História Pessoas merecem morrer - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Hentai, Originais, Violencia
Exibições 26
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa leitura <3

Capítulo 23 - Se afogando


Fanfic / Fanfiction Pessoas merecem morrer - Capítulo 23 - Se afogando

Lucas olhou para todos em sua volta que o olhavam assustados, eles começaram a correr pra bem longe dali, Lucas voltou a ficar normal e seus olhos que antes estavam opacos agora estavam ganhando um pouco de brilho, ele olha para seu punho pingando de sangue e olhou pro corpo do garoto que havia matado

Ele sorri e olha pra Ester que estava o olhando entediada

Ester - podemos ir comprar os itens agora? - pergunta

Lucas - podemos! - fala alegre

Eles saem daquele beco e avistam Gabriel e Juliana, eles atravessam a rua e chegam até Lucas e Ester

Gabriel - aonde vocês vão? - pergunta curioso

Lucas - vamos comprar alguns itens naquele cara que deixou a gente comprar de graça - sorri ao responder - Ester 

Ester - que foi? - pergunta

Lucas - eu vou ir na frente - fala já correndo 

Ester - ta... - ela volta a andar junto de Gabriel e Juliana até que ela para e percebe o porque que o Lucas foi na frente - DESGRAÇADO, EU DISSE QUE NÃO ERA PRA PEGAR O ISQUEIRO!

Ela corre atrás dele e pula em suas costas, ele cai e se levanta ainda com Ester em suas costas

Lucas - SAI, EU QUERO PEGAR UM ISQUEIRO, PELO MENOS UM! - exclama

Ester - EU TE CONHEÇO LUCAS, VOCÊ NÃO IRÁ PEGAR UM ISQUEIRO E SIM MIL! POR ISSO NÃO VOU DEIXAR VOCÊ PEGAR OS ISQUEIROS, VOCÊ TEM MUITOS LÁ NO HOTEL! - exclama irritada

Lucas - CALE A SUA BOCA E DEIXE EU IR! - exclama no mesmo tom que ela

Ester - NÃO! - exclama ainda irritada

Gabriel e Juliana  chegam aonde Lucas e Ester estão e encaram eles 

Gabriel - ei, vocês estão... bem? - pergunta ao ver como eles estão

Lucas/Ester - ESTAMOS! - exclamam

Lucas estava quase caindo com Ester em suas costas e puxando suas bochechas e o beliscando, Lucas estava tentando dar um mortal pra trás pra ver se ela caia de suas costas

Lucas - tu vai morrer! - fala irritado

Ester - você que vai! - fala

Juliana - ei vocês dois, deixa dessa briga de casal por causa de UM ISQUEIRO! e vamos logo ao que interessa! - fala 

Lucas - não é UM ISQUEIRO é O ISQUEIRO, entende? - fala - AGORA SAI DE CIMA DE MIM!

Ester - NÃO! - exclama

Gabriel pega Ester e tira ela das costas de Lucas 

Lucas - obrigado - agradece

Gabriel - não foi nada - sorri

Ester - GABRIEL POR QUE ME TRAÍSTE? - pergunta indignada

Gabriel - eu não te traí, eu só fiz algo que meu amigo pediu - sorriu

Gabriel solta ela e vê Lucas e Ester saírem dali e irem para a loja de armas, Juliana e Gabriel voltam pro hotel e ficam no quarto de Lucas já que o mesmo tinha deixado a chave cair no meio da rua

Eles ficam conversando sobre várias coisas até que Gabriel para de falar e encara Juliana

Juliana - oque foi? - não entende aquele olhar sobre ela

Gabriel - se eu disser que você está começando a me conquistar? - fala 

Juliana se surpreende - e-eu estou conseguindo te conquistar?! - pergunta feliz da vida

Gabriel desvia os olhos - talvez... - responde

Juliana - esse talvez possa ser um sim - sorri 

Gabriel - pode até ser - fala sorrindo e fazendo Juliana corar

Os dois se assustam ao ouvir a porta se abrir, era apenas Lucas e Ester chegando - brigando novamente - e ao verem que Gabriel e Juliana estavam assustados riram

Lucas - como vocês podem se assustar com a porta? - continua a rir

Gabriel - nem eu sei! - também começa a rir

Todos estavam rindo e Simone chegou até o apartamento de Lucas e Ester

Ester - Oi Simone! - fala 

Simone - oi Ester! oi Ju, oi Gab, oi Lucas - sorri

Todos - oi! - falam

Simone - do que estavam falando? - pergunta ao se sentar ao lado de Gabriel

Lucas - de como o Gabriel é retardado de se assustar com a porta, ah tu também Juliana - fala rindo

Juliana - é hoje que tu morre! - pega o chicote e vai atrás dele

Lucas - NÃO! sou muito jovem pra morrer - começa a correr pelo apartamento 

Gabriel - duas crianças! - fala um pouco alto pra eles escutarem

Lucas - SOU MESMO - exclama e pula no sofá onde Gabriel e Simone estão

Juliana pula mas cai no chão, Lucas começa a rir descontroladamente mas tem sua boca tampada por Gabriel

