História Pesadelo ou um sonho ? - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Romance, Tragedia, Você
Exibições 4
Palavras 1.600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi!!
Bom pessoas to com um pouco de bloqueio de criatividade então me desculpem se ficou chato :/ ou muito ruim.
Queria agradecer aos 5 favoritos <3 sério já e muito pra mim.(E na outra fic também vocês não sabem como isso me incentivou a escrever.)
Por favor sem leitores fantasmas comentem e favoritem isso me deixa mais que feliz.
Tam!tam!tam!
Será que Jimin vai brotar nesse cap. ?
Será que ele vai morrer?
Também não sei o_o...
Leiam as notas finais aviso importante!
Boa leitura! E desculpe qualquer erro <3

Capítulo 5 - Uns Dias


Fanfic / Fanfiction Pesadelo ou um sonho ? - Capítulo 5 - Uns Dias

                                                                                     [Park Jimin on]

Acordei no chão com um forte dor no peito, quase não levanto, com dificuldade caminho até a cozinha e pego um copo de água.

-O que houve?-Digo balançando a cabeça e bagunçando os cabelos com a mão.-Por que tanto silêncio?...Por que acordei no chão?-Digo caminhando em direção a sala vejo Tuane desacordada.

-Tuane!Tuane!Acorde, vamos.-Digo balançando seu ombro, ela não acordava, então mesmo fraco a peguei e a ajeitei na cama do meu quarto e de Kaori, senti um desespero crescendo em mim então corri ate o banheiro, mas a única coisa que tinha eram algumas coisas espalhadas pelo chão.-Kaori!...Kaori!...Kaori!...-Disse procurando por toda a casa que estava vazia, então sai da casa e olhando por todos os lados e a unica coisa que vi era o escuro daquelas ruas frias e silenciosas, e unica coisa que fiz foi me ajoelhar e olhar para o céu, onde esta você minha linda? Eu só queria estar com você e te abraçar dizendo que vai ficar tudo bem, não pude impedir então senti lágrimas rolarem pelo meu rosto, por que esta doendo tanto? Você vai voltar...Vai...Voltar...Pra mim...Para os meus braços. Me levantei e andando lentamente pela rua lembrando dela do jeito dela, sorriso, humor, alegria dela, entrei na casa e percebi que Marcos não estava. Que merda ta acontecendo aqui? Por que Kaori e Marcos não estão? Se Marcos tiver feito algo eu juro que mesmo que eu morra ele morre antes.

-Filho da mãe! Se a fizer mal pode arrumar suas malas para o inferno.

-Jimin?Esta falando de quem?-Disse Tuane na porta do quarto esfregando os olhos.-O que aconteceu ?Por que acordei no seu quarto?Cade Kaori e o Marcos?

-Essas são minhas perguntas Tuane...Você não quer dormir um pouco?-Vejo ela acenar negativamente com a cabeça e vir em minha direção.Não vou conseguir dormir, não mesmo, ainda mais agora, que Kaori pode estar nas mãos daquele monstro.Eu tenho que achar um modo de te encontrar Kaori, estou sentindo um peso no coração e estou com medo, quero te ver e te abraçar, sinto novamente lágrimas rolarem pelo meu rosto.

-Por favor Jimin não chore, já procurou por toda a casa?-Me assustei um pouco ao ver que ela tinha visto minhas lágrimas, mas limpando-as me virei e disse.

-Já sim, e não os achei, mas tenho um plano para acha-los.

                                                                                         [Park Jimin off]

                                                                                         [Jung Hoseok on]

Gostei daquela garota, tem atitude, mesmo assim tem que aprender a me respeitar ou vai aprender na marra.La estava eu caminhando pelos corredores daquela casa com uma garrafa de vinho na mão, a visão dos corredores sem fim era um pouco intimidador mas me acostumei aqueles escuros, frios e silenciosos corredores.Cheguei ao quarto aonde levaram Lucyne então entrei e percebi que a mesma dormia, sabe nunca senti nada por Lucyne ela era só boa de cama, então eu a tratava diferente.

