História Permanent Vacation - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5sos, Ash, Calum, Izzy, Luke, Mike
Exibições 26
Palavras 1.390
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente só queria dizer que eu editei o capitulo anterior, na parte que dizia uma semana foi pra 3 semanas, e o primeiro parágrafo depois disso foi editado também, deem uma olhada antes desse pra vocês entenderem. Boa leitura.

Capítulo 5 - Drinks and Sex


Fanfic / Fanfiction Permanent Vacation - Capítulo 5 - Drinks and Sex

P.O.V Isabelle

17:30

Eu havia descido da cobertura logo que o Ash saiu, então fui até a garagem e pedi pro Andrew me levar pra casa, apesar da minha cara de choro ele não perguntou nada e eu o amava por isso, não queria mais falar sobre esse assunto.

Chegando em casa tomei um bom banho e fui dormir, a festa começava à meia noite, mas eu iria pra casa da Ju às 21:00, já que a gente ia se arrumar juntas.

P.O.V Roberta

17:00

Eu estava um pouco angustiada com a demora do Ash e da Izzy, eu sabia que eles eram melhores amigos agora, mas estava preocupada se ela iria confiar nele, é difícil pra ela se abrir com alguém e eu não pude ir junto, afinal se meu pai soubesse ele iria me matar.

— Voltei gente. – o Ash disse entrando na sala

— Como é que ela ta? – eu disse indo em direção a ele, nem vi que tinha um fio no chão, acabei me enroscando e quase cai, mas o Ash me segurou a tempo

— Ela foi pra casa, pediu pra mim te avisar. – ele disse meio sem graça me ajudando a levantar – ela tava chorando – ele cochichou no meu ouvido para que ninguém escutasse

— Okay e obrigada por me ajudar.

— Roberta? Você pode vim aqui um pouquinho? – meu pai disse abrindo a porta

— Claro. – respondi e fui até ele

— Então filha só passei pra te avisar que eu estou indo pra Nova York, vou ficar umas 2 semanas pra lá, se comporte ouviu? Meu voo sai daqui a pouco, tchau – ele me deu um beijo

— Tchau pai, pode deixar que vou me comportar. – eu disse com várias ideias na cabeça e voltei pra dentro

— Olha Roberta, será que eu posso falar com a Isabelle? Eu queria muito pedir desculpas.

— Acho melhor você não tentar isso hoje Michael, quem sabe amanhã, se ela vier trabalhar.

— Tudo bem. – ele disse meio culpado

— Robs? Eu posso falar com você? – o Ash me perguntou e eu concordei – Bem, eu estava pensando da gente sair comer uma pizza depois do trabalho o que você acha?

— Claro, eu acho ótimo, adorei a ideia. – eu disse, mas por dentro estava algo como: calma Roberta, respira.

— Perfeito – ele disse e voltou a falar com os meninos.

P.O.V Isabelle

O celular despertou as 20 horas e eu levantei rápido, tinha que ver com que roupa eu ia na festa, escolhi uma blusa branca e uma saia preta[¹], coloquei em uma bolsa, junto com maquiagem e tudo mais que eu precisava. Ouvi um barulho na porta e desci, ia chamar a Robs pra ir na balada também, mas quando cheguei na sala vi que ela não estava sozinha.

— Ash? Você aqui? – eu perguntei surpresa

— É bem, a gente saiu pra comer e agora viemos pra cá ver um filme.

— Ah certo, bom filme então, e Robs seu pai ta de boas? – ele não gostava de garotos na casa dele ainda mais com a filha dele

— Ah ele foi viajar, só volta daqui 2 semanas. – ela me respondeu, e eu pude ver a felicidade no olhar dela

— Eu to indo lá na Ju, nós vamos sair e eu vou posar na casa dela ok? – eu nem havia falado nada sobre posar lá pra Ju, mas eu não queria atrapalhar o meu otp.

— Ah tudo bem então, mas não esquece que amanhã a gente têm que ajudar os meninos com a gravação, você vai ir trabalhar né?

— Claro que sim, não vou deixar ninguém afetar minha vida. – eu disse me referindo ao idiota de cabelo colorido, digo o Michael

— Ótimo. – eles disseram juntos, meu Deus como eu amo esse casal.

Eu subi as escadas novamente em direção ao meu quarto, e já eram 20:45, peguei todas as minhas coisas e acrescentei uma roupa pra poder trabalhar amanhã, mandei uma mensagem pra Ju, dizendo que já estava indo, chamei o Andrew e dei tchau pro Ash e pra Robs.

— Usem proteção. – eu disse rindo ao sair de casa.

