História Photographe votre sourire


Escrita por: ~


Sinopse:
Se eu tinha de agradecer a algo, agradeceria ao destino e, principalmente, ao garoto de sorriso peculiar que minha câmera tanto adorava capturar, agradeceria as coincidências da vida e, quem sabe, até entenderia o significado do que era viver um romance parisiense.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Paris, Sugav, Taegi, Taehyung, Vsuga, Yoongi
Exibições 93
Comentários 1
Palavras 2.994
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Photographe votre sourire
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fluffy, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único - Conduis-moi de vous
1
93
2.994

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~azul46
Capítulo 1 - Capítulo Único - Conduis-moi de vous
Usuário: ~azul46
Usuário
Primeiramente, obrigada por esse maravilhoso presente! Eu falava brincando no twitter sobre pedir fanfics taegi/taekook, mas no fundo eu queria mesmo ganhar algo escrito assim, só pra mim, sinceramente e com carinho. Como autora de fanfic eu sei o quanto é difícil escrever algo para alguém, ainda mais quando a pessoa não é assim tão próxima (ainda) e você não sabe bem o que ela gosta. Sempre fica aquela insegurança e eu admiro sua coragem de escrever algo sim e me dedicar nesse dia tão feliz (que foi ontem). Com certeza essa fanfic foi um dos motivos pelos quais meu dia de ontem foi um dos meus melhores aniversários de todos os tempos.

Agora falando da fanfic... Perdoe-me se meu comentário for estranho, ou bagunçado ou cheio de abobrinhas, mas eu estou um pouco enferrujada na arte de comentar em fanfic... Fiz até uma lista enquanto relia a fanfic, marcando pontos importantes que eu queria comentar. Espero que esse comentário consiga passar meu agradecimento e o que eu senti com essa obra de arte que você dedicou para mim!

Como começar a falar da fanfic sem citar a fotografia, ah. Eu não escondo de ninguém que adoro fotografia, embora eu mesma seja novata nessa área tão renomada e respeitada da arte. Achei um amor você tomar como tema, sabendo que eu gosto e sabendo que Min Yoongi também é muito íntimo dessa expressão artística. Eu adoro Yoongi fotógrafo, confesso. Mesmo que seja obvio e saturado, eu amo ler e retratá-lo com esse lado, que é tão bonito e poético. Acho que nunca vou me cansar disso. A ambientação... Ah, querida França. Você chegou a me perguntar quais países eu gostaria de visitar, e acho que ambas concordamos que seria maravilhoso conhecer a França. Queria muito andar pelas ruas e ruelas, conhecer a arquitetura e os castelos, provar da comida e sentir o aroma do romance... Essa fanfic tem um cheirinho de croissant e de café (não bebo, mas amo o cheiro) que a deixou extremamente charmosa e ainda mais gostosa de se ler.

Todos os pequenos detalhes dessa fanfic me fizeram abrir sorrisos e sentir meu coração se aquecer, é legal o quanto nós compartilhamos em relação aos gostos... Talvez por causa da proximidade das nossas graduações, vejo que somos muito ligadas a arte e as suas representações. Sorri quando citou Luís XIV, o único rei de toda a Europa que eu sempre me lembro e provavelmente nunca vou esquecer, o rei sol, o mais elegante e vaidoso e um tanto quanto controverso... Sorri quando citou o outono, ah, como deve ser bela Paris no outono... É tão legal ver o quanto você lembrou de mim sem ter que perguntar, e também as coisinhas que você acertou em cheio talvez sem saber se eu gostava. Ainda acho que somos irmãs perdidas ou uma espécie de almas conectadas de alguma maneira...

