História Peter Pan - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Disney, Disney!au, Kooktae, Kookv, Peterpan!au, Taekook, Vkook, Yaoi
Visualizações 128
Palavras 6.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fluffy, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláaaaaaaaaaaaaaaa
Aaaaaaaaaaaa passamos dos 150 favoritos aosdkjlaskdma vcs são demais *-*
Boa leitura!

Capítulo 5 - Dúvidas


Fanfic / Fanfiction Peter Pan - Capítulo 5 - Dúvidas

Jeongguk acordou com batidas rítmicas de água. Sentou-se, e sentiu um terror súbito se apossar do seu peito – o som da agua lhe angustiava por conta do sonho que havia tido segundos atrás, pensou até mesmo que poderia estar sonhando, mas não - uma rápida olhada ao redor o informou que estava acordado, e num lugar totalmente diferente do que se lembrava. Para começar, estava deitado sobre algumas folhas verdes e outras secas, no lugar onde estava com a cabeça deitada havia alguns retalhos de tecidos que provavelmente havia usado como travesseiro, percebeu que no canto da parede feita de galhos havia uma pequena abertura, estava coberta por um tecido fino, mas a luz que escapava pelas bordas era o bastante para fazer seus olhos arderem enquanto passava seus dedos sobre os mesmo para que enxergasse com clareza. Havia também várias pedras empilhadas e quando parou no topo, pode ver um garoto lhe encarar com os olhos semicerrados.  

Engoliu em seco e viu que o barulho de agua vinha do garoto, ele tinha um pequeno compartimento onde tinha a quantidade de água e derramava a mesma sobre os pedaços de madeira que estavam estirados pelo chão.  

Lógica? Você existe?  

Arregalou os olhos quando o garoto pendeu a cabeça para o lado mantendo a expressão fechada. Qual era o problema?  

Ele tinha roupas semelhantes à de Peter pan, porém, essas eram de um tom muito mais escuro, ele tinha uma capa rasgada sobre suas costas junto de um capuz que cobria parte de sua cabeça.  

Ele abriu a boca e quando estava prestes a falar, um barulho de coisas caindo soou fora da oca e ele suspiro enquanto se levantava e saia sem dar nenhum tipo de explicação.  

Estranho.  

Esticou seu corpo e voltou a se sentar, deixando as folhas que tinha por cima do próprio corpo caírem, e percebeu duas coisas: primeiro, que - graças aos céus - ainda estava usando seu pijama da noite anterior que iria ser de bom uso por um longo tempo; segundo que as pessoas no canto da oca eram seus amigos.  

Bom, Jimin e Namjoon, pelo menos. Já que Yoongi estava praticamente sentado com as costas apoiadas na "parede" com a cabeça apoiada nas mãos e os cabelos pretos bagunçados sobre sua testa.  

Deu um pequeno sorriso, mas logo o fechou ao se lembrar de o porquê ter acordado assustado. Sentia-se tonto e um pouco enjoado. Nunca foi de lembrar o que acontecia em seus sonhos, mas esse se passava com bastante clareza em sua mente.  

   

Olhava pela janela superior os outros alunos de sua classe correndo de um lado para o outro enquanto soltavam gargalhadas extremamente altas. Jeongguk tinha de estar com eles, brincando, se divertindo, mas era sempre assim, preferia ficar todos os recreios sozinho na sala de aula enquanto se deliciava com o lanche que sua mãe havia feito.  

Seu irmão e os amigos dele até mesmo já tentaram lhe convencer de sair um pouco e ir se divertir, mas era deveras tímido, até mesmo com os amigos. Não entendia o motivo de tanta vergonha, conhecia Namjoon  e Yoongi desde que era praticamente um feto, mas ao começar a estudar na mesma escola do seu irmão, acabou  criando esse tipo de barreira ao próprio redor.  

Deu uma mordida generosa no delicioso sanduiche de atum e quando voltou seu olhar para a janela, pode ver Jimin, Yoongi e Namjoon juntos abaixo de uma árvore. Eles com certeza estavam se divertindo, os sorrisos eram sem dúvidas contagiantes. Franziu o cenho quando viu outro garoto ao de lado de Yoongi, ele tinha a cor de cabelo bastante chamativa.  

Mas...  

Porque não conseguia enxergar seu rosto?  

Yoongi se virou na direção do garoto e abriu um largo sorriso na direção do mesmo, mas Jeongguk não pode ver a reação do outro, pois seu rosto estava totalmente embaçado ao seu ver.  

Estava prestes a se levantar para ir até os garotos, poderia ser algum problema na sua visão.  

Mas foi interrompido ao escutar o ranger da porta da sua sala e logo em seguida uma risada rouca.  

- Você não muda mesmo, não é? -  disse enquanto ria com humor - Você tem que se divertir, Kookie.  

O garoto andou em passos lentos na sua direção e parou a uma distância segura.  

- O-oque? Porque...  

- Porque oque, Kookie? - O outro perguntou tombando sua cabeça para o lado.  

Engoliu em seco antes de responder, e levou seus dedos até o rosto do que estava na sua frente.  

