História Perfect Partner - Book Two - Capítulo 61


Escrita por: ~

Visualizações 44
Palavras 2.402
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amoras e Amorecos, mais um capítulo 😉
Desfrutem sem moderação. 💋💋💋

Capítulo 61 - True Evil


Fanfic / Fanfiction Perfect Partner - Book Two - Capítulo 61 - True Evil

True Evil 

 

Mother

 

Mother do you think they'll drop the bomb?

Mother do you think they'll like this song?

Mother do you think they'll try to break my balls?

Mother should I build the wall?

Mother should I run for president?

Mother should I trust the government?

Mother will they put me in the firing line?

Is it just a waste of time?

 

Hush now baby, baby, don't you cry.

Mama's gonna make all of your nightmares come true.

Mama's gonna put all of her fears into you.

Mama's gonna keep you right here under her wing.

She wont let you fly, but she might let you sing.

Mama's gonna keep baby cozy and warm.

Ooooh baby ooooh baby oooooh baby,

Of course mama's gonna help to build the wall.

 

Mother do you think she's good enough -- for me?

Mother do you think she's dangerous -- to me?

Mother will she tear your little boy apart?

Mother will she break my heart?

 

Hush now baby, baby don't you cry.

Mama's gonna check out all your girlfriends for you.

Mama won't let anyone dirty get through.

Mama's gonna wait up until you get in.

Mama will always find out where you've been.

Mama's gonna keep baby healthy and clean.

Ooooh baby oooh baby oooh baby,

You'll always be baby to me.

 

Mother, did it need to be so high?

 

Mãe

 

Mãe, você acha que eles vão jogar a bomba?

Mãe, você acha que eles vão gostar dessa música?

Mãe, você acha que eles vão tentar me castrar?

Mãe, eu deveria construir o muro?

Mãe, eu deveria me candidatar a presidente?

Mãe, eu deveria confiar no governo?

Mãe, eles vão me colocar na linha de fogo?

Mãe, isto é apenas perda de tempo?

 

Acalme-se agora, filhinho, não chore

Mamãe vai transformar todos seus pesadelos em realidade

Mamãe vai passar todos os seus medos para você

Mamãe vai manter você bem aqui, sob sua asa

Ela não vai deixar você voar, mas poderá deixá-lo cantar

Mamãe vai manter o filhinho quentinho e confortável

Ooh filhinho ooh filhinho ooh filhinho

É claro que a mamãe vai ajudá-lo a construir o muro

 

Mãe, você acha que ela é suficientemente boa para mim?

Mãe, você acha que ela é perigosa para mim?

Mãe, você acha que ela vai magoar seu garotinho?

Mãe, ela vai partir meu coração?

 

Acalme-se agora, filhinho, filhinho não chore

Mamãe vai avaliar todas suas namoradas para você

Mamãe não deixará nenhum pervertido se aproximar

Mamãe vai esperar até você chegar

Mamãe sempre vai descobrir por onde você tem andado

Mamãe vai manter seu filhinho saudável e limpo

Ooh filhinho ooh filhinho ooh filhinho

Você vai ser sempre o meu bebê

 

Mãe, precisava ser tanto assim ?

 

 

GABE

 

Apesar de ter feito as pazes com a minha mãe e estarmos convivendo mais próximos, receber uma ligação dela e um convite para almoçar, ainda me causava desconfiança e não posso negar um certo desconforto. 

Mas eu não podia me negar a ir e depois de dividir esse estranhamento com Gabi, que me encorajou como sempre, enfrentei a fera.

Para minha surpresa o assunto não se referia a mim, mas a Noah. Ela estava preocupada com ele e queria que eu agisse como o irmão mais velho dessa vez.

- Gabriel, pode parecer estranho, mas eu tenho dois assuntos de extrema importância para tratar com você. – disse logo após terminarmos de almoçar. 

Nós nos acomodamos no escritório dela, mas dessa vez no sofá, um de frente para o outro. 

