História Pernas pra que te quero - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Aaaaaaa, Comedia, Motzu, Tzumo
Visualizações 27
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Esporte, Fluffy, Magia, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Here i am, babys!

Sem mais delongas, capítulo novo depois de dois meses yey

Capítulo 3 - Capítulo dois: Prazer, meu nome é..


Hyoyeon andava apressasa por meio de muitas pessoas, vez ou outra se batia em alguém e murmurava um pedido de desculpas.

Seu celular tocava loucamente no bolso e a loira se viu obrigada a parar de andar para atendê-lo.

- Pode falar, Taeyeon. - Ditou sem emoção.

- Já está em Seul? - Uma voz doce tomou conta dos ouvidos de Hyoyeon. - Depois que ver o que precisa, venha no nosso antigo ponto de encontro, okay?

- Certo, Taeyeon, eu irei cuidar disso, apenas, não me ligue por enquanto. - Ouviu um suspiro do outro lado da linha. - Adeus.

- Adeus é uma palavra muito forte, até logo sooa bem melhor, não acha? - Hyoyeon quis gritar, porém se conteve.

- Não, Taeyeon, adeus não é uma palavra muito forte. Da última vez, quando éramos jovens, eu esperava jamais te encontrar de novo, naquela época, eu queria ter dito "Adeus", mas eu só disse um "Até breve"... - Tomou fôlego para continuar. - Não somos mais jovens, eu queria viver minha vida, ou o que resta dela, longe do passado, mas graças a você, estou sendo puxada de volta para um época que quero esquecer.

- Oh... então é assim que pensa? - Pode ouvir Taeyeon fungando do outro lado da linha. - Eu sei que é culpa minha, certo? Todos os dias, eu lembro daquele dia, como se o mundo conspirasse pra que as memórias voltassem, deve ser ótimo poder viver uma vida normal, eu realmente queria poder, Hyo.

Taeyeon havia desligado o telefone em sua cara, mas Hyoyeon não se importava com isso, não fazia questão disso, apenas continuou andando até o grande estádio de atletismo à sua frente.

Depois de um pequeno período de campo caminhada chegou a entrada do estádio, um homem de meia idade verificou seu bilhete e murmurou algo que soou como um "Tenha um bom dia".




Tzuyu havia levado pompons para o espaço VIP que Jihyo havia conseguido, afinal, ela tinha privilégios por ser patrocinadora ativa de Momo. Ela estava ansiosa para ver sua unnie em ação e balançava os pompons como louca.


Do outro lado da da pista, também com uma vista privilegiada, estava Mina com seus próprios pompons, borbulhando de raiva. Mina tinha um objetivo simples, faria Momo ganhar a corrida com sua torcida animada.



"Momo! Fighting!"


"Momoring unnie! Fighting! Bang!"


Momo sorriu ao ver que Tzuyu estava animada, porém sua animação durou pouco, Mina também estava ali, não era que não tivesse gostado, tinha medo que no fim ela tacasse os pompons na sua cara e tivesse um surto.


Pelo canto dos olhos, Momo também pode ver uma mulher na faixa dos vinte cinco anos entrando na área VIP, a mulher era completamente desconhecida para si e por um momento perguntou-se quem era a mulher misteriosa.


Faltava apenas algum tempo para a corrida, todas as corredoras se colocavam na faixa, Momo olhou para Tzuyu e Mina.


"Tzuyu-ah! Torça por mim!"


"Mina! Eh-Obrigada!"


Mina sorriu psicoticamente, o que fez a corredora se arrepender de ter respondido. Momo posicionou-se na linha de partida, apenas esperando o tiro para começar a correr, suas mãos suavam sempre que se preparava para a partida.


O tiro soou pelo estádio e Momo começou a correr como se sua vida dependesse disso, os gritos de Jihyo e Tzuyu se sobressaiam dos demais e um sorriso se formava nos lábios da jovem corredora, mais duas voltas e já teria ganhado.


