História Perigos da vida - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Scream (Série)
Personagens Alice, Anna, Audrey Jensen, August Wayne Booth (Pinóquio), Brooke Maddox, Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Elsa, Emma Duval, Emma Swan, Henry Mills, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Isaac (O Autor), Jake Fitzgerald, Kieran Wilcox, Lacey (Belle), Lilith "Lily" Page, Madre Superiora (Fada Azul), Margaret "Maggie" Duval, Marian, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Mérida, Mike Newsome, Milah, Neal Cassidy (Baelfire), Nina Patterson, Noah Foster, Personagens Originais, Piper Shaw, Princesa Aurora, Príncipe James, Rachael Murray, Regina Mills (Rainha Malvada), Riley Marra, Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Seth Branson, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Xerife Graham Humbert (Caçador), Xerife Michael Acosta, Zelena (Bruxa Má do Oeste), Zoe Vaughn
Tags Drama, Ouat, Scream, Suspense
Visualizações 17
Palavras 1.201
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Abrindo o jogo


Mary e David não conseguiam acreditar no que acabaram de ouvir , eles finalmente tinham encontrado sua filha .

- ai meu Deus eu não consigo acreditar - disse Mary chorando - me de um abraço 

- eu sempre esperei por esse momento mãe - disse Duval 

As duas se abraçaram e estava dificil de soltar .

- seu pai não ganha um abraço - disse David

- meu pai claro que você vai ganhar um abraço - disse Duval

Os dois também se abraçaram , então David e Mary resolveram levar Duval para conversar sobre o que aconteceu .

- vamos pra minha casa - disse Duval

- querida acho melhor a gente ir pra nossa casa , lá a gente conversa - disse David

- tudo bem - disse Duval

Chegando na casa dos pais ela se senta no sofá , Mary serve para a filha um copo de suco que havia acabado de preparar .

- mãe , pai , me falem tudo que aconteceu ou melhor o que vocês se lembram - disse Duval

- minha filha , eu estava grávida , não sabiamos de era duas meninas pensavamos que era só uma , a gente foi no hospital e lá tivemos você e sua irmã , mais o irmão do seu pai ligou para ele falando de uma reunião de negócios que haveria e seu pai não poderia faltar - disse Mary

- e como eu e minha irmã acabamos nos braços de outras pessoas - disse Duval

- minha filha eu e seu pai começamos a discutir , ele estava com muita preça e eu tinha acabado de ter vocês e estava com medo que ocorre-se alguma tragédia , que acabou acontecendo , seu pai bateu o carro - disse Mary

- continue - disse Duval

- minha querida não lembramos o que aconteceu , só que quando acordamos estavamos amarrados dentro de um galpão fechado , o assassino havia pego a gente e disse que ficaria com vocês duas e que seriam uma familia feliz - disse Mary

- nossa que horror mãe - disse Duval

- sim , a gente só lembrava que tinha duas filhas e o nome de vocês , acho que com a batida acabamos desmaindo e quando acordamos estavamos presos , mais eu quero que você não fique brava comigo e com o seu pai , nós nunca iriamos abandonar você eu juro com a minha vida - disse Mary

- eu sei mãe não estou brava - disse Duval

- mais e sua irmã eu queria ver ela também - disse Mary

- eu também - disse David

- minha irmã foi para o orfanato , a mulher que a adotou quando pequena morreu e como ela é de menor acabou voltando para o orfanato e precisa de uma familia que a adote - disse Duval

- então nos leve até esse orfanato , hoje a gente tira nossa filha daquele lugar - disse David com um sorriso

Os três se abraçaram e choraram , apesar da swan não estar com eles aquele era um momento muito feliz na vida deles.

No orfanato

- bom dia senhorita - disse madre 

- bom dia , eu quero adotar uma criança - disse a moça

- que bom , como é o nome da senhora ? - perguntou a Madre

- Ingrid - ela disse 

- então senhora Ingrid temos crianças de pequeno a grande - disse madre - tem alguma preferência ? 

