História Perfeito Encaixe De Amor - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Vovó (Granny)
Tags Amor, Once Upon A Time, Outlaw Queen, Outlawqueen, Regina, Robin Hood
Exibições 35
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura, amores.

Capítulo 5 - Fim da obrigação


Robin se sente muito estranho, ao ter essa conversa, mas também se sente alegre. Regina não se lembrava dos problemas, do que a havia feito chorar, de todas as mágoas que Robin havia causado, mas ele ficou feliz por isso. Como se fosse uma renovação de relacionamento.

Lógico que a perda de memória de Regina, o deixou arrasado, mas aquele sorriso e brilho no olhar que ela havia perdido toda vez que olhava pra ele, renascia novamente. 
-------------------------------------------------

Robin: Então, você deixa eu ser seu amigo- disse sorrindo.

Regina: Você é muito bobo, mas claro que sim né-  falando com um sorriso maravilhoso.

Regina não lembrava de quase nada, ela tinha suas memórias de Jovem. Não lembrava de seu reinado,nem da prefeitura,nem de Snow adulta, nem de Henry. Ela só lembrava do acontecimento mais cruel da sua vida, antes mesmo de perder a memória.A morte de Daniel.

Lembrava de seus pais, Snow quando ainda criança e do Rei antes do casamento. Por isso Regina foi tão gentil com Robin, ela ainda tinha alma doce de sua juventude, coisa que ela não tinha ao conhecer Robin pela primeira vez.

Médico: Com licença - abrindo a porta- Olá Regina.

Regina: Oi

Médico: Trouxe a sua tomografia.

Regina: Minha o que ?

Robin: Depois te explico- piscou para ela- deixe me ver, doutor !

Médico: Sim.

Eles foram para o canto da sala, para que Regina não ouvisse nada da conversa.

Robin: Então, como tá tudo?

Médico: Não houve nenhuma causa aparentemente. A perda de memória pode ser pelo trauma e provavelmente volta em alguns dias.

Robin: Você tem certeza que não foi nada sério ?

Médico: Tenho sim, ela poderá ir para casa depois de amanhã,  por causa do corte na cabeça que foi profundo, ela precisa trocar os curativos e tomar os remédios.

Robin: Mas, como ela vai ficar?...digo... Ela não conhece ninguém.

Médico: Bom, ela conheceu você e parece que ela gostou. Como ela não conhece ninguém,  além de você, e você é a pessoa que ela mais confia agora. Você pode ficar perto dela? Acho que vai fazer bem.

Robin: Eu vou tentar, por causa da Marian e tudo. Mas eu vou cuidar dela, nem que seja a última coisa que eu faça na vida.

Médico: Que bom que posso contar com você para a recuperação dela.

Robin: Como é seu nome ?

Médico : Meu nome é Ricardo, mas pode me chamar de Rick.

Robin: Prazer Rick ! E obrigado por cuidar do meu amor.

Rick: Imagina, conte comigo.

Regina: Posso saber do que os senhores estão falando ?

Rick e Robin: Nada não.

Regina: Sei...

Rick: Regina, meu nome é Rick ! Como já havia falado com você antes, você perdeu a memória.

Regina: Sim, disso eu lembro- Disse ela sorrindo.

O som dos risos ecoam pelo quarto.

Rick: Você vai para casa.

Regina: Pra casa ? Eu não sei onde moro, onde tá a minha mãe e o meu pai ?

Rick: Robin vai levar para casa e seus pais ? Uma coisa de cada vez, isso vai ficar com você amigão- disse colocando a mão no ombro de Robin.

Robin: Você não tem pena de mim mesmo né ?

Regina começa a rir .

Regina: Então você vai me levar pra casa.

Robin: Acho que sim

Rick: Você vai hoje a noite. Robin  acho melhor você ir e comunicar a Emma e o resto.

Robin: Eu vou e mais tarde volto pra pegar você- apontou para Regina.

Regina: ok, irei esperar- risos.

Robin sai da sala e deixa Rick e Regina conversando.

Emma: Então ?

Robin: Ela não lembra de ninguém, só dá mãe, do pai e da morte do Daniel.

Henry: Ela não lembra de mim ?- disse com uma voz triste.

Emma: Henry...

Robin: Não, mas a notícia boa é que o médico disse que não vai demorar muito para ela recuperar a memória. Você quer ver ela ?

Henry: Acho que agora não.

Emma: Robin, a Marian veio aqui procurar você. Hook falou com ela e ela foi embora, acho melhor você ir pra casa.

Robin : Eu não posso, mas o médico pediu para levar Regina para casa. Ele acha que a única pessoa que ela confia nesse momento sou eu.

Emma: Por que ele acha isso?

Robin: Tive uma conversa rápido com ela e parece que ela gostou de mim.

Emma: Convencido...

Robin: É sério, Emma !- em meio a risadas.

Emma: Enfim, acho melhor você ir, conversa com a Marian e você aproveita e pega algumas coisas pra ficar na casa da Regina com ela.

Robin: Está bem. Você pode ver ela.

Emma: Talvez eu vá.

Robin: Por favor, fica com ela,  assim eu fico tranquilo, diz que você é amiga dela e não fala mais nada de ninguém.

Emma: Vai lá que eu vou ver a Regina.

Robin deixa o hospital e sabendo que Emma estaria perto de Regina,ele fica mais calmo.

Robin chega ao acampamento, onde estão seus companheiros e Marian está com Roland, perto da sua tenda.

Marian: Meu Deus Robin ! Você tá bem? Eu fiquei muito preocupada - ela o abraça, mas ele não retribui.

Roland: Papai - abraça Robin, que dessa vez retribui e o coloca no colo.

Marian: Porque você não me deu notícias ?

Robin: Estava preocupado com a Regina e fui com ela para o hospital.

Marian: Eu sei, fui lá procurar e Hook me "expulsou".

Robin: Ele fez bem você só ia atrapalhar. Roland, porque não vai brincar um pouco.- Ele o tira de seus braços.

Roland se distancia de seus pais e vai brincar com os companheiros de Robin.

Robin: Marian não dá mais, Regina está neste estado e eu sou a pessoa que ela mais confia nesse momento. Eu até tentei ficar com você, pelo meu filho, mas não consigo mais. Amo a Regina como nunca amei ninguém, você foi importante porque você é foi a mãe do meu filho. Eu vou ficar alguns dias com a Regina na casa dela, e de vez em quando venho ver o Roland.

Marian: Você vai separar de mim ?

Robin: Não tem porque ficar com alguém que não amo.







 


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...