História Perfeitas e Complicadas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Boruto Uzumaki, Chouji Akimichi, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Drama, Gaaino, Inosai, Naruhina, Naruto, Revelaçao, Romance, Sasusaku
Visualizações 35
Palavras 1.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Uma tarde triste


Fanfic / Fanfiction Perfeitas e Complicadas - Capítulo 3 - Uma tarde triste

Era uma tarde ensolarada de sábado quando três amigos resolveram se reunir em frente à casa de Sai para conversarem um pouco, afinal muitas coisas aconteceram ao mesmo tempo e eles não tiveram a oportunidade de descontrair um com o outro até o momento.


- Mas que droga cara... – Falou Naruto comovido.


 - Eu nunca pensei que ela teria coragem de fazer algo assim. – Disse Sai com uma voz calma e olhar distante. 



- Se qualquer cara ousasse tocar na minha namorada eu juro que eu mataria! – Disse Sasuke rispidamente já que até então não se conformou por Sai não ter feito nada contra o homem que estragou o namoro dele.


 - Não vale à pena arranjar mais briga com Gaara por causa daquela... – Colocou uma expressão de raiva em seu rosto. – Vadia! – Ao difamar a ex tacou sua latinha de refrigerante longe e com força para amenizar a raiva sem obter sucesso.


 - Já tentou conversar com ela sobre isso? Talvez ela tenha uma explicação. – Questionou Naruto ainda perplexo com aquela história. 


 - Não há o que ser explicado, ela fez o que fez e nada vai mudar isso. – Respondeu o moreno que apertava seus punhos cada vez mais forte, falar sobre aquilo sempre o estressava.


 - Também acho essa história muito mal contada, Ino nunca foi esse tipo de mulher.


 - Não Sasuke… - Retrucou já nervoso. - Ela diz que foi o álcool e que Gaara colocou algo na bebida dela...


 - Esta vendo? O culpado disso tudo é ele! – Naruto se levantou de onde estavam sentados apenas para encarar Sai que estava escorado na parede.


 - A questão é que eu não ligo se Gaara deu em cima dela ou transou com ela, porque pra mim ele não passa de um monte de lixo! – Naruto e Sasuke o fitaram com temor pelas insultas que fez ao seu ex melhor amigo, que aparentemente (para uma pessoa que não os conhecem de verdade) diria que são dois colegas normais que se dão bem um com o outro. – Mas a Ino... – Abaixou a cabeça. – Ela era a pessoa que eu mais amava e confiava no mundo. - Fez uma expressão decepcionada. 


 - Você é um vacilão!


 - Ei Naruto calma ai...


 - Calma ai nada Sasuke! – Aumentou o tom de voz. – Eu não vou ficar aqui ouvindo você se lamentar! Se você amasse ela de verdade pelo menos a deixaria dizer o que realmente aconteceu ao invés de ficar mostrando pro mundo que você é uma vítima triste.


 - Cala a boca! – Gritou Sai. – Você não sabe como eu me sinto sobre tudo isso.


 - Se você está tão mal assim então tente resolver isso. - Usou um tom mais acolhedor e calmo. - Qual é? Vocês namoram há quase três anos, vai mesmo deixar que tudo se acabe assim? 


- Na moral, eu concordo com o Naruto. – Disse Sasuke.


Um silêncio perturbador reinou por alguns minutos, os dois melhores amigos deixaram Sai pensativo, considerando talvez o conselho que recebeu, mas não deixaria transparecer. 


 - Rum... Idiotas – Começou a caminhar para sua casa que ficava do outro lado da calçada em que estavam.


 - Aonde vai? – Questiona Sasuke sem obter resposta, pois o moreno foi a passos apressados para casa na intenção pensar um pouco.


 - Acho que peguei pesado com ele. – Falou Naruto com arrependimento observando Sai bater a porta de sua casa com força.


 - Isso vai ser bom pra ele. – Bufou Sasuke voltando a se sentar na calçada junto a Naruto. 


– Acho que ele pensa que é o único que tem problemas no relacionamento. Não esta fácil pra ninguém. – Disse Naruto com um olhar pensativo ao apoiar os cotovelos nos joelhos. 


- O que há com você e Hinata? Quase não os vejo juntos... – Naruto suspirou e colocou um olhar triste e pensativo antes de responder. 


- O pai de Hinata não aceita que ela namore, nem que saia com suas amigas, nem que tenha uma vida social. Ele quer que ela viva para estudar e ter um futuro glorioso, e se ela ousar desobedecê-lo ele a expulsará de casa sem dó.