***

Cheguei lá na Ju e ela estava mega animada, ela foi me encontrar dando um abraço.

— Julia eu preciso respirar. – eu disse esmagada

— Desculpa Izzy, mas o Jamie você deixa né. – ela disse me largando e o Jamie veio até mim me abraçar

— Claro né Ju, ela me ama – ele disse rindo e me esmagando também

— Convencido você hein? – eu disse rindo

— Espera aí que eu vou no banheiro vomitar. – a Ju falou brincando, ela odiava melação na frente dela

— Idiota, ta agora vamos se arrumar que hoje eu quero beber todas e me divertir.

Nós nos arrumamos e quando vimos já estava na hora da festa, o Jamie foi dirigindo eu fui no banco da frente e a Ju no de trás.

Chegando na boate o Jamie foi pegar bebida pra nós, eu realmente queria ficar bêbada e esquecer de tudo e foi isso que eu fiz, não fazia nem uma hora que eu estava ali e já tinha ficado tonta.

— Ei Izzy. – o Jamie me chamou

— Pode falar.

— Eu só tenho mais uma semana pra ficar em LA, depois vou ter que voltar pra Londres, mas eu não quero perder o contato com você okay? Eu gosto muito de você e apesar de toda pegação eu quero que a gente continue amigo depois que eu for embora.

— Eu também gosto muito de você Jamie e claro que a gente vai ser muito amigo, mesmo estando longe. E a gente vai aproveitar muito essa última semana. – eu disse puxando ele pra pista de dança.

A gente dançou muito e bebeu pra caramba, eu estava muito bêbada e sabia disse, estava exausta e já eram 4 da manhã.

— Jamie, vamos pra casa? Eu tenho que trabalhar hoje – eu disse meio enrolada

— Claro. Vou avisar a Ju. – ele disse indo em direção a Ju que estava dançando com um cara muito gato, e eu não sei se vi direito, mas tive a impressão que o cara estava apertando a bunda dela.

O Jamie voltou e nós fomos até o apartamento, eu tirei o salto porque não aguentava mais meus pés, ele percebeu e me pegou no colo.

— O que você ta fazendo?

— To levando você lá pra cima.

— Eu ainda consigo caminhar ok? – ele me ignorou e me largou na porta do apê da Ju

— MERDA, eu não tenho a chave.

— Você pode dormir no meu, vem. – então ele me puxou pra dentro do apartamento dele e começou a me beijar.

O beijo dele era ótimo, ele foi descendo pro pescoço e me deu um chupão, eu peguei sua camiseta e tirei, passei as mãos nas costas dele e apertei sua bunda. Ele baixou minha saia e tirou minha blusa, o beijo foi se intensificando cada vez mais.

— Jamie... eu preciso dizer uma coisa... eu sou virgem. – eu disse e ele parou imediatamente – não quero que você pare, só achei que deveria saber.

— Você tem certeza? – ele perguntou e eu assenti

Então ele me jogou na cama e continuou a me beijar, eu desci minhas mãos até o botão da calça e a tirei, deixando-o só de cueca, enquanto ele me beijava eu brincava com suas partes intimas e podia ouvir gemidos entre os beijos.

Ele tirou meu sutiã e começou a chupar meus peitos, ao mesmo tempo que desceu a mão pra minha região intima.

— Nossa, você já ta toda molhadinha. – ele disse rindo

— Eu não tenho culpa de você me deixar assim. – eu disse puxando ele pro beijo.

Pude ver que ele tirou a cueca e pegou uma camisinha na gaveta, ele a colocou e tirou minha calcinha. Então começou a me beijar e me penetrou, eu senti seu pau entrando e gemi, ele riu entre beijos, coloquei minhas mãos nas costas dele, a intensidade foi ficando mais forte e senti que já ia chegar ao ápice, mas ele diminuiu a velocidade e continuou os beijos, desceu para o pescoço e me deu outro chupão, voltando a me beijar e aumentando o ritmo, eu estava muito excitada e arranhei as costas dele, pude ouvir um ai, mas não dei atenção.

— Quando você quiser – ele disse ao meu ouvido, e pude sentir cada vez mais rápido, e mais rápido, então eu gemi forte e cheguei ao orgasmo. Ele se deitou do meu lado e me abraçou, e nós adormecemos juntos


Notas Finais


Obrigada por lerem, espero que tenham gostado, esse é o link da roupa da Izzy: https://ae01.alicdn.com/kf/HTB1tsLSIXXXXXb6XFXXq6xXFXXXD/202178929/HTB1tsLSIXXXXXb6XFXXq6xXFXXXD.jpg
Me digam o que vs estão achando da fic <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...