- Sou todo ouvidos, mãe. – respondi tenso.

- Trata-se do seu irmão ... ele tem piorado visivelmente, mas insiste em continuar ignorando a recomendação do Dr. Pinne. E a esposa dele, parece compactuar com esse absurdo !!! – disse alterada – Converse com ele, você e o Ethan, são os únicos que ele ouve.

- Mãe, não vai adiantar. Ele está determinado ...

- Determinado a que ?! A perder em definitivo os movimentos e ficar dependente de vez ?! – sua voz estava embargada e os olhos marejados – Nós não podemos deixar isso acontecer, Gabriel !!!

- Noah é um homem inteligente e não pode ser obrigado a nada. – disse firmemente, apesar de concordar com ela dessa vez – Eu gostaria de poder convencê -lo, mas se nem mesmo a Jade conseguiu ...

- Eu não me conformo !!! – disse fazendo um muxoxo de contrariedade – E quanto a filhos, ele comentou alguma coisa ? Se tem intenção ?

- Não disse nada... na verdade, ele sempre se esquiva desse assunto. Mas por que a senhora, está perguntando? – questionei curioso e ao mesmo tempo com medo da resposta.

- Porque ele deve pensar que nós não sabemos, se a condição que ele tem é hereditária. E não será justo, colocar uma criança no mundo para sofrer, o que ele sofre. Existem outros meios. 

- Mãe !!! Que horror !!! – disse chocado. 

- Ora, Gabriel !!! Sejamos pragmáticos. – me encarou firme – Você acha coerente, ver outro ser humano sofrer tudo o que seu irmão sofre, por um capricho? 

- Querer um filho, não é capricho !!! 

- É, se você sabe que fatalmente irá transmitir uma doença que o fará sofrer. Existem outras possibilidades. – mais uma vez à antiga Brenda se fez presente – E eu conto com você, para tirar essa ideia da cabeça do seu irmão. 

- Comigo ?! – repeti completamente perplexo por ter acreditado que ela pudesse ter mudado completamente. 

- Eu sei que você está pensando que não mudei nada, que continuo querendo me meter na vida de vocês. Mas nesse caso, considere como meu último pedido.

- Como assim, último pedido ?! O que está acontecendo?! – em outros tempos ela já teria perdido a paciência e me dado alguma resposta agressiva. 

- Esse é o segundo assunto que quero tratar ...

Ficamos em silêncio, enquanto ela se levantou, foi até a mesa, pegou um envelope e o entregou a mim.

- Leia, por favor. 

Peguei e reconheci o logo de um dos nossos laboratórios, passei a folhear as folhas até chegar a última onde constava o resultado dos exames.

Ao ler, me senti enregelar e precisei reler para conseguir compreender o que estava escrito. Era como se garras afiadas estivessem rasgando meu coração. 

- Câncer ?!

- É. Não há mais o que fazer e depois que seu pai me deixou, assumiu a nova/antiga família, perdi o ânimo para lutar. – disse chorando de mansinho – Eu não quero dar trabalho para ninguém e muito menos que me vejam feia.

Eu estava processando lentamente as informações de tão atordoado, mas quando entendi o que ela disse, senti meu sangue ferver. 

- O MEU PAI FEZ O QUE ?!

- Gabriel, acalme – se !!! Por favor !!! Você não pode ficar nervoso desse jeito, filho. Sua saúde ...

- Eu não acredito que ele fez isso !!! – eu sentia a raiva me cegar.- Que família é essa ?!

Apesar da minha mãe ter sido sempre cruel conosco, eu jamais esperei um gesto de covardia como esse da parte dele. Abandona – la , agora que ela está doente. 

- Ele tem uma segunda família, você tem duas irmãs adultas. – disse com a voz embargada – Depois que eu confirmei o diagnóstico, ele saiu de vez de casa. E até para ir no casamento do seu irmão, tive que implorar para que me acompanhasse. 