Gabriel - dá pra fazer silêncio? - fala

Lucas se levanta - não! - volta a correr

Juliana - mas é uma criança mesmo - suspira

Ester - mas então, hoje a noite vai rolar as mortes? - pergunta

Gabriel - sim, eu imagino a gente parar lá no jornal - ri baixo

Simone - é... vai ser um pouco problemática ter policiais no nosso pé - fala

Juliana - concordo, a gente vai sair dessa cidade ou ficamos aqui? - pergunta

Lucas volta pra sala - iremos ficar aqui, quando a gente ficar cansado daqui a gente cai fora, simples assim - sorri

Gabriel - eu já to cansado faz tempo - fala entediado

Lucas - ta... a gente pode sair daqui amanhã de manhã - fala

Gabriel - cedo não! vamos de tarde, ai a gente dorme no carro, menos você Lucas - fala

Lucas - POR QUE? - exclama indignado

Gabriel - para de gritar! - fala - e você não vai dormir de tarde porque você vai dirigir seu burro!

Lucas - ah, verdade - fala

Ester - vamos descansar! iremos matar hoje a noite, devemos estar com energia! - fala 

Juliana/Simone - sim - falam 

Gabriel - eu vou pro meu apartamento, até mais tarde - fala se levantando do sofá e saindo do apartamento de Lucas

Os outros fazem o mesmo, Lucas se deita no sofá e dorme ali mesmo, Ester deita ao lado dele - tinha um pequeno espaço pra se deitar - e todos eles dormem até o anoitecer

Todos se acordaram quando anoiteceu, tomaram banho, vestiram uma roupa e saíram de seus apartamentos e se encontraram fora do hotel

Gabriel - vamos? - pergunta

Lucas - vamos! - fala animado

Eles vão até um lugar deserto, eles entram em um beco e ficam lá esperando pessoas chegarem e ao ver algumas pessoas chegando o Gabriel arranca a cabeça de todos, se não arrancasse o Lucas martelava a cabeça das pessoas

Com as garotas estava tudo certo, Ester dava facadas em tudo e todos, Juliana chicoteava a vítima e Simone finalizava com a vítima, matava todos

Enquanto eles matavam as pessoas um indivíduo estava observando tudo sem ter medo, ele usava uma touca preta e uma máscara que cobria apenas sua boca, ele sorriu e se escondeu por trás dos muros

Lucas sente a presença de alguém, ele olha pra trás e não tem ninguém

Lucas - eu devo estar sonhando - pensa

Ele se vira pra frente e começa a matar a vítima, o sangue estava no chão, aquele beco estava inundado de sangue por causa deles e seus rostos também estavam com sangue de suas vítimas

Se passaram algumas horas, eles não viram o tempo passar e quando amanheceu a policia chegou naquele beco mas eles já tinham sumido... mas alguém viu para onde eles foram, esse mesmo " alguém " foi oque viu eles matando as pessoas no beco e ele estava mascarado

??? - eles foram por lá, ai você vira a esquerda certo? - fala apontando pra sua esquerda

Policial - certo, muito obrigado você foi de grande ajuda - fala e entra no carro policial

??? - não foi nada... - fala sorrindo maleficamente vendo o carro policial sair dali - ótimo... quando eles forem pegos eu posso fazer oque quiser com eles, mesmo se não forem pegos eu irei perseguir eles... PRA SEMPRE!

Enquanto isso eles já estavam no hotel dormindo, os policiais chegaram no local mas antes deles chegarem a Simone que estava acordada olhando pros seus pulsos ouviu o barulho da sirene e correu pro quarto de Gabriel e por um milagre conseguiu acordar ele

Simone - os policiais chegaram até aqui! - sussurra

Gabriel - como?! como eles chegaram até aqui?! - não entende

Simone - e eu sei lá, vamos acordar os outros! - sussurra e ele concorda

Os dois acordam todos e eles fogem pela janela - eles estavam no 2° andar - os policiais não conseguem achar eles, eles ficaram aliviados e foram até o carro deles que estava escondido, Lucas começa a dirigir até o interior e Gabriel percebe que estavam sendo perseguidos, ele olha pra trás e vê um carro seguindo eles

Gabriel - Lucas acelera! - fala 

Lucas - por que?! - não entende

Gabriel - tem um carro seguindo a gente! - fala mais alto

Lucas pisa no acelerador e o carro acelera muito mais do que estava antes e o carro que os seguia também acelerou , eles iam fazer uma curva e estavam de frente pro mar mas quando iam terminar de fazer a curva o carro deles foram jogados no mar por causa do carro que os seguia

O carro deles afunda e como as janelas estavam fechadas Lucas conseguiu olhar pro lado e quando ele olhou pro lado ele viu uma pessoa saindo daquele carro, era o Pedro...a  pessoa que ele pensou que tinha matado

A água entra dentro do carro e eles começam a se afogar, Pedro sorri e entra no seu carro e começa a dirigir para bem longe dali

Pedro - é... eu consegui, agora vocês iram aprender a lição - fala friamente

Continua...


Notas Finais


Até o próximo! será que eles morreram? não sei...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...