História Permanent Vacation - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, Ashton Irwin, Calum Hood, Hey Violet, Luke Hemmings, Michael Clifford, Nia Lovelis, Rena Lovelis
Exibições 78
Palavras 1.978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Música do capítulo: One Way Or Another do One Direction

Capítulo 11 - One Way Or Another


Fanfic / Fanfiction Permanent Vacation - Capítulo 11 - One Way Or Another

Sydney, Austrália. 01 de Fevereiro de 2017.



Eu quero te abraçar, te abraçar forte

Sim, prazeres adolescentes exatamente durante a noite

(...)

Um dia ou outro eu vou ganhar você




Luke aproximou seu rosto do meu devagar sem tirar os olhos azuis dos meus olhos castanhos. Fazia apenas dois dias que nos beijamos, mas pra mim era como se tivesse passado um mês.

O celular do Luke tocou bem na hora que ele finalmente iria me beijar, ele bufou frustrado tirando o celular do bolso da sua calça ainda sem sair de cima de mim. Luke olhou pro ecrã do celular e suspirou se levantando, pelo jeito nosso clima tinha acabado.

— Quem está te ligando? — perguntei um pouco frustada não me importando se isso não era da minha conta.

Luke franziu a sobrancelha parecendo irritado.

— O Scott, ele está ajudando o pessoal a organizar a festa da facul nesse fim de semana.

Dito isso, ele levou o celular na orelha e se distanciou indo pra varanda da sala. Suspirei me levantando do sofá decidida à tomar um banho pois eu estava cheirando a coca, minha blusa estava grudenta. Olhei na direção do Luke que estava de costas com os braços apoiados na sacada, minha vontade era de jogar esse celular dele longe e agarrar ele, mas eu sabia que essa ligação do Luke era importante e isso poderia deixá-lo em problemas com seus pais.

Eu não queria que ele tivesse mais um daqueles seus ataques de raiva. Saí da sala mas parei na metade do caminho quando ouvi a conversa do Luke com o tal Scott.

— É eu sei cara, eu vou trazer as coisas pra festa, fica tranquilo. — disse Luke falando baixo pra eu não ouvir.

Como a casa estava silenciosa à não ser o Josh conversando com Rosie, eu pude ouvir mais ou menos o que o tal Scott estava dizendo.

— Beleza mano, tu não pode esquecer de trazer, os caras não vão gostar se tu der alguma desculpa.

Trazer a coisa? O que porra seria isso? Eu não estava gostando nada do rumo que os meus pensamentos estavam sobre isso.

— Não, fica de boas eu vou trazer. Só que você sabe que eu não uso essas coisas faz um tempo, e não é agora que eu vou me envolver nisso de novo. — Luke olhou pra trás checando se eu ainda estava ali e eu me escondi atrás de uma planta. Ele voltou à olhar pra frente. — Então fica tudo pra vocês.

— Beleza, então a gente se vê amanhã pra acertar os detalhes da festa com a galera, pode ser?

Parei de prestar atenção na conversa e subi as escadas lentamente processando tudo que eu tinha ouvido. Eu não acredito que o Luke conseguia drogas pra os "amigos" dele, isso poderia meter ele em problemas, meu pai é policial e já me disse não sei quantas vezes que se envolver nessa de vender ou trazer drogas poderia dar um rolo do caralho.

Eu não queria me meter na vida do Luke, mas ele já fazia parte da minha vida e se eu estava morando na casa dele era minha obrigação se preocupar com ele. Éramos amigos, certo?

Eu iria ficar de olho no Luke nessa festa, nem que eu precise atrapalhar todos os seus planos com esses caras.




 Era sábado, o dia da festa na facul tinha chegado e eu estava me arrumando no meu quarto com a Sophie, que tinha vindo pra cá pra sairmos pra festa juntas. Escolher uma roupa pra festa era um horror já que eu não tinha paciência pra isso e ficava indecisa com qual roupa estava boa.

Sophie estava tentando me ajudar dando suas dicas de moda, mas eu sabia que eu estava irritando ela com tanta indecisão. Ela finalmente me contou o que tinha acontecido entre ela e o Mike naquele dia da festa aqui, segundo ela, eles ficaram nesse dia. Sophie disse tantos elogios sobre o Michael, ou como seu beijo era quente e como Mike era ousado, fogoso e ao mesmo tempo fofo e carinhoso, que eu me peguei pensando besteiras.

