História Perfect Strangers - Capítulo 32


Escrita por: ~

Exibições 16
Palavras 1.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse capítulo foi mais sem graça e menor porque o próximo que é o de sábado vai ser só sobre a Girls night.

Capítulo 32 - You can have anyone she wants


Fanfic / Fanfiction Perfect Strangers - Capítulo 32 - You can have anyone she wants

Antes 

 Saímos da loja e fomos em direção ao carro, quando eu ia sair da calçada para dar a volta e entrar no carro Ian puxa o meu braço, assim que me viro para ver o que está acontecendo ele me beija.

Agora

Eu ainda estava em choque pelo o que tinha acabado de acontecer, sei que ele havia feito isso por causa dos paparazzis mas mesmo assim eu não gostei dessa história, ele não tinha o direito de ter me beijado dequela maneira sem ter me avisado antes. Parte de mim tinha raiva pelo meu primeiro beijo ter sido com um homem que eu detestava e outra parte, uma pequena parte de mim parecia ter gostado. 

Ainda estávamos no carro quando o celular do Somerhalder tocou, ele parou o carro para entender conversou com quem eu julgava ser o seu irmão mais velho Alexander. E de acordo com o que eu escutei iríamos fazer não sei o que na mansão Somerhalder, provavelmente confirmar que estamos noivos. Eu não estava com um pingo de saco para ir fingir ser uma garota apaixonada e mega feliz por casar com Ian Somerhalder como qualquer uma estaria se sentindo se estivesse no meu lugar.

Desde o beijo eu não tinha falado absolutamente nada, e com certeza Ian percebeu que tinha algum problema comigo porque ele perguntou se tinha acontecido alguma coisa, eu apenas revirei os olhos e continuei calada. 

Chegamos na mansão Somerhalder e fomos recebidos pela Sra. Somerhalder falando:
- Aí meu Deus, é verdade?- ela falou e já pegou a minha mão procurando o anel. 
- O casamento ainda nem aconteceu mas eu já te considero minha irmã- Marie chegou falando e depois me abraçando. 
- Vou pedir para Margot vir a qui hoje mesmo- Milla falou.
- Quem?-perguntei.
- Margot Robbie, ela organiza todos os eventos da família e da empresa. Então obviamente ela vai organizar o seu casamento- não gostei disso, por mais que o casamento vai ser falso, uma cerimônia realmente vai acontecer e eu que tenho que escolher quem irá organizar, poxa além do mais eu é que sou a noiva.
- Mas eu acabei de ficar noiva- falei.
- Quanto mais cedo esse casamento acontecer melhor, se demorar o meu vestido não vai servir em você. 
- Eu não pretendo engordar nem uma grama, e como assim o SEU vestido?
- Ah querida nós nunca queremos, mas com a gravidez é natural que a sua barriga cresça- Ian que estava do meu lado bebendo whisky até engasgou.
- O QUE? Eu não estou grávida!-falei ainda chocada por ela ter pensando isso.
- Não? Ah me desculpe mas foi o único motivo que eu vi para vocês ficarem noivos tão depressa.
- Mãe, eu e a Ella não vamos ter um filho tão cedo. E não foi tão depressa assim, já tem um ano que estamos namorando.
- UM ANO?- Milla perguntou- porque só apresentou ela para a família agora?
- Irmãozinho eu vi as notícias- Alexander chegou falando, graças a Deus ele tinha o hábito de aparecer quando mais se precisa dele- de todos os Somerhalder's você tinha que escolher o pior?- ele brincou, mas no fundo acho que não foi de tudo graça.
- Ah Alexander o seu irmão é ótimo!- falei. 

 

Depois de uns minutos que as coisas acalmaram Ian me chamou quando eu estava falando para a Sra. Somerhalder que eu não iria o seu vestido de noiva o que a deixou um tanto decepcionada, mas eu tinha certeza que ela não desistiria da ideia. Ian falou que queria conversar comigo, então fomos para uma sala fechada no andar de cima. Assim que entramos e ele fechou a porta eu só esperei ele se virar e dei um tapa do no seu rosto.
- Tá maluca? Porque fez isso?
- Quem você pensa que é para beijar daquele jeito?
- O seu noivo, você se esqueceu que tinha concordado com isso na reunião em Amsterdã? E você achou mesmo que se passaria por minha namorada sem nunca me beijar? Esse foi um dos motivos que fez com que as coisas dessem tão errado, ninguém estava acreditando. Devíamos ter feito isso a um mês atrás.
- Eu sei mas...
- Mas o que? 
- Eu nunca....ninguém....antes
- Cooper eu não estou entendendo, você nunca o que?
- Esse foi o meu primeiro beijo, você foi o primeiro. Tá satisfeito agora?!
-  Eu não sabia. Cooper eu quero que você saiba que mesmo que estivermos juntos nada disso é real, não devemos satisfações um para o outro. Portanto se você quiser ficar com outros caras, está livre para isso.
- Como assim?
- Eu sei que você não gosta de mim, e acredite nem eu de você. Não de uma forma romântica que nunca eu tenho certeza que não acontecerá, mas isso não quer dizer que não possamos ser amigos para facilitar a convivência, então você e eu não precisamos ficar presos um ao outro. Se quiser sair e ir a festa, ficar com outros caras ou garotas porque se você não gostou de eu ter beijado quando a maioria das mulheres se matariam por isso eu acho que essa não deve ser a sua praia...
- Argg- arfei.
- O que eu estava dizendo é que você está livre para ficar com quem quiser, contanto que seja discreta.


Era muito bom saber disso, embora eu achasse que essa regra não cabia ao seu irmão Sebastian, pois para eles nós éramos realmente um casal. E eu também não podia me arriscar. Quando voltamos para a sala tinha uma mulher que eu nunca tinha visto antes, ela era loira dos olhos azuis, e muito bonita. 

- Ella essa é Margot Robbie- Marie apresentou- fiquem aí conversando que eu já volto.
- Ah é um prazer conhecê-la Margot.
- Ah obrigada, o prazer é todo meu e uma honra poder organizar o seu casamento.
- Ah é meio estranho já que fiquei noiva a poucas horas atrás.
- Isso a Sra. Somerhalder não me falou- ela disse rindo.
- Imagino que não. 
- Senhorita Cooper se não me quiser organizando o seu casamento é só me falar, esta tudo bem eu sei como a Milla é.
- Não, eu não quis dizer isso...
- Que tal nos conhecermos melhor e depois você me fala se quer ou não que eu seja responsável pelo seu casamento.
- Feito- apertamos a mão uma da outra. 
- Margot o que acha de ficar para a noite das meninas de hoje?- falou Marie voltando para a sala.
- Aí eu não sei se é uma boa ideia...
- Ah por favorzinho! O Alex vai estar em casa- provocou Marie.
- Tudo bem então- concordou Margot sorrindo. Pelo jeito ela tinha uma quedinha por ele.
- Ella porque você não liga para a Emilia e já fala para ela vir?
- Tá bom, vou fazer isso agora.

 

Eu liguei para a Emi e falei para ela já trazer as minhas e as suas coisas,  como passaríamos à noite. Eu não fazia ideia do que a garota Somerhalder planejava para essa noite das garotas.


Notas Finais


Girls me falem o que acharam do beijo da Ella e do Ian no episódio passado, por favor!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...