História Personal Stylist - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 23
Palavras 1.813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Marry me?


Nos meus fones “When She Was Mine”, Lawson, tocava nos últimos volumes. Isso era normal, mas normal não era eu estar perdida. Londres nunca foi um lugar muito fácil de se achar as coisas, na verdade... bem... Acho que esqueci o meu cérebro nenhum pouco prestativo enquanto tomava banho, só pode.

Ainda queria entender como eu pretendia chegar no tal do Nando’s. Eu não tinha contado com os meninos da 1D ou qualquer outra pessoa da equipe. Simplesmente organizaram tudo e eu só segui as ordem (?)

-Oi? -Chamei por um cara que passava pela minha frente, porém ele decidiu me ignorar. Normal Emma, você já deveria estar acostumada com o sangue frio dos Europeus.

Optei por uma velhinha... Velhinhos são legais não são?!

-Olá. –Tentei ser mais simpática e ela sorriu. Tirei os meus fones e abaixei o volume da música. –Eu gostaria de saber aonde é o Nando’s.

-Nando’s? –Assenti. –Já ouvi falar em um lugar com esse nome. –Fiz uma careta. –Mas não me lembro aonde é... Bem... –Sorriu. –Acho que por ali. –Apontou pra uma rua qualquer que estava na minha frente. –Depois vira a direita e... A esquerda... Pronto. –Ah... muito legal isso hein.

-Muito obrigada.

-De nada Jovem. –Qual é o problema? Jovem? Sério?

Coloquei os meus fones e decidi ir na direção que a velinha tinha falado. Assim que acabei de atravessar a rua começa a chover, e eu, claro, estou sem guarda-chuva. Como eu chegaria naquele lugar?

Continuei andando, virei a direita, depois a esquerda e pude ler Nando’s.

-Por isso que eu amo velhinhos. –Suspirei e atravessei a rua novamente.

Abri a porta do Nando’s e o meu cabelo que já grudava na minha testa nem chamava atenção por estar totalmente bagunçado. Percebi de longe aonde os meninos estavam. Fui chegando mais perto e percebi que dois deles já tinham percebido a minha presença. Taquei a minha bolsa na cadeira e olhei pra eles que me encararam com uma expressão de susto e medo.

-Eu sei que eu não devo estar com a melhor cara do mundo. Provavelmente vocês estão cansados por estar aqui o dia inteiro, eu também não estou feliz. Então... Só preciso de algumas respostas.

-Posso te fazer uma pergunta? –Assenti. –Quer ir no banheiro?

-Por que?

-Seu cabelo e sua maquiagem? –Dei de ombros.

–Sou Liam

-Oi. –Sorri. –E vocês....?

-Harry. –Falou e fez aquele barulho estranho, que eu não consigo fazer, com a garganta. -Harry Styles –Ok! Uma versão bugada do Barney.

-Gosta de ternos Styles? -Perguntei rindo e ele deu de ombros. –Bom saber. –Ok, não é uma versão errada do Stinson. –Loirinho... –Fiz careta. –Niall não é mesmo? –Assentiu. –Como você diria seu estilo?

-Na verdade eu não ligo muito pro que eu visto, porém não chego a ser um Harry da vida. –Disse e eu olhei pro menino de cachos ao seu lado, acabei deixando escapar e gargalhei.

-Liam? -Me olhou. -O que você me diria sobre as suas roupas?

-Antes do Liam responder... Você não pretende anotar? –O menino de voz engraçada perguntou.

-Não, eu consigo decorar.

-O nosso estilo é bem parecido então acho que não tenho muito o que falar. –Disse e eu assenti.

-O de topete... Seu nome e o que você gosta de vestir. –Falei e ele me olhou revirando os olhos fazendo todos rirem. Alguém estava tendo um dia difícil.

-Zayn. Isso vai ajudar em algo? –Perguntou.

-De qual algo você tá falando?

-Saber o que a gente gosta de vestir. Não vai ser você que vai escolher? Qual é a diferença?

-A diferença é que eu não gosto de forçar ninguém a se vestir como não quer. Eu tenho que criar muitas ideias, vocês terão que gostar. Então, sendo bem honesta, eu não sou burra –Disse. –Qual é o seu estilo?