- Porque eu não te vejo? - Perguntou, e sentiu uma imensa vontade de chorar.  

O castanho riu fraquinho colocando sua mão sobre a de Jeongguk deixando um leve aperto.  

- Você falou que não esqueceria. - Disse baixinho, mas o seu tom era cortante.  

Jeongguk sentiu frio por todo o corpo.  

O menino começou a lhe empurrar pelos ombros gritando palavras que Jeongguk não conseguia entender, sentia medo, mais do que isso. Fechou os olhos ainda sentindo as pancadas sobre os ombros, mas elas duraram por apenas alguns segundos, pois rapidamente abriu os olhos ao sentir os respingos de água se chocarem contra sua pele.  

Sentiu seu corpo ficar tenso e então olhou ao redor tentando obter alguma informação sobre onde diabos estava.  

Verde, era oque enxergava, por toda a parte. Árvores extremamente grandes lhe cercavam e se sentia enjoado ao olhar para cima, as rochas estavam preenchidas por musgos, a ventania batia com força em sua pele e os galhos se moviam freneticamente, podia escutar o choro alto ecoando pelos seus ouvidos, olhava ao redor tentando encontrar a origem do som, mas apenas via os galhos voando e se chocando contra as rochas e os troncos grossos. Sentiu novamente um baque no próprio rosto lhe fazendo piscar os olhos, um segundo atrás, as rochas estavam preenchidas por musgos e agora, estavam por sangue.  

Soltou um grito horrorizado recuando seus passos até se encostar em alguma árvore, mas antes mesmo de encontrar algum apoio, escutou outro grito e dessa vez, a pessoa estava bem na sua frente.  

O garoto, o de cabelos castanhos!  

Lágrimas começaram a cair rapidamente pelo seu rosto e nem sabia o porquê de estar chorando, apenas em sentir a presença do garoto lhe deixava uma aflição em seu coração.  

Cristo! Porque não consegue parar de chorar?  

Não poder ver seu rosto lhe dava ainda mais angustia, queria arrancar de vez isso do seu peito.  

-Porque parou?! Eu disse para continuar! Você não pode parar! - ele gritou e antes que fosse empurrado, Jeongguk puxou as mãos do garoto.  

- Porque você quer que eu vá? - Sua voz saiu num tom choroso e fraca por conta da ventania que continuava pesadamente - Eu vou sozinho? Você não vai comigo?  

Pode escutar o choro do que estava na sua frente e ele começou a mexer sua cabeça em negação.  

- Porque eu não posso ver seu rosto?! Por favor, não me deixa sozinho! - Implorava para o garoto que estava na sua frente e quando desceu os olhos, viu que as roupas do outro estavam encharcadas por sangue.  

- Me escuta! - Ele gritou enquanto respirava profundamente - Eu não posso, você vai entender o porquê! Mas Kookie, você tem que ir agora, eu não posso deixar que te encontrem.  

Ia falar algo que fosse contra o que o garoto acabara de falar, mas antes de abrir a boca sentiu seu corpo ser empurrado de forma bruta e a última coisa que viu antes de cair naquela imensidão azul foram os lábios do castanho se movendo em uma última frase.  

- Por favor, não se esqueça de mim.  

   

- Jeongguk? - Os pensamentos do mais novo que divagava profundamente foram interrompidos pela voz de Yoongi.  

Piscou algumas vezes até conseguir se fixar nos garotos que estavam na sua frente e viu que lhe lançavam olhares preocupados.  

- Oque? Porque estão com essa cara?  

- Hum.... Você.... Está chorando? - Jimin disse receoso.  

Levou as mãos até o próprio rosto constatando que realmente estava chorando, tratou de limpar aquelas lágrimas sentindo os olhares pesados dos meninos sobre si e quando se recompôs, respirou fundo e abriu um sorriso.  

- Você está bem? - Namjoon perguntou e logo recebeu um aceno em concordância - Certo, então, porque estava chorando?  

Yoongi e Jimin observavam o mais novo com a dúvida estampada em seus rostos, Jeongguk nunca foi de chorar assim, do nada.  

- Estou.... Apenas tive um pesadelo e acabei lembrando sobre - respondeu, levou a sua mão até a própria nuca esfregando a mesma num sinal claro de desconforto.  

- E você não quer falar sobre isso, estou certo? - Jimin disse.  

- Sim. - Respondeu simplista e os outros reviraram os olhos enquanto voltavam a se sentar.  

A boca de Yoongi se retorceu.  

- O que acharam daqui? - Falou e ele alcançou o seu pijama enfiando a mão no bolso interior e pegou o caderno que haviam trazido, Jeongguk já havia até mesmo esquecido - Não podemos nos esquecer disso - disse ele - Sei que vinhemos para nós divertir, mas não me sai da cabeça que esse caderno tem ligação com tudo isso.  

- Ugh - Jimin disse - Tem razão. Não podemos esquecer.  

Namjoon e Jeongguk ergueram as sobrancelhas.   

