero.
-É,parece com ela não parece? _Minha amiga respondeu e Sofi abriu um sorriso para Ariana.
-Parece sim...ela é muito linda. _Disse passando a mão nos cabelos de Sofi. -Você é muito lindinha sabia? _A pequena exibia um sorriso lindo.
-Obrigada tia,você também é muito bonita.
...
Uma hora depois...
Os minutos passavam tão lentamente pra mim que já estava ficando desesperada outra vez,ficava olhando no relógio toda hora e parecia que os ponteiros não saíam do lugar,a maioria do tempo fiquei sentada conversando com meus sogros,Vero e Ariana,estávamos todos ansiosos por uma notícia da Camz,não via a hora do médico chegar pra dizer que tudo correu bem e que meus dois maiores amores estavam a salvos.
Sofi está de pé de frente pra mim e entre minhas pernas,mexendo no meu celular,jogando um joguinho dos minions que eu tinha acabado de baixar pra ela,já que eu não tinha nenhum instalado.
-Gente eu acho que vou na cantina fazer um lanche...vocês vem? _Perguntei para todos.
-Eu vou,é claro. _Vero respondeu já se levantando.
-Nós não vamos mas eu vou pedir que traga um café pra nós Lauren,sem açúcar. _Meu sogro pediu e eu assenti.
-Você não vem Ari? _Vero pergunta.
-Não Vê...Eu acho que vou ficar aqui fazendo companhia pra eles,estou sem fome. _Respondeu Ariana e Vero mudou a expressão,parece que não ficou contente com a resposta...Ok,isso foi estranho.
-Então tá..._Falei e voltei a atenção a Sofi que estava completamente distraída no celular. -Vamos também princesa? _Perguntei pondo seus cabelos para trás e ela assentiu.-A gente volta logo. _Falei pra eles e peguei a pequena no colo já me levantando,fiz sinal para Vero e nós duas saímos.
Esperei que a gente se afastasse o bastante deles e perguntei uma coisa que estava rodeando minha cabeça.
-Vem cá...é impressão minha ou você está tentando seduzir a Ariana? Olha olha dona Verônica,você agora é uma mulher comprometida._Provoquei num tom divertido e ela arregalou os olhos surpresa.
-Você está doida Laur?
-É o que está parecendo,até de Vê ela está te chamando. _Brinquei,gostava de ver a cara de impressionada dela.
-É só um apelido ué...não tem nada demais nisso. _Deu de ombros.
-Você nunca foi tão atenciosa assim com ela antes.
-Como não? Sempre tratei Ariana bem,você quem não percebia. _Eu à olhava desconfiada. -Para Laur,você é muito maliciosa nas coisas...e outra eu sou fiel a minha namorada. _Disse séria enquanto entrávamos na cantina.
-Então por que fez aquela cara quando ela disse que não viria com a gente?
-Não fiz cara nenhuma garota...deixa de pegar no meu pé. _Disse e eu ri.
-Vai querer o quê? _Perguntou quando chegamos no balcão.
-Acho que só um sanduíche e refrigerante. _Respondi procurando com o olhar alguma coisa na vitrine que me agradasse.
-Eu quero aquele ali Lolo. _Sofi apontou para um cupcake de brigadeiro.
-Eu vou pedir pra você princesa... E você Vero? _Perguntei bem na hora em que seu celular começa tocar em seu bolso e ela o pegou.
-Pode pedir o mesmo que o seu pra mim Laur...É a Lucy,eu vou me sentar ali tá bom?_Disse gesticulando para a mesa e logo atendeu.
Fiz os pedidos e tive que por Sofi no chão para pegar a bandeja no balcão e depois fomos nos sentar com Vero que ainda falava ao telefone com Lucy igual uma boba e aí eu pensei que estava pondo paranoia na minha cabeça ao ficar imaginando que ela tem algum interesse em Ariana...Mas não sei,o jeito que elas se olham é estranho,principalmente da parte da Ariana. Bom,melhor parar de pensar nisso,até porque não é problema meu.
-Lolo,o joguinho sumiu,olha. _Sofi me mostrou o celular que estava apontando uma chamada,era a foto da Taytay no visor.
-Ah,é minha irmã princesa,me dá aqui só um pouquinho. _Peguei o aparelho de sua mão e logo deslizei o dedo para atender.
