História Pertenço a você - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Dr. Archie Hopper (Jiminy Cricket), Lacey (Belle), Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Xerife Graham Humbert (Caçador)
Tags Beauty, Belle, Emilie, Meghan, Once Upon A Time, Ouat, Red, Romance, Ruby, Yuri
Exibições 38
Palavras 2.180
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Demorei a aparecer não foi?! Mas finalmente estou de volta (novamente) e postarei com mais frequência sim! O capítulo de hoje é, digamos, um aquecimento para o próximo que promete pegar fogo. Os instintos de Belle estão cada dia mais aflorados. Precisava ter certeza do rumo que a história tomaria e já está pensado, decidido e sem demora! Aguenta coração!
Espero que gostem e boa leitura! *-*

Capítulo 10 - Coast Guard Beatch


Depois do acontecido na minha sala não tive mais nenhuma noticia de Ruby, talvez fosse coincidência, de certo modo eu torcia para que sim, pois se o motivo fosse o desesperador beijo que dei em Archie, não saberia como olha-la outra vez. Tudo bem, não tenho porque me importar com isso, aliás, Ruby não merecia que eu me importasse, nunca mereceu e isso agora não deveria fazer a mínima diferença...Mas, infelizmente, a sensação de enjoo e a dorzinha na boca do estômago estava sendo algo inevitável.

Já estava no meio da semana e para variar na sexta seria feriado e a universidade daria uma bela folga no fim de semana para que pudéssemos "descansar" e com certeza era tudo que precisava depois do que houve com as provas dos alunos e diante de tudo que estava acontecendo entre mim e Ruby esse seria meu maior presente. Cheguei cedo à Universidade, queria que tudo ficasse organizado para realmente me afundar em meu cansaço físico e mental durante todo o feriado. Os professores encontravam-se na sala e discutiam algo impossível de entender já que todos falavam ao mesmo tempo, dei um bom dia respondido por eles com pressa e me encaminhei para os fundos da sala sem se quer olhar para os lados, tinha medo do que eu pudesse ver, ou melhor, de quem eu pudesse ver.

Zelena: Belle você vai também, certo?

Belle: Quê? – levantei a cabeça rapidamente tentando trazer meus pensamentos de volta – Do que estão falando?

Graham: Decidimos passar o feriado na Coast Guard Beatch Bel, tem um hotel incrível lá que está com alguns quartos disponíveis e é uma forma de nos divertimos um pouco, você vai, certo? – Meu primeiro pensamento foi um obvio não, mas vendo o sorriso irônico no rosto de Graham, aquele sorriso de quem me achava apenas uma tonta, agi por impulso, algo impossível de acontecer, mas naquele instante apenas assenti que sim recebendo rostos espantados. –

Archie: Vai ser divertido, estou animado com isso Belle. – O homem me olhou com um sorriso como se nada tivesse acontecido, estava aliviada e confusa. –

Belle: Vamos nos divertir Archie! – Sorri para o homem que prontamente retribuiu, fui tomada por um pensamento desesperado, mas era aquilo que eu tinha e ia adiante. Seria uma ótima forma de conhecer melhor Archie e quem sabe dar fim a meus...sentimentos por Ruby, de uma vez por...todas. –

Voltei a arrumar minhas pastas e me encaminhar para a sala de aula, respirei aliviada por saber que aquele seria mais um dia do qual não precisaria encontrar aquela mulher, mas ao chegar na porta de minha sala percebo que bom...talvez tenha relaxado cedo demais. Paralisei ao ver Ruby com um vestido preto tubinho na altura dos joelhos, com uma larga faixa prateada em sua cintura. A mulher estava encostada em minha mesa rindo com os alunos, vi vários olhares cobiçando-a, o que por algum motivo inaceitável trouxe-me varias sensações de raiva e enjoo. De repente ao me notarem todos os olhos direcionaram a mim fazendo com que Ruby também me olhasse trocando seu sorriso por uma expressão séria, a mulher apenas pediu licença e saiu como um furacão sem ao menos olhar em meus olhos como sempre fazia, sussurrando apenas um “boa aula” que me permitiu sentir seu perfume, aquilo fora extremamente incomodo, mas era melhor assim, tinha de ser...

