História Phantasy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Suigetsu Hozuki, Tsunade Senju
Tags Elfos, Fadas, Fantasia, Magia, Naruhina, Saino, Sasusaku, Sereias, Tsunade, Vampiros
Exibições 48
Palavras 1.303
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Aqueles olhos


                                         *No capítulo anterior *
       Tirei minha armadura e entrei no rio, porém isso não durou nem 10 min, todos os animais saíram ao ouvir algo que eu não perceberá. Sai rápido e me troquei bem a tempo de ver um homem que aparentava ter seus 20 anos..um humano comum, pensei que fosse má companhia, mas o que um humano faz aqui? será que está perdido? Fiquei observado ele...tinha no máximo 1,80cm com olhos ônix, cabelos negros como a escuridão e sua pele era branca como a neve. Porém seus olhos ficaram vermelhos...aquilo não era um humano!! de jeito nenhum. Me levantei e quando ia sair ouvi sua voz a gritar '' elfo'' ...como ele sabia da minha presença? Será ele um lobisomem?..Meu cheiro o atraiu? Ele pediu que o elfo aparecesse, mas logo conjurei um feitiço e com o coração na mão senti minha vida estar em perigo. Abri os olhos e estava perto do reino novamente..O que foi tudo isso?
-----------------------


                                                                                                            *Sasuke on*
    Fiquei parado durante alguns minutos, o elfo desapareceu completamente, então subi em uma árvore e no  ponto mais alto  tentei ver algo. Me surpreendi, não sabia que estava tão perto do reino e como já estava ficando escuro pude ver que os guardiões noturnos estavam apostos. Desci rápido e peguei minhas coisas, não estou afim de confrontos ainda mais com essa fome.
    Fiquei andando durante um tempo, caramba como estou longe de casa, pude ver uma fogueira em frente a ela.  Naruto estava com algo em suas mãos, parece que ele conseguiu achar comida.


    Andei mais alguns metros até que ele finalmente me viu de mãos vazias.
- Ué, porque não trouxe nada???- Ele me olhava com um sorriso sarcástico.


- Não consegui achar nada, parece  que um elfo me atrapalhou . '' mentira, mas o Naruto não vai tirar uma com a minha cara".


- Elfo? O que fazia tão perto de lá? Você sabe o que aconteceu da ultima vez né??


                                                                                                   * Flash Back*
- Naruto, acho que estamos muito perto do reino dos.. - Mal terminei de falar é quase levei uma flechada na testa- Um dos guardiões conseguiu me ver em meio a noite, mas como? 


- Vamos sair daqui logo Sasuke, estão nos vendo. Não queremos problemas no momento , né?


    Pude ver que os guardiões noturnos tinham uma peculiaridade! Seus olhos eram perolados e conseguiam ver em meio a escuridão da noite.  


- Sasuke, está parado porque ? Se mexe caramba, tem dois deles atrás de nós e eu tenho certeza que a próxima eles não vão errar.


    Sai do transe e continuei correndo pelas árvores, até que a perseguição parou. Olhei para trás e os dois elfos estavam parados nos olhando como se fosse um aviso de '' SE AFASTE OU MORRA''. 


- Devíamos ter matado aqueles dois, não como a dias. 


- Sasuke, eu acho que nós não queremos problemas com eles. Nós somos dois e eles são milhares.


                                                                                         * Fim do flash Back*


- Eu não percebi que estava tão perto, mas eu não vi o elfo, na verdade ele sumiu do nada e depois puder ver alguns guardiões noturnos.


- OK, senta ai e come o que eu trouxe.


- Porque ascendeu uma fogueira?? Só está chamando a atenção.


- Sou obrigado a ficar no escuro só porque sou um ser da noite? me poupe né! 


    Olhei para ele e dei apenas uma risada de canto. Comi e resolvi entrar na casa. Tirei aquela roupa pesada e me lavei, então fui para o meu quarto e deitei, por algum motivo meus olhos estão pesados. Não durmo há... bom nunca dormi, mas meus olhos pesam. Fechei eles e fiquei pesando no elfo, como ele sumiu tão rápido?