Agora chegamos no famoso... Ele mesmo, Kim Taehyung. Sempre fico muito atenta e leio devagarinho e com gosto quando chega a parte onde ele é descrito pela primeira vez. A primeira vista, os primeiros segundos que Yoongi colocou os olhos nele através das lentes da câmera... Eu adorei o jeito que você o descreveu, até comparando o tom maravilhoso de pele dele com alguma cor da pantone... De novo, é o máximo ter essa ligação contigo, o design. Aquela cena devia mesmo ter sido maravilhosa, queria eu estar por trás daquela câmera e poder registrar essa obra de arte ambulante que é Kim Taehyung... Yoongi teve sorte. E de alguma forma eu sabia que eles iriam se reencontrar justamente por conta dessa captura sem permissão, obviamente Taehyung não deixaria registrarem sua carinha bonita sem nem tirar satisfação, não é mesmo?

E PODEMOS FALAR DE KIM TAEHYUNG FALANDO FRANCÊS?? MENINA VOCÊ ME DEIXOU LOUCA! Eu tive até que digitar as frases em francês e jogar no google tradutor para ouvir a pronúncia e tentar imaginar Taehyung falando... Poxa, queria muito ouvir aquela voz mais profunda que qualquer oceano falando em francês, seria tão bonito... E o Yoongi? Esse jeitinho de lidar com as pessoas e com as coisas é tão ele, tipo, "eu não sei??" 'desculpa amigo só sei falar isso em francês e foda-se', mais ou menos assim. Eu gostei muito dele nessa fanfic, assim como gostei muito desse Taehyung meio atirado, meio insolente e trabalhado no flerte. É bem a cara dele investir em algo tão doido e um tanto perigoso como flertar com um cara que acabara de conhecer, apenas porque ele tirou uma foto e porque vieram da mesma cidade. Eu imagino ele fazendo isso, porque sabemos o quanto Taehyung é despreocupado em relação a essas coisas, vide bon voyage onde ele pegou um ônibus qualquer e ficou perambulando em um país desconhecido sem saber por onde ia sem ao menos parecer um pouco preocupado... Fora que eu o vejo como alguém romântico, alguém imaginativo, criativo e que se agarraria facilmente em um romance maluco como esse. Isso é charmoso, é espontâneo e é muito Taehyung. E vamos falar a verdade, como o próprio Yoongi disse, isso era muito oposto a ele. Yoongi é mais na dele, mais pé no chão. Dificilmente se jogaria de cabeça em um romance assim, nessas condições tão... Fantasiosas? Mas pelo simples fato de ser Taehyung e desse garoto tê-lo capturado de um jeito, Yoongi parece inclinado a aceitar?? Eu senti que ele até pensou, mas não negou, não se afastou. Já dizia aquele famoso clichê, os opostos se atraem... Eu pessoalmente não gosto de usar essa frase, prefiro algo como... Os diferentes se completam, e é justamente isso que eu vejo em Taegi. Eles são muito diferentes, mas o que falta em um, o outro compensa e ambos aprendem um com o outro e se ajudam... Isso é lindo e é o motivo principal de eu amar taegi.

Tá ficando comprido, mas aguenta aí... Não quero deixar passar nada porque, bom, você merece que eu diga tudo o que posso sobre cada palavrinha dessa fanfic.

Taehyung é uma pessoa muito esforçada, ele trabalha duro... Algumas pessoas talvez não vejam isso por trás da sua personalidade brincalhona, mas ele se esforça muito para conseguir seu melhor. Talvez seja por isso que ele ficou chateado com a confusão que Yoongi fez com o "guia turístico". Poxa, um coreano jovem trabalhando como guia de turismo, fluente em francês e sabe se lá quantas línguas, detentor de tanto conhecimento, sendo confundido com um pedaço de papel? Eu me sentiria ofendida, porque eu imagino que chegar nesse ponto tenha requerido muito estudo e dedicação. Ele merece estar ali tanto quanto Yoongi merece visitar muitos países, porque ambos se esforçaram para poder viver do que gostam, mesmo não sendo a coisa mais rentável do mundo (no caso no Yoongi, não faço ideia do quanto um guia de turismo ganha). É bonito ver nas entrelinhas o quanto ambos amam o que fazem, espero um dia ser assim.