++++++++++

A Sexta-feira chegara depressa, esse fim de semana estava mais esperado do que deveria, combinamos de nos dividir em apenas dois carros, iria no de Archie com Zelena, enquanto Graham iria com Ariel, David e Margaret. Foram longas cinco horas e meia de viajem até Coast Guard Beatch, o lugar era lindo e deserto, as estradas mostravam natureza dos dois lados, o hotel ficava de frente para as docas, era uma mansão vintage branca com um jardim de tirar o folego e a maravilhosa visão dos barcos que iam e vinham no cais. O carro de David já estava estacionado e uma senhora muito simpática nos aguardava no jardim, caminhamos depressa para conhecer tudo, ela nos deu as chaves e nos apresentou um pouco do local, havia uma primeira sala com duas escadas, uma que levava aos quartos 1 a 5 à esquerda e outra que levavam do 6 ao 9 à direita, havia ficado com o quarto sete, enquanto todos pegaram quartos do lado esquerdo, por mim era ótimo, de certa forma ficara tranquila. Subi as escadas com dificuldade, o corredor era estreito o que me fez esbarrar a mala em uma mesinha derrubando alguns enfeites, uma gargalhada tímida ecoou do fim do corredor causando-me um arrepio na espinha, coloquei tudo de volta no lugar e finalmente arqueei a cabeça encarando a dona do riso.

Belle: O que você tá fazendo aqui? – a fitei séria com uma nítida interrogação estampada em minha testa. –

Ruby: Não sabia que você viria, Graham não me disse nada, decidi ontem já que estava muito ocupada. – seu rosto não havia expressão alguma, sua dureza era incômoda. –

Belle: Fique longe do meu caminho! – falei seca caminhando para minha porta que ficava, infelizmente, próxima a daquela mulher. –

Ruby: Com todo prazer, querida! – sua voz soou irônica, tentei encara-la, mas antes mesmo de tentar sua porta já havia se fechado com força deixando-me apenas servida do eco roubando todo o silêncio. –

Não havia mais pensamentos ou falas, estava cansada, Ruby queria meu perdão e isso ela jamais teria, então era isso, beijar Archie havia tirado-a do meu caminho, agora só precisava ignorar sua desgastante presença em minha vida e tudo passaria, por tanto que aquela mulher não me tocasse outra vez, tudo seguiria normal, tinha de seguir. Desci com pressa com medo de acha-la pelo corredor, e pelo que vi éramos as únicas naquele lado, quão ultrajante a vida poderia ser.

Graham: O almoço já está na mesa pessoal, vamos comer e descansar que mais tarde teremos um luau na praia. – todos gritaram em comemoração, Graham abraçou Ruby pela cintura enquanto caminhavam para a cozinha, não controlei os meus olhos que reviraram de nojo. –

Almoçamos em meio a inúmeras piadas e brincadeiras, David e Margaret eram o casal mais divertido e encantador que existira, Archie ao meu lado tentava sempre ser um cavalheiro, enquanto Ruby e Graham seguiam com aquele climinha besta, como alguém tão inteligente poderia estar afim de um babaca metido a galã como aquele? ARG... Cada um fora para seus devidos quartos, Graham subiu as escadas com Ruby o que me fez acelerar os passos e passa-los como um redemoinho, não queria ver aquilo.

Ruby: Achei que ia ficar na suíte do seu namorado. – sua voz ecoou irônica pelo corredor, fazendo-me paralisar com a mão na maçaneta. –

Belle: Archie não é meu namorado e mesmo que fosse não seria problema seu. – a fitei seca. –

Ruby: Com certeza o problema não seria meu, mas bem seu. – a mulher soltara um riso sarcástico. – Porque, vamos lá, ele é um tonto. – seus passos se aproximavam me deixando irritada, assustada, tudo de confuso que pudera sentir. –

Belle: Melhor do que ser um babaca, falar nisso, cadê ele que não subiu com você? – usei o mesmo tom irônico da morena. –

Ruby: Quero descansar! – seus passos eram cada vez mais lentos e seu corpo ficava cada vez mais próximo. –

Belle: Ah é? Achei que ele ia descansar com você, aliás, se tem uma coisa em que você é boa, é levar homem pro seu quarto para “descansar.” – usei aspas com os dedos fazendo a quase expressão de divertimento da morena, desmanchar por completo. –

Ruby: VAI A MERDA! – disse quase em um grito passando por mim como um furacão e batendo a porta mais uma vez. Pelo visto a viajem se resumiria a isso. –

A pequena janela ao lado da cama me dava uma linda vista para o jardim do hotel, o quarto era decorado em tons pastel e vários tons de azul o que passava a tranquilidade necessária para que eu lesse e dormisse praticamente a tarde toda. –