Eu aproveitei que estávamos conversando sobre coisas íntimas e contei pra ela sobre a conversa do Luke e do Scott. Sophie achou melhor eu não me meter nisso, mas que seria melhor eu ficar de olho no Luke.

— Margot, quantas vezes eu vou ter que explicar que blusões não combinam com look de festa? — Sophie mais uma vez me deu uma bronca andando de um lado pro outro.

Revirei os olhos sentando na cama.

— E quantas vezes eu vou ter que explicar que eu não ligo? Eu gosto de blusões.

Sophie me encarou como se fosse me bater.

— Jesus, Margot! Você usa blusões o tempo todo.

— Como eu disse, eu amo blusões. Faz parte do meu estilo punk/rock. — dei de ombros vendo os snaps dos famosos que eu gostava.

Sophie tirou o celular das minhas mãos e jogou um monte de roupas em cima de mim.

— Ei, eu estava vendo o snap do gostoso do Cameron Dallas! — bufei irritada afastando todas aquelas roupas de cima de mim.

— Falta uma hora pra festa, não temos tempo pra ficar vendo snaps do Cameron Dallas. — ela suspirou jogando meu celular na cama. — Vai provar essas roupas e ver qual fica melhor.

— Eu não posso tipo, escolher qualquer uma e vestir logo? Você sabe que eu odeio provar roupas.

Olhei pra cara da Sophie ficando impaciente. Ela apontou pra fora do quarto e eu suspirei saindo do quarto com as roupas nas mãos, não adiantava tentar discutir com a Sophie.

Abri a porta do banheiro decidida a escolher qualquer roupa. Ouvi o barulho do chuveiro e quase infartei ao ver que o Luke estava tomando banho nesse exato momento. Ele parecia não ter me percebido pelo som alto de uma música tocando no seu celular.

Prendi o riso ao reconhecer a música: One Way Or Another do One Direction. Eu amo essa música, mas eu não imaginava que o Luke gostava de One Direction. O box de vidro do banheiro estava embaçado e eu só conseguia ver a bunda do Luke. E que bunda, eu acho que ele tem até mais bunda que eu, cara!

Eu estava me segurando muito pra não rir. O refrão da música começou a tocar e Luke cantou junto.

— One way or another, I'm gonna find ya, I'm gonna get ya, get ya, get ya, get ya!

Luke pulava no chuveiro animado, claro que infelizmente eu não estava vendo nada por causa do box embaçado. Por incrível que pareça o Luke cantava bem e o seu tom de voz era forte e rouco e era bem parecido com o do Harry Styles. Fiquei apenas ouvindo ele cantar e pular, começando a rir sem parar.

— Na na na na na na na na na na na! One way or another I’m gonna see ya, I wanna meet ya meet ya meet ya meet ya!

Eu estava rindo tanto que minha barriga estava começando a doer. Luke parou de cantar e eu continuei acompanhando o refrão:

— One day or another I’m gonna win ya, I'm gonna get ya, get ya, get ya, get ya!

Luke puxou a toalha que estava em cima do box e pareceu enrolar a toalha na cintura. Ele abriu o box com os olhos azuis esbugalhados, sua boca estava aberta naquela expressão de "O que porra está acontecendo aqui?". Eu ri ainda mais ficando sem ar.

— O-o que você tá fazendo aqui? — ele gaguejou parecendo não saber como se mexer.

— Eu? Nada! — eu disse entre risos e Luke ficou vermelho. Oh meu Deus, ele está ficando vermelho! — Eu apenas vim provar algumas roupas pra festa, mas acho que eu entrei em um show da One Direction.

Luke estreitou os olhos tentando esconder que estava vermelho.

— Você devia bater antes de entrar, caralho.

— Você nem iria ouvir nada com o som da One Direction — enfatizei o nome da boyband de propósito. — bem alto.

— Vai se foder, que merda. — ele finalmente se mexeu e meu olhar foi parar no seu peitoral musculoso que ainda tinha algumas gotas de água. — Acho bom você não contar isso pra os garotos.

Comecei a rir de novo.

— Não se preocupa Hemmings, eu também curto 1D.

