História Perfect Sin - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Selena Gomez, Troy Ogletree
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Selena Gomez, Troy Ogletree
Tags Ally, Camila, Camren, Demi, Dinah, Lauren, Lesbicas, Normani, Norminah, Romance, Selena, Semi, Sexo, Trolly, Troy
Visualizações 239
Palavras 1.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - Forty-four


Fanfic / Fanfiction Perfect Sin - Capítulo 44 - Forty-four

Point Of View Normani Kordei Hamilton

        Minha noite com Dinah foi maravilhosa, não esperava menos vindo dela. Cada detalhe, olhar, sorriso e toque estão gravados em minha memória. Meu corpo dói devido nossa transa, ou posso dizer que fizemos amor, pelo menos da minha parte. Observo a polinésia loira dormindo calmamente ao meu lado, sorrio com a cena de seus cabelos bagunçados, respiração tranquila e seus braços segurando minha cintura de maneira possessiva.

        Sou tirada de meus pensamentos com batidas fortes na porta. Sinto pouca dor de cabeça, apesar de que passei da conta, mas o banho de ontem me ajudou. Ou será que foi hoje? Cubro Dinah, que está com a coberta da cintura para baixo. Tomo cuidado ao tirar seus braços de mim, para não acordá-la. Visto minha roupa, encontrando tudo jogado no chão e o vestido de Dinah, que pego e coloco perto da cama para que ela possa encontrar mais facilmente. Passo a mão por meu cabelo, dando uma leve arrumada e abro a porta, encontrando minha mãe parada.

        —Bom dia. – Desejo assim que bocejo.

        —Bom dia. – Responde e olha para dentro do meu quarto. – Dinah dormiu aqui? – Assinto concordando como resposta. – Como ela veio parar aqui?

        —A família dela conhece o dono da melhor balada, então ela conseguiu nos colocar na lista VIP. Eu, ela, Lauren e Camila, a filha da Demi que namora com a Laur. – Expliquei rapidamente. – Como bebi demais, como sempre, Dinah me trouxe de táxi e a convidei para dormir aqui porque estava tarde para que ela voltasse sozinha.

        —E qual o motivo da porta trancada? – Perguntou curiosa.

        —Dinah gosta de privacidade. – Menti.

        —Ela não tem nem na própria casa com todas as irmãs e irmãos. – É um saco quando sua mãe conhece a família de suas amigas desde que tínhamos seis anos e ficou amiga dos pais delas. – Vamos Normani, quero a verdade.

        —Mãe, essa é a verdade. – Continuo mentindo.

        —Eu e seu pai esperaremos por você para tomarmos café da manhã. – Fala firme e concordo. – Espero sua verdade lá embaixo.

        Minha mãe sai e fecho a porta, bufando por ela me conhecer bem demais. Volto para a cama e me sento, analisando Dinah. Não quero ter que acordar ela, ainda mais sabendo que ela ficará uma fera por isso.

        —Baby, precisamos descer. – Sacudo seu corpo e nada dela acordar. – Dinah, é sério. – Perco a paciência. – DINAH JANE! – Grito e ela acorda assustada, caindo da cama e fazendo um barulho alto quando seu corpo se choca com o chão.

        —Porra Mani, isso é jeito de acordar alguém? – Pergunta irritada quando se levanta. – Poderia ser mais carinhosa. Agora minhas costas estão doendo. – Reclamou.

        —Desculpa baby. – Aproximo dela, que coloca sua mão na frente para me impedir. – Minha mãe bateu aqui na porta e estranhou estarmos dormindo juntas e com a porta fechada. Agora ela quer saber o motivo. – Resumo tudo.

        —Preciso me arrumar. – Dinah fala e só então percebo que ela está apenas com uma calcinha preta. – Pare de me comer com o olhar. – Pede quando repara que a estou olhando.

        Rapidamente Dinah se arruma e eu ajeitei meu cabelo. Descemos e eu estava nervosa com isso, porque sei que a loira irá falar que estamos juntas, mas não sei qual será a reação dos meus pais.

        A mesa do café da manhã já estava pronta, e meus pais estavam sentados. Sentei ao lado de Dinah e minha mãe me lançou um olhar mandão para que eu falasse a verdade.

Point Of View Dinah Jane Milika Ilaisaane Hensen

        Tia Andrea olhava para mim e Normani, já Derrick parecia estar aéreo no que acontecia. Segurei a mão da morena ao meu lado, ela parecia com medo deles saberem.

        —Eu tenho um comunicado a fazer. – Os dois me olharam esperando minha fala. – Normani e eu estamos juntas.

        —Estão namorando? – Derrick foi o primeiro a se pronunciar.

        —Não estamos namorando pai, só ficando. – Normani disse e ele assentiu, voltando a atenção ao jornal em suas mãos.

        —Eu já imaginava. – Andrea diz sorrindo. – Vocês sempre se deram muito bem e quando vi você dormindo no quarto, só precisei ver que você estava nua para ligar os pontos. – Nessa hora minhas bochechas esquentaram de vergonha. – Não tem problema, Derrick e eu não ligamos de vocês namoraram aqui em casa. É melhor aqui do que na rua. (N/A: Todos os pais mais liberais falam isso, minha madrasta falava isso para mim kkk...).

        —Concordo com você querida. – O pai de Normani concordou sem tirar os olhos do jornal.

