História Piano - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster, Suga
Tags Bangtan Boys, Bts, Min Yoongi, Musica, Piano, Romance, Suga
Exibições 19
Palavras 3.011
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Fantasia, Ficção, Mistério, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa tarde genteee!!
Como estão??
Bom aqui está mais uma oneshot da enquete que fiz no Kpop Amino.

Espero que gostem.

Bom final de semana! Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Piano - Capítulo 1 - Capítulo Único

Hey Ri, em todas as manhã tinha aulas particulares de piano, era dedicada. Seu sonho era fazer uma turnê com um concerto solo de piano. Poderia se dizer que esse sonho não estava tão longe. 

Depois da aula Hey Ri trabalhava em uma cafeteria e a noite fazia faculdade de música, seus pais pagavam a faculdade e ela a aula de piano. Seus pais davam-na todo apoio para que conseguisse realizar o sonho de ser pianista e letrista.

Nos sábados e domingos, Hey Ri passava o dia compondo melodias em seu pequeno teclado. Ou pelo menos tentava compor algo. 

Hey Ri era quieta e nada comunicativa, as vezes isso a atrapalhava mas mesmo assim conseguia se virar bem. Ela não tinha amigos mas não reclamava pois conseguia viver bem.

Um certo dia, Hey Ri acordou atrasadíssima para a aula de piano, tomou banho, colocou um vestido de algodão, uma jaqueta de couro e sapatilha pretos e correu, a escola era dez minutos de sua casa. 

- Ah o professor vai me matar - resmungou Hey Ri correndo o mais rápido possível - Bom dia Lee! - cumprimentou a recepcionista passando pelo balcão correndo. 

- Bom dia querida! 

Ao chegar na porta da sala tentou se recompor antes de entrar, parou quando ouviu melodias vindo da mesma então entrou na sala.  

Para sua surpresa o professor estava observando um garoto tocando piano. Os dedos deslizavam pelo piano, era como ver um anjo tocando piano. Hey Ri ficou paralisada na porta hipnotizada pela melodia. 

- Hey Ri - chamou o professor tirando-a de seus devaneios- Entre, tenho novidades. 

O garoto parou de tocar piano e se levantou para cumprimentar Hey Ri. Ele era alto, estava vestido todo de preto, os cabelos negros caiam levemente sobre os olhos escuros, pequenos e misteriosos. 

- Min Yoongi, prazer - disse o garoto estendendo a mão. "Até a voz parece de anjo" pensou Hey Ri. 

- Hey Ri - apresentou-se ao apertar a mão de Yoongi. Ele usava anéis no indicador e médio dando um charme a mais para a mesma. 

- Semana que vem terá uma competição de piano e os ganhadores irão ganhar bolsa para estudar em Julliard - explicou o professor. 

- Como assim os ganhadores? - perguntou Hey Ri. 

- A competição será de piano à quatro mãos então... - o professor pausou intercalando o olhar entre Hey Ri e Yoongi - Yoongi concordou - completou o professor. 

Hey Ri olhou para Yoongi, que a olhava com os olhos brilhando como um pedido para que ela aceitasse. Que músico não gostaria de ganhar uma bolsa em Julliard?

 "Bolsa em Julliard" pensou "Pode ser minha chance de aprender e crescer ainda mais". 

- Tudo bem - disse Hey Ri finalmente - Eu aceito. 

- Ótimo - disse o professor sorridente - Você pode ficar mais algumas horas extras depois das aulas? 

- Posso ver no trabalho - respondeu Hey Ri. 

- Ok, então a aula de hoje vocês decidam a música que vão tocar e começam a treinar - disse o professor andando até a porta - Eu estarei ausente hoje mas qualquer dúvida anotem e amanhã esclarecerei - se despediu e saiu da sala. 

Por um momento ficou um silêncio mortal entre Hey Ri e Yoongi. Hey Ri tímida demais para começar o assunto e Yoongi estava nervoso, seu coração estava acelerado desde o momento em que viu Hey Ri parada na porta. 