 
                                                                                  * Sakura on *


    Fui pra casa com o coração apertado, o que aquele homem de olhos vermelho era afinal, nunca senti um medo desses. Tentei relaxar tomando uma boa xícara de chá com algumas bolachas que Ino tinha me deixado na porta. Ela disse que viria em casa hoje mais cedo quando fui ao castelo, mas deixei ela esperando pelo jeito. 


    Me lavei e tentei dormir, porém o sono não vinha de jeito nenhum, aqueles olhos não saiam da minha cabeça de maneira alguma. Ainda era de madrugada, me coloquei de pé e vesti uma roupa qualquer e fui até o centro do reino, lá nunca fecha e toda noite está lotada de  pessoas . Passei por várias tavernas ( pra quem não sabe, taverna e quase igual a um bar, mas medieval )  e lojas, nunca tinha ficado até  tarde no centro. Depois de muito andar, passei perto do muro e pude ver Hinata e Neji discutindo algo. Hinata percebeu minha movimentação e logo abriu um sorriso .


- Saky !! Pensei que não ia te ver tão cedo. - Recebi um abraço apertado e de longe vi Neji acenando.


- Também estava com saudade Hina, como você está? Não nos vemos a algumas semanas.


- Estou bem sim, trabalhar nos muros é um silêncio tão grande que me faz bem!


- De dia é um caos, tem gente entrando e saindo, e conversar com mercantilistas é um saco.- Fiz uma careta.


- Pelo menos você gosta do que faz!.


- É... o que você e o Neji estavam discutindo? Desculpa perguntar, mas você parecia nervosa.


- Ah...na semana passada dois homens passaram perto demais do reino. No começo eu pensei que eram humanos comuns , então fiquei atrás da folhas, até que Neji reparou os olhos deles eram diferentes...seres da noite não costumam vir aqui. E hoje perto do rio um homem bem parecido estava olhando pra ca.


    Encarei Hinata por alguns segundos antes de começar a falar. Será que era o mesmo homem que eu tinha visto?


- Hina...os olhos desses dois..eram vermelhos??


- Neji falou que apenas um tinhas olhos vermelhos...como você sabe deles ??


- Eu o vi hoje perto do rio..- Hinata arregalou os olhos quando disse isso.


- SAKY, VOCÊ SABE QUE NÃO PODE SAIR DOS MUROS!! SE ALGO TIVESSE ACONTECIDO COM VOCÊ ?! - assustei, a Hinata estava gritando pela primeira vez.


- Ele não me viu Hina..você sabe que eu não consigo ficar aqui o dia todo sem fazer nada.


-Sakura Haruno, me prometa que não vai mais fazer isso !!!


- Nossa Hina...ta bom, eu prometo que não vou mais fazer isso. - Ergui a mão em forma de juramento.


- Assim está melhor. Quer ficar aqui comigo?  Você não está fazendo nada mesmo.


- Eu não vejo nada  a noite Hina.


- É só pra eu conversar com você e não com o tedioso do Neji.


- OK kk.


    Nós duas ficamos conversando a noite toda. Amanhã não preciso trabalhar pelo menos, se não estaria morta de sono . Demos inúmeras voltas pelo muro a noite toda e jogamos conversa fora, eu precisava ter um conversa dessas com alguma amiga. Fiquei sabendo que o Kiba chamou a Hina pra sair e ela estava super animada.


     Já estava quase de manhã, o turno da Hina tinha acabado, fomos até uma loja que ela gostava e compramos alguns bolinhos e bebidas para comermos. Após essa longa noite, uma comida cairia bem. Nos despedimos e fomos para as nossas respectivas casas.        
     Ao chegar em casa me deparei com ela toda bagunçada e com algumas coisas quebradas . Paralisei e fiquei pensando o que ou quem poderia ter feito isso . Não costuma ter ladrões aqui. Andei até a sala, cozinha, banheiro, sacada e nada. Subi até meu quarto e percebi que algo estava fazendo barulho, andei de fininho e abri a porta e me deparei com aqueles olhos, meu corpo entrou em modo de defesa. Ele me olhava de volta, mas não tinha expressão nenhuma.


- Você...- Ele disse com uma voz baixa.


    Continua....


Notas Finais


Obrigada por ler :3 não deixem de comentar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...