        —Pelo menos sabemos que você não vai engravidar cedo filha. – Ela fala e depois ri, deixando Normani com vergonha. – Por mim vocês têm o meu apoio.

        —O meu também. – Derrick disse e olhou para nós com um pequeno sorriso nos lábios.

        —Foi mais fácil do que pensei. – Sussurrei para Normani, que apenas assentiu.

        Tomamos o café da manhã e decidimos que iríamos ao shopping. Tia Andrea perguntou se voltaríamos para almoçar e neguei, pois levaria minha morena linda para almoçar fora.

        Depois de ontem, eu só quero ficar ao lado dela.

Point Of View Karla Camila Cabello Estrabao Lovato

        Lauren acordou já passando mal e eu não sabia o que fazer. Ela vomitou muito e não quis comer nada, apenas se jogou na cama e fiquei ao seu lado.

        Sofi dormiu com Taylor, já que eu e Lauren voltamos um pouco tarde. A morena dos belos olhos verdes ficou muito bêbada e capotou na cama quando conseguimos chegar ao quarto, depois de muita dificuldade.

        Agora que ela já tomou um remédio para dor de cabeça e parou de colocar tudo para fora, estamos em seu quarto atoa, apenas deitadas. Sofi abre a porta e se joga entre Lauren e eu, colocando seu rostinho entre meus seios e mexendo em uma mexa de meu cabelo, enrolando e brincando com ela.

        —Kaki. – Sofi me chama e abaixo meu olhar para ela. – Podemos nadar hoje?

        —Pergunte a Laur, a casa é da mãe dela. – Respondo e ela vira seu corpinho para o lado oposto, ficando de frente para Lauren.

        —Podemos nadar? – Faz sua voz manhosa, sabendo que assim ela consegue as coisas. Assim como fez comigo, Sofi colocou o rostinho perto dos seios da morena de pele alva.

        —Acho que nadar ajuda a curar minha ressaca. – Lauren fala para mim e sorrio com isso. – Vamos nadar depois que almoçar.

        —Já está melhor? – Pergunto preocupada e ela assente. – Vamos almoçar então porque Marissa fez uma comida deliciosa.

        —Não quero comer Camz. – Lauren faz manha. – Meu estômago não suporta nada.

        —Dá beijinho que sara. – Sofi fala e Lauren assentiu me olhando. – Vai sarar. – Sofi deixa um beijo na barriga de Lauren.

        —Obrigada cunhadinha. – Sorrio para minha irmã. – Agora vá lá almoçar para depois nadarmos.

        Sofi saiu do quarto correndo e eu fiquei com Lauren, que parecia não se sentir bem.

        —Lolo, não gosto de te ver assim. – A abraço de lado. – O que eu posso fazer para te ajudar?

        —Você pode me dar beijos. – Sugere e olho incrédula para ela. Nem mesmo quando não se sente bem ela não deixa de ser safada. – Muitos beijos.

        —Só se você comer alguma coisa.

        —Meu estômago não vai segurar a comida por muito tempo.

        —Um lanchinho leve. – Sugiro e ela assente. – Vou pedir a Marissa para preparar alguns sanduíches e suco para a senhorita. – Dou um selinho e levanto da cama para sair.

        Lauren se levanta também e se coloca ao meu lado, entrelaçando nossas mãos e descemos juntas até a cozinha. Taylor e Sofi almoçam juntas enquanto conversam animadamente. Minha namorada se senta ao lado da irmã e peço para que preparem um lanchinho para ela. Sento e me sirvo.

        —Podemos chamar as meninas para virem nadar? – Pergunto e Lauren assente. – Vou mandar mensagem no grupo.

        Lauren me colocou no grupo em que ela e as meninas formaram. Também me ensinou a mexer no celular, ainda não me viciei como ela, que tem diminuído o vício desde que cheguei.

        —Posso chamar o Austin? – Taylor pergunta e Lauren revira os olhos.

        —Pode sim. – Respondo e percebo que Lauren não gostou da minha resposta, mas apenas a ignoro.

        Pego meu celular e o desbloqueio, entrando no aplicativo de mensagens e indo no grupo.

        Mensagens On

        Grupo das piranhas de Miami

        Me: Lauren está chamando todas vocês para vir aproveitar a piscina.

        Chee: Mani e eu vamos ir.

        Baixinha: Estou livre hoje. Meu Troy tem que ficar com a família hoje.

        Me: Até mais tarde. Ah, tragam coisas para comer porque a Laur não aguenta mais beber.

        Chee: Branquela deve estar numa puta ressaca Kkkkk.

        Me: Tadinha da minha Lolo, Chee.

        Chee: Mani chegou e tomou um banho, então não acordou de ressaca. Ela disse que só um pouco de dor de cabeça.

        Me: Eu dei remédio pra ela, já está melhor.

        Ally: Laur e Mani parecem competir para saber quem bebe mais, depois reclamam.

        Me: Vou almoçar aqui. Até mais tarde.

        Chee: Até bunduda.

        Mensagens Off

        —Todas virão. – Digo para Lauren, que já está lanchando.

        —Já vi que vamos fazer muita bagunça. – Ela sorri sapeca para mim e apenas nego com a cabeça.

        Ela e Dinah vão me dar muita dor de cabeça. Paciência Camila, paciência. Você cuidará disso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...