História Perfect Secrets - Capítulo 2


Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Colin O'donoghue, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Rebecca Mader, Sean Maguire
Exibições 92
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Husband


Fanfic / Fanfiction Perfect Secrets - Capítulo 2 - Husband

- Eu detesto essa mulher! - Zelena chega em casa batendo a porta
Killian se assusta com o barulho, mas depois percebe quem é - Já vi que seu dia foi ótimo - ironiza e vai até ela - O que foi, love?
- Aquela Regina, reclama de tudo, ainda falou que minhas roupas não são apropriadas para trabalhar em uma revista de moda, não quero ser modelo – revira os olhos
- Ah, você sabia que seria assim, essas revistas são muito exigentes, com um padrão ridículo! - se aproxima e envolve os braços em sua cintura - Mas só mude se você se sentir confortável, lembre-se que eu te amo de todos os jeitos.
Sorri e o abraça – Mas eu vou ter que mudar, é preciso se sacrificar pra realizar um sonho
Respira fundo  - Eu vou ter que ir comprar, quer ir comigo?
- Precisa convidar? - gargalha - Eu tenho que participar desse sonho com você, te ver feliz me deixa feliz - lhe deposita um beijo rápido - Agora vamos, nova modelo
- Vamos - ri e pula nas costas dele
Segura suas pernas - Isso é pra se aproveitar de mim também que eu sei - ri
- Alguém tem que segurar as sacolas – ri - Shopping! - faz voz de criança animada
- Como quiser, capitã - dá um volta com ela nas costas e ri

Eles caminham pelo shopping inteiro em busca de novas roupas. Killian, por mais que não gostasse da ideia, ajudou a amada com as compras. Eles voltam para casa após tomarem um sorvete e se sujado por inteiro entre as sacolas lotadas.
Depois de pedir uma pizza, o casal vai dormir.

Zelena acorda com o celular tocando, olha no relógio e ele marcava 5:00 da manhã. A ruiva resmunga e atende o celular
- Alô?
- Zelena, preciso que você vá até o Starbucks e pegue um Latte sem açúcar e sem chocolate para a Regina. Você tem 30 minutos pra chegar com o café na revista - após dizer isso, Emma desliga

- Você precisa ir agora mesmo? - Killian diz com a voz rouca
- Desculpa te acordar - boceja e senta na cama - Tenho mesmo que ir
Ele se senta em seguida - Quer que eu te leve? - acaricia seus fios ruivos
- Não se preocupe comigo, volta a dormir, vou tomar banho e já vou - levanta coçando os olhos

Zelena levanta correndo e veste uma blusa vermelha, um short jeans com uma meia calça preta e uma jaqueta preta. Nos pés ela colocou uma bota de cano curto preto que havia comprado. Pega suas coisas e entra em um táxi indo para o Starbucks mais perto. Ela compra o café e chega na revista faltando 5 minutos do horário que Emma havia falado.

- Finalmente! - a loira diz impaciente
- Eu.. Eu - tenta se explicar mas se cala
A loira suspira - Leva esse café lá dentro agora! E cuidado

Zelena entra correndo com o café e coloca na mesa. Ela respira fundo e quando está pronta pra se retirar da sala da patroa, vê Regina Mills a encarando
- A senhora deseja mais alguma coisa? - Zelena pergunta quando a morena senta à mesa
- Preciso que a senhorita aprenda que meia calça não é calça - ela fala com olhar de repreensão
A ruiva respira fundo e força um sorriso - Obrigada pelo aviso
Ela revira os olhos - Quero que você vá até a Calvin Klein e pegue as calças que estão lá, depois reserve no Gabriel Kreuther para eu almoçar com meu marido e filhos, e ligue para o meu marido avisando onde será nosso almoço - ela olha para Zelena como se questionasse a persistência da ruiva no local

Ela sai da sala – Emma, ela mandou eu... – ela começa a falar repetir tudo que foi falado por Regina

- Então faça tudo isso! O mais rápido possível. Eu também tenho trabalho e não posso ficar te ajudando - ela pega umas pastas cheias de amostras de tecidos

Zelena vê Emma se afastar e bufa. Ela olha na lista que havia feito e resolve ligar no restaurante e fazer a reserva.