 - Manda esse velho pro inferno! – Falou com ódio e ao mesmo tempo com humor. 


- Bem que eu gostaria. – Riram, mas Naruto pôs uma expressão séria novamente. – Estou pensando seriamente em terminar com ela. – Sasuke o olhou surpreso e então Naruto já tratou de explicar. – Ela corre perigo de perder seu lar e seu pai, que apesar de ser chato ele a ama e ela o ama também, seria uma dor insuportável pra ela.


 - Mas você a ama Naruto, vai mesmo se deixar vencer por aquele velho?


 - Sim, eu a amo mais do que tudo e todos, e é por amá-la tanto que tenho que deixá-la. Ela ficará muito triste e ver isso será uma tortura pra mim, mas um homem tem que fazer o que é preciso fazer. – Sasuke olhou para Naruto surpreendido ao se dar conta do quanto seu amigo de infância cresceu.


 - Admiro sua coragem Naruto, sinceramente eu não sei o que eu faria no seu lugar. - Disse por fim bebendo um gole do refrigerante em suas mãos. 


- Ainda não sei de onde vou tirar coragem pra dizer isso à ela.


- Já parou pra pensar que talvez o pai dela diga aquelas coisas só pra assustá-la? ele não seria capaz de expulsar a própria filha. - Naruto riu.


- Ahh você não conhece mesmo o Sr. Hyuuga. - Balançou a cabeça em negação com um sorriso sarcástico que se foi ao continuar. - Aquele homem é amargo, tenho certeza que ele não teria nenhum problema em mandar Hinata embora. - Suspirou decepcionado. - Por isso que preciso deixá-la, a dor de me perder será menor do que perder um lar e um pai, afinal eu não vou sair da vida dela, vou continuar sendo seu amigo pra sempre até podermos ter um relacionamento de verdade.


 - Você irá esperar por ela? – Questionou o moreno incrédulo. 


- Esperarei o tempo que for preciso. – Falou determinado com o sorriso no rosto. – Eu ainda vou me casar com essa mulher! - Olhou para Sasuke animadamente.


Sasuke observou a expressão esperançosa do amigo, até então não tinha se dado conta do quanto ele amadureceu, mas devia tudo isso a Hinata, pois foi quando os dois começaram a namorar que Naruto mudou para melhor, parando de se meter em confusão e fazer bobagens para ter uma vida mais digna ao lado dela.


- Como vai a Sakura? - Perguntou o loiro tirando o Uchiha de seus devaneios e fazendo ele mudar sua expressão de surpresa para uma preocupada.


- Ela está muito estranha ultimamente, sinto que ela está me escondendo alguma coisa. - Olhou para o nada reflexivo.


- Eu notei que está meio fechada ultimamente, isso não é do feitio dela, geralmente está sempre alegre e conversando com todos.


- Pois é… - Sussurrou Sasuke mais para si mesmo. - Ela me disse que era alguns pesadelos, mas tô desconfiado disso. 


- Deve ser só uma fase, nada de demais. - Naruto tentou quebrar aquela tensão que estava se formando, mas não obteve sucesso, Sasuke continuava preocupado.


- Preciso descobrir o que está acontecendo… - O moreno parecia sério até demais para Naruto. - Acho que vou até a casa dela agora. - Se levantou e Naruto fez o mesmo.


Sasuke parecia cismado com aquela história como se só agora tinha se dado conta do quanto a rosada andava diferente.


- Tudo bem, eu vou me encontrar com Hinata e… - Suspirou triste. - Fazer o certo. 


- Boa sorte meu amigo. - Desejou com sinceridade. - Até mais.


- Até. - Deram um aperto de mão e saíram em direções diferentes. 


______________________


Sai estava em casa, sentado no sofá com a TV ligada, porém em um canal inexistente, apenas com a tela chiando sem parar, o cheiro de resto de comida exalava pela casa inteira, pois a tempos não lavava a louça, nem ao menos passava uma vassoura na casa empoeirada. Pouco estava se importando com a higiene da casa. Depois de seu término com Ino seus dias eram todos iguais a esse, sentado no chão da sala suja com uma garrafa de vodka e uma foto linda do casal sorridente. Não pode evitar que uma lágrima rolasse pelo seu rosto.


Em meio a toda sua melancolia refletia sobre as palavras de Naruto nessa tarde, ele era um homem orgulhoso e sabia disso, talvez devesse investigar sobre o ocorrido, mas dispensou esses pensamentos sendo transbordado pelo sentimento de rancor e ódio tacando a garrafa de vodka com força na parede e prometendo a si mesmo que jamais à perdoaria.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...