++++++++

Dez horas e já estava pronta, ao abrir a porta Ruby fora o primeiro rosto que encontrei no corredor, parecia conferir sua bolsa, a morena estava radiante com seus cabelos ondulados e um vestido solto branco com acessórios prateados que a deixavam iguais a uma Deusa, seus olhos me avaliaram tão ou mais acesos do que eu fizera com ela, não sabia o que significavam nossos olhares, mas sabia que tinha de fugir deles. O luau era visto a distância, o caminho até o centro da festa era marcado por um corredor cheio de velas e flores, recebemos um colar estilo havaiano e adentramos o local, um DJ animava o lugar, do seu lado, imensas mesas onde barman’s preparavam as bebidas, á direita uma parte aberta para dançar e à esquerda várias almofadas e toalhas para as pessoas sentarem e para lá nós fomos. Sentamos em circulo e começamos a conversar, os meninos pegaram as bebidas e aos poucos fui conseguindo me divertir e ignorar a presença de Ruby,  a morena não tocou em nenhuma bebida, o que me deixou pensativa.  Todos decidiram dançar, preferi ficar um tempo sentada com Archie, nossa conversa passou a render mais do que esperava e após dois drinks decidimos ir dançar também, estava divertido até Graham começar a fazer coreografias cada vez mais sensuais com Ruby que parecia apenas aceitar o momento, virei-me de costas acreditando que poderia fugir daquilo, mas o grito de Zelena me fez olha-los e então ter a visão devastadora, sabia que iria acontecer cedo ou tarde, mas não imaginei que doeria tanto ver os lábios de Ruby tocar os daquele homem, lembrei que aqueles mesmos lábios haviam tocado os meus há poucos dias e o nojo me enchera junto com a ira, e assim foram copos e mais copos até tudo começar a girar, lembrei o motivo pelo qual tanto odiava bebida, lembrei o que ela fazia com as pessoas, no meu caso, a bebida estava deixando claro a mim que aquela mulher a minha frente sempre seria dona de algo em meu peito, mesmo sem merecer ela seria e antes de tomar qualquer atitude sem volta, percebi que aquela era a hora de ir.

Falei na orelha de Archie que não estava acostumada com aquilo e ia embora, ele tentou ir comigo, mas Zelena o fez ficar dizendo que me acompanharia, pois com certeza alguém ia ter que me pôr na cama. Sem força alguma a abracei e caminhamos até a saída do luau, já estávamos a sós na calçada quando uma voz, ah aquela maldita voz chamara por Zelena.

Zelena: Algum problema reitora? – paramos de caminhar nos virando para a mulher. –

Ruby: Pelo amor de Deus, não me chame assim fora da universidade. – disse repreendendo Zel e aproximando-se ainda mais de nós duas – Aconteceu alguma coisa?

Belle: NADA, ABSOLUTAMENTE NADA! VOLTA PRO SEU MAXO VADIA! – gritei apontando o dedo pro seu rosto com um direito que não tinha. –

Ruby: Meu Deus! Olha o seu estado Bel, você nem bebe. – a morena ignorara totalmente minha ofensa, apenas correu em minha direção levantando meu rosto, preocupada?!  –

Belle: Você não sabe nada sobre mim, agora volta pra lá! – tirei sua mão de mim de maneira agressiva, porque ela fingia se importar? Por quê? –

Zelena: É melhor leva-la logo antes que ela comece a querer agredir alguém. – Zel disse rindo como se meu estado deplorável fosse algo engraçado, e considerando que nunca me viram assim, até poderia ser. –

Ruby: Eu a levo, Zelena. Volte para a festa, cuido dela, pode deixar! – Ruby passou sua mão por minha cintura, senti um arrepio por minha espinha que me deixara apavorada. –

Belle: Não vou com você a lugar nenhum, não confio em você! – me soltei tropeçando no ar, estava nitidamente fora de mim. –

Ruby: Olhe pra mim Bel, olhe pra mim! – suas mãos apoiaram-se nas laterais do meu rosto com força, seus olhos queimaram dentro dos meus pausando todos os meus sentidos. – Você não está em condições de mandar em nada aqui, vou levar você pro hotel e... – antes da morena terminar senti o efeito da bebida que veio de dentro para fora, e mais uma vez consegui destruir a dignidade que me restara. –

A que nível deplorável me permiti chegar àquela noite? As coisas giravam cada vez mais, os braços de Ruby me seguravam firme dentro do táxi, olhei seu rosto, não lembro ao certo, mas tenho quase certeza que meus lábios tomaram a forma de um sorriso, sua expressão era preocupada, acariciei sua face e mesmo com meu corpo dormente pude sentir sua pele macia em minhas mãos. “Porque me deixou?” Sussurrei sem controle algum sentindo uma lágrima descer quente e sozinha, meus olhos pesaram e então abri-los fora impossível.

++++++++++

Um som agudo me fizera abrir os olhos imediatamente, a luz intensa quase me cegara, escondi-me ainda mais debaixo dos lençóis onde estava quentinho e escuro, passos emanavam do quarto, um cheiro forte de café me trouxera de imediato as lembranças da noite anterior, não recordava de ter chegado a meu quarto, não lembrava nada depois de vomitar e entrar no taxi com...AH MEU DEUS!


Notas Finais


Alguma coisa aconteceu? Será? Se Belle surta só em estar perto de Ruby, imagina acordar na cama dela sem lembrar de nada? OMG
Essa repentina aproximação de Zelena, Graham e Ruby deram o primeiro passo e ficou claro que Belle ainda tem sentimentos e não são poucos... O próximo teremos uma aproximação fofa e dolorosa, preparados? ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...