- Ah, mãe ... eu sinto muito. – não pude mais me conter e desabei em lágrimas. 

Senti os braços dela e me aconcheguei em seu colo.

Justo agora que estávamos mais próximos, nós íamos perde – la.

O câncer dos rins já tinha se espalhado para o fígado, pulmões e em estágio avançado. 

Depois de algum tempo, constrangido por ter demonstrado meus sentimentos, enxuguei as lágrimas que ainda insistiam em cair e me levantei.

- Mãe, nós temos que tentar a todo custo preservar o Noah. – disse aflito – Se ele souber sobre o papai e em ...

- Ele já sabe Gabriel e há um bom tempo. -disse cabisbaixa. 

- Como assim ?! – insisti -Ele teria me contado ...

- Ele sabe desde que seu pai saiu em definitivo de casa, há aproximadamente um ano. Acredito que não te contou, porque achou que você não suportaria, se sentiria traído e teve medo que tivesse uma recaída.- levantou e pegou minhas mãos – Ele só quis protegê – lo, dê um desconto. Afinal, até pouco tempo você sempre foi o mais frágil emocionalmente e eu só estou te contando porque preciso que cuide do seu irmão, da nossa família. 

- Eu não acredito que ele escondeu isso de mim !!!- disse indignado sem prestar atenção em mais nada do que ela dizia – Nós nunca tivemos segredos e ele sabe que estou bem. 

- Gabriel, ele sempre se sentiu responsável por você, isso é amor. Nem falta de confiança na sua capacidade, como sempre achei. Ele já deu muitas mostras de que acredita em seu potencial, dessa vez só quis poupa- lo. - disse me confortando – O importante é que vocês fiquem unidos, eu preciso saber que apesar de todos os meus erros, meus filhos estão bem. Apesar de não merecer, almejo um pouco de paz nesse final de vida ...

- Mãe, por favor !!! Não fale assim !!! -interrompi desesperado. 

- É a verdade, Gabriel. Os médicos me deram no máximo três meses ... – A voz embargada revelava a emoção que ela tentava disfarçar – Justamente, por isso decidi contar tudo à você e pedir que cuide do seu irmão. Quanto ao seu pai, perdoe. Ele teve os motivos dele, você sabe que eu nunca fui fácil ... Me promete, Gabriel? 

Olhei para ela e tentei dizer o que ela queria ouvir, porém a fúria e a mágoa que me consumiam eram muito intensas.

- Eu não posso te prometer isso, mãe !!!

Saí em disparada, com destino certo : escritório de Noah Montgomery. 

 

 

Durante todo o percurso, fui remoendo as palavras da minha em defesa de Noah, o que só me fazia ficar com mais raiva dele.

Como ele pode esconder algo tão grave de mim ?!

Justo de mim, que sempre estive ao lado dele e fiz de tudo para protegê -lo !!!

Simplesmente, ele estava compactuando com a desonestidade do nosso pai. Não importa o quão desagradável e cruel Brenda tenha sido durante todo esse tempo, nem ela e nem ninguém merecem ser abandonados em um momento como esse.

E muito me espanta e decepciona, que Noah concorde com a atitude de cafajeste do nosso pai. 

Aliás, agora está explicado o porquê de ele ter sido sempre tão distante conosco. Ele já tinha uma família, a qual amava e para qual dedicava atenção. 

Duas filhas adultas !!!

Canalha !!!

Cheguei na empresa e fui direto para o escritório da presidência. 

O encontrei despachando alguns documentos com Joanne, porém minha entrada intempestiva, fez com que ele interrompesse o que fazia e me olhasse surpreso. 

- Joanne, nós continuamos depois. – A dispensou educadamente – Não quero ser interrompido. 

- Certamente,  senhor Montgomery. Com licença. – disse saindo rapidamente. 

Ele me olhou e perguntou sério :

- Qual o problema Gabriel ?

- O problema ?! É  você ter mentido para mim !!! De todas as pessoas, eu jamais iria esperar isso de você !!!

- Você pode tentar se acalmar e me explicar do que está falando ?! – disse  levantando – se e se aproximando de mim, que num gesto instintivo o empurrei para trás. 

Ele se desequilibrou e nem mesmo a careta de dor e surpresa que fez, amenizaram a minha raiva.

- EU NÃO QUERO ME ACALMAR !!! ENTÃO VOCÊ MENTE PARA MIM, É CONIVENTE COM A CANALHICE DO SEU PAI E VEM ME PEDIR CALMA ?!- disse completamente alterado - NÃO SE PREOCUPE, NÃO VOU TER UMA RECAÍDA !!! NÃO SOU UM INÚTIL E ACHEI QUE JÁ TINHA PROVADO ISSO PRA VOCÊ !!!

- EU NÃO MENTI PARA VOCÊ, PORRA !!! EU SO QUIS TE POUPAR ...

- POUPAR ?! POR QUE ?! ACHOU QUE COM A PRIMEIRA NOTÍCIA RUIM, EU  FOSSE SAIR CHEIRANDO POR AÍ ?! NADA QUE EU FAÇA, VAI FAZER VOCÊ ACREDITAR QUE EU MUDEI, NÃO É ?! NUNCA VOU CONSEGUIR TE DEIXAR ORGULHOSO DE MIM ?!

- GABRIEL, NÃO É NADA DISSO !!! EU ...

- QUER SABER, NOAH ?! FODA – SE !!! EU NÃO TENHO QUE PROVAR NADA A VOCÊ. 

Virei as costas, porém ele segurou meu braço com força. 

- VOLTA AQUI !!! ESSA CONVERSA NÃO TERMINOU !!!

O olhei com raiva e falei entredentes, me segurando para não agredi- lo :

- Terminou sim. E é melhor você soltar o meu braço, se não ...

- Senão o quê, Gabriel ? – me encarou e apertou ainda mais o meu braço. 

- Eu não quero te machucar, se você não fosse aleij...- me interrompi de súbito, quando me dei conta do absurdo que ia dizer.

Ele soltou de imediato o meu braço e pálido deu um passo para trás, como que atingido por um golpe. 

- Desculpe, Noah.- gaguejei aflito -Eu não quis dizer isso ...

- Gabriel, por favor, saia daqui.

- Eu ...

- Saia daqui.

Encarei as costas dele por alguns segundos e saí em silêncio. 

Que merda, eu tinha feito ?!

 

 

BRENDA 

 

Às vezes, é necessário mudar de tática no meio da batalha. 

E eu tinha decidido, ajustar a minha forma de ataque. Ao invés de ataca- los, fazer com que eles se atacassem entre si.

Destruí- los de dentro para fora e para começar : nada melhor que colocar Gabriel contra Noah, o irmão que idolatra. Obviamente, que irei tomar todo o cuidado e o fato de Noah, sempre ter sido super protetor em relação ao irmão, nesse momento vai servir como a arma ideal. 

Gabriel apesar de mais velho, sempre buscou a aprovação do irmão e com certeza se sentirá traído, diminuído, por Noah não ter contado nada a ele. Além, de que seus princípios não condizem mesmo com a atitude do pai.

É como acender um pavio curtíssimo, que eu espero que estoure rapidamente e cause muito estrago.

Depois de ter que suportar todo aquele melodrama, o mínimo que Gabriel pode fazer é acertar o alvo.

Meu celular tocou e Trevor foi logo me dando a boa notícia :

- Pronto. 

- Senhora M, os meninos brigaram. 

- Excelente !!! 

- E agora ?

- Colocar mais lenha na fogueira, T. – ri deliciada – E ver o circo pegar fogo !!!


Notas Finais


Trilha : Pink Floyd - Mother
https://youtu.be/KFBf_alErog
Beijos de luz 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...