- Ainda acho todos estranhos - Namjoon disse e Jeongguk deu de ombros.  

- Relaxe, ficamos apenas uma noite, teremos bastante tempo. E ele falou que ainda iriamos conhecer a ilha ou coisa do tipo - explicou e os meninos deram de ombros. - Podemos resolver esse lance do caderno depois.  

Os meninos hesitaram por alguns instantes, mas logo aceitaram soltando um longo suspiro.  

Yoongi levantou e foi até o canto da oca onde repousou o caderno desgastado no chão e colocou um pouco de terra e folhas por cima.  

- Não podemos correr riscos com isso - falou antes que começassem com as perguntas.  

- Certo - os outros falaram em uníssono e Yoongi voltou a se sentar perto deles.  

Os quatro ficaram em silencio, mas estavam todos vagando em sua própria mente lembrando da noite anterior.  

Não foi nada horripilante ou coisa do tipo - pelo menos para Jeongguk não foi - Até mesmo chegaram a se divertir com alguns meninos perdidos, mas não deixou de perceber que alguns estavam um tanto estranhos e quando Peter pan voltou após o seu compromisso, pode ver que tinha a roupa manchada por alguma coisa e tinha uma expressão cansada.  

"Jeongguk voltou com Namjoon pela trilha que Peter havia deixado, tentou esquecer o pequeno ocorrido que havia acabado de acontecer com o garoto de cabelos laranjas.  

Quando chegaram ao fim da trilha, Namjoon lançou um sorriso ansioso para Jeongguk que deu de ombros e parou para observar o lugar atentamente.  

O barulho das vozes e gargalhadas misturadas eram um tanto incômodos, mas tentou ignorar tal fato, já que deveria se acostumar com esse tipo de coisa se fossem ficar ali. Haviam exatamente 4 ocas feitas de galhos de árvores e folhas de palmeiras; no centro, tinha uma grande fogueira e pode reparar nos meninos que dançavam ao redor da mesma enquanto cantavam alguma música que não conseguia entender. Passou seus olhos pelos meninos e viu Jimin e Yoongi no canto sentados observando tudo, alguns meninos os cumprimentavam, e eles sorriam gentilmente. Sentiu Namjoon lhe empurrar pelos ombros até os outros e começou a caminhar vagarosamente.  

Enquanto caminhava, podia ver que além das expressões de felicidade que estavam estampadas nos rostos dos meninos, pode reparar que ao fundo, haviam alguns meninos encolhidos com expressões apreensivas.  

Como se estivessem com medo. 

- Jeongguk! Onde estava? - disse Jimin atraindo a atenção do mais novo. 

- Hum... me perdi durante a trilha, mas o Hyung me encontrou. - respondeu dando de ombros. 

Os meninos concordaram e observavam os outros se divertirem, estavam hesitantes. 

- Estão arrependidos?  - o mais novo perguntou, podia ver que os meninos estavam estranhos. 

- Não sei, acho que não - disse Yoongi - Só estou com uma sensação estranha. 

Os quatro engoliram em seco, porque todos estavam sentindo a mesma sensação, apenas não entendiam o porquê disso. 

- Hey, vocês! - Escutaram uma voz animada e se depararam um dois garotos que tinham grandes sorrisos estampados em seus rostos. 

- Hum... Oi? - Jimin se pronunciou quando viu que ninguem iria falar e os dois sorridentes deram de ombros. 

- Porque estão parados aqui? Não vão se divertir? - o loiro número  um - como Jeongguk preferiu diferenciar - falou com as sobrancelhas arqueadas. 

- Não sabemos... Bem... Acabamos de chegar -  Jeongguk disse, tinha a vergonha explicita estampada em seu rosto. 

Yoongi e Namjoon sorriam discretamente. 

- AH, que bobagem! -  o garoto respondeu balançando as mãos - vejam, meu nome é Jackson e esse aqui é o Mark - disse apontando para o outro que acenou - Também chegamos há apenas algum dias, mas percebemos que ficar encolhidos no canto não dá em nada, viemos todos aqui para nós divertir, certo? - falou enquanto nós lançava um olhar sugestivo e Mark soltava uma risada. 

Os quatro amigos se entreolharam por alguns instantes, mas logo suspiraram dando de ombros aceitando a proposta. Jackson sorriu animado e puxou Jeongguk e Namjoon enquanto Mark puxava Yoongi e Jimin. 

Os quatro deram as mãos e logo vários meninos começaram a se aproximar se juntando aos garotos, quando se viu, a roda ja estava mais do que grande e eles começaram a dançar ao redor da fogueira enquanto os meninos que já estavam na ilha há mais tempo cantava alguma música. 

Jeongguk tinha um grande sorriso em seu rosto, estava se divertindo e se sentia feliz. Estava feliz. 

Namjoon, Yoongi e Jimin estavam da mesma forma e isso deixava o mais novo confortável, pois se sentia bem em ver seus Hyungs bem. 

Há quanto tempo estavam se divertindo? Dançando? Jogando pequenas bolas de argilas uns nos outros?  Já haviam perdido a noção da hora. Mas de repente, um silencio se instalou pelo lugar e os quatro pararam de súbito tentando entender qual o motivo. Quando olharam para trás, entenderam na hora. 

Peter pan. 

Estava com as roupas diferentes, não eram mais da coloração verde e sim, um tom que lembrava os musgos presos nas rochas, beirava o negro. 

Jeongguk notou que estavam molhadas, mas não sabia do que era. Olhou rapidamente para as mãos dele que, ele estava limpando as mesmas com algumas folhas enquanto negava levemente com a cabeça, deveria estar irritado.   

Ele levantou o olhar para os meninos e franziu o cenho quando notou o silencio repentino. Olhou um por um, cada pessoa que ele via, ele passava os olhos de cima a baixo. Demorou alguns segundos sobre Jeongguk, mas logo suspirou fazendo um gesto de desdém com as mãos e os meninos voltaram a dançar. 

Jeongguk não voltou, decidiu encostar suas costas num tronco e observar, sendo mais especifico, decidiu observar Peter pan. 

Não confiava nele, não mesmo. 

Viu ele chamar um dos meninos que estava sentando sobre um tronco de arvore e eles começaram a conversar. Peter gesticulava bastante, parecia estar irritado, o outro apenas assentia as ordens. Quando Peter terminou, eles deram uma leve uma risada, o garoto perdido empurrou levemente o ombro de Peter que assentiu e tirou a flauta do seu pescoço, subiu em um dos galhos da arvore e começou a tocar o pequeno instrumento. 

Céus, que droga era aquela? 

Pode ver Jackson e Mark dormirem instantaneamente. Os meninos que deveriam ser mais velhos continuaram dançando ao redor da fogueira de acordo com a melodia que soava da flauta de Peter. 

Jeongguk procurou seus amigos e viu que eles já olhavam para si com a dúvida em seus rostos. Oque estava acontecendo? 

Os meninos que estavam encolhidos já estavam dormindo. Jeongguk se levantou e foi na direção dos seus amigos que estavam sentados próximos a uma arvore. Quando chegou, sentou ao lado deles e encostou sua cabeça no ombro de Yoongi, sentia sono, e isso era engraçado pois há alguns segundos sentia a pura energia em seu corpo. 

Viu Peter descer da arvore e andar entre os meninos. Namjoon, Yoongi e Jimin estavam dormindo, e nesses momentos, Jeongguk se amaldiçoava por sempre ser o último a dormir. 

Peter andou em passos lentos até si e se agachou na sua frente com as sobrancelhas arqueadas enquanto segurava a flauta. 

- Vamos brincar. - foi oque escutou antes de apagar de vez. 

  

Os pensamentos de Jeongguk foram interrompidos ao escutar uma movimentação fora da oca, viu que isso chamou a atenção dos meninos, mas eles não ousaram se movimentar, se fosse algo da conta deles, viria até eles. 

- Eles já acordaram? Eu quero que... - Peter se interrompeu quando percebeu que todos os meninos estavam acordados olhando para si. 

Os quatro tinham a mesma expressão reservada observando Peter e os dois meninos perdidos que viam consigo. Jeongguk reconheceu um, foi o que estava lhe observando quando acordou.  

- Oh, já acordaram, ótimo. - Peter falou soltando um suspiro aliviado - Levantem, irão conhecer a ilha, ou fazer sei lá o que tem vontade. - Disse enquanto fazia um gesto de desdém. 

Yoongi ergueu as sobrancelhas. 

- Iremos sozinhos? E se nos perdemos? - disse e os meninos concordaram, Jeongguk segurou o impulso de querer revirar os olhos ao ver a expressão sínica de Peter. 

- Isso com certeza é tudo que não precisamos no momento. - Peter falou num tom ácido - Irei mandar um dos meninos acompanhar vocês, tenho que resolver algumas coisas. 

- Com a pessoa que lhe pertence, imagino - Jeongguk não se segurou e acabou soltando a frase sarcastica e viu pelo canto dos olhos os meninos direcionarem seus olhares para o chão. 

Peter pan cerrou os olhos travando seu maxilar. 

- Você nem faz ideia. - disse Peter afinal. Ele respirou fundo e olhou para o garoto que estava ao seu lado - Chame Baekhyun e mande ele acompanhar esses garotos. 

Baekhyun? - o outro perguntou num tom duvidoso. 

- Ele mesmo. - Disse por fim e o garoto assentiu saindo da oca. 

Nenhuma palavra foi proferida até que o garoto voltasse com o tal Baekhyun, Peter parecia matar Jeongguk pelo olhar e o mesmo apenas retribuía com um olhar sarcástico. 

O garoto entrou acompanhado de um menino e Jeongguk fez questão de lhe observar dos pés à cabeça. Percebeu que ele era de sangue asiático com olhos delicados e em forma de amêndoas, cabelos vermelhos brilhantes totalmente bagunçados e uma expressão irritada. O nariz desenhado perfeitamente em seu rosto e o  maxilar travado estreitava-se demarcando bem seu rosto. Ele era mais do que bonito, era impressionante 

Peter sorriu ao ver a expressão irritada. 

