História Permanent Vacation - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5sos, Ash, Calum, Izzy, Luke, Mike
Exibições 16
Palavras 2.265
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente, espero que gostem desse capitulo boa leitura

Capítulo 10 - I don't wanna say goodbye


P.O.V Isabelle

Eu acordei e percebi que estava dormindo com o Mike, eu devo ter apagado depois do filme e provavelmente ele me trouxe para o quarto, porque será que ele não me acordou?

Peguei meu celular e olhei a hora eram 3 da manhã, abri meu whatsapp e vi que tinha uma mensagem do Jamie “Vou embora na segunda, vamos sair e passar o tempo que resta pra eu ficar em LA juntos?” Hoje já era domingo então só tinha um dia para mim ficar com ele, não acredito que ele já vai embora, eu sei que tem o trabalho e tudo mais, mas vou sentir tanta saudade.

Levantei da cama com calma para não acordar o Mike, calcei meu all stars e fui até a sala, mandei uma mensagem para o Andrew vir me buscar ele me respondeu rapidamente, fiquei com pena de tê-lo acordado, mas já era tarde e sair sozinha essa hora não era muito seguro.

Saí do apartamento e tranquei a porta jogando a chave por baixo dela. Desci até o térreo o Andrew ainda não tinha chegado. Enquanto esperava mandei uma mensagem para o Jamie “Estou indo pra aí agora”

                                   “Ta maluca? Já é tarde pra você vir sozinha”

“Huuuum que fofo todo preocupado comigo,

Mas pode relaxar que o Andrew vai me levar até aí”

                                    “Claro que eu me preocupo, você muito importantes pra mim”

“Também te amo”

Nesse momento Andrew chegou e rapidamente entrei no carro.

— Oi Andrew, desculpa ter te acordado essa hora.

— Oi Izzy e não precisa se preocupar, mas porque sair essa hora? Aconteceu alguma coisa?

— Não nada de grave, é só o Jamie que vai embora amanhã então eu resolvi passar o tempo que resta com ele.

— Agora eu to confuso. Nós somos amigos certo? Então eu posso perguntar uma coisa? – eu conhecia ele desde criança, o tio Carlos sempre foi super ocupado então quem brincava comigo e com a Robs era o Andrew, ele é como um pai pra nós só que bem mais liberal.

— Claro, pode perguntar o que quiser.

— Você está namorando o Jamie ou o Michael?

— Nenhum dos dois. O Mike é um amigo só isso, e a gente se desentendia muito no começo, agora que estamos mantendo uma relação legal de amizade. E o Jamie, bem, nós já ficamos algumas vezes, mas acima disso somos muito amigos, mesmo que ele ficasse em LA não teríamos nada além disso.

— Ah certo. Bom, você vai achar alguém legal ou talvez você já tenha achado, mas ainda não percebeu.

Eu não entendi direito o que ele quis dizer com isso, só que já tínhamos chegado, então nos despedimos e eu subi para o apartamento do Jamie.

— OI JAMIE – eu disse o abraçando

— OI IZZY – e ele retribuiu me levantando do chão

— Certo agora me solta.

— Tudo bem – então nos separamos – Espera aí, de quem é esse moletom que você está usando?

— Aah, bem, é do Mike.

— O menino que você jogou café?

— Esse mesmo

— Mas vocês não se odiavam?

— Sim, no início, agora nós viramos amigos.

— Tem certeza que é só amizade? Você usando o moletom dele, não sei não.

— É impressão minha ou você ta com ciúme? – eu disse brincando, sabia o que o Jamie sentia por mim não era algo assim, apesar da pegação.

— Não é ciúme, eu sei que você me ama, além do mais eu sou super gostoso.

— Hahaha – eu forcei uma risada – Ele também é sabia?

— Mas não é com ele que você transa.

— Eu dormi com ele ontem e estava lá agora também.

— Então vocês transaram? De qualquer forma você deixou ele lá pra vim ficar comigo. – ele disse se achando

— Não a gente só dormiu mesmo, é uma longa história. Você é muito convencido sabia?

— Sabia. E também sei que você ama isso em mim.

— E você tem toda razão – eu disse dando um beijo nele, daqueles bem demorados, mas que tem desejo e de certa forma é um pouco selvagem

— Izzy, falando sério agora, eu já te disse isso uma vez, mas quero falar de novo. Eu vou embora amanhã, só que nossa amizade vai continuar, você sabe que eu te amo, e que tudo bem a gente se pega e transa algumas vezes, talvez várias vezes, mas a nossa relação é muito além disso, e eu não quero perder sua amizade.

— Eu sei Jamie. Eu também te amo muito, você é tão importante pra mim, não sei como vou sobreviver sem você pra me animar nas horas que eu to triste.