- Estava pensando em tocar Quinta Sinfonia de Beethoven - disse Yoongi tomando coragem - O que acha? 

- Ótima idéia - disse Hey Ri sorrindo tímida - Eu pego a partitura - e logo sentou na frente do computador para pesquisar. 

Yoongi sentou no banco do piano e começou a tocar a Quinta Sinfonia, ele sabia decor toda a partitura, ele só precisava saber como tocar com quatro mãos "É um belo desafio" pensou tocando a música. 

Hey Ri ficou surpresa ao ouvir Yoongi tocando a música sem ao menos uma simples partitura "Ele é bom" pensou, então ficou observando-o tocar esquecendo totalmente de procurar a partitura da música. Yoongi tocou a música inteira concentrado com as mãos deslisando pelo teclado.

Hey Ri ficou hipnotizada com a imagem e pode ver claramente asas brancas com penas brancas em Yoongi. 

- Já imprimiu? - perguntou Yoongi quando terminou de tocar e se virou em direção a Hei Ri, mas a mesma não teve reação nenhuma e continuou com o olhar perdido em Yoongi - Hey Ri? - se aproximou dele deixando seu rosto bem próximo ao dela. 

- Oi? - perguntou Hey Ri saindo de seu devaneio ou melhor ilusão. 

- Imprimiu a partitura? - perguntou Yoongi sorrindo. 

- Ahhhh... - Hey Ri demorou a entender - Vou imprimir agora - "O que foi isso? Onde eu estava?" pensou se virando para a tela do computador. 

Ao imprimir a partitura Hey Ri sentou ao lado de Yoongi no banco do piano e começaram a tocar. Anotaram todas as dúvidas que tiveram e passaram duas horas a mais estudando. Hey Ri arrumou as coisas na mochila e quando se despediu de Yoongi quase correndo, o mesmo a interrompeu. 

- Onde fica o seu trabalho? - perguntou fechando a porta da sala. 

- A quinze minutos daqui, na avenida principal - respondeu Hey Ri olhando na tela do celular para ver a hora. 

- Eu vou para lá - disse Yoongi andando em direção a saída - Posso te acompanhar. 

- Pode - respondeu Hey Ri - Mas tenho que correr, estou atrasada. 

- Eu te levo de carro - disse Yoongi sorrindo e balançando a chave do carro no ar e saiu pela entrada central da escola. 

Hey Ri correu atrás de Yoongi, ela não reclamou da carona pois ela não chegaria tão atrasada quanto fosse a pé. Yoongi abriu a porta para que Hey Ri entrasse, por um momento ela parou "Que cavalheiro" pensou e sorriu entrando no carro. Yoongi entrou no carro ajustou o mesmo, ligou o rádio e deu partida. Ficaram em silêncio ouvindo a música clássica que tocava na rádio. 

- Onde você trabalha? - Yoongi quebrou o silêncio. Seu coração continuava acelerado ao lado de Hey Ri, ela estava sentada de pernas cruzadas deixando metade da coxa a mostra e Yoongi como um garoto se sentiu atraído, é claro. 

- Na cafeteria na frente da loja de música - respondeu Hey Ri distraída olhando a cidade pela janela. 

- Que coincidência, eu trabalho na loja de música - comentou Yoongi sorrindo - Posso te dar carona depois da aula se quiser. 

Hey Ri encarou Yoongi, estavam parados no semáforo e a mesma viu algo misterioso nos olhos negros do moreno, e Yoongi estava mergulhado nos olhos castanhos de Hey Ri, foram tirados da conexão quando o carro de trás buzinou. Yoongi deu partida no carro e ficaram o resto do caminho em silêncio. 

Yoongi estacionou o carro em frente a loja de música. 

- Até amanhã! - exclamou Yoongi acenando quando Hey Ri estava atravessando a rua.

- Até! - despediu-se Hey Ri e correu para a cafeteria do outro lado da rua. 

 

- Suga meu camarada! - exclamou Namjoon o dono da loja e amigo de Yoongi - Namorada nova? 