-Jung?...-Ouço uma voz manhosa me tirando dos meus pensamentos, me viro e a vejo ainda de costas .-Por que esta aqui?

-Não te devo explicações Lucyne.-Digo observando seu corpo ainda enrolado no lençol.

-Sempre educado.

-Sempre.-Digo levando a garrafa ate a boca e virando de uma vez.

Depois de um tempo que passamos em silêncio, a escuto bufar.

-Quem era a tal garota?-Diz se virando com dificuldade.

-Por que?Não devia se importar com isso, alias ela e só mais uma como você.-A vi abaixar a cabeça e deixar rolar lágrimas por seu rosto, não gostava de vê-la chorando mesmo não sentindo nada por ela.

-Eu também não sei por que me importo.-Disse tomando ar sério, pareceu querer se levantar mas não conseguiu então vi um sorriso esboçar em seu rosto.-Mas me importo.

-Devia parar.-Digo indo ate a porta mas antes de fecha-la digo.-Não vale a pena.

Que tédio esta esta casa, eu devia ir dormir amanhã tem aquela festa do Min Yoongi e eu não queria aparecer com cara de bosta para todos, e é bom Lucyne estar bem amanhã ela será minha companhia, e tem que estar bela e elegante. Parei em frente a porta do meu quarto e senti o perfume daquela garota, ingenua (lembrando dela me pedindo por favor para deixa-la ir.), impulsiva (lembrando dela me dando o tapa), sexy (lembrando dela apenas de roupas íntimas correndo pelo quarto, deitada na cama), vulnerável (lembrando dela algemada na cama), assim que percebi nem piscar os olhos, os fechei com força e balançando a cabeça para espantar aqueles pensamentos e entrei no quarto.

Não sei se estava bêbado ou sonolento.

Fui ate o criado mudo deixando a garrafa peguei uma chave e soltei as algemas de seus pulsos e pés, parei e a observei coberta por aquele lençol, parecia tem um sono bastante pesado. Me afasto e tiro a calça, voltando a cama e a ajeitando de lado deito na cama  e me embrulho com a fina coberta, antes de quase dormir sinto seus braços me entrelaçando a cintura, e isso estranhamente me causa um arrepio.

Mesmo estranhando aquilo não me liguei e tentei voltar a dormir, o que não aconteceu pela aquela voz doce dizendo.

-Você veio...Veio para me buscar...-Do que ela estava falando?Arqueio uma sobrancelha e me levantando com o maior cuidado a olho por inteiro.-Jimin...Volte aqui...Não vá embora...Não me deixe aqui...Por favor...-Quem merda e essa? Quem e Jimin?...Acho que me lembro que enquanto eu conversava com Marcos ele citou o nome de um Jimin disse ser o namorado dela, ou melhor ex, ele não toca nela, ela e minha agora, acabei sendo tirado daqueles pensamentos quando ouvir ela murmurar "Quero sentir você em mim pela primeira vez", e mais coisas das quais eu não consegui entender, senti um ódio começar a crescer em mim, e de cabeça baixa ouvi.

-Hoseok...e um nome bonito...-Levantei a cabeça e ao colocar meus olhos em seu rosto, percebi que tinha um tímido sorriso em seus lábios, o que me fez mais um arrepio e então me aproximo dela e murmuro em seu ouvido.

-Como sabe meu nome putinha?-A vi tomar um ar sério e aquele sorriso sair de seus lábios, então arqueei uma sobrancelha e me afastei, e vi ela se revirar na cama virando para a parede, parecia dormir mais calmamente agora, então me deitei novamente e novamente fui interrompido por aquele maldito nome JIMIN, me ajoelhei bruscamente e a virei de costas contra o colchão me ajoelhando entre seu quadril e a vi abrir os olhos arregalados mas sem dizer nem uma palavra.

-SE EU OUVIR ESSE NOME DE NOVO VOU METRALHAR ELE ATE NÃO SOBRAR NEM UMA PARTE DO SEU CORPO SEM UM TIRO ENTENDEU?!

