História Perigos da vida - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Riverdale, Scream (Série), Scream Queens
Personagens Alice, Alice Cooper: Mãe de Betty, Anna, Archibald "Archie" Andrews, Audrey Jensen, August Wayne Booth (Pinóquio), Brooke Maddox, Capitão Killian "Gancho" Jones, Chad Radwell, Chanel Oberlin, Cheryl Blossom, Chuck Clayton, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Elizabeth "Betty" Cooper, Elsa, Emma Duval, Emma Swan, Fa Mulan, Forsythe "Jughead" Jones III, Grace Gardner, Gustavo "Stavo" Acosta, Henry Mills, Hester "Neckbrace" Ulrich, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Isaac (O Autor), Jake Fitzgerald, Jason Blossom, Josephine "Josie" McCoy, Kieran Wilcox, Lacey (Belle), Lilith "Lily" Page, Madre Superiora (Fada Azul), Margaret "Maggie" Duval, Marian, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Mérida, Mike Newsome, Milah, Neal Cassidy (Baelfire), Nina Patterson, Noah Foster, Personagens Originais, Peter Pan, Piper Shaw, Polly Cooper, Princesa Aurora, Príncipe James, Rachael Murray, Regina Mills (Rainha Malvada), Riley Marra, Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Seth Branson, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Treinador Clayton, Veronica Lodge, Xerife Graham Humbert (Caçador), Xerife Keller, Xerife Michael Acosta, Zayday Williams, Zelena (Bruxa Má do Oeste), Zoe Vaughn
Tags Drama, Ouat, Scream, Suspense
Visualizações 32
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Uma luz na escuridão


Fanfic / Fanfiction Perigos da vida - Capítulo 18 - Uma luz na escuridão

As quatro amigas chegam na fazenda e resolvem se separar , swan vai com Belle e Duval com Audrey.

- Belle e se não acharmos minha mãe , e se ela morrer , eu não quero voltar para aquele orfanato - disse swan chorando

- calma sua mãe não vai morrer , e por que você acha que vai voltar pro orfanato ? - perguntou Belle

- por que quando Piper me adotou estava escrito na papelada que enquanto eu não completasse 18 anos eu não poderia ficar sozinha senão eu terei que voltar pro orfanato - disse swan

- mais isso não vai acontecer - disse Belle

- eu espero que não - disse swan

Na casa de Cora

- Regina vem aqui - disse Cora

- o que foi mãe ? - disse Regina

- o que está acontecendo com você ? - disse Cora - e não me esconda nada 

- ai mãe eu não sei estou pensando muito no Robin eu amo tanto ele , e também por causa dessas mortes - disse Regina

- você devia esquecer ele e ficar com outra pessoa , ele é casado com a sua irmã - disse Cora

- pode até ser mais ela gosta de mulher mãe - disse Regina 

- quer saber não tem como falar com você ! Vai pro seu quarto - disse Cora

- estou indo - disse Regina 

Regina então entra no seu quarto e encosta a porta enquanto Cora fica lá embaixo , de repente alguém toca a campainha quando Cora abre é surpreendida pelo assassino que a empurra fazendo ela bater a cabeça e caindo desmaiada no chão.

O assassino começa a subir as escadas, Regina estava com fones de ouvido e não tinha escutado a campainha e nem barulhos , quando de repente o assassino entra dentro do quarto , Regina solta um grito mais o assassino pega um travesseiro e coloca sobre o rosto de Regina fazendo ela ficar sem ar , Regina se batia tentando escapar mais era inútil.

Robin estava chegando do hospital pois tinha ido ver Zelena , quando abriu a porta viu Cora caida no chão e a primeira pessoa que ele pensou foi em Regina , ele correu e subiu as escadas , quando entrou no quarto de Regina viu que o assassino estava quase a matando , ele então pula em cima do assassino deixando Regina livre do assassino e do travesseiro , mais o assassino era mais forte que Robin , ele pega sua faca e enfia no ombro de robin que da um grito , regina para salvar seu amado quebra um vaso na cabeça do assassino que cai no chão.

