História Photograph - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Visualizações 20
Palavras 679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Ressaca


Acordei com uma dor de cabeça, então eu me levantei, e fui ate minha caixinha de remédios e tomei, vou até o banheiro e me encaro, eu realmente estava um caco, faço minhas higienes, e volto pra cama, me sento e arfo, pego meu celular, e ligo para meu noivo, no entanto ele não atendia

       -Ele sempre me atende- resmungo- deve estar ocupado!

      Me levanto do sofa e me encaro, pego minha maquiagem e faço uma transformação,  me visto adequadamente e coloco saltos -Será que tem balada por aqui?-me pergunto

        -Sim-Olho para tras e vejo o Sehungri

        -Oi tudo bem? Como entrou?

       -Ah sim, a porta estava aberta, estou bem!-ele sorri

         -Então tem baladas por aqui!

         -Sim, os meninos vão, mas eles não querem me levar porque eles me tratam mal!

          -Serio? T.O.P e os outros?

          -Sim!-ele arfa-eles não gostam de mim!

          -Olha eles são um bando de idiotas sem noção! Você vai e vai me acompanhar!

          -Sério? -ele abre um sorriso

           -Sim!-Vamos!

  Eu e Sehungri saimos do ap e fomos para o elevador, e encontramos com os outros, TOP me olhou dos pés à cabeça, então eu peguei no braço do Sehun e entralaçei os meus no dele

       -ta pegando? -Taeyang pergunta

        -N-Não! -ele responde envergonhado

          -Onde vocês vão? -agora era a vez de TOP que estava com um olhar furioso

           -Balada! -sorri e pisquei para o mesmo.

     O elevador abriu e eu e Sehun entramos e ficamos encarando os meninos até a porta fechar...

    Silêncio obscuro, adentra o meu mundo, e inunda o teu,  querido estamos ligados, sem mesmo estarmos juntos, olhe em meus olhos, veja o que eu vejo, sinta o que eu sinto, beba o que eu bebo, coma o que eu como, respire na mesma velocidade que eu, me ame, me deixe louca, pense so em mim, e quando eu lhe deixar, ficarei em ti, hey me salve, me tire daqui, desse casamento indesejado, me deseje, me leva ao teu mundo, inspire meu perfume...

  

      -Ah...-arfo e olho para os cantos

       -ta apaixonada? -ele me encara e sorri-so te vejo arfando por ai!

        -Que? -fico envergonhada e as minhas bochechas queimam

         Ligue para mim, seja meu céu azul, meu diamante, desculpe por ser impossivel, não queria que fosse assim, desculpe querido, volte pra mim, não me esqueça, te peço, perdão,  por ser impossível, mas o impossivel não è impossivel? È provavel que sejamos felizes, eu acho. .. Aquele velho ditado, nunca diga nunca, nunca diga que não nos amamos nunca diga que não  tivemos   momentos nunca...

      Chegamos na balada, e por incrivel que pareça era a mesma que os meninos foram, TOP me olhava e sorria, ele tentava dançar mas era falho, parecia uma pedra, e eu so ri da situação,  ele me puxa para um canto e diz

        -Impossible

E assim iniciamos um beijo calmo, e perfeito, então ao terminar o beijo eu olho em seus olhos

        -Eu te amo -dissemos em unissono.

      Assim eu acordei,olho para os cantos, e percebo que era so um sonho

  Um amor... Um coração. .. Unidos como nosso amor, me escute, diga que me ama, e que me quer, não me deixe partir, porfavor, eu quero ficar, não se vá, me ame, não sirva, fique comigo, conosco...eu lhe imploro. ...

    

     Me levanto e faço minha higiene matinal, saio do meu quarto e vou para a cozinha, pego a caixa de suco de uva, coloco ele na pedra da pia, pego pão, bolo, mortadela, presunto, requeijão, e coloco tudo na mesa, o café da manha tipico brasileiro que eu gosto, eu morei durante dois anos no Brasil com uma amiga, e me acostumei com esse café maravilhoso, mas o que a minha amiga tentou me virtuar e me consiguiu foi tomar café,  è tomavel eu diria, mas aqui não tem café,  então optei pelo suco, pego as comidas e levo elas para a mesa, ajeitando cada uma em seu lugar, escuto a porta ser aberta e TOP entrar

          -Agora todo mundo entra na minha casa?-o encaro e sorrio

          -Hum todo mundo? -ele se aproxima e me encosta na mesa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...