-Olhe pra mim e descubra. –Disse e eu ri balançando a cabeça negativamente. Era só o que me faltava. –Eu já estou te avaliando desde já

-Zayn sendo Zayn. –O de voz engraçada disse.

-O voz engraçada fica quieto. –Falei e ele me olhou como se tivesse assustado, mas logo começou a rir –Você. –Apontei pra Zayn. –Tem cara de que não se importa muito e pelo jeito, as pessoas escolhem o seu estilo, não você. Mas... –Sorri. –Você... bem... parece gostar mais do estilo bad boy. –Falei e ele sorriu.

-Parece que alguém se saiu bem no primeiro desafio. –Disse e os meninos sorriram.

-Então... –Antes que eu pudesse falar alguma coisa o menino já me interrompeu.

-Já entendi. Louis. Minha voz não é engraçada e... Você vai descobrir o meu estilo também. –Falou e eu revirei os olhos. –Nem me olha assim não tá. –Disse e gargalhou.

-Deixa de ser estranho –Falei –Decido qual é o seu estilo em casa. Levantem. –Disse e eles me encararam confusos mas logo levantaram –Podem se sentar. Basicamente o estilo de vocês são iguais... Menos o do Styles.

-Por que você me chama de Styles? -Perguntou franzindo a testa

-Não gosto de falar Harry, prefiro Styles. –Sorri. –Acho que acabamos.

-QUE? –Berraram.

-É tão estranho ver pessoas falando ao mesmo tempo, a mesma coisa. –Disse.

-Nós também achamos estranhos, isso quase nunca acontece.

-Quase nunca? –Ri. –Então tá.

-Gastamos 1 hora... Tempos mais 2 horas. –Louis disse e eu sorri pra ele.

-Eu já acabei com o que eu precisava.

-Você é diferente. –Niall falou.

-Estou aqui porque preciso... A primeira faculdade que me interessa e ainda preciso ganhar algum reconhecimento.

-CDF. -Alguém falou mas eu não consegui reconhecer quem era.

-Só no colégio eu fiquei umas 3 vezes de recuperação. Eu odeio estudar. Queria que os meus pais fossem ricos, não precisariam me manter estudando. –Falei e eles arregalaram os olhos. –Mas... não se assustem. Tem gente pior. Tipo as 2 meninas que vocês conversaram antes de mim. Elas só estavam aqui pra tietar.

-Concordo. –Zayn disse. Por isso que eles estava tão revoltado?

-Gostei delas... A loira era gostosa. –Harry disse e eu revirei os olhos –Qual é o nome dela mesmo? -Me perguntou e eu dei de ombros.

-Sei-lá.

-Qual é o seu nome? -Liam me perguntou.

-Emma. –Disse.

-Emma é fofo.

-Igual a você. –Falei e Niall corou. –Acho melhor eu ir. –Sorri –Daqui a pouco a chuva piora e... eu não tenho mais o que fazer aqui. –Disse e Niall fez bico.

-Hoje é quinta temos show amanhã... –Louis começou a falar. –Poderíamos aproveitar.

-Pronto! Arranjem alguma coisa pra vocês fazerem... –Falei. –To vazando. –Disse e me levantei, mas Harry me puxou pelo pulso.

-Vem com a gente.

-Deus me livre que eu vou em uma balada –Falei antes que escolhessem um pub ou balada.

-Eu nem falei balada. –Falou e levantou os braços como se tivesse se rendendo.

-A princesa pensa em que? Shopping? –Zayn perguntou me sacaneando.

-Eu não gosto de shopping... mas só por isso. É! Eu passei a pensar em shopping, porque lá tem comida. –Falei mais alto.

-A GENTE ESTÁ EM UMA LANCHONETE! –Louis berrou. –TAMBÉM TEM COMIDA! Eu quero ir pra balada. –Falou o final mais baixo.

-Concordo com a Emma. –Niall disse, se levantou e veio até o meu lado colocando a mão em meu ombro. –Lá tem comida.

-Só concordo com a Emma por quê amanhã nós não podemos estar roucos. –Liam falou

-Coitado do Harry. –Não aguentei e falei. –Sim, eu faço bullying com as pessoas. –Falei já percebendo que eles haviam escutado. Harry me mandou língua e uma cara feia, só não falei que: “Quem manda língua pede beijo” porque ia sobrar pra mim.

-Não quero shopping. –Zayn disse.

-Quero balada. –Louis disse.

