História Permanent Vacation - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5sos, Ash, Calum, Izzy, Luke, Mike
Exibições 25
Palavras 1.505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que vocês gostem, boa leitura

Capítulo 4 - Welcome to my life


Fanfic / Fanfiction Permanent Vacation - Capítulo 4 - Welcome to my life

P.O.V Roberta

Meu celular despertou e eu queria morrer, estava exausta por ontem. E me dei conta que eu nem conversei direito sobre o Jamie com a Izzy, precisava falar com ela, mas antes tinha que mandar uma mensagem pros meninos dizendo que eles deveriam levar o dvd da banda pra gente ter uma noção de como é o estilo deles e poder ajudar no álbum, já que não escutávamos a banda.

Me arrumei rápido e desci pra cozinha, a Izzy já estava lá fazendo café, então era uma boa oportunidade pra conversarmos sobre a noite anterior.

— Mas então amiga sonhou com o Jamie te fudendo?

— Vai se fuder. – a Izzy disse rindo

— Mas sério agora, tem noção que você quase perdeu a virgindade com um quase desconhecido?

— Muitos quases numa frase só, não acha? Mas respondendo tua pergunta, sim eu tenho noção, mas você sabe que eu nunca fui o tipo de menina que imagina a primeira vez com um cara especial e uma noite especial, e que estejam namorando por 1 ano. Eu sou o tipo de menina que transa com quem acha que vai ser legal, mesmo que não veja mais a pessoa, um pouco puta? Talvez – ela riu na última parte

— Ah mas você tem razão nesse ponto, príncipe encantado não existe.

— Exato, e a gente tem mais que aproveitar a vida. Robs já estamos atrasadas, vou chamar o Andrew você pega suas coisas.

— Okay

P.O.V Isabelle

Eu estava feliz com a noite anterior, mas eu não achava que ia ver o Jamie tão cedo, e sinceramente eu nem fazia muita questão, eu vim pra cá aproveitar a vida e era isso que eu ia fazer.

— Oi gente. – eu disse pros meninos entrando na sala

— Oi meninas – eles disseram, mas não o Mike, eu resolvi simplesmente ignorar o fato

— Então trouxeram o dvd? – a Robs perguntou

— Sim ta aqui. – o Ashton alcançou na mão dela

Nós vimos o dvd e percebemos que eles realmente tinham músicas boas, e talento, mas eu nunca iria admitir isso para aquele idiota convencido. Depois que assistimos tudo, fomos ver o que eles já tinham de composições. Demos alguma ajuda em certos casos, mas eles trabalhavam bem e em breve eu estaria livre disso.

3 semanas depois

Eu e o Jamie saímos muitas vezes depois daquele dia, ele me levou ao cinema, ao starbucks e vários lugares legais, a gente tinha ficado super amigos, até tinha uma pegação, mas nós eramos amigos acima de tudo. O clima entre mim e o Michael ia de mal a pior, as discussões eram frequentes e eu não via a hora de terminar logo. Os meninos já tinham aprontado todas as músicas, então hoje a gente iria começar os ensaios, ver qual parte se encaixa melhor na voz de quem, e essas coisas, eu estava ansiosa pra acabar logo esse álbum e eu poder aproveitar melhor minha viagem.

— Então prontos? – eu disse entrando na sala e tomando um susto com o azul do cabelo do Michael

— Sempre – o Ash me respondeu com um sorriso, durante a semana que ficamos auxiliando na criação das músicas eu e ele havíamos ficado bem próximos, ele era muito legal e vivia querendo saber sobre a Robs, eles se gostam, mas nenhum toma iniciativa e eu também não pude falar direito com o Ash sobre esse assunto, já que ele sempre ta com os outros meninos da banda.

Nós começamos a ensaiar e eu percebi o quanto o trecho que o Michael cantava ficaria melhor na voz do Ash.

— Sabe eu acho que essa parte da música ficaria melhor na voz do Ash.

— Você não sabe o que ta falando, não entende nada de música, só ta falando isso porque não gosta de mim. – o Michael disse irritado

— Olha aqui garoto o mundo não gira em torno de você, eu só falei o que eu acho sobre a música. Aliás eu sei o motivo de você ficar assim comigo, você ta acostumado a ter todas as garotas, pinta esse cabelo a cada semana pra chamar atenção e como eu não dei a mínima você não gostou não é mesmo?

— Numa coisa você ta certa eu realmente tenho bastante garotas que gostam de mim, mas você não me faz falta pode ter certeza. E com esse mau humor e essa grosseria, ninguém deve te aguentar por muito tempo, afinal quem iria querer uma garota assim?

