História Perfect One (ABO) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Mamamoo, Seventeen
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kim Mingyu, Kris Wu, Lay, Lu Han, Moonbyul, Sehun, Solar, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chanbaek, Exo Como Pais, Hunhan, Kai Alfa, Kaisoo, Kyung Omega, Meanie, Moonsun, Sulay, Taoris, Tentativa De Comedia, Xiuchen
Visualizações 427
Palavras 1.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Parados!!
Não leiam isso se você não leu Perfect two!
Perfect one é a continuação, maaaas se você quiser começar daqui, fique a vontade, e boa sorte para entender!!


Avisados?
Então boa leitura <3
Nos vemos nas notas finais!?

Capítulo 1 - 1


Fanfic / Fanfiction Perfect One (ABO) - Capítulo 1 - 1

Kyungsoo achando toda a fala do marido muito bonita, profunda, e fofa, continuou olhando para ele, enquanto inconscientemente levou um pedaço de pizza a boca.

- [...] Mas bem, eu não terminei, eu quero avisar que vocês vão ter mais um bebê no grupo.- Jongin finalizou sua fala olhando a todos presentes, e até mesmo as crianças pareciam ter parado, para prestar atenção no moreno.

-Soo você ta grávido? – Suho perguntou colocando as mãos na barriga do omega que encarou o marido confuso.

-Não, ele não, quem tá grávido sou eu! – Kyungsoo assim que ouviu isso, se engasgou com o pedaço de pizza, e já estava chorando pela falta de ar, enquanto Sehun dava pulos no ar gritando que ele já sabia, e que era pro namorado lhe pagar.

-Eu sabia que o Jongin ficava por baixo! – Sehun gritou mais uma vez assustando o pequeno Minhyuk que jogou o copo que estava em suas mãos na cara do Baekhyun, que resmungou, quase gritando com a criança, fazendo todas as outras começarem a chorar, e correrem pro colo de seus devidos pais, mesmo que esses ainda estivessem tentando fazer o pequeno omega de olhos grandes voltar a respirar normal.

15 de agosto de 2015
Sábado 21:30

P.O.V. Kim Jongin

-Eu não acredito que você ficou grávido! – Desde que o Kyung recebeu a noticia que seria pai a uma semana, ele vem oscilando entre muito feliz, muito paranoico, triste, bravo e daí volta pro feliz.

Não que ele não quisesse ser pai, é algo que ele me pede desde o inicio do namoro, e comenta desde que nos conhecemos, mas eu como alfa, para a sociedade, não deveria ter engravidado, o problema é que eu venho pensando em carregar nosso primeiro filho pra que ele não se sinta tão preocupado com a gravidez, e perca o filhote como da primeira vez. O que favoreceu foi o fato de que eu amo ser o passivo às vezes, é tão gostoso, e o Kyung me faz sentir como se eu fosse mais amado do que o normal, e não só essa sensação, mas convenhamos que Do Kyungsoo é um Omega extremamente gostoso, tanto ativo quanto passivo, eu com certeza tirei a sorte grande.

-Amor, qual o problema? Nós iríamos ter filhos de qualquer jeito! – Disse o puxando para parar de andar em círculos em minha frente, aquilo estava me deixando muito enjoado.

-Já pensou o que seus pais vão falar de mim? – Ele disse roendo uma unha. –Ou o que a sociedade vai falar de você? Jongin você é um alfa, esqueceu de como foi com minha biológica?! – Ele disse bufando e se levantando. – Ah nossa eu vou ser pai, nossa família vai começar mesmo! – E voltou feliz ao extremo, beijando minha bochecha.

O que eu poderia fazer? Tinha parado com os remédios para evitar, e o convenci de pararmos de usar camisinha exatamente para isso, e eu já previa que ele iria falar algo do tipo para mim, então o melhor a se fazer é me manter calado, e evitar brigas!

-Amor, eu não me importo com o que a sociedade pensa tem muito tempo, e sobre meus pais, meu omma vai achar o máximo, meu appa, provavelmente não se importe. – Disse o abraçado, seu cheiro vem me deixando muito mais calmo que o comum. – e outra, eu tenho você para me defender qualquer coisa.

-Você é maravilhoso sabe disso? – Suas mãos partiram para minhas bochechas a apertando como se eu fosse criança, o que me fez resmungar de dor, e me soltar do seu aperto.

-Soo, só uma coisa me deixa incomodado. – Disse e o fiz me encarar assustado, e logo me mandar falar o que era. – O seu cio!

-Eu posso tomar os supressores. –Ele disse calmo tentando me tranquilizar, o que não deu muito certo.

-Eu não queria isso, você mesmo me disse que se eu me dopar, você se sente traído, e eu não quero que você se sinta assim. – Fui sincero.

-Eu não vou me dopar, vou apenas adiar todos os cios! – Ele disse com um sorriso de canto que eu queria ter entendido. – O único mal nisso tudo, vai ser que ele vai vir com tudo depois!

-Safado!

P.O.V. Kim Minseok

Quando o Chen me contou sobre a ideia do Kyung a uns meses atrás, eu confesso que não estava com muita fé nisso, e achei que não duraria nem um mês, mas hoje agradeço imensamente por isso, criar duas crianças que estão aprendendo a falar, a derrubar as coisa, se derrubar e derrubar o irmão, entre outras coisas, é impossível, trabalhar fora, e deixá-los com alguém.

Se não deixasse os próprios pequenos loucos ou a pessoa responsável louca, eu é que ficava louco... louco de preocupação é claro, e graças a ideia magnífica do Kyung isso não é mais preciso.

Há um ano e cinco meses atrás, Kyungsoo falou que queria começar uma construtora, e queria todos nós nela, ele disse que seria um investimento, e que se fosse bem elaborado, daria certo, cada um de nós ficou com uma parte, eu o Tao, ficamos com estruturas de prédios, e locais grandes, Sehun e Kai com casas, e locais pequenos, Baek ficou responsável, por decoração de interiores e as vezes o ajuda com a parte de móveis planejados, Chen ficou com decoração de exteriores e com reformas, e por fim o Kris com a parte da contabilidade.

É claro que não somos só nós oito, cada um tem uma equipe que é responsável, mas se der alguma merda quem leva a bronca é o responsável pelo setor, e ninguém quer tomar bronca de Do Kyungsoo, eu posso até ser o mais velho, mas o omega assusta muito quando quer.

E bem, em menos de um ano, a empresa cresceu muito, posso até afirmar que somos uma das mais procuradas e completas que existem, e não duvido nada de que daqui uns anos seremos a maior do país.

-Eu não consigo mais fazer isso! – Disse soltando o lápis sobre a folha, era um projeto para ser avaliado, e por mais que isso seja feito entre amigos, na hora do trabalho, não tinha nada disso, Kris exigia que eu falasse até na onde vai cimento extra, e o Kyung, bem, ele presa tudo, se tem alguém mais perfeccionista que eu, essa pessoa é o Kyungsoo, e o fato de que eu tenho que mandar isso pro Baek de volta com todos os cálculos prontos, me deixa super preocupado.

-Quer tomar um sorvete com os pequenos mais tarde? – Chen que estava do meu lado, acompanhando cada risco meu disse me massageando a nuca.

-Adoraria! – Respondi me virando e lhe dando um selinho. – Alías, não ta na hora da soneca acabar? – Olhei o relógio e fuzilei meu marido. – Chen, você esqueceu o horário de novo?

-É que estava curioso para saber sobre o projeto, e com essa calmaria toda é difícil não se perder no tempo.  –Ele disse se desviando de uma mordidinha no ombro como penitência

-Tudo bem, mas como você foi o responsável, nada mais justo de os colocar para dormir!

-OQUE? – Ele gritou e eu sai da sala que tínhamos deixado para um tipo de escritório, onde tinha nossas mesas de desenho, e uma outra mesa bem grande no centro com a “mesa” de desenho eletrônica, e alguns (muitos) projetos tanto jogados, como abertos para avaliar. – Você sabe que eles não dormem comigo, e que eles não dormem de noite!

-Se vira meu amor! – Beijei seus lábios, e me retirei para acordar os meus mini monstrinhos da tasmânia.


Notas Finais


Heeeey amores sz
Sentiram minha falta?! Eu senti parece que se passaram semanas, e olha que eu estou escrevendo isso um dia depois que postei o ultimo ontem! nem sou dramática eu. kkkkkkkk

Quero dizer que essa fic, vai ter algumas coisas diferentes da passada, o foco principalmente, como agora temos finalmente aleluia, todos os nossos bebes juntos namorando, então vai ter povs deles, mas o foco ainda é Kaisoo, e... os filhos deles sz
P.S.: Essa temporada daqui, não vai ser tão longa quanto a primeira!!
P.S.2: Como vocês podem ver claramente, eu não tenho talento pra capas, então essa provavelmente vai ser temporária!!

Tenham paciência comigo viu? E não vamos deixar meu primeiro xodozinho morrer!
kkkkkkkkk
Aos que chegaram agora: Beeem vindos nessa minha loucura diária <3
Eu amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...