 [...]

-EU AINDA NÃO ACREDITO QUE ESTAMOS EM UM SHOPPING! –Louis berrou e eu gargalhei.

-Senta e chora bebe. –Falei rindo. –A gente vai ficar aqui mesmo? -Perguntei pra Niall enquanto olhava o estacionamento.

-Estou só esperando os meninos do 5 Seconds of Summer.

-QUE PORA É ESSA? –Berrei.

-Uma banda Emma. –Liam disse. –Uma banda. –Falou todo calmo.

-EU AINDA NÃO ACREDITO QUE ESTAMOS EM UM SHOPPING! –Pela milésima vez Louis berrou.

-CALA A BOCA LOUIS! –Berramos todos juntos.

-Chegaram. –Niall cantarolou enquanto bloqueava a tela do celular.

-Parece até gay. –Falei pra Zayn que estava do meu lado e ele riu. Saímos do carro e Zayn me puxou pelo braço o cruzando com o meu. Fomos andando tão rápido que os meninos ficaram berrando pela a gente.

Tudo estava perfeito. O que era estranho. Eu, Emma, finalmente, não tinha feito nenhuma gafe até que eu bato em uma árvore e caio no chão junto com a árvore. O que eu acabei de falar?

-Tudo bem Emma? -Zayn me perguntou enquanto me ajudava a levantar.

-Eu bati em uma árvore. –Falei e as pessoas começaram a gargalhar.

-EU NÃO SOU UMA ÁRVORE! –O menino tinha cabelo verde, obvio que eu o confundiria com uma árvore. Os meninos começaram a se cumprimentar e eu fiquei com a minha, linda, cara de bosta.

-Emma. –Niall me chamou. –Esses são Luke –Apontou pro loiro de topete. –Mike. –O de cabelo verde. –Calum. –O fofinho que da vontade de apertar. –E o Ashton.  -O que tinha cara de retardado. Ia amar aquele garoto. –Meninos essa é a Emma. Ela é uma das estudantes de moda lá... –Falou e eles soltaram um “Ahh” como se soubesse do que Niall estava falando. Ok! Eles devem saber!

Sorri como se fosse a pessoa mais fofa do mundo e Louis começou a berrar, de novo.

-EU AINDA NÃO ACREDITO QUE ESTAMOS EM UM SHOPPING!

-ENTÃO PORQUE AINDA ESTÁ AQUI? –Berrei e eles riram.

-Acabou com a minha imagem de menina fofa.–O fofinho falou e eu sorri.

-Vamos logo porque eu só tenho 1 hora. –Disse e saí correndo.

-Calma Emma. –Harry falou enquanto vinha atrás de mim. –Não precisa cumprir o seu horário. –Sorriu.

-Sim senhor.

-AGORA QUE ESTAMOS EM UM SHOPPING NÃO RECLAMA! –Louis chegou berrando e eu revirei os olhos.

-Você só sabe berrar. –Falei.

-E você só sabe revirar os olhos.

-Disso eu já sabia. –Ri irônica. –Eu nasci revirando os olhos.

-Eu nasci e falei. –Fez uma pose estranha, fingiu que tinha limpado uma babinha e falou. –Divei.

-Idiota. –Falou e –finalmente- chegamos a porta do shopping. Enquanto entrávamos, comecei a cantar a música que mais se adequava aquele momento. -Everybody come and play, throw every last care away, let's go to the mall...Today.

-O que é isso? -Louis quase berrou, pelo menos foi quase. Antes que eu pudesse responder alguém berrou. Sempre tem alguém pra berrar.

-ISSO É ROBIN SPARKLES! –Luke berrou e eu me assustei. –HOW I MET YOUR MOTHER!

-VOCÊ GOSTA? –Berrei.

-É A MINHA SERIE FAVORITA! –Berrou.

-Vai começar as pessoas berrando de novo. –Liam falou e eu abracei Luke.

-A MINHA TAMBÉM! -Continuei berrando.

-Casa comigo? -Perguntou enquanto se ajoelhava na minha frente.

-Caso. –Falamos e nos abraçamos novamente.


Notas Finais


Sem leitores fantasmas, por favor!
Espero que vocês gostem e exponham suas opiniões, nem que sejam críticas construtivas! Muito obrigada amoras!
Um beijo, um queijo e um abraço da tia Jessy!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...