História Photograph - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Cameron Dallas, Dylan O'Brien, Jack & Jack, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Ariana Grande, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Dylan O'Brien, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Ariana Grande, Cameron Dallas, Jack And Jack, Magcon, Shawn Mendes, Sierra Dallas
Exibições 78
Palavras 2.013
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


°Alguns dos meninos não vão aparecer constantemente como os Jack's e o Cameron mas eles também fazem parte da fanfic
°Eu particularmente não gostei muito desse capítulo prefiro o próximo, confesso que estou louca pra poder postar ele logo.

Capítulo 3 - Ele precisa saber


Nós continuamos revezando, nunca vamos aprender? Quando vamos aprender? Oh, os espaços entre nós continuam mais profundos, é difícil alcança-la mesmo que eu tente. Espaços entre nós guardam todos os nossos segredos, nos deixando sem palavras e eu não sei por que - One Direction

-Eu só queria saber no que você pensa quando ouve meu nome.

- Shawn?

Ninguém responde linha fica muda.

                             [···]

- Você tem certeza que era ele? - Sierra me disse escorada na bancada da cozinha após eu contar a ele o que tinha acontecido na noite passada.

- Tenho Sierra, eu reconheço a voz dele.- digo bebendo do café que estava na minha frente.

- Uhnh. Vou fazer ovos com bacon - ela anda até a geladeira e pega os ingredientes necessários.- Mas tente descobrir o que exatamente você sentiu quando ouviu a voz dele.

- Eu... não sei.- digo.

Ela pega sua caneca, que estava em cima da mesa, com chá e bebe um pouco antes de falar.

- Sabe sim,  só tem medo. - ela diz colocando a caneca na pia.

- Estou cansada de esconder o que sinto e ter medo disso.- falo suspirando.

- Medo de que? - Cameron fala ao chegar na cozinha todo arrumado com Tommy no colo.

- De nada.- o olho.- porque esta todo arrumado? .

Pergunto.

- Esqueceu que eu tenho que tirar fotos hoje?- ele disse me entregando meu filho.

- Ah, sim eu tinha esquecido.- digo colocando Tommy para mamar.

Ele sorri.

- Preciso tirar uma foto.- ele diz.

- Me passa depois antes de você ir.- Sierra fala entregando a ele o celular.

Ele assente, e sem que eu perceba tira a foto.

- Own que lindinho.- Sierra diz após ver a foto. - olha a carinha da Zoey.

- Parece que ela nem sabia, que eu estava tirando a foto.- ele diz sorrindo.

- E porque de certo eu realmente não sabia.- digo baixinho. Mas ele me ouve e põe a língua pra fora. - você diz 'adulto e eu digo Cameron.

- Você diz ironia e eu digo Zoey.- ele fala andando até o armário.- não tem nutella, nessa casa não?

Sierra ri.

- Não Cameron.- eu digo.

- Quando a Zoey estava grávida, ela não podia sentir o cheiro de nutella que já vomitava.- ela diz.

- Eu acho, que foi um castigo por ter comido tanta nutella antes.- completo pensativa. - E  também que a gente ta falando "nutella" demais.

Cameron me olha como se eu fosse um ET e fala:

- Ainda bem que eu tenho na minha mochila.- ele diz.- vem Zoey eu e você temos muita nutella a comer.

- Não tem eu e você quando se trata de comida Cam.- digo apontando para mim e ele.- vai caçar sua turma.

Ele me olha como se estivesse ofendido, Sierra ri e fala:

- E se os enjoos não tiverem passado?

- 1 Eu ja não estou mais grávida. 2 vira essa boca pra lá. 3 e último.- faço carinha de anjo.- pega o Tommy pra mim?

- Ta vendo meu sobrinho lindo sua mãe prefere nutella ao invés de você.- ela diz após o pegar no colo.

Eu viro e a encaro.

- Jamais diga isso, nem a nutella nem ninguém é mais importante pra mim do que meu filho.- digo

- Nem o Shawn?- Cameron pergunta.

Ah Cameron se você soubesse...

Ignoro, e ando até sua mochila.

- Vamos comer.- digo.

- 'Tá ne.- ele diz.

                            [···]

- Têm mesmo que ir Cam?.- pergunto fazendo biquinho.

Ele me olha e aperta minhas bochechas fazendo biquinho também.

- Tenho babe.- ele sorri.- você da sorte que esse biquinho sempre fica lindo em você.

- Vou sentir sua falta.- Sierra diz.

- Eu também.- digo.

- E eu a de vocês duas, minhas menininhas, mas eu volto logo, não é como se eu fosse embora- ele sorri.

- Te fode Alexander, eu sou mais velha que você.- Sierra diz autoritária.

- Continua sendo menininha.- ele diz.- cuida bem delas enquanto eu não chego,  agora você e o homem da casa.

Ele diz beijando a testa do Tommy

- Mas e o Dylan? .- falo sem pensar. Depois tapo a boca.

Sierra pega a mochila de Cameron e a coloca no ombro dele.

- Vai vai, você vai se atrasar e os meninos vão brigar com você.- ela diz o empurrando para fora.

Ele a ignora.

- Quem é Dylan?.- ele pergunta.

- O cara que não queria deixar você entrar no quarto aquele dia no hospital.- digo.

A porta se abre e Dylan entra por ela dizendo:

- Esse cara sou eu! - sorri.

- Sierra quem é esse cara? - Calum questiona apontando para Dylan o ignorando por completo.

- O namorado dela.- digo com uma colher na boca.

Os três me olham como se dissessem: "cala a boca porra".

Ponho minhas mãos no ar e falo:

- Apenas dizendo.- sorrio.

Dylan caminha até o carrinho onde Tommy estava e o pega, depois me entrega.

- Cuida do seu filho que é melhor.- diz dando três tapinhas nas minhas costas.

- Você diz estraga prazeres e eu digo Dylan.- coloco meu filho de volta onde estava. - ele vai ficar aqui e pronto.

Dylan me olha.

- Você diz chata e eu digo Zoey.- ele fala.

- Aceita que dói menos.- digo voltando para o sofá.- dramas familiares, os melhores.

- ZOEY! - os três gritaram.

- O QUE PORRA! .- grito e depois começo a rir.

Eles me olham e depois começam a rir também.

- Cara isso e tão simples.- digo gesticulando entre Sierra e Dylan. - eles são namorados Cam, quando eu descobri acredite foi pior.

- Pior como?- Cameron pergunta.

- Tipo eu Sierra estávamos pegando as malas do apartamento em Londres quando ele chegou. Eu tomei um susto que sem querer, ou não, bati com a frigideira na cara dele.

- Como assim ou não Zoey?- Dylan fala indignado.

- Simples.- digo.- você me assustou, e tudo o que vai volta.

Cameron sorri e fala.

- Não nega ser minha irmã.

- Não mesmo.- Sierra concorda.

- Preciso dormir, não e fácil passar três dias sem pregar o olho.- Dylan diz.

- Ahan sei, tô sabendo que você ficou de papo com a Amberley da cafeteria.- digo jogando bolinhas de papel no lixo.

Sierra olha.

- Isso é verdade? - pergunta.

- Eu não fiquei de papo eu só disse oi- ele fala meio desconcertado.

- Sierra, ela estava quase esfregando os peitos siliconados dela na cara dele.- falo.

- Quem te falou isso Zoey? - Dylan pergunta.

- Derek .- respondo.

- Quem ? - Cameron pergunta.

- Um cara amigo do porteiro .- digo.

- Ahn?

- Cameron, uma amigo meu que por coincidência, ou não, estava no hospital.- digo.

- Ata.- fala.

Eu levanto e o olho. Sabia que ele não iria ficar aqui pra sempre, mas era tão bom ter meu irmão por perto, a sensação de estar protegida com ele era ótima. Só me sentia mais protegida assim nos braços de outra pessoa. Shawn.

- Tchau.- vou ate ele e o abraço de novo.

- Fica bem, volto logo- ele diz beijando minha testa.

- Vou ficar. - digo.

Por fim ele sai pela porta.

                         [···]

Sierra e Dylan tinham saido, pediram para levar Tommy junto alegando que eu ainda precisava descansar. Eu acho uma besteira, mas fazer o que né, quem e o médico e ele.

Já eu me encontrava sentada no sofá assistindo uma programa de 'como malhar na academia'. Ridículo.

A campainha do apartamento toca e eu vou atender correndo, o que não resulta muito bem.

Já quê eu abri a porta com um certa rapidez acabo batendo a cara no peito de que quer que fosse.

- Você está bem?- perguntou a pessoa.

Essa voz, jamais poderia esquece-la.

- Gilinsky?- olha para cima e o encaro.

- Baixinha - ele sorri e me abraça - Estava com tantas saudades de você!

Aconchego a cabeça no seu peito, era bom abraçar ele, a sensação de estar em casa aos poucos me invadia. Eu sabia que ela só estaria completa quando eu certo alguém voltasse para minha vida.

- Uhn, eu também viajei pra te ver viu Zoey - ouço a voz de Johnson falar.

Me solto de Gilinsky e corro pros seus braços.

- Jey Jey - digo o abraçando fortemente.

- Você não têm idéia da saudade que eu estava desse abraço. - ele fala e beija o topo da minha cabeça.

- Também estava com saudades Tinker Bell - sorrio. Apesar de querer morar naquele abraço tive que o soltar.

- Agora eu me sinto sobrando.- G fala dramaticamente.

Gargalho e dou espaço para eles entrarem, assim que atravessam a porta eu fecho a mesma.

JJ se senta no sofá e Gilinsky o acompanha.

- Então, o que estão fazendo em NY? - me sento de frente pra eles na poltrona.

- Bem - Gilinsky começa.- estamos fazendo shows por aqui, acabamos encontrando com o Cameron e ele nos disse onde encontrar você.

- A gente ficou sem se falar por um mês, e nossa você está incrível! - Johnson fala. Consequentemente seu olhar desse para minha barriga - Caralho!

Ele se levanta e anda até mim.

- Cadê ele? - pergunta se referindo a Tommy.

Sim, eles sabiam. E a Sierra sabe o custo que foi pra fazer esses dois ficarem calados, porque eram amigos de Cameron e de Shawn. Aí você fica tipo, contou para eles e não para seu irmão?! Não foi minha escolha, esses dois sabem bem quando têm algo errado comigo, viram que eu estava diferente tanto fisicamente como psicologicamente. Além do que, não falava com Cameron por Skype,  quando eu podia ele não podia, então ficava bem difícil. Já com os meninos não, as vezes eu acordava com o celular tocando eram eles falando pra mim entrar no Skype. Eles sempre estiverem aqui por mim.

- Ele está com a Sierra - digo por fim.

- E o nome? Eu ganhei o jogo nada mais justo do nome dele ser Finnegan - JG fala sorrindo.

- Sinto muito G, eu não sabia dessa aposta é outra, não ia por o nome do meu filho de Finnegan!- digo e gargalho.

- Realmente, Edward é melhor.- JJ se gaba.

- Chega vocês dois. - rio mais alto.- O nome dele é Thomas.

- Tudo bem, Thomas é legal. - G fala fingindo tristeza.

- Tudo é melhor que Finnegan. - JJ fala rindo se sentando de novo.

- Você para Johnson, deixa o garoto em paz. - falo.

Gilinsky sorri vitorioso. Seu sorriso se desfaz e ele me olha sério, eu sabia realmente que agora o papo era coisa séria. É eu tinha medo de qual o rumo essa conversa iria tomar.

- Zoey... - ele suspira.- Você precisa contar para ele.

Johnson concorda e se vira para mim.

- E verdade Zoh. - ele segura minha mão.- Independente do que ele tenha feito tem direito de saber da existência do filho.

- Eu sei.. - respiro fundo.- eu só.. tenho medo.. de tudo.

- Baixinha, ter medo é normal não te faz mais fraco ou mais forte, te faz humana.- Gilinsky fala e me olha reconfortante. - e você sabe que independente de tudo, sempre estaremos aqui.

Eu sorrio e sinto um gosto salgado em minha boca. Só então percebo que estava chorando, os meninos percebem e me abraçam passando um conforto sem igual.

- Não nos leve a mal Zoh - JJ alisa meus cabelos. - mas tente entender a gente. Shawn também é nosso amigo, pode parecer que não mas ele sofreu com tudo isso.

Me afasto deles e suspiro.

- Eu entendo vocês, vou contar tudo, mas só peço uma coisa - respiro fundo e olho para eles.

- Não tentem fazer com que o Shawn seja o sofredor da história, porque vocês mais do que ninguém sabem que ele não é.


Notas Finais


•Comentem eu não mordo! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...