História Perigos da vida - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Riverdale, Scream (Série), Scream Queens
Personagens Alice, Alice Cooper: Mãe de Betty, Anna, Archibald "Archie" Andrews, Audrey Jensen, August Wayne Booth (Pinóquio), Brooke Maddox, Capitão Killian "Gancho" Jones, Chad Radwell, Chanel Oberlin, Cheryl Blossom, Chuck Clayton, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Elizabeth "Betty" Cooper, Elsa, Emma Duval, Emma Swan, Fa Mulan, Forsythe "Jughead" Jones III, Grace Gardner, Gustavo "Stavo" Acosta, Henry Mills, Hester "Neckbrace" Ulrich, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Isaac (O Autor), Jake Fitzgerald, Jason Blossom, Josephine "Josie" McCoy, Kieran Wilcox, Lacey (Belle), Lilith "Lily" Page, Madre Superiora (Fada Azul), Margaret "Maggie" Duval, Marian, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Mérida, Mike Newsome, Milah, Neal Cassidy (Baelfire), Nina Patterson, Noah Foster, Personagens Originais, Peter Pan, Piper Shaw, Polly Cooper, Princesa Aurora, Príncipe James, Rachael Murray, Regina Mills (Rainha Malvada), Riley Marra, Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Seth Branson, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Treinador Clayton, Veronica Lodge, Xerife Graham Humbert (Caçador), Xerife Keller, Xerife Michael Acosta, Zayday Williams, Zelena (Bruxa Má do Oeste), Zoe Vaughn
Tags Drama, Ouat, Scream, Suspense
Visualizações 30
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 23 - Familia reunida


No hospital Emma e Regina ficaram esperando que o doutor falasse uma noticia boa e não o pior, pois elas estavam preocupadas com Audrey.

- senhorita Emma - disse Dr. Whale 

- sou eu - disse Emma

- sua amiga está bem , não corre risco de morte mais só saira amanhã - disse o Dr. Whale

- tudo bem então , vamos Regina - disse Emma

As duas sairam do hospital , Regina estava levando Emma para a casa dos seus pais , Emma estava nervosa pois finalmente iria conhecer seus pais verdadeiros.

- calma Emma vai ficar tudo bem - disse Regina percebendo que Emma estava nervosa

- ai Regina eu estou tremendo muito - disse Emma 

- me da um abraço que eu te esquento - disse Regina

- Regina me desculpe mais o que você acabou de falar parecia que estava dando em cima de mim , pelo menos pra mim foi o que pareceu - disse Emma 

- calma Emma eu só disse que iria te esquentar por que você disse que ta tremendo - disse Regina dando risada

- tudo bem Regina não precisa se preocupar comigo - disse Emma

- me desculpe então só tentei ajudar - disse Regina

- quer saber desculpa eu , estou tão nervosa e trêmula que acabo descontando nas pessoas - disse Emma dando um abraço em Regina que se surpreendeu

- tudo bem , desculpas aceitas , agora vamos seus pais devem estar anciosos para te conhecer - disse Regina

- tudo bem então vamos - disse Emma

Quando chegaram na casa de Mary e David , Emma não se mecheu ficou parada parecia até que não queria entrar , mais Regina percebeu e tocou a campainha.

Quando Mary abre a porta e se depara com Emma não consegue segurar a emoção e começa a chorar , em seguida David e Duval saem de dentro da casa.

Duval sai correndo em disparada e abraça a irmã , as duas começam a chorar até que Mary e David vão em direção as filhas e as abraçam.

- eu esperei tanto por esse momento - disse Mary emocionada

- finalmente eu conheço meus pais verdadeiros - disse swan - eu amo vocês 

- ai meu Deus , Emma eu também amo você , amo as duas , vocês são as coisas mais importantes na minha vida - disse Mary

- da minha também - disse David

- eai Regina parabéns pelo resgate , mais cadê a Audrey - disse Duval

- ela levou umas facadas e esta no hospital mais não corre risco de morte , amanhã ela sai do hospital - disse Regina 

- menos mau - disse Mary

- bom eu vou pra casa e você Duval vem também - disse Regina

- vou dormir aqui essa noite , amanhã eu falo pra Cora - disse Duval

- só por que achou seus pais verdadeiros não vai mais chamar Cora de mãe - disse Regina

- é verdade querida apesar de tudo ela cuidou de você durante 15 anos - disse Mary

- ta bom mãe , mais amanhã eu falo com ela - disse Duval

- por que você não dorme aqui Regina - disse Emma swan

- não to de boa , amanhã eu venho te ver - disse Regina saindo 

- olha se eu não te conhece-se diria que você e a Regina são lésbicas - disse Duval

- credo , eu não to fora - disse swan

- eu não ligo se minha filha gosta de outra menina , contanto que faça minha filha feliz - disse Mary

- eu também não ligo não , o importante é fazer Emma feliz , na verdade as duas felizes - disse David

Eles então entram na casa e Mary arruma dois colchões no chão para as filhas pois a casa deles não era muito grande , eles estavam pensando em comprar outra casa ou aumentar aquela.

Emma Duval dormiu rapidamente enquanto swan estava com uma sensação estranha , parecia que alguma coisa em Regina a chamou atenção , mais ela gostava de Killian , e ele dela , e de toda sua vida ela nunca gostou de meninas , ela mesma já não estava mais sabendo o que seu coração dizia.

No outro dia Emma swan acordou , lavou seu rosto , escovou os dentes , vestiu um vestido beje e passou um baton vermelho para que chama-se bastante atencão.

Ela sai da casa dos seus pais sem fazer barulho para acorda-los e vai em direcão a casa de Cora.

Chegando lá ela bate palmas e Regina abre a porta.

- oi Emma , tão cedo na casa dos outros são apenas 7:30 - disse Regina

- me desculpe mais eu preciso falar com você em particular - disse swan

- entre então , aproveite que minha mãe não esta em casa , ela saiu cedo - disse Regina - disse que iria no cabelereiro 

- assim bom eu só queria te dizer que não dormi muito bem está noite - disse Emma 

- e por que não - disse Regina

- estava pensando em você - disse Emma com um pouco de vergonha 

- sério e por que tinha que me dizer isso - disse Regina

- por que eu acho que estou gostando de você , eu não sei direito eu gosto do Killian mais parece que alguma coisa em você me chama a atencão - disse Emma

- sério , bom eu também não dormi muito bem pensando em você , acho que sinto a mesma coisa por você , será que é o destino - disse Regina

- não sei - disse Emma - talvez 

- esse Baton vermelho foi pra mim - disse Regina se aproximando de Emma 

- pode ser que sim - disse Emma sentindo um frio e ao mesmo tempo um calor 

De repente Regina a surpreende com um beijo , Emma estava tão apaixonada por Regina que estava querendo algo a mais , ela colocou a mão na bunda de Regina apertando com vontade , Regina a jogou no sofá e subiu em cima da loira , Regina começa a chupar o pescoço de Emma deixando uma marca.

- será que a gente deve fazer isso - disse Emma

- já que começamos vamos terminar - disse Regina 

Regina beija a boca de Emma , as duas estavam gostando do que estava acontecendo mais estavam nervosas ao mesmo tempo.

Enquanto isso Cora estava voltando pra casa pois a moça do salão marcou seu cabelo para 11:00 , e ela estava morrendo de fome pois saiu muito cedo , enquanto Regina e Emma se beijavam no sofá.



Notas Finais


Regina e Emma será que vai rolar? E o Killian ?
Será que Cora vai pegar as duas no flagra?
Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...