— E tem outra coisa que eu queria falar. Eu sei que você sabe, até porque a gente se entende, mas de qualquer forma só queria dizer que adoraria que você arrumasse um namorado, claro que ele tem que ser aprovado por mim, isso é obvio – ele falou rindo – esse tal de Mike eu aprovo com toda certeza.

— Eu sei disso Jamie, mas o Mike é só um amigo, além do mais não quero ninguém agora, você sabe o que aconteceu na minha última tentativa de relacionamento e o quanto eu saí machucada – ele sabia toda história com o Gabriel, eu mesma havia contado – Então eu não quero que aconteça de novo. Mas você aproveita bastante em Londres, e quem sabe você não arruma uma namorada hein? Eu ia amar. Desde que você não me abandone, eu sei que a gente não vai poder mais transar obviamente, mas ainda assim teremos uma bela amizade.

— Izzy, você não pode ficar com medo dos relacionamentos, medo de gostar de alguém, porque nem todos são iguais. Mas me promete uma coisa?

— Eu sei, mas não é tão simples. O que?

— Que você vai se deixar sentir algo por alguém, e que se por acaso rolar um clima entre você e o Mike, ou com qualquer outro, você vai permitir que aconteça algo, promete?

— Tudo bem eu prometo, mas agora vamos dormir que já é 4 da manhã.

— Está bem. Boa noite – ele disse se jogando na cama

— Boa noite – falei deitando ao lado dele. O Jamie me deu um beijo rápido e me abraçou. É tão louco isso, porque com ele eu digo “eu te amo” e mostro meus sentimentos tão naturalmente, mas tenho tanta dificuldade em fazer isso com os outros, e ele está certo, eu não estou me permitindo gostar de alguém, eu bloqueio qualquer sentimento desse tipo, preciso mudar, só que é tão difícil. Enfim, eu penso nisso outra hora, agora é dormir.

P.O.V Michael

Eu abrir meus olhos lentamente, olhei meu celular era quase meio dia, me virei e vi que a Izzy não estava mais ali. Coloquei rápido uma roupa, um tênis e saí do quarto.

— Izzy? Isabelle? – que estranho, ela havia ido embora. Será que eu fiz alguma coisa errada?

Então resolvi mandar uma mensagem pra ela “Izzy aconteceu alguma coisa? Não sei se você ainda quer, mas tem o resto da maratona HP daqui a pouco”. Droga, a mensagem não foi entregue o que significa que ela está sem internet. O que eu vou fazer agora? Ah já sei. Vou perguntar pra Robs, com certeza ela deve saber algo.

“Robs? A Izzy ta aí?”

                            “Não, eu achei que tava com você porque ela não aparece aqui desde ontem”

“Ela tava comigo, mas foi embora antes que eu acordasse”

                            “Espera aí, vou ver se o Andrew sabe de alguma coisa”

“Okay”

                            “Então Mike, ela foi pro apartamento do Jamie, é que ele vai embora amanhã”

“Só diz pra ela que eu quero meu moletom de volta”

                             “Tudo bem”

Eu não acredito que ela foi pra casa daquele idiota, eu achei que eles nem estavam mais juntos, enfim isso nem importa, a gente é só amigos mesmo, nem sei porque estou pensando nisso. Só acho errado o que ela fez, saiu sem se despedir e nem mandou uma mensagem avisando que não iria poder vim ver a maratona.

— Quer saber eu preciso sair, ficar um tempo sozinho. – eu disse pegando a chave e saindo do apartamento

P.O.V Roberta

Eu e o Ash estávamos na cozinha fazendo o almoço e os outros estavam dormindo, quando o Mike mandou mensagem perguntando da Izzy, nós fomos até falar com o Andrew pra ver se ele sabia aonde ela estava.

— Não sei se foi uma boa ideia contar pro Mike que a Izzy foi no Jamie.

— Mas ele iria saber de qualquer forma, e depois iria ficar bravo por nós não termos contado – o Ash disse

— Mas agora ele ta com raiva dela.

— Isso significa que ele realmente gosta dela, só ainda não sabe disso. E nós não podemos fazer nada, foi a Izzy que escolheu ir pra casa do Jamie.

— Você sabe o quanto ele é importante pra ela, além do mais ele vai embora amanhã, a Izzy precisa se despedir.

— Sim eu sei disso, só que ela está magoando o Mike, apesar dele não admitir eu sei que está triste por isso. Mas eu também sei que a Izzy não sabe disso, ela acha que ta tudo bem, que o Mike só a enxerga como amiga.

— Eu queria que nós pudéssemos fazer alguma coisa pra ajudar, nenhum dos dois percebem o que sentem um pelo outro, mas o resto do mundo já percebeu.