Comecei a cantar de novo o refrão da música imitando os meninos da 1D no videoclipe, fazendo movimentos rápidos de vai e vem.

— One day or another I’m gonna win ya, I'm gonna get ya, get ya, get ya, get ya!

Luke soltou uma risada gostosa e passou as mãos nas suas madeixas loiras que estavam molhadas.

— Margot, você realmente ama me surpreender.




Eu, Luke e Sophie já estávamos arrumados pra festa. Finalmente eu tinha encontrado algo pra vestir: Um vestido preto de alças colado no meu corpo e umas botas também pretas que iam até os meus joelhos. Entramos no carro do Ashton onde Calum e Michael estavam nos esperando.

— Margot! Sophie! — Mike gritou animado demais. — Vocês estão uma gatas!

— Não precisa gritar, Cliffoconda. — Calum disse prendendo o riso. Ele estava um gato hoje.

Na verdade todos os garotos estavam muito gatos, mas não como o Luke estava. Eu fiquei sentada entre o Mike e a Sophie, Luke estava sentado do lado do Mike e Calum estava no banco da frente com Ashton.

Sophie estava mexendo no celular e eu já sabia que ela estava tentando não olhar pro Mike.

— Cliffoconda? — perguntei curiosa enquanto Ashton acelerou o carro.

— Longa história. — Luke falou com um sorrisinho no canto dos lábios.

Mike riu dobrando a manga da sua jaqueta.

— Cliffoconda é o meu pau de 24cm!

Arregalei os olhos ficando um pouco constrangida, eu tinha certeza que o Mike já tinha bebido.

— Poupe-nos dos detalhes do seu pau, Mike. — Calum disse enquanto ligava o som.

Rimos pra caralho e a música  No Pressure do Justin Bieber começou a tocar. Começamos a cantar, Mike estava tão concentrado na música que estava de olhos fechados. Ele ficava fofo, até o momento em que ele começou a cantar praticamente gritando o refrão da música.

— You ain't gotta make your mind up right now! Right now! — ele balançou os braços. — Don't rush, no pressure!

— Eu acho que eu tô surdo. — Luke tapou os ouvidos não conseguindo prender o riso.

Fomos cantando músicas com o Mike gritando de uma forma escandalosa e engraçada. 

Chegamos na festa, mais especificamente na casa do Scott, o que me fez lembrar de que eu deveria ficar de olho no Luke. Eu não quero ele envolvido com drogas ou algo que poderia colocá-lo em risco.

A festa estava lotada de alunos da faculdade e outras pessoas que eu não conhecia. Descemos do carro e todos pararam pra nos olhar como se fôssemos celebridades. Pelo jeito andar com os garotos que eram populares também me fazia uma pessoa importante.

Luke foi na frente e eu estava atrás dele, as pessoas cumprimentavam ele e à todos nós. Luke parou de andar assim como Calum, Mike e Ashton. Eu e Sophie imitamos os garotos, meu olhar pairou sobre um cara alto e musculoso parado na escada. Ele era bastante bonito, mas intimidador com aqueles bíceps enormes que o faziam parecer um lutador de boxe.

— Hemmings, Hood, Clifford e Irwin! Pensei que não viriam. — ele disse em um tom debochado e eu não estava gostando do jeito dele.

Luke me olhou tenso pelo canto do olho e encarou com firmeza o grandão.

— Então você se enganou.

O grandão apenas riu direcionando seu olhar na minha direção.

— E quem são essas gatas? Essa de cabelos pretos é mais gata ainda. — ele se referiu à mim.

Luke me colocou atrás dele de forma protetora e segurou minha mão.

— É uma festa, não queremos briga.

Os garotos estavam tensos e Sophie estava atrás do Mike com as mãos no seu braço.

O grandão arqueou as sobrancelhas passando as mãos nos cabelos como aqueles galãs de filmes americanos.

— É uma festa. — ele pareceu concordar. — Porém vocês não entram.



Notas Finais


Ihh, vem treta por aí? Fica a pergunta no ar.

Pra quem quer saber, a Sophie é interpretada pela alienxcreature do Instagram (se o user estiver errado me falem), e o grandão é interpretado por o lindo do Channing Tatum.

Comentem o que acharam, não tenham vergonha hahah.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...