Regina corre ver Robin e decide leva-lo para o hospital assim ele pode fazer um curativo naquele corte , mas o assassino levanta e empurra Regina e Robin da parte de cima da casa , regina cai em cima da mesa da cozinha e robin cai no chão , Regina havia desmaido mais robin estava acortado mais não estava sentindo suas pernas , o assassino chega perto de robin e da um soco em sua cara fazendo ele cair desmaido também.

O assassino então pega e amarra Robin na árvore lá fora enquanto estava desmaiado deixando Regina e Cora dentro da casa e indo em direção a fazenda onde havia escondido Piper.

Na fazenda 

- será que a Piper está aqui mesmo - disse Audrey 

- não sei mais não custa procurar - disse Duval

- ei acharam alguma pista ou alguma outra coisa - disse swan entrando no galpão onde Duval e Audrey estavam 

- pior que não , cadê a Belle ? - disse Duval

- estou aqui é que to cansada - disse Belle

De repente elas escutam um gemido e swan o reconhece 

- é a minha mãe - disse swan

- tem certeza pode ser um animal - disse Belle 

- eu sei que é ela , vem vamos procurar - disse swan

Elas pegam e correm bem rápido quando entram em um outro galpão encontram Piper amarrada em uma cadeira , swan tira sua mãe dali , mais de repente o assassino retorna , ele está com a faca na mão e está decidido a não deixar ninguém sair dali . 

- por favor sai da nossa frente - disse swan

- ele não vai nos escutar - disse Duval

- o que vamos fazer então - disse Belle 

- já sei , corre ! - disse swan

As meninas começam a correr feito doidas até que swan cai no chão , Piper percebeu que o assassino iria pegar sua filha e correu tentar ajudar.

O assassino então percebe que Piper ia pegar Emma swan e ajudar , então ele joga swan no chão e enfia a faca na barriga de Piper

- não mãe - disse swan 

As amigas perceberam e tentaram ajudar mais Piper gritou que não precisava.

O assassino da mais duas facadas em Piper e corre.

- mãe calma vai ficar tudo bem - disse swan chorando

- querida esse é meu fim, eu estou passando dessa para melhor , eu só quero te pedir uma única coisa - disse Piper

- fale mãe - disse swan

- ache os seus pais verdadeiros e por favor descubra quem é esse assassino e coloque ele atrás das grades , eu também quero que saiba que eu te amo muito e sempre vou amar........ - disse Piper morrendo nos braços da filha.

Depois de tudo que aconteceu as meninas voltam para suas casas mais swan não podia ficar sozinha  então Duval a leva para sua casa .

Quando chegam lá elas percebem que Robin está amarrado na árvore e que Regina e Cora estavam desmaiadas na cozinha.

Regina acorda e conta tudo para as meninas , em seguida Cora também acorda , elas saem para tentar desamarrar robin mais quando a corda foi puxada as tripas de robin caíram pra fora , o assassino havia cortado sua barriga e colado a corta por cima que na hora que fosse arrancado as tripas cairiam.

Regina estava chorando pois não acreditava que robin havia morrido , enquanto isso Duval havia contado de swan para Cora que acabou ligando para o orfanato e contando tudo.

Horas depois a campainha toca , swan vai atenter e quando abre a porta a dona do orfanato onde havia sido adotada estava lá.

- olá, gostaria de falar com Emma swan - disse a dona

- sou eu, e quem é você ? - disse swan que não sabia que era a dona do orfanato pois havia sido adotada bebê.

- sou a dona do orfanato onde foi adotada , todos me chamam de madre superiora e eu vim levar você de volta ao orfanato - disse a Madre 

Duval havia escutado e foi falar com Cora.

- mãe querem levar minha irmã , por favor adota ela - disse Duval quase chorando 

- me desculpa mais ela terá que ir , e foi eu quem ligou para o orfanato - disse Cora 

- o que como pode - disse Duval 

- não interessa agora deixe essa menina ir , logo uma familia vai adotar ela - disse Cora

- não, eu vou impedir que isso aconteca - disse Duval

Mais Cora a pegou pelo braço e a trancou dentro do quarto e só iria soltar quando swan fosse sair da casa.

- então vamos - disse a Madre pegando na mão de swan e puxando-a para dentro do carro.


Notas Finais


E agora Emma voltará para o orfanato , será que alguém vai adota- la ?
Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...