— Também queria, mas eles são dois cabeças duras, prometo que vou pensar em alguma coisa, mas agora me ajuda a terminar o almoço.

— Claro meu baterista – eu disse dando um beijo nele

— Ah assim fica difícil

— Tudo bem vou parar antes que você deixe a comida queimar.

P.O.V Isabelle

Eu acordei passado de meio dia, levantei e fui fazer minhas higienes, quando voltei o Jamie já estava acordado.

— Bom diaaaaa. – ele disse deitado

— Nossa que animação é essa?

— To feliz que você esteja aqui, e já planejei o nosso dia.

— Então me conte seus planos – eu disse subindo em cima dele

— Ai não faz assim porque é bem provável de eu cancelar tudo e nós ficarmos só nessa cama. – ele disse apertando a minha bunda com força

— Eu iria adorar.

— Mas eu quero que nosso dia tenha muito mais que sexo – ele falou enquanto me girava para que ele pudesse ficar por cima

— Tudo bem então aonde vamos?

— Surpresa – ele disse e me deu um beijo

Depois que o Jamie se arrumou nós saímos, fomos ao restaurante maravilhoso, ele estava sendo muito fofo, eu amava o Jamie, eu nunca pensei que poderia ter uma amizade assim. Logo após saímos do restaurante fomos ao Griffith Park, realmente foi maravilhoso nós nos divertimos muito. No caminho de volta ainda passamos no Starbucks, ele sabia o quanto eu amava café, nós ficamos conversando sobre tudo e depois voltamos para o apartamento dele.

— Nossa esse foi o melhor dia que eu tive nessa viagem.

— Claro né comigo qualquer dia fica maravilhoso – ele disse rindo

— Idiota.

O clima havia esquentado um pouco, então fui procurar uma camiseta no roupeiro do Jamie, enquanto procurava encontrei uma algema.

— Jamie, então você gosta de brincar? – eu falei fazendo cara de safada

— Sempre – ele disse vindo em minha direção

Então ele me beijou ferozmente, desceu as mãos até minhas coxas e me levantou, fomos até a cama e já começamos a tirar a roupa.

— Então você quer brincar? – ele disse se referindo a algema

— Quero.

— Okay, mas vai ser do meu jeito.

— Como quiser.

Ele tirou o resto da minha roupa, e me algemou na cabeceira da cama. Então Jamie começou a chupar meus peitos enquanto me masturbava, ele sabia como fazer e me deixava toda molhada. Meus peitos ficaram com marcas de chupões. Ele começou a me beijar, mas sem parar de me tocar, eu gemia entre beijos, então começou a descer, beijando meus peitos, minha barriga, até chegar a minha parte intima.

— Mais rápido – eu disse me contorcendo, aquela algema me fazia sentir mais prazer, era louco

— Eu disse que ia ser do meu jeito. – ele continuou devagar, e aos poucos foi acelerando, eu gemia alto, fiquei até com medo que algum vizinho escutasse, eu estava quase chegando ao meu limite.

— Jamie... eu...

— Ainda não – ele disse e começou a beijar meu pescoço

Então ele pegou uma camisinha da gaveta e a colocou.

— Agora eu vou tirar sua algema.

— Você ama quando eu te arranho né? – eu disse rindo

— E depois eu que sou o convencido.

Ele tirou as algemas e eu coloquei a mão nas suas costas passeando por ela. Jamie meteu seu pau em mim com vontade e eu gemi alto. Segurei seu cabelo forte, enquanto ele acelerava os movimentos e depois diminuía a intensidade, me deixando cada vez mais louca.

— Vai me enlouquecer – eu cochichei em seu ouvido

— Esse é o objetivo – ele disse voltando a acelerar os movimentos

— Aaaaah – eu gemi e ele riu, como sempre

Eu estava totalmente excitada, e sentia que estava perto de gozar, ele também sentiu isso e aumentou a intensidade, eu o arranhei com força fazendo-o gemer.

— Quando quiser – ele falou e eu estava louca de prazer, então alguns segundos depois gozei e gemi com vontade, ele se deitou ao meu lado ofegante.

— Vou sentir falta disso – ele disse

— Eu também

— Não só do sexo, mas de todos as coisas que fizemos hoje.

— Eu também Jamie, mas ainda vamos nos ver, pode até demorar, mas nas férias vamos nos encontrar de novo.

— Claro, mas até lá vou sentir saudade. Eu te amo Izzy, você com certeza é minha melhor amiga.

— Também te amo Jamie e digo o mesmo sobre você.

Então nós ficamos deitados olhando por teto de mãos dadas, sem falar nada, mas aproveitando a presença do outro e o tempo que restava para ele partir.


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado, comentem aqui pra mim saber o que estão achando. Obrigada por lerem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...