SIM EU FALO MUITO DO TAEHYUNG, você é taehyunga então deve me entender... O Yoongi é meu segundo bias, mas eu sempre me estendo muito falando de Taehyung e nessa fanfic acho que ele se destaca mais em relação a personalidade, então vou falar dele sim!!!! Esse jeitinho falante é certamente muito Taehyung. Amo quando ele fala sobre coisinhas aleatórias, cultura inútil e curiosidades... Então eu amei vê-lo sabendo tanto de história. Eu amo estudar história, e que história melhor do que a da frança? Que assunto melhor que o castelo de Versalhes? Essa de ele não ter banheiros eu não sabia, Taehyung (e cacta) é cultura, minha gente.

Se tem coisa que eu não gosto em fanfic é rapidez. Quando um personagem conhece o outro e logo estão se pegando sem nem conversar direito e logo estão trocando jurar de amor... Sabemos que não é assim que acontece. E nessa fanfic, por mais que Taehyung tenha dado um passo maior que os pés, talvez, eu senti que ela terminou com um gostinho de quero mais. Um gostinho de "hm, não rolou ainda mas é bem provável que role". É tão legal quando as histórias terminam de um jeito que te faz imaginar o que aconteceu depois. Você deu o comecinho de um possível romance, e eu já me pego imaginando o desenrolar dessa história. Não precisou de beijos nem de amassos para ser uma fanfic boa, muito menos de um lemon apressado e sem sentido em um primeiro encontro. Esse gostinho da possibilidade de um romance é melhor do que qualquer coisa dessas, pelo menos na minha opinião. Que graça tem dar tudo mastigadinho para os leitores? Isso não é livro de escola. Gosto quando o autor nos faz participar da fanfic, e esse final me deu essa impressão, esse gosto.

"Que depois dessa excursão que eu te guiarei aonde quer ir, viverá um romance a la francesa comigo?"

Espero que Yoongi tenha aceitado e se entregado devagarinho para essa oportunidade de viver um romance a la francesa, porque seria uma ótima história para carregar consigo na cabeça e na memória da câmera depois que ele voltasse da França.

Vi você comentando no twitter sobre "pessoa que não gostam de fanfic em primeira pessoa" e senti a necessidade de te dizer: Você é uma das únicas pessoas que escrevem em primeira pessoa de um jeito que eu leio e nem sinto. É tão mágico e tão gostoso o jeito que você narra, que não tem como eu não gostar, não tem o que eu não gostar. Gosto muito da sua escrita, é especial, é bonita, é gostosa e é sua.

Eu me sinto muito honrada por ter recebido sua primeira taegi escrita, isso é especial. Sei como é difícil escrever sobre casais que não estamos acostumados ou que nunca escrevemos antes, e você se prestou a fazer isso por mim... Obrigada. Aliás, você se saiu muito bem! Nem parece sua primeira taegi! Eu escrevi minha primeira minjoon ontem e achei meia boca, mas a sua taegi, até parece que você é taegina! Está na listinha de melhores taegi que já li aqui no social, e é de longe uma das mais especiais porque foi feita para mim <3

Acho que o jeito que começamos só nos vai deixar mais unidas, sabia? Acredito que se mesmo depois daquele mal entendido, ainda nos falamos, não tem motivo para não continuar... Não é mesmo? Já temos muito em comum e é uma questão de tempo que nos tornemos mais próximas, e isso sera muito legal!

Eu sorri muito com essa fanfic, então pode acreditar que você conseguiu o que queria com ela <3 Obrigada novamente por esse presente maravilhoso, eu adorei jashgvdasd

Nunca escuto as músicas que as pessoas colocam nas notas porque eu não consigo ler ouvindo música... Mas ouvi no final, porque queria fazer tudo certinho! A voz da moça é linda mesmo e eu adorei a letra!

É isso, acabou o comentário... Espero que tenha sido bem... Claro? Bom? Enfim, espero que tenha gostado de saber tudo o que eu senti e achei... Eu gostei mesmo, sério, de coração <3

Cinco estrelinhas aqui mais todas as do céu e todas as luzinhas de Paris!