Zelena tinha todos os números anotados, ela digita o do restaurante e liga. Quando atendem ela já fala com pressa

- Gostaria de fazer uma reserva no nome de Regina Mills, para hoje no horário de almoço
- É, me desculpe moça mas acho que você ligou errado. Eu sou o marido dela, Robin Locksley - ele fala rindo
- Meu Deus, me desculpe – ela fica nervosa
Ele ri - Tudo bem, relaxa. Então quer dizer que minha mulher vai querer almoçar comigo hoje? - ele brinca
- Sim, no Gabriel Kreuther, eu vou ligar pra reservar e já retorno pro senhor falando o horário – ela se acalma
- Nada de senhor, me faz parecer velho! Mas quer que eu ligue lá e faça a reserva? Você parece estar bem ocupada e eu conheço minha mulher - ri
- Não, senh.. Robin, ela me mataria
- Eu me resolvo com ela depois e falo que não foi sua culpa, o que acha?
- Ah, será ótimo senhor...

- Emma, não te pago pra ficar de fofoca no telefone – Mills fala de sua sala em alto tom

Zelena olha pra Emma que aponta pra ela indicando ser com ela mesmo que a morena está falando
- Estou marcando com o seu marido, senhora – a ruiva fala
- Então passe pra mim - ela ordena

Ela passa a ligação para Regina e escuta a morena mudar a voz, ficando mais doce e delicada para falar com o marido

- Oi, baby
- Oi, linda. Estou morrendo de saudades de você
- Eu também, amor. Mas hoje eu vou tentar sair mais cedo e ficamos juntos - sorri ao falar com o loiro
- Gostei da ideia. E quer dizer que a dona minha mulher marcou um almoço em família hoje?
- Marquei, estou morrendo de saudades de um programinhas em família. Vem me buscar?
- Vou sim, amor. Aliás tenho que ir buscar os meninos, mas tem uma moça aqui muito concentrada no telefone e não consigo tirar os olhos dela
- COMO É QUE É ROBIN DE LOCKSLEY? - o sorriso da morena logo desaparece
Ele sorri - Ela estava sorrindo, toda feliz mas agora desfez o sorriso lindo que ela tem e quase gritou no celular
- Robin, você não me estressa, tchau – finaliza a ligação  - EMMA, CANCELE - ela olha pra porta no intuito de falar com a secretaria e encontra o marido com um sorriso no rosto e um buque de flores nas mãos

- Oi estressadinha - ele sorri e adentra a sala  

Ela se levanta de braços cruzados e se apoia na mesa - Olha as coisas que você me fala

Ele a olha e percebe que a mulher está bem vestida como sempre, usando uma saia de couro preta colada e que ia um pouco acima do joelho e com um cropped vermelho que deixava uma linha de sua barriga aparecendo. Nos pés ela usava um salto preto e bem alto.

- Estava apenas falando da minha querida esposa - ele põe o buquê na mesa e fica na frente dela
- Não sabia, não - ela senta na mesa

Ele sorri e vai até a porta, trancando e descendo as cortinas. Volta e fica parado na frente de Regina, segurando a cintura dela - Só tenho olhos para você, amor
- Quem vê pensa - fala sem olhar pra ele
- Tá duvidando, Mills? - levanta o queixo dela, fazendo ela encarar o loiro
- Me prove, Locksley

Ele não responde e a puxa para um beijo caloroso, entrelaçando os dedos nos fios negros dos cabelos dela

Ela enlaça as pernas na dele no intuito de aproxima-lo mais enquanto seus braços o abraçava pelo pescoço

Eles se separam por falta de ar e ele coloca uma mecha do cabelo dela atrás da orelha - Isso te provou alguma coisa? - ele fala quase colando os lábios deles novamente

- Provou que eu sou muito dependente do seu beijo - ela fala ofegante enquanto passa o polegar na boca dele - Te amo - ela sorri
Ele a abraça forte - Te amo tanto, morena - olha nos olhos dela e sorri

- Vamos buscar nossos amores? Quero passar bastante tempo com vocês
- Vamos, até porque acho que estamos atrasados - ri e ajuda a mulher a descer da mesa

Ela fecha uns botons que estavam abertos na camisa dele

- Você sabe que eu não gosto disso tudo fechado - ele reclama
- Você sabe que eu não gosto delas te olhando - ela fecha a cara
- Elas podem olhar o quanto quiserem, a única que tem é você - dá um selinho na amada e abre a porta

Eles saem da sala de mãos dadas e Regina fecha a cara ao ver todas olhando intrigadas para o casal e algumas cobiçando Robin. Zelena traz as coisas dela e o marido a ajuda a colocar o casaco. Regina ouve alguns suspiros e bufa

- Emma, pode tirar seu horário de almoço e antes de eu voltar te ligo - ela fala pra ruiva
- Zelena!
- O que? - arqueia a sobrancelha
- Meu nome é Zelena!

Robin encara a menina ruiva e franze as sobrancelhas, ele tinha certeza que ela era familiar e não era pela conversa ao telefone. Ele já ouvirá aquele nome em algum lugar.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...