- Quem me dera - resmungou Yoongi - Vamos competir em dupla tocando piano semana que vem - respondeu sentando-se em frente ao computador do caixa. 

- É aquela que você tinha comentado? Piano de quatro mãos? - perguntou Namjoon debruçando no balcão. 

- Yes - respondeu Yoongi e logo foi atender o cliente que havia entrado na loja.

Aquele dia a loja estava bem movimentada mas em um momento no final da tarde, quando o movimento acalmou, Yoongi parou e ficou observando a cafeteria do outro lado da rua. 

 

- HEY HEY! - gritou Luna - Que gato! - exclamou sorrindo maliciosa. 

- Boa tarde Luna - cumprimentou Hey Ri sorrindo - Gato? - ficou perdida. 

- Aquele que te deu carona - disse Luna - Não se faça de besta. 

- É o aluno da aula de piano - respondeu Hey Ri colocando o avental - Vamos competir juntos semana que vem. 

- Ele está interessado em você - disse Luna baixo. 

- Claro que não Luna - disse Hey Ri dando a volta no balcão - Da onde você tirou isso? 

- O olhar dele quando você estava atravessando a rua - respondeu Luna sorrindo. 

Hey Ri não respondeu, ao invés disso atendeu a fila de clientes. O dia na cafeteria foi tranquilo, Luna não parava de falar do "gato da loja de música" e Hey Ri não deu muita atenção, ela era boa em não ligar para as besteira alheias. 

Naquele dia Hey Ri não teria aula na faculdade então resolveu fazer hora extra e no final da tarde pediu que Luna tomasse conta do caixa para ela descansar cinco minutos. 

Hey Ri pegou um café e sentou em uma mesa do lado de fora e quando levantou o olhar para observar a loja de música viu Yoongi parado olhando-a. 

Não sabiam quanto tempo ficaram observando um ao outro quando Namjoon e Luna os chamaram. 

- HEY RI! - gritou Luna perto do ouvido de Hey Ri.

- Nossa Luna precisa gritar! - exclamou Hey Ri se levantando. 

 

- PORRA NAMJOON! - exclamou Yoongi de susto. 

E antes de voltarem ao trabalho trocaram olhares e sorriram. O que era aquilo que estavam sentindo? Não sabiam, afinal haviam acabado de se conhecer.

 

Os dias se passaram rapidamente, Hey Ri tirou duas semanas de férias para se dedicar totalmente ao estudo para a competição e Yoongi pediu para Namjoon trocar de turno para também se dedicar ao ensaio. 

A semana passou rapidamente, Yoongi e Hey Ri se aproximaram muito, agora não sentiam vergonha de falar um com o outro. 

Yoongi muitas vezes, ao tocar piano, encostava sua mão na de Hey Ri propositalmente, ele estava tentando criar coragem para beija-la. E a cada dia seu interesse por ela crescia ainda mais. O mesmo acontecia com Hey Ri, quando Yoongi tocava sua mão ela sentia que seu coração iria parar.  

Um dia estavam no intervalo conversando sobre um assunto aleatório mas Yoongi não estava prestando atenção no assunto, mas sim no jeito como a boca levemente rosada de Hey Ri se movia ao falar, e só conseguia pensar em beija-la e toma-la para si "Essa garota está me deixando maluco" pensou, mas não conseguia deixar de pensar em como seria sentir os lábios de Hey Ri. 

 

- Hoje é o último ensaio então se poderem ensaiar o máximo possível para depois de amanhã - disse o professor - A sala ficará reservada para vocês até às oito da noite, qualquer coisa me liguem, ok? 

- Ok! - disseram Yoongi e Hey Ri em uníssono. 

O professor foi embora e os dois continuaram ensaiando. As três da tarde deram mais fizeram mais um intervalo para clarear a mente, foram a uma lanchonete perto da escola. Comeram um lanche e voltaram para o ensaio. 

- Posso fazer uma pergunta? - perguntou Yoongi ao entrarem na sala. 

- Pode - Hey Ri já estