História Photography( kwon jiyong) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, EXO
Personagens G-Dragon, Personagens Originais
Exibições 19
Palavras 1.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Filhos


Fanfic / Fanfiction Photography( kwon jiyong) - Capítulo 6 - Filhos

Steee!!!!!!!

- qual a necessidade de você me acordado gritando?  – ela disse com voz de sono.

Aviamos chegado ontem à noite, e como ela me disse que tava com sono, eu resolvi que nos só íamos dormir.

- ahhhh, mas temos que aproveitar, vamos para praia. Nos não viemos para essa ilha, isolada atoa.

- ta bom. Primeiro de tudo vamos comer café que eu to com fome. – ela disse levantando, e indo em direção ao banheiro do quarto, quando eu seguro o braço dela a impedindo de continuar. – que foi?

- nada... E que...

- Jiyong ta tudo bem? – ela perguntou passando s bracinhos dela em volta da minha cintura, e me olhando preocupda.

- e meio estranho nos sermos namorados de verdade. A três dias se eu entrasse no seu quarto te gritando você tinha me matado. Não que eu ache ruim nem nada do gênero, mas eu so estou meio abobado e feliz.

- ainnn que fofinho meu namorado, olha e estranho pra mim também, mas vai dar certo. – ela disse me dando um sorriso.

 

Naquela hora eu percebi. Eu não me arrependo de ter aceitado aquela proposto ridícula do yang. Eu acho ate que vou agradecer ele por ter colocado Stephanie na minha vida.

 

- vou ali me arrumar ok? – ela perguntou me soltando e entrando no banheiro.

- se você demorar eu vou te tirar dai a força. Não se esqueça de que se não for você que fizer o café, ninguém na casa faz.

- está bem. – ela disse com deboche, mas logo em seguida ela saiu correndo em minha direção e me deu um selinho, ante de voltar para o banheiro.

 

Enquanto esperava, eu fiquei compondo uma letra, quando o celular dela começou a tocar. Eu vi na tela que era o Sehun, então resolvi atender.

 

Alo? *

Jiyong hyung?  O que faz com o celular da Steh? *

Bom nos assumimos um relacionamento verdadeiro ontem, e resolvemos fazer uma viagem.*

Ahh sim, então você avisa que as nossas primas já chegaram e vão ficar no antigo apartamento dela*

Ok então. Ate mais.*

 

Depois que eu desliguei a ligação, eu fui separar uma roupa pra eu vestir. Eu acho que como a steh vai ficar de graça tirando foto minha eu vou colocar uma roupa mais ou menos. Foi então que em tive o pensamento “ minha namorada brasileira, linda, com curvas espetaculares, e uma praia de biquíni? NEM PENSAR”

- O Jiyong está pensando no que fih? – ela me pergunta enquanto procura uma roupa na mala. O detalhe e que ela estava só de toalha na minha frente, e ela não estava nem ligando.

- ooh meu amor tem certeza que voce quer ir à praia? Tipo está meio frio não acha?

- eu não acho nada, um calor e você de frescura, vai logo tomar o banho. Pensa que eu não sei oque você ta pensando ok? Eu não ligo se os outros olham, no que adianta olhar e não poder ter? – ela responde, enquanto colocava um biquini virada de costas, pra mim não ver nada.

       - se alguém te olhar... Aishhh!!!! Ta bom, mas só porque você parece querer muito, mas quando nos chegarmos nos vamos fazer algo juntos.

-  e por isso que eu vou fazer seu café da manha. – ela disse me dando um selinho e saindo do quarto.

 

Steh Pov’s

 

Assim que terminei de fazer o café, eu arrumei a mesa e resolvi esperar ele na sacada que tem na sala de estar.

Fiquei observando o mar, por um longo tempo, ele era uma coisa linda de se olhar. Era um tom de azul esplêndido. As ondas que chocavam com as rochas era comose tudo fosse arquitetado, e um conjunto de acontecimentos que fazem uma bela paisagem.

 - o que você tanto olha? – jiyong pergunta enquanto me abraçava por trás.

- eu to so admirando.

- eu posso saber oque? – ele pergunta olhando ao redor, eu só consegui rir. – porque você ta rindo?

- nada não. Vamos tomar café antes que desista.

Assim que tomamos café, eu peguei minha câmera e nos saímos em direção a praia. Eu estava me sentindo bem nessa viajem o fato de estar perto dele me deixa muito bem. Eu paro meus pensamentos quando sinto sua mão macia em contato com a minha.

Eu olhei pra ele, que na mesma hora me deu um sorriso. O sorriso pelo qual e me apaixonei, o sorriso que me faz sorrir.

- Steh, depois de ir à praia e almoçar, você quer fazer oque? – ele pergunta enquanto andamos na trilha ate a praia.

- nada. Eu quero fazer uns nadas assim sabe? Ficar só assistindo TV comendo alguma coisa.

- tudo bem jangi, eu faço uns nadas com você também. – ele diz rindo.

Assim que chegamos, percebemos que a praia estava vazia. Só tinha nos dois nela.  Deixamos nossas coisas na areia e fomos em direção a agua.

Depois que ficamos horas lá, ia dar duas da tarde e nos resolvemos voltar pra comer. Enquanto eu subia o morrinho da trilha, eu acabei escorregando e batendo e caído.

- AI MEU DEUS VOCE ESTA BEM MEU AMOR? Jiyong pergunta correndo pra me ajudar.

- calma, eu só machuquei o pulso.

- essa e a ultima vez que você me assusta desse jeito. – ele diz com uma mão no coração, enquanto me alisava com a outra.

- imagina quando voce tiver filhos. Eles vao andar com guarda costas, nem chuva vao pegar.

- mas os nossos filhos vao ter um super pai pra cuidar deles. – diz ele rodeando seus braços em minha cintura me puxando pra perto.

- nossos filhos e?

- sim, eu quero casar com voce, morar com voce ter filhos com voce. Se for com voce eu faço qualquer coisa, ate dar a volta no mundo em uma bicicleta. – ele dizia enquanto beijava meu pescoço.

- então... porque não começamos com o mais fácil que... e fazer os filhos?

Nesse momento ele me beijou, com uma luxuria desconhecida por mim. Ele foi me arrastando aos beijos ate entrar em casa, onde o mesmo me suspendeu, me deixando com as pernas rodeadas em sua cintura.

Ele começou a dar chupões e beijo por toda extensão do meu pescoço. Estava arfando descontroladamente me controlando para não soltar um gemido.

Assim que chegamos ao quarto ele me deitou delicadamente na cama, e sem delongas foi tirando a camisa. Logo subindo em cima de mim, tirando minha camiseta e a parte de cima do meu biquíni.

Ele começou a chupar e morder meu seio direito enquanto apertava o outro, meus lábios já deveriam ter machucados de tanto que eu stou mordendo para não gemer.

- querida, sera que voce não esta gostando? – ele pergunta com olhar provocativo. E eu nada respondi.

Ele resolvendo tomar medidas drásticas foi descendo por beijos em minha barriga ate chegar ao cos do short que eu estava usando. Ele retirou lentamente para me provocar.

Se ele acha que não vai ter volta ele esta muito enganado.

Me levantei, e empurrei ele na cama, ficando por cima. Logo tirei sua bermuda do corpo, e fui dar atenção ao seu pescoço branquinho e sem nenhuma marca.  

Enquanto brincava com seu pescoço, eu rebolava em seu membro que já estava animado. Logo ele inverte as posições, e bem rente ao meu ouvido fala:

- agora vamos fazer nossos filhos.


Notas Finais


obrigada por lerem!!!
e nao se esqueçam de comentar <3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...