Imediatamente eu lembrei do Gabriel e dos outros meninos que eu já havia gostado, mas nunca quiseram algo sério, vai ver ele tem razão. Nesse momento eu senti que as lagrimas iam vir, eu só queria sair dali e chorar.

— Eu vou pegar um café. – eu disse indo em direção a porta

— Eu vou com você. – a Robs falou rápido

— Não Roberta, fica aí, você sabe como seu pai é. – eu disse saindo do estúdio

P.O.V Roberta

Eu sabia que as palavras do Michael atingiram ela em cheio, não porque ela se importasse com o que ele achava dela, mas porque pra ela aquilo era verdade.

— Olha aqui garoto, você pode ser famoso, ter dinheiro e tudo mais, mas quem você pensa que é pra falar com minha amiga daquele jeito, você não conhece ela e não tem o direito de falar assim, eu só não te bato porque meu pai iria me matar se eu agredisse um dos músicos dele, mas fique sabendo que da próxima vez é possível que eu não consiga me controlar. – eu disse gritando com ele

— Eu... Não foi minha intenção... Eu só queria deixar ela irritada. – o Michael falou meio constrangido 

— Você vacilou Mike, nisso eu tenho que concordar com a Robs. – o Ash disse dando um sorrisinho pra mim e eu retribui meio sem graça – Você sabe pra onde ela foi?

— Provavelmente ela pegou o café e foi pra algum lugar onde não tenha ninguém, possivelmente na cobertura. – eu respondi

— Ok, se vocês não se importam eu vou falar com ela. – o Ash disse

— Desde quando você fala com aquela maluca? – eu olhei feio pro Luke e ele rapidamente se corrigiu – digo garota.

— Desde que a gente começou a trabalhar aqui, ela é legal ok? Vocês só não conhecem a direito, ela ta me ajudando com uns assuntos – ele olhou pra mim – nada mais justo que eu ajude ela também.

— Tudo bem pode ir. – os meninos da banda disseram

— Cuida bem dela ok? – eu disse pro Ash e ele acenou sorrindo

P.O.V Isabelle

Eu só precisava sair dali e ir pra algum lugar deserto, então lembrei da cobertura, peguei meu café e corri pra lá, eu queria ficar sozinha e chorar. Chegando na cobertura eu me sentei e me escorei na parede, peguei meu celular e meus fones e coloquei “Welcome To My Life” do Simple Plan e deixei as lágrimas rolarem. (N/A: Eu recomendo vocês escutarem ou pelo menos olharem a letra da música)

Eu estava olhando a vista e chorando, aquela música era perfeita pro momento, quando sinto alguém puxar meu fone, eu imediatamente limpo meu rosto e tento controlar o choro, não gosto que me vejam chorar.

— Ei, não precisa esconder que tava chorando. – alguém disse e pela voz pude perceber que era o Ash.

Eu olhei pra ele que simplesmente me abraçou e eu me senti confortável pra chorar no ombro dele. Quando me acalmei um pouco ele me fez olha-lo.

— Porque você ficou tão magoada com o que o Mike disse?

— Eu não fiquei triste por ele dizer aquilo, eu... – nesse momento eu senti que iria chorar de novo, respirei fundo e tentei controlar ao máximo - ...fiquei triste porque eu sei que o que ele disse é verdade.

— Não, não é, ele só disse aquilo pra te deixar com raiva, não era pra você se magoar.

— Você não entende, eu sei que ele ta certo.

— Me explica o porquê de você achar isso.

Então eu contei sobre todos os garotos que eu já havia gostado, mas nenhum quis algo sério, e contei do Gabriel também que era o mais recente, não disse nada sobre o Jamie porque eu só achava ele gato, e nada além disso.

— Olha Izzy, esses caras que são uns babacas, você é uma garota incrível okay? Não fica assim, você vai achar alguém que te de valor pode apostar nisso. – o Ash disse fazendo carinho na minha cabeça

— Obrigado Ash, mesmo, eu juro que vou te agradecer da melhor forma possível

— Que seria?

— Fazer você tomar coragem e dar um jeito de sair com a Robs né, ta na cara que vocês se gostam.

— Isso é assunto pra outro dia, agora eu tenho que voltar pra gravação, você vem comigo?

— Na verdade não, eu acho que vou embora, avisa a Robs pra mim ok?

— Ok – ele disse e foi embora me deixando sozinha

Desculpa Ash, mas meu jeito de ficar melhor é sair pra beber e dançar. Mandei uma mensagem pra Ju convidando pra uma boate, ela topou na hora e disse que o Jamie também ia, ótimo eu estava precisando de uma distração.


Notas Finais


Bom eu espero que vcs tenham gostado desse capitulo, comentem o que estão achando e tudo mais, obrigada por lerem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...