-D-Do que você esta falando?

-De você ficar gemendo o nome desse Jimin!Mas que porra! Não se pode mais dormir em paz?!

-N-Não estou entendo...-Disse me olhando assustada.

-E eu não to afim de te fazer entender!Agora fecha os olhos e dorme porra!-Assim que acabei de dizer percebi nossa aproximação e senti meu membro pulsar ao roçar em sua intimidade.-Boa noite garota.-Digo saindo de cima dela e me jogando do outro lado da cama, me virei ficando de costas e então finalmente fechando os olhos senti meus olhos pesarem e eu me desconectar do mundo.

                                                                                              [Jung Hoseok off]

                                                                                              [Kaori Young on]

Que susto, pensei que ele ia me matar seus olhos estavam vermelhos e ele estava apertando cada vez mais meus ombros, e ao ouvir que eu estava gemendo o nome do Jimin...Isso me gelou dos pés a cabeça, ele não faria isso com Jimin...Faria?Enquanto eu tentava processar o que ele tinha acabado de me dizer, senti sem membro roçando em minha intimidade o que a fez pulsar, merda! Esses toques não param?

Senti ele afrouxar meus ombros e se jogar do outro lado da cama.

-Boa noite garota.-Disse de costas pra mim.

Nem respondi queria manter-me o mais distante dele, então com um pouco de dificuldade me afastei o bastante para quase atravessar a parede.

~Sonho~

-Kaori!Venha para os meus braços, eu vim te buscar meu amor!!-Vejo Jimin abrindo os braços e aquele lindo sorriso, do outro lado da rua deserta.

-Jimin!Você veio!-Digo correndo em sua direção, Mas antes de chegar um carro aparece com dois homens que me colocam dentro do carro e aceleram, eu não conseguia me mover, só escutar "a nova puta do Hoseok", "mais uma para a coleção do senhor Jung Hoseok", "Não sei para que mais garotas ele já tem demais! Hoseok e um viciado em sexo", Hoseok...E um nome bonito...O mesmo sonho de antes.

~Quebra de tempo~

Ao abrir os olhos devagar sem mover nem um músculo e notei já ser manhã, me virei e vi ele de costas para mim, só de olhar para ele já me dava medo, medo de fazer aquilo tudo de novo, senti uma lágrima rolar para o canto do rosto e alcançar o lençol, pisquei algumas vezes e minha atenção parou na grande mancha de sangue no lençol.

Tinha que ser logo alguém que não sei nem o nome? Alguém agressivo e imbecil como ele?Levantando o lençol notei minhas pernas também manchadas.

Me paralisei ao sentir a cama se mexendo e meus olhos foram direto aquele homem, então fechando novamente os olhos e abaixando o braço, ouvi um longo suspiro e a cama se mexendo mais ainda, ele parecia ter levantado, abri um pouco os olhos e o vi de frente aos janelões que agora davam passagem aos raios de sol.

-Sabia que e feio espiar?-Disse se virando e me olhando nos olhos com um sorriso malicioso no rosto.-Você não deve se comportar mal...Ou vou ter que punir você,um exemplo vai ser te deixar de cadeira de rodas por uns dias.

                                                                                    [Kaori Young off]


Notas Finais


Cadeira de rodas...lol
O que será o plano do Jimin?
Deu dó da Lucyne...T-T
Talvez cap. que vem vocês saibam mais sobre o passado do Hope <3
Vitória...lol (só lembrei dela agora >u<)

Gente a postagem de cap. vão ser tipo:
Segunda Terça Quarta
Imagine Pesadelo ou Sonho? Imagine

SÓ UM EXEMPLO não quer dizer que vão ser nesses dias ou que vai ser dessa fic só que eu vou postar de um e de outro nunca da mesma seguida <3 ;-) (Se não entendeu pergunte nos comentários <3)
LEIAM POR FAVOR MINHA OUTRA FIC: https://spiritfanfics.com/historia/imagine-suga-7106600
Obrigada por ler e até o próximo cap.<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...