História Photograph - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dylan O'Brien
Personagens Dylan O'Brien, Personagens Originais
Tags Artes, Photograph, Teenwolfelenco
Exibições 47
Palavras 662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi Oi Oi Oi Oi ♥

Quem gosta de capítulo bônus no meio da madrugada? Eu gosto mesmo é de dormir, mas postar capítulo bônus é melhor slfkjsafjkal ♥

Enfim, fiquem com o capítulo ♥

Capítulo 11 - 11. What Did You Feel?


Fanfic / Fanfiction Photograph - Capítulo 11 - 11. What Did You Feel?

What did you feel? » O que você sentiu?

Chloe Bennett

 

            Eu não havia tido de colocar uma roupa de hospital, nem havia ficado tanto tempo naquele lugar. Passávamos por várias áreas do hospital, e nada de Scott ou Ingrid, o que me fazia deduzir que eles estavam com Elena.

Eu nunca, sequer, tinha visto que aquele hospital era tão grande. Um frio na barriga se alastrava cada vez que eu andava mais. Mas não era como se eu tivesse escolha de sair dali correndo, o que na realidade eu tinha. Eu precisava, como uma verdadeira necessidade, encontrar Elena e ver, com meus próprios olhos, que a minha melhor amiga estava bem.

Eu sempre vi que Elena esteve lá por mim. Acho que confiança era a principal fonte da nossa amizade, além do amor claro. Sempre encarei a confiança como algo que se leva anos para ganhar e segundos para destruir. Mas com Elena e Katherine? Foi muito longe disso. Acho que desde a primeira vez que nós nos vimos no refeitório da escola, e derrubamos suco uma nas outras, éramos predestinadas a ser melhores amigas.

Paramos na frente da imensa porta branca – Com “Paramos” quis dizer Katherine, o médico e eu – e eu ficava na esperança de ver algo útil que me fizesse saber que minha amiga estava bem. As cortinas da janela que dava para ver dentro do quarto estavam abertas e, pelo que pude ver, Ingrid e Scott estavam sentados em poltronas enquanto conversavam com Lena, que sorria abertamente.

Dei o meu melhor sorriso e acenei assim que os olhos de Lena encontraram os meus, a morena sorriu de volta.

***

— E você está bem? – Perguntei com uma sobrancelha arqueada enquanto segurava a mão de Lena. Ela sorriu, como uma vez em que eu estava internada e ela veio me ver.

— Eu acho que eu vou criar um trauma de ficar comendo tudo que vejo pela frente. – Murmurou a morena enquanto ria baixinho. Revirei os olhos.

— Elena? – Chamou Katherine, fazendo a mesma olhar para ela e murmurar um “hum?”. – Cala a boca.

— Então, onde vocês estavam para estarem tão sujas de farinha? – Perguntou Ingrid com uma sobrancelha arqueada. Katherine riu baixinho.

— Bom, quem sabe, estávamos em um café por aí brincando de guerra de farinha com Tyler Posey e Dylan O’Brien. – Brinquei com um sorriso, eu era péssima em mentiras. Ingrid arqueou uma sobrancelha, olhou de mim para Katherine de cima a baixo e bateu em sua própria testa.

— Filhas da puta, elas destruíram o meu café com duas pessoas famosas. – Ela resmungou enquanto escondia sua cabeça no pescoço de Scott. Elena, Katherine e eu rimos.

— E como foi? – Perguntou Lena se ajeitando na cama.

— Incrível. Eles são maravilhosos, na verdade todo o cast. Mas, eles moram em Nova Jersey, aonde está o cast, e sabemos que eles terão de voltar para lá. – Katherine respondeu dando de ombros. Eu suspirei, imaginando os momentos maravilhosos que passamos brincando. Okay, foram só algumas horas, mas foi perfeito.

Ficamos encarando uns aos outros, rindo de coisas bobas. Brincamos por horas. Ingrid e Scott nós deixavam, algumas vezes, de vela. Era engraçado ver a forma como acabávamos com o clima de ambos, mas tudo ficou mais divertido quando começaram os desafios. Quando a gente resolveu começar com isso e por que? Eu também não sei.

— Tudo bem, Katherine, verdade ou desafio? – Perguntou Lena com uma sobrancelha arqueada enquanto dava um sorriso maldoso.

— Verdade. – Escolheu enquanto dava de ombros e comia sua nutella, que Ingrid havia ido comprar.

— Como você se sentiu quando viu Tyler Garcia Posey no photoshoot? – Perguntou de uma vez, nós fazendo rir.

— Primeiro eu fiquei babando, segundo eu fiquei tipo: “Por que está chovendo nas minhas pernas? Acho que eu tive um orgasmo”. – Ela respondeu, e nós olhamos um para a cara do outro e começamos a gargalhar.

— Ótimo, ele vai adorar saber disso. – Elena comentou enquanto erguia o celular para Katherine, mostrando que a mesma havia gravado um snap.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...