História Pesadelo ou um sonho ? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Romance, Tragedia, Você
Exibições 20
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi pessoas, eu queria agradecer por favoritarem a historia... Obrigado mesmo.
Primeiro capitulo que faço assim então se estiver ruim perdão.
Vou fazer imagines! o primeiro vai ser do suga.
talvez eu vá postar apenas no sábado ou sexta (imagines).
Boa leitura! <3 ;)

Capítulo 4 - Eu preciso de você


Fanfic / Fanfiction Pesadelo ou um sonho ? - Capítulo 4 - Eu preciso de você

                                                                                        [Kaori Young on]

Eu o empurrei e tentei correr em direção ao banheiro mas ele me segurou e me puxou, eu me contorci de toda forma mas a unica coisa que consegui além braços roxos foi, gastar o pouco de energia que sobrava e machucar mais ainda meu pé, desculpa Jimin eu não posso mais lutar, só espero que me perdoe, comecei a chorar mas ele nem se importou me virou de frente a ele como se estivesse me abraçando desceu o zíper do vestido fazendo ele cair. Ele passou a mão em minhas costas e me puxando para si fazendo ter um arrepio, mas logo me soltou e foi em direção a cama, olhei ao redor tinha uma porta aberta acho que do banheiro, senti uma esperança crescer, desviei o olhar da porta para ele, que estava mexendo no criado mudo de costas e agora ou nunca, sai correndo em direção a porta como se minha vida dependesse disso, entrei e fechei e assim que fechei a porta senti uma batida forte na porta e notei que tinha uma chave na fechadura tranquei a porta e me afastei por que as batidas ficavam cada vez mais fortes, notei meu pé estava um pouco roxo acho que torci quando cai no banheiro...Jimin...Só queria que me tirasse daqui dizendo que vai ficar tudo b...-Fui tirada de meus pensamentos quando ele abriu a porta, instantaneamente fecho os olhos, sinto um grande aperto em meus braços ele me arrasta para fora do banheiro e para minha surpresa ele não grita nem me aperta mais só me coloca na cama.

-Quero que fique quieta.-Diz com a voz rouca

-Por favor me deixe ir embora.-Diz entre soluços.

-CALADA PORRA!-Disse amarrando meus pulsos na cama e depois meus pés, nem resisti aquilo era inevitável mesmo que eu tentasse fugir.

-Desculpa Jimin.-Disse com os olhos fechados como num sussuro.

Quando abri os olhos virei meu rosto e o vi tirando a blusa, tomei coragem e disse.

-Qual seu nome? -Ele me lançou um olhar frio e disse.

-Putas não precisam de nomes.-Disse desabotoando a calça.

-Eu não sou puta caralho.-Meu Deus eu quero morrer? Saiu sem querer mas agora já era tarde, o vi se aproximar.

-E sim, minha puta.-Disse apertando minhas bochechas com uma mão e sorrindo maliciosamente.-Agora fique calada Kaori.-Disse tomando tom sério, a voz dele estava rouca "atraente" , o vi descer as calças, ele usava acho que uma box vermelha, desviei o olhar rápido por que não queria mais pensar coisas como atraente, sexy, lindo abs....Pera ele disse Kaori? Como e que..Fui tirada desses pensamentos quando senti mãos nas minhas coxas desviei o olhar da parede para ele que estava passando as mãos nas minhas coxas, o que me fez arrepiar por inteira, ver meu corpo reagindo aos toques dele me deixa com raiva dele e de mim por lhe corresponder. Ele se afastou e depois trouxe uma tesoura e colocou no criado mudo, subiu na cama e ficou entre minhas pernas, nossa isso me deu muito medo, tudo que eu podia fazer era rezar para aquilo acabar logo, então fechei os olhos e tentei pensar em coisas felizes quem me faziam bem mas não adiantava o corpo dele semi nu sempre vinha a minha mente, senti seu corpo quente junto ao meu e quando abri os olhos ele estava tão perto do meu rosto, então começou a me dar beijos que eu não correspondi claro, desceu ate meu pescoço e começou a dar mordidas e sucções quem com toda certeza iriam deixar fortes marcas amanhã, ele desceu ate perto dos meus seios que ainda eram cobertos pelo sutiã, que ele abriu facilmente por que o fecho era na frente, ter meus seios a mostra daquele estranho, ele abocanhou meu seio direito me fazendo arfar, e massageando meu seio esquerdo, estava fazendo minha intimidade pulsar,  estava me fazendo sentir prazer, comecei a chorar, essa noite era pra ser com o Jimin, não com uma pessoa quem eu nem sabia o nome, aquilo estava me desestruturando, aqueles toques...Ele se afastou dos meus seios e ficou de frente a mim com o rosto bem perto do meu, quando ele chegou perto senti seu membro sarrando minha intimidade, aquilo me fez soltar um gemido baixo, ele se afastou e olhou de um jeito malicioso para mim, desceu beijando meu pescoço entre meus seios e minha barriga passando a mão pela lateral do meu corpo,  a outra senti tocar minha intimidade estimulando meu clítoris.-Molhadinha.-Aquilo me fez gemer baixo.

-P-Pare...Por favor...-Disse chorando copiosamente.

-Já mandei ficar quieta caralho!-Disse acelerando os movimentos.-Só quero ouvir seus gemidos.-Disse sorrindo maliciosamente e parando os movimentos, se afastando de mim, ele levantou e pegou a tesoura depois cortou as alças da minha calcinha...Beleza agora eu estava nua na frente de um completo desconhecido, ele que estava em pé tirou aquela cueca que era a unica coisa que lhe cobria, seu membro praticamente saltou pra fora depois subindo na cama ficou "em cima" da minha barriga e olhou pra mim com ar autoritário.

-Você já sabe o que fazer.-Diz com a voz rouca.

-N...não me obrigue a isso...Por favor...-Disse balançando a cabeça negativamente e chorando ao mesmo tempo.

-Eu faço o que quiser.-Disse colocando a mão na minha cabeça e me dando um puxão ali o que me fez soltar um grito de dor.-Aproveitando desse grito ele colocou seu membro bruscamente na minha boca e ficou nos movimentos de vai e vem, quase me engasguei várias vezes, aquilo era nojento. Quando ele tirou aquilo da minha boca, chorei ainda mais e virando o rosto o senti entre minhas pernas novamente, abri os olhos e ele estava rasgando uma camisinha e colocando em seu membro, depois disso fechei com força os olhos e me esforcei para não gritar mas quando senti seu membro em mim que ele colocou bruscamente e rompendo meu hímen não aguentei soltei um berro enorme e abri os olhos, mesmo sabendo que eu sentia dor continuou suas estocadas fundas e lentas, quando percebeu que eu não sentia mais dor, aumentou a velocidade das estocadas, eu não queria sentir aquele prazer que começava a crescer novamente em mim mas era inevitável. Eu estava decepcionada...Comigo...Com a vida...Com minha família..Ou melhor com aquele monstro que pensei ter melhorado  ao menos um pouco.

-Apertada...Como pensei que seria.-Disse tombando a cabeça para trás.

Senti meu prazer aumentando cada vez mais e mais até que me senti chegar ao meu limite e curvei as costas e a continuação das estocadas dele só aumentava essa onda de prazer da qual eu sentia, quando acabei escutei gemidos baixos, ele estava gemendo?Senti seu membro saindo de mim, acho que também chegou ao seu limite, o vi retirar a camisinha levantar e ir ao banheiro, ainda de costas pegou uma cueca e uma calça e vestiu-se.

-Tchau putinha.-Disse caminhando em direção a porta.

-Ei!!Não pode me deixar aqui assim!!Eii-Ele parou e se virou em minha direção me olhando inteira, foui ate o guarda-roupas e tirou um lençol o estendendo sobre mim.

-Seu monstro!Me solta daqui...Por favor...-Disse chorando e quando percebi ele já havia saído, eu estava tão cansada, com tanto medo, meu corpo doía e foi quando eu lembrei de Jimin...Como será que ele estava? Será que já havia acordado? Só queria que você me tirasse daqui e me abraçasse forte, por que eu preciso de você.


Notas Finais


O que acharam? :3
por favor comentem <3 isso me ajuda a desenvolver a fic sabendo a opinião de vocês.
e isso, Ate o próximo capitulo <3.
Vejam minha nova fic por favor <3
https://spiritfanfics.com/historia/imagine-suga-7106600


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...