História Peur - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias SHINee
Personagens Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Taemin Lee
Tags 2min, Desculpa Pra Lemon, Onkey
Exibições 9
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quais são as cores e as coisas pra te prender
Eu tive um sonho ruim e acordei chorando por isso eu te liguei
<Cazuza>

Capítulo 1 - Afraid


Ele  estava correndo muito rápido e eu tinha que alcançá-lo, por mais que eu me esforçasse e usasse todas as minhas forças ele continuava na minha frente e se distanciava a cada instante, parecia que eu jamais iria conseguir chegar até ele e quanto mais eu corria mais o vazio dentro de mim crescia e pesava me deixando mais lento, até que tudo na minha frente ficou muito claro e eu cai.

- Taemin anda logo você vai se atrasar – escutei alguém dizer enquanto tentava regular as batidas do meu coração, não lembro direito com quem estava sonhando mais a sensação de perda e a queda no final me assustaram bastante.

Depois de levantar e identifcar que o quarto no qual eu estava era o mundo real e não somente mais um cenário  dos meus sonhos ou devaneios  me encaminhei para o banheiro e fui lavar meu rosto.

- Taemin menino, eu já não falei pra você levantar – falou o Key dessa vez abrindo a porta do meu quarto e andando até o banheiro -  Você está bem? – perguntou quando eu parei de encarar meu rosto inchado, amassado e as manchas embaixo dos meus olhos no espelho – Oooh meu bebê, vem cá – disse me puxando pra um abraço antes mesmo que eu respondesse algo – Tá tudo bem, ele ainda te ama eu tenho certeza que ele vai voltar pra você, vêm vamos comer alguma coisa.

Depois de ser puxado por um abraço porta a fora eu sai do meu quarto e encontrei duas pessoas já tomando café.

- Min que bom que você levantou eu já tava pensando que o Key ia me obrigar a te alimentar denovo – disse o JongHyun se levantando da mesa e batendo de leve nas minhas costas – Eu tenho que ir pro estúdio agora terminar de produzir umas canções mais se precisar de alguma coisa é só ligar

- Está muito frio hoje vou pegar outro casaco pra você – o Key falou preocupado enquanto seguia o Jong até a porta e eu me sentei de frente pra o líder ocupando o lugar que o Jong tinha acabada de deixar vazio.

- Então como você está – perguntou me olhando fixamente enquanto eu pegava uma porção de arroz

- Estou bem – respondi

- Só faz uma semana que ele saiu, a gravação na China termina em mais dois dias eu tenho certeza que quando ele voltar vocês vão se acertar – ele levantou da mesa – Agora animo você ganhou um prêmio com seu solo, eu tenho que gravar um programa com o Leeteuk  na Sm hoje mais o Key vai te acompanhar no Music Awards, Ok ? – confirmei com a cabeça e ele alisou meus cabelos antes de andar até a porta e beijar o Key que estava no caminho.

O Key  beijou minha testa e foi para o interior da cozinha arrumar alguma coisa me deixando sozinho com os meus pensamentos, o que não é uma coisa muito boa pois toda vez que os hyungs não estavam eu me lembrava da briga que tivemos antes dele viajar.

- EU NÃO ACREDITO TAE – ele gritou – COMO VOCÊ PODE

-MinHo eu – a fúria nos seus olhos e as lágrimas que saiam dos meus estava  atrapalhando minha linha de raciocínio – Eu te amo

- Eu eu não acredito  mais em você – disse antes virar de costas e me deixar ali sendo levado pela correnteza que saia dos meus olhos.

- Terminou ?- o Key surgiu da cozinha me assustando e pegando as coisas da mesa – Você têm que passar na empresa pra se arrumar e falar com o manager, espero que ele não queira descolorir seu cabelo novamente – me levantei da mesa – Eu passo lá daqui a duas horas pra ir com você e coloque um casaco antes de sair – se  virou de costas e voltou a entrar na cozinha.