Uma volta, apenas mais uma.


Passou a linha de chegada e o estádio foi a loucura.


Antes que pudesse sequer pensar em qualquer coisa, sentiu dois braços arrodeando sua cintura.


- Unnie! Unnie! Você foi tão bem que fiquei assustada, como você corre tanto? Eu não creio nisso! Quero ser como você, Momoring! - Momo retribuiu o abraço e começou a rir da animação da garota mais jovem.


- Tzu! Você estava torcendo por mim, pareceu uma fã louca, foi tão fofo. - Tzuyu deu uma risada maléfica.


- Momo unnie, eu vou lhe stalkear, por favor me dê fotos suas. - Tzuyu tinha um sorriso maníaco no rosto.


- Não seja assim! Isso me assusta, Tzu! - Ambas começaram a rir de um jeito escandaloso, até que a moça misteriosa de mais cedo veio se aproximando e ambas afrouxaram o abraço.


- Com licença, muito prazer, sou Hyoyeon, não sei se me conhece, mas sou uma grande fã sua, Momo. - Ao ver a mulher mais de perto, Momo finalmente a reconheceu como sendo a dançarina Kim Hyoyeon.


- Oh meu deus, na verdade, eu sou uma grande fã, como não lhe reconheci? - Hyoyeon soltou um sorriso gentil.


- Você tem um grande talento, me lembra a mim mesma quando jovem, mas infelizmente, eu desperdicei meu talento. - O sorriso tornou-se triste e nostálgico.


- Perdoe a intromissão, Senhorita Hyoyeon, mas como assim "desperdiçou seu talento"?

— Quando se perde um ente querido, você percebe as escolhas erradas que tomou, sabe? — Hyoyeon sorriu mais uma vez. — Mas não é sobre isso que quero falar. Momo, por favor, me ligue, tenho alguns assuntos a tratar contigo.

A loira não esperou por uma resposta, apenas saiu andando rapidamente, como se estivesse atrasada.

No antigo ponto de encontro, tudo permanecia igual, exceto por Taeyeon e seu novo cabelo loiro.

A mesa redonda estava incompleta, sinal de que Taeyeon não reuniu todas as outras.

— Tifanny, Yoona e Sunny... Quanto tempo. — Sorriu de maneira descontraída para Sunny, que desde sempre fora sua melhor amiga.

— Faz mesmo muito tempo, não é mesmo? — Tifanny tinha a voz carregada enquanto olhava para o lugar que pertencia a Jessica, o qual estava cheio de flores mortas e esquecidas pelo tempo.

Yoona bateu nas costas da antiga parceira de aventuras da adolescência.

— Não fiquem tristes, minhas amigas. — Taeyeon se pronunciou finalmente. — Estamos juntas novamente.

— Taeyeon, não estamos voltando no tempo ou coisa do tipo, não somos mais heroínas como antigamente. — Sunny vociferou com os punhos fechados. — A prioridade, são as novas garotas, nosso tempo já passou... E se não percebeu, o tempo não foi gentil conosco.

Yoona concordou com a cabeça.

— Quem são as novas garotas? — Yoona disse com sua voz suave.

— Até agora, Hirai Momo, Zhou Tzuyu e Park Jihyo. — Taeyeon mostrou algumas fotos enquanto falava. — Momo tem o poder de Sunny, a super velocidade. Tzuyu tem o poder Hyoyeon, a super força. E por último, Jihyo possui a visão do futuro, o meu poder.

— Não precisa terminar, Taeyeon. — Finalmente Hyoyeon se pronunciou. — Vamos ajudá-las com os poderes, Tifanny e eu, não tenho tanta certeza sobre você...

— Eu cometi muitos erros com vocês, — Taeyeon levantou e foi até a cadeira de Jessica. — Não vou decepcionar ninguém de novo.



Notas Finais


VRA
VOLTEI
PARTI


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...