- Foi para dizer isso que me fez vir até aqui em baixo? - Baekhyun se pronunciou, provavelmente já sabia do que se tratava - "Cuide dos garotos", você acha que eu tenho cara de babá?!  

Peter mais uma vez riu com o temperamento de Baekhyun. Jeongguk percebeu que não era apenas a si que Peter irritava. 

- Esse aqui é o Baekhyun, o guia perfeito - disse sarcasticamente enquanto segurava o de cabelos vermelhos pelos ombros -É melhor você se apressar para ir e voltar dessa trilha. Sabe como é, não irei poder salvar vocês dos perigos da noite, imagine? Só Deus sabe os tipos de coisas depravadas que devem haver nessa floresta.  

Baekhyun desfez sua expressão irritada e engoliu em seco, logo assentiu rapidamente. 

Peter chamou os dois que lhe acompanhavam e eles saíram da oca deixando os quatro garotos e Baekhyun juntos. 

- Você não deveria provocá-lo - disse Jimin, lançando um olhar preocupado a Baekhyun. 

- Yeah, ele é um imbecil - disse voltando a sua postura de antes e os meninos deram uma risada enquanto Baekhyun dava de ombros - Vamos? Não devemos perder tempo. 

Os quatro assentiram e seguiram Baekhyun que já estava saindo da oca. 

Jeongguk novamente divagava em seus pensamentos. O comportamento de Peter era estranho, muito estranho. 

Porque Baekhyun agiu daquela forma? 

Céus, esperava não correr qualquer tipo de risco, estaria ferrado! Não so ele, mas todos os seus amigos. 

Baekhyun puxou algumas palmeiras e abriu uma passagem, o caminho era totalmente diferente do que Peter havia mostrado. 

- Essa é a minha trilha - falou como se adivinhasse os pensamentos de Jeongguk. - Não se percam! - Avisou e os meninos assentiram. 

Jeongguk decidiu ficar por último, os amigos sempre eram desligados em relação a essas coisas da natureza, então, decidiu ficar pelo último, pois poderia ajudar caso algo acontecesse. 

Andaram por alguns minutos apenas vendo as folhas e as arvores gigantes, Jeongguk já estava ficando entediado. 

Estava, até que se assustou ao ouvir a voz de Jimin e Yoongi num tom assustado e Baekhyun suspirar claramente irritado, e Namjoon... Bom, Namjoon apenas ria. 

Se aproximou para ver o que os meninos olhavam e quando chegou na frente, se deparou com um garoto de cabelos coloridos deitado no chão com os olhos fechados e várias borboletas sobre o seu corpo. 

Chanyeol!  - Baekhyun exclamou irritado e o tal Chanyeol abriu os olhos virando o seu rosto na direção do ruivo - O que diabos você está fazendo aí deitado no chão sozinho?! 

- Eu estava esperando você, poxa - respondeu com um biquinho nos lábios, os meninos seguraram a risada ao ver Baekhyun corar fortemente - Oh, você trouxe amigos? Que legal!  

Ele se levantou e passou as mãos sobre a roupa simples tirando a grama, ele passou as mãos sobre os cabelos e caminhou na direção dos meninos. 

Jeongguk mais uma vez parou para analisar outro garoto daquele lugar. Oque poderia fazer? Eles chamavam bastante atenção! Nunca viu ninguem com o cabelo tão colorido. 

Diferente de Baekhyun, o menino tinha o cabelo praticamente rosa, mas as pontas tinham mechas azuis, verdes e roxas destacando ainda mais o cabelo e deixando Jeongguk com vontade de passar a mão sobre os fios. E Bom, ele parado ao lado de Baekhyun agora era mais do que notável. Provavelmente da mesma altura que Namjoon - que era o mais alto entre os quatro -, mas ele parecia mais alto; era esbelto e musculoso, com um rosto pálido, com a expressão divertida e inquieta, as maçãs do seu rosto e os grandes olhos se sobressaíam. Havia algo incrivelmente chamativo e confortante nele, como se ele transmitisse harmonia. 

- Seu cabelo é muito legal! Como conseguiu? - foi a primeira coisa que Jeongguk perguntou e os meninos reviraram os olhos. 

- Ah, meu cabelo? - ele soltou uma risadinha na direção de Baekhyun que revirou os olhos como se lembrasse de algo irritante - Foi uma longa história com as fadas, depois eu conto para vocês. - disse e Jeongguk assentiu - Vocês provavelmente estão conhecendo a ilha, certo? Eu vou acompanhar vocês! Sei que o Baek aprecia muito a minha presença. 

- Com certeza. - o outro respondeu eles começaram a andar novamente, Baekhyun puxou Chanyeol para o seu lado e Jimin soltou uma risada. 

- Eles são tão bonitinhos - Namjoon falou e Yoongi concordou. 

Eles faziam um belo contraste juntos, o tom mais escuro de Baekhyun junto ao colorido de Chanyeol. 

Era engraçado de se ver. 