-Oi maninha! _Falei enquanto sentava a pequena em meu colo,tirei a embalagem do kupcake e dei pra ela comer.
-Oi Laur,eu estava na casa da Cara e quando cheguei a mamãe me contou o que aconteceu...Como ela está? E o bebê? _Seu tom de voz era de completo nervosismo.
...
A ligação não durou muito tempo,contei um pouco as pressas pra Tay como aconteceram as coisas,a situação da Camz e tudo mais,eu não podia falar muito sobre o assunto porque Sofi poderia ouvir e ela não sabe o que de fato aconteceu com a irmã.
Então depois disso desliguei e fiquei de dar notícias.
Vero também encerrou a ligação segundos depois que eu. Comemos meio que correndo também e depois de fazer os pedidos dos cafés dos meus sogros paguei a conta e voltamos pra sala de espera.
Uma hora se passou e nada do Charlie ou alguma notícia.
Ajeitei Sofi que dormia no sofá com a cabeça em meu colo e me levantei com cuidado para que ela não acordasse.
-Está demorando para alguém vir aqui dar notícias vocês não acham? _Perguntei agoniada,acho que mais alguns minutos e eu iria explodir de tanto nervosismo.
-O pior é que está mesmo. -Meu sogro disse olhando em seu relógio de pulso. -Será que...não,esquece. _Ele balançou a cabeça como se quisesse afastar os pensamentos.
-Ah..Graças a Deus. -Falei e todos se levantaram de uma vez quando viram o médico acompanhado de uma enfermeira e Keana,a enfermeira ajudava Keana a se apoiar e coitada,fiquei com dó dela.
-Você está bem filha? _Minha sogra perguntou preocupada com Keana que deu um sorrisinho fraco assentindo positivamente,mas se notava que estava um pouco fraca e pálida.
-Sente-se aqui moça,vai se sentir bem. _A enfermeira disse gentilmente e Keana se sentou no sofá.
-Ela está bem,não precisam se preocupar,ela só está um pouco tonta porque doou uma boa quantidade de sangue,demoramos um pouco por conta dos exames dela,pedi que ficasse uns vinte minutos em repouso aqui mesmo mas a mocinha é teimosa.
E bom,sei que estão todos aflitos para saberem da paciente,então devo informar que deu tudo certo,o pior já passou. _Ele disse com um sorriso satisfatório nos lábios e todos comemoramos,abracei meus sogros e depois Vero e Ariana,e é claro que eu não poderia deixar de agradecer Keana e o médico.
-E quando poderemos visitá-la? _Seu Alê pergunta em expectativa.
-Mesmo que tudo tenha corrido perfeitamente bem,ela ainda permanecerá na U.T.I,mas isso não é motivo para vocês ficarem assustados,só estamos fazendo isso por uma melhor recuperação da Camila,mas quem sabe ela saía de lá mais rápido do que a gente imagina...tudo vai depender de como ela reage esta noite,se vai apresentar algum tipo de reação ou se terá febre,o que eu acredito e torço que não aconteça,vamos averiguar os ferimentos e dependendo de como ela passar a noite,com mais dois ou três dias vamos tranferi-la para um dos quartos.
-Então nesse meio tempo,enquanto ela estiver na U.T.I estará proibida de receber visitas? _Perguntei.
-Infelizmente sim. _Ele respondeu.
-Mais de dois a três dias sem vê-la doutor,não acha que é tempo demais? E quando ela acordar e quiser ver um de nós? _Minha sogra pergunta.
-Desculpe senhora,eu sei que isso é ruim, mas é assim que tem que ser...e como eu já havia dito pra vocês,enquanto a equipe médica à operava,tivemos que aplicar uma quantidade bem considerável de sedativo,então ela pode demorar um pouco mais que o normal para acordar. -Disse intercalando o olhar para todos nós e depois parou em mim. -Você mesma viu como ela está completamente desligada de tudo,imóvel...é efeito do sedativo.
-Então vocês induziram ela ao coma é isso? _Perguntei.
-Não,ela só estava fraca demais para ter forças para acordar tão rápido assim...mas agora com a transfusão,acreditem que o pior já passou,agora vocês só precisam ter paciência.
...





Notas Finais


Logo mais tem outro amores...Estou arrumando aqui...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...