- sim , eu tenho duas sobrinhas de 16 anos e queria alguma menina da mesma idade - disse Ingrid

- já sei alguém que a senhora vai gostar - disse madre

- tudo bem - disse Ingrid

- essa é Emma swan , tem 16 anos e é muito carinhosa e educada - disse madre

- amei , quero ela - disse Ingrid

Depois de assinar a papelada Ingrid adota Emma que não está nem um pouco feliz .

- então Emma me conte sobre você - disse Ingrid - e não esconda nada , odeio segredos

- já que quer saber , tem um assassino que prendeu meus pais verdadeiros em um galpão , esse assassino matou a metade dos meus amigos e provavelmente já deve ter matado minha irmã e mais ele esta atrás de mim e quer me matar também e pra sua informação minha última mãe adotiva foi morta e a culpa disso tudo é minha , e ai quer mesmo ficar comigo ? - disse swan

- hora querida lógico , e mais se a gente achar seus pais eu entrego você para eles , eu não sou ruim como minha sobrinha Anna acha - disse Ingrid

- você mora com sua sobrinha - disse swan

- na verdade são sobrinhas , se chamam Elsa e Anna , a mãe e o pai delas morreu numa queda de avião , muito triste , eu gostava muito e ainda gosto das minhas sobrinhas por isso quis ficar com elas - disse Ingrid

- que legal , obrigada Ingrid , espero que cumpra sua promessa - disse swan

- não se preocupe se acharmos seus pais você volta pra eles , pois eu odeio mentiras - disse Ingrid

Chegando na casa de Ingrid.....

Elsa vê sua tia descer do carro com uma garota e se pergunta quem é ela 

- oi tia , vejo que trouxe visita - disse Elsa

- não é visita ela vai morar com a gente , acabei de adota-la - disse Ingrid

- sério , bom muito prazer ....... Qual é seu nome ? - perguntou Elsa

- swan , Emma swan e o prazer é todo meu Elsa - disse swan

- eu não acredito mais uma - disse Anna descendo as escadas - ela pode dormir no meu quarto 

- calma querida deixe a Emma se acomodar melhor - disse Ingrid

- Ingrid eu acho melhor a gente contar o que te falei - disse swan 

- se quiser pode falar - disse Ingrid

Depois de alguns minutos Emma havia contado tudo para Elsa e Anna que ficaram chocadas mais estavam torcendo para que Emma achasse sua familia.

Ingrid era rica mais não tinha empregados , era ela quem fazia tudo , então ela preparou uma janta.

Todas comeram e foram para os seus quartos , Elsa dormia no seu quarto sozinha e Anna também , mais Anna queria que swan dormi-se em seu quarto e swan foi.

Foi um dia cheio para swan ela estava feliz por ter sido adotada por uma familia que iria ajuda-la a achar sua familia mais estava triste pois estava com saudades dos seus amigos , do Killian e principalmente da sua irmã.

Enquanto Duval estava explodindo de alegria pois tinha encontrado seus pais , mais assim como sua irmã ela também estava com saudades e queria ver swan logo.

Duval, Mary e David chegam no orfanato.

- oi , boa noite queriamos adotar uma menina - disse Mary

- vocês tem alguma preferência ? - disse madre

- temos sim , seu nome é Emma swan - disse Duval

- ai que pena , uma moça acabou de adota-la - disse madre

- como assim , quem é essa moça - disse Mary

- seu nome é Ingrid - disse Madre 

- o que a Ingrid ! - disse Mary espantada 

Duval a olhou nos olhos e viu o espanto que sua mãe estava ao ouvir o nome Ingrid e queria descobrir por que desde espanto.



Notas Finais


O que Mary está escondendo ?
Qual é a relação que ela tem com Ingrid?
Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...