Chanyeol apontou para a direita avisando que havia um lago e os outros assentiram animados. 

Ah, Jeongguk sempre amou lagos, mesmo seus pais nunca deixando ele visitar, gostavam de admirar através dos livros. 

Quando pararam, seguiu o olhar dos mais velhos que observavam tudo maravilhados. Estavam bem na margem de um lago mediano. A água era um pouco verde por conta do reflexo das árvores, mas podiam enxergar bem as pedrinhas no fundo do mesmo. Percebeu que estavam cercados por colinas verdes pontuadas por árvores que estavam adquirindo matrizes avermelhadas e marrons. Até onde sua visão ia, podia enxergar as rochas em vários tipos de formatos, essas não estavam cobertas apenas por musgos, ainda restavam pequenas quantidades, mas por conta do sol que refletia, elas eram quase inexistentes.  

Jeongguk estremeceu, era tão lindo que sentia vontade de chorar. 

- Ah, eu queria uma câmera fotográfica neste momento - Yoongi falou soltando um suspiro e os meninos concordaram. 

- A natureza realmente é uma coisa inexplicável. - Namjoon disse soltando uma pequena risada apoiando seu braço no ombro de Jimin. 

- Esse lugar me parece tão familiar. - Jimin falou e Jeongguk viu Baekhyun estremecer com a última fala. 

Estava anotando todas as atitudes estranhas de qualquer pessoa em sua mente, mais tarde iria conversar com os meninos. 

- Bom, vamos andando. Não estamos aqui para fazer uma tour histórica de duas horas em apenas um lugar. - Baekhyun falou, e Jeongguk revirou os olhos enquanto soltava uma risada ao escutar Chanyeol repreender Baekhyun. 

Já estavam prontos para sair do lugar, mas escutaram alguns galhos se moverem e outros se quebrando. Chanyeol virou rapidamente colocando seu corpo na frente de Baekhyun, Jimin, Yoongi e Namjoon ficaram atrás de um arbusto - já que eles estavam próximos do mesmo antes - e Jeongguk continuou na mesma posição olhando para o lugar de onde vinha o barulho com o cenho franzido. 

Demorou alguns segundos até que a pessoa finalmente saísse do meio dos galhos e Jeongguk deixou sua boca entre aberta ao ver quem era. 

O garoto de cabelos laranja. 

Quando o de cabelos laranjas parou seu olhar em Jeongguk, ele deixou a expressão surpresa se apossar do seu rosto e deu alguns passos para trás como se tivesse acabado de levar um choque. 

- Hoseok? - Chanyeol disse. 

Hoseok? Então esse era o nome dele! 

Viu pelo canto dos olhos os meninos saírem de trás do arbusto e pararem ao seu lado encarando o alaranjado. 

Deus, Jeongguk nunca se sentiu tão nervoso. 

Estava ainda mais assustado com as expressões dos seus Hyungs. Yoongi já era branco, mas agora parecia uma folha de papel, Jimin tinha um olhar confuso assim como Namjoon. 

- O-oque? - Hoseok falou quando parou seu olhar nos meninos - Vocês também?  

Baekhyun decidiu se aproximar de Hoseok o segurando pelos ombros e eles pareciam conversar atráves do olhar, pois apenas com um menear de cabeça vindo de Hoseok, Baekhyun claramente engoliu em seco olhando de relance para os meninos. 

Jeongguk tinha tantas dúvidas, cristo. Sentia que esse garoto poderia ser as respostas, mas ao mesmo tempo sentia que ele poderia complicar tudo. Poderiam ter uma conversa normal? Perguntar do porquê de ele ter tido aquela reação quando trombou consigo na floresta, ou do porquê dele estar tão assustado ao ver os outros meninos? 

- Eu preciso ir... - Hoseok falou e quando estava prestes a voltar para a floresta, Jeongguk o chamou. 

- Espere! - falou e Hoseok parou subitamente o olhando por cima do ombro - Digo... Onde você vai? N-nos... Nós estamos conhecendo a floresta, sabe? Você poderia mostrar para a gente onde ficar, porque.... Nem eu ou os meus amigos te vimos ontem a noite na fogueira. - Disse olhando para os seus amigos que assentiram freneticamente. Deus, nunca arranjou uma desculpa tão rápido. 

Hoseok se voltou na direção dos quatro com o cenho franzido e Jeongguk engoliu em seco. 

Chanyeol tinha a expressão preocupada observando tudo. 

- Oque? Nós já estamos na trilha, não podemos... - Baekhyun tentou tirar tal coisa da cabeça dos meninos, mas foi interrompido por Hoseok. 

- Eu... - ele parou sua fala mordendo seu lábio inferior. Oque ele escondia para que hesitasse tanto em nós levar consigo? - Tudo bem... Podem ir, mas eu preciso pegar um pouco de água antes e algumas folhas. 

Jeongguk suspirou aliviado, Jimin e Namjoon lhe lançaram um olhar confuso e ele sinalizou que depois conversariam, Yoongi tinha seu olhar direcionado para o chão. 

- Folhas? Ele ainda... - Chanyeol perguntou e antes que terminasse, Hoseok acenou em concordância indicando para que ele pegasse as folhas - Certo, sorte que aqui na margem do lago ainda tem algumas. 

Chanyeol correu na direção das folhas e Hoseok foi até o lago buscar água. 

- Escutem. - Baekhyun chamou a atenção. 

- Oque? - Jeongguk perguntou e os meninos tombaram a cabeça para o lado. 

Ele respirou fundo antes de começar e Jeongguk sentia uma certa angustia. 

- Não sei como, mas vocês conseguiram convencer o Hoseok. - Yoongi ia falar, mas Baekhyun levantou o dedo indicando que ele ficasse em silêncio - Tenho quase certeza que vocês vão ver uma coisa que não deveriam ver no momento, não agora, mas como resolveram adiantar, aqui vai o meu aviso: Eu estou de olho. Fiquem de bico fechado  sobre qualquer coisa que virem, esqueçam que essa trilha existe ou que encontraram Hoseok. - Disse e Jeongguk ficou mais confuso do que já estava - Sei que posso estar sendo rude, mas isso é necessário para a segurança dos meus amigos.  Logo vocês vão entender. - disse por fim, e só então os meninos repararam que Hoseok e Chanyeol estavam lhes esperando na entrada da trilha feita pelo de cabelos laranjas. 

- Vamos nessa. - Jeongguk disse, e os meninos suspiraram começando a seguir Hoseok. 

Ainda estava claro, então eles tinham tempo. Haviam deixando o lago para trás, e caminhavam sobre o gramado curto cheio de galhos, era escutado apenas o estalar dos galhos quando alguém pisava sobre eles. Decidiram seguir o caminho em silêncio, e bom, o caminho era bem amplo e aparentemente infinito. Jeongguk já havia perdido as contas de quantas vezes viraram para esquerda e direita, estava exausto de tanto andar. O silêncio novamente foi interrompido por Yoongi ao reclamar de algun inseto que havia lhe picado e Hoseok riu fazendo Yoongi corar, ato que fez os meninos arregalarem os olhos.  

Hoseok e Baekhyun iam lado a lado com passadas determinadas. Chanyeol ocasionalmente apontava algumas coisas interessantes que encontravam pelos caminho, como se fosse o guia turístico mais feliz do mundo. 

Serpentearam por mais alguns minutos pela floresta até que fizeram uma curva abrupta. As árvores pareciam aumentar de tamanho a cada passo que davam. Andaram mais um pouco até que Hoseok afastou algumas folhas revelando uma pequena caverna. 

Jimin fez um ruído no fundo da própria garganta que sequer sabia que poderia fazer isso. 

- Chegamos. - Hoseok disse num sussurro. 

Baekhyun e Chanyeol já haviam entrado na pequena caverna. Hesitou por alguns segundos e olhou para hoseok pedindo permissão, o mesmo deu de ombros e entrou esperando pelos outros. 

Esperou seus Hyungs entrarem na caverna e contou até três antes de entrar. 

Quando colocou seus pés no lugar, foi como se tivesse levado um baque e uma grande onde de calor tivesse passado pelo próprio corpo. 

Girou seu corpo olhando o local e viu que era um tanto pequeno. Tinha as "paredes" lotadas de desenhos e até mesmo cheias de contagens, como se contassem a quantidade de dias que estavam ali, tinha vários frasquinhos enfileirados no canto e várias folhas no chão formando uma cama. 

Deu uma pequena risada e viu que seus amigos estavam no fundo da caverna ao redor de algo. Franziu o cenho e resolveu se aproximar. 

A cada passo que dava, sentia um soco no seu estomago. 

Que diabos? 

Empurrou os meninos para o lado tentando se encaixar no meio deles e quando finalmente conseguiu, foi como se uma rajada de luz tivesse atingido seus olhos. 

Sentiu vontade de chorar. 

Sentia tanta vontade de chorar... 

Olhou para o lado e viu que Namjoon respirava pesadamente olhando para a pequena cama, Jimin tinha os olhos arregalados e Yoongi deixou seu corpo escorregar até o chão onde ele se encostou na rocha deixando seu rosto entre suas mãos, Chanyeol foi até o mesmo puxando Namjoon e Jimin. 

Voltou o seu olhar para o menino que estava deitado na cama e sentiu seu coração se partir em mil pedacinhos. 

Podia sentir o olhar pesado de Hoseok e Baekhyun sobre si, mas não se importava.  

Decidiu se aproximar e antes que impedisse, seus dedos já tocavam o rosto acobreado do garoto. 

Analisou o seu rosto e sentia como se estivesse vendo a mais bela obra de arte existente. 

Ele tinha a pele acobreada e as pálpebras de seus olhos em um desenho delicado, os cabelos castanhos um pouco ondulados sobre sua testa brilhavam, seu nariz perfeitamente proporcional, as maçãs de seu rosto e o maxilar se destacava demarcando o rosto firme mesmo estando com uma expressão tão relaxada, e abaixo dos seus olhos chegando as maçãs, havia uma pequena camada de sardas que deixavam seu rosto ainda mais adorável. 

Cristo, ele é magnifico.  

Desceu seu olhar para o peitoral e ali pode sentir novamente as dores no próprio coração. Haviam marcas sobre todo o seu abdômen, algumas estavam um pouco cicatrizadas, outras estavam com algumas folhas que continham um gel estranho pressionando os ferimentos. 

Quem teria coragem de feri-lo? 

Sentiu uma raiva descomunal se apossar do seu peito e tentou mandar embora qualquer tipo de sentimento ruim, não podia sentir isso, não agora. 

Respirou fundo e voltou a acariciar o rosto do moreno. 

Porque? 

Porque se sentia tão apegado a um garoto que nem sequer conhecia?  

Sentia angustia, medo, felicidade, aflição, Raiva... 

E até mesmo saudades. 

Saudades? 

Era como se tivesse um mar de sentimentos dentro do seu corpo e eles estavam em um redemoinho que não parecia ter fim. 

- Como... - falou, mas longo fungou quando sentiu que estava prestes a chorar - Porque eu.... Porque eu me sinto assim? E-eu... Eu não consigo entender. 

Viu Baekhyun abaixar o olhar e Hoseok lhe observar com uma expressão triste. 

- Eu não sei, Jeongguk. - Hoseok respondeu - E não sei se ele pode te responder, não sei nem quando ele vai acordar.... Eu estou usando algumas coisas que chanyeol conseguiu com as fadas, mas... 

Ele suspirou e Jeongguk mordeu o lábio inferior com força. 

- Quem fez isso com ele? 

Hoseok hesitou, ele não iria falar a verdade. 

- Eu não sei. 

Jeongguk riu, riu em descrença. Sabia que não iriam contar nada para si, e porque contariam? Não tinha nenhum direito de exigir alguma coisa de pessoas que nem sequer conhecia. 

Mexeu a cabeça em concordância e decidiu voltar o olhar aos seus amigos. 

Jimin não conseguia desviar o olhar do menino, assim como Namjoon, Yoongi parecia estar prestes a explodir enquanto pressionava suas mãos em cada lado da sua cabeça. 

Estava tudo ligado, so precisava saber como e o porquê. 

- Droga. - Escutaram a voz de Chanyeol e olharam na sua direção, ele estava na entrada da caverna e tinha um olhar preocupado. 

- O que aconteceu? - Baekhyun perguntou preocupado. 

- Os meninos perdidos tocaram a flauta, temos que voltar - respondeu e Baekhyun olhou na direção dos meninos. 

- Temos que ir, agora mesmo - ele disse olhando na direção dos meninos, os três mais velhos assentiram rapidamente se levantando, mas Jeongguk não queria ir. 

Voltou seu olhar para o castanho que estava dormindo e passou as mãos em seu rosto novamente. 

- Eu vou cuidar dele, não se preocupe. - Hoseok falou apertando os ombros do mais novo - Se você ficar aqui, as coisas irão piorar, não podem descobrir que estamos escondidos aqui. 

Jeongguk lhe lançou um olhar preocupado, mas depois de alguns minutos assentiu soltando um suspiro. Olhou mais uma vez na direção do garoto e foi atrás dos mais velhos que estavam sendo guiados por Chanyeol. 

Baekhyun ficou para trás e foi na direção de Hoseok. 

- Têm certeza que podemos ir? - Perguntou hesitante, não queria que nada acontecesse aos amigos - Se quiser apenas eu fico. 

Hoseok riu, e negou levemente com a cabeça. Não tinha medo de Peter, poderia lidar com ele. 

Pelo menos ele achava que sim. 

- Pode ir, ficaremos bem. 

Baekhyun o puxou para um abraço rápido. 

- Pan e suas forças estão em sintonia com cada grão de areia desse maldito lugar - Baekhyun falou com a voz tremula - Não podemos deixar que ele vença. 

- Não vamos. - Hoseok respondeu tentando deixar sua voz firme - E você precisa ir e tomar todo o cuidado, porque agora as coisas irão piorar. 

- Oque? Porque? 

- Porque o jogo dele está apenas começando. 


Notas Finais


BOM
OQUE ACHARAM?
Esse capitulo ficou bem simples, mas se preparem para os próximos rsrs

e sim, TAEHYUNG TEM SARDAS SIM PQ ESSE PHOTOSHOOT É UMA COISA MARAVILHOSA

ENTÃO
pq eu demorei tanto? meu pc quebrou aopskdmla (eu sou uma fodida) e eu tive que escrever esse capitulo pelo celular e sofri para conseguir concluir esse capitulo e conseguir editar a capa dele alskdmalsk, sad.

E CARA
MUITOOOOO OBRIGADA PELOS COMENTARIOS E FAVORITOSSS AA VCS SÃO MT TOP!!!!!!!!!!!
Fico super feliz que estejam gostando disso aqui :3


Descilemo9
Qualquer duvida é so deixarem ai nos coments q eu vou responder!!!
Beijoooooos, até o proximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...