História Perigosa Atração - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Nalu Incesto
Exibições 319
Palavras 996
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei gente! Olha ai o capítulo que vocês tanto queriam. Eu não sei se ficou legal ja que a minha criatividade não esta 100% ainda. Espero que gostem e Boa leitura!

Capítulo 6 - Cap 4: Meus sentimentos por você.


~Anteriormente~

- A pergunta que eu quero que voce responda é...Você sente algo por mim além do sentimento de irmãos?- Falei chegando mais perto de seu rosto.

- Eu não sei...é confuso.

- Então eu vou te ajudar com isso.- dito isso eu a beijei e ela demorou um pouco mas correspondeu ao beijo. Pela falta do maldito ar ativemos que nos separar.

- Natsu...isso é errado.

- Eu sei mais...O proibido é mais gostoso não é...

~Agora~

Lucy ON:

(Lucy: Finalmente esta me deixando narrar ne autora Autora: Continua que você não narra mais porra nenhuma)

Natsu voltou a me beijar. Eu queria parar de verdade. Mais eu queria uma coisa e meu corpo fazia outra completamente diferente. Eu retribuía o beijo. Sem saber o que fazer eu empurrei O Nato ele tentou apoiar a mão mas tentando fazer isso a mão dele cortou e ele caiu no chão sentado. Sem saber o que fazer (De novo) eu sai correndo em direção ao meu quarto e tranquei a porta. Me joguei na cama e comecei a chorar.

- Luce! Luce abre a porta por favor!- Disse Natsu batendo na porta.

- Sai daqui Natsu! Eu quero ficar sozinha...

- Luce por favor! Me desculpa vai!

Não respondi.

- Tudo bem...

~Quebra de Tempo~

Depois de um tempo as batidas pararam e eu ouvi passos e logo depois o som de uma porta se fechando, imaginei que ele tivesse ido para seu quarto.
Quando eu tinha me acalmado mais, liguei para Levy.

- Alô?

- Oi Levy. É a Lucy.

- Lucy? Você ta chorando?

- Sim. Mas ta tudo bem.

- O que aconteceu?

- O Natsu ele...- Eu ia falar mais fui interrompida por Levy que disse:

- O Natsu? O que foi que aquele flamingo fez? Se ele te machucou eu juro que corto aquilo que ele chama de p...

- Levy! Ele não fez nada. Bem fez mas ele não me machucou.

- Então fala logo o que aconteceu garota.

- Foi que...- Contei toda a história para Levy que ficou bastante pasma.

- Uau...- Disse Levy.- Isso realmente é...

- Eu sei é errado e...- Fui interrompida novamente.

- Ta maluca? Isso é ótimo! Eu sempre gostei de incesto. Além do mais se você gosta dele por que esta assim?

- Por que é errado Levy. Ele é meu irmão e ninguém vai aceitar isso.

- Foda-se os outros Lucy. Vocês se gostam isso que importa.

- Mas mesmo assim é errado. Eu não posso. Eu...- Fui interrompida. Novamente.

- Levy Dragneel Heartfilia!

Me calei. Pois eu sei que quando ela fala meu nome completo é por que fudeo.

- Pare de ser santinha uma vez na vida e se joga garota. Eu quero a minha Lucy Dragneel de volta. Cadê aquela garota rebelde que eu gostava tanto? Se ela estiver ai passa o telefone e pra ela eu quero ela de volta- Disse ela e eu soltei uma risada.- Foda-se se ninguém vai aceitar. A vida é de vocês e não deles. Se lembra do nosso ditado?

- Claro. Eu nunca esqueci ele- Falei.

- Então me diz.

Suspirei.

- Quando alguém te dizer não. Diga um lindo Foda-se pra sua consciência e viva ao extremo- Falei.

- Exaramente. Viva ao extremo Lucy.

- Você tem razão. Eu...Eu vou falar pra ele o que eu sinto. Obrigada Levy. Eu te devo uma.

- Que nada. Amiga é pra essas coisas. Tchau.

- Tchau.

Desliguei o celular e o deixei em cima da cama, me levantei e fui ate o quarto do Natsu. A porta estava fechada. Respitei e bati na porta.

- Entra!- Ouvi ele dizer do outro lado da porta.

Abri a porta devagar e vi que Natsu estava sentado na cama com um curativo na mão.

- Natsu sua mão- Falei preocupada indo ate ele e pegando sua mão.

- Não foi nada de mais...Olha Luce eu...Me desculpa. Você pode falar o que quiser. Grita, me bate me chame do que fizer, eu vou te entender. Eu não deveria ter feito aquilo com você e...

- Ei. Calma Natsu. Ta tudo bem- O interrompi.

- Não Luce não ta tudo bem. Eu não deveria ter feito aquilo mais eu não consegui me controlar por que...Por que eu gosto de você Luce.

- Natsu...

- Eu sei que somos irmãos e tal mais eu não ligo pra isso. Eu realmente gosto de você Luce.

- Eu também gosto de você, Natsu.

- Espera...O que? Você ta falando serio?

- Sim. Eu também gosto de você. Eu agi daquele jeito por que...Na verdade nem eu sei por que eu agu daquele jeito. Me desculpa.

- Eu to sonhando de novo?- Disse ele fazendo uma cara engraçada.

- Não seu bobo- Sorri.- Você não ta sonhando.

Eu olhei em seus olhos e lentamente fomos nos aproximando ate que senti seus lahios tocarem os meus. Fechei os olhos aproveitando o momento que não durou muito ja que ele se afastou depois de um tempinho.

- O que foi?- Perguntei.

- Não é nada é que...Acho melhor não. É que eu...Eu meio que não consigo me controlar as vezes quando estou perto de você.

- Então foi por isso que você estava daquele jeito hoje cedo?

- Foi. Me desculpe por isso.

- Não tem problema.

Um silêncio tomou conta do quarto.

- Acho melhor você ir pro quarto. Ja esta tarde.

- Certo- Me levantei e fui em direção a porta. Mais quando eu ia girar a maçaneta eu me virei e disse:- Natsu.

- Hum?

- Eu posso dormir com você?

- Eu não acho que seja uma boa ideia Luce.

- Por favor- Falei com uma voz manhosa.

- Esta certo mais não me culpe se algo acontecer.

- Certo.

Fui ate sua cama e me deitei. Ele se levantou apagou as luzes e se deitou também. Ele se aproximou nais de mim me abraçando e dormimos de conchinha.

                           
                                                   ......


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Bye bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...