Peguei um óculos escuros, um casaco e sai pela porta,  estava realmente frio por isso corri logo pra dentro de um táxi que estava passando.  Se você está fugindo dos seus pensamentos não tem lugar pior pra se estar do que dentro de um veículo em movimento, pois nada te faz pensar mais do que ver outras pessoas  passando e vivendo suas vidas normalmente do lado oposto de um vidro, fazendo você se sentir mais um espectador triste  ou um ser de outro mundo. Eu me lembro de como o MinHo sempre me fazia sentir incluído e parte do seu mundo, mesmo quando eu me sentia totalmente excluído em mais uma daquelas festas de cineastas que ele me levavá por não entender nada do assunto o MinHo sempre ficava do meu lado e me fazia sentir parte daquilo, mais eu tinha que estragar tudo como sempre.

Não só o seu mundo mais o meu mundo também era sempre cheio de pessoas ricas, importantes e grandes eventos mais mesmo com as viagens, os shows nós sempre davamos um jeito de juntar os dois mundos e fazer com que tudo desse certo, mais desde das minha última viagem a Los Angeles as coisas tinham começado a desandar, na verdade eu acho que começou quando eu concordei em participar daquele programa We Got Married  mais naquela época não estavámos seriamente comprometidos, mais mesmo depois de comprometidos eu continuei encontrando com a Naeun pensando que ela só queria manter a amizade da mesma forma que eu, não podia imaginar que ela ia me agarrar na frente das câmeras e anunciar que estávamos mesmo juntos naquele programa de rádio. Mais mesmo depois de todo o barraco você  perdoou a minha ingenuidade e ficamos bem, mesmo quando outras pessoas inventava boatos sobre mim para acabar com o nosso relacionamento você não dava atenção e acreditava em mim.

Mais aí você resolveu me fazer uma surpresa e ir até LA onde eu estava gravando meu novo MV e você chegou bem na hora que eu estava morrendo de bêbado e beijando um dos dançarinos para cumprir um desafio  besta que eu nem lembro qual era e mesmo assim quando eu sai atrás de você descalço e sem camisa você ainda me escutou e me abraçou mesmo morrendo de raiva por dentro e ainda passou a manhã cuidando da minha ressaca. Você sempre me aceitou de volta mesmo depois de todos os erros que eu sempre cometi porque você me conhecia e me amava do mesmo jeito, porém depois do que você viu na semana passada eu tenho medo que você não me ame mais.

- Senhor chegamos – paguei a corrida e sai do carro entrando na empresa.

- Saeng -  escutei alguém falar e me virei encontrando um Heechul todo produzido como se um desfile de moda fosse acontecer ali no hall da empresa.

- Heechul hyung – me curvei para cumprimentá-lo

- Heechul hyung? O que aconteceu com o Cinderella, porque você está com essas olheiras menino – ele se aproximou de mim e murmurrou – Se o MinHo não estiver te deixando dormir direito  me fala que eu te ensino a lidar com ele do mesmo jeito que eu faço com o Siwon – piscou e voltou a se aproximar – E parabéns pelo prêmio é hoje a premiação né?

- Muito obrigado, é sim hyung começa daqui a algumas horas – falei baixo

- Os meninos devem estar muito orgulhosos, o MinHo vai com você?

- Não ele não vai poder ir, ele está muito ocupado com esse novo filme sabe -  disse mantendo um sorriso fraco pra não preocupar o hyung

- Que pena, mais não fique triste ele vai estar torcendo por você e eu, seu melhor hyung estarei lá platéia torcendo também – ele falou e fez uma dancinha tipo a de cheer up me fazendo rir pela primeira vez no dia.

- Chulla temos que ir – um homem que se aproximava de nós falou

- Eu tenho que ir agora mais vejo você lá – me deu um beijo na bochecha e foi na direção do outro homem – Seja um bom Saeng

Depois de ver ele andar com o cara e acenar pra mim antes de entrar no carro, me virei e entrei no elevador  pra seguir até o manager e ficar contando os minutos até o MinHo voltar  deixando o medo e a ansiedade dos próximos acontecimentos me consumir.   


Notas Finais


Eu sei que eu tenho histórias demais e que eu não sou um exemplo de pontualidade mais eu juro juradinho que vou terminar todas as minhas fics antes do ano terminar incluindo essa que será uma three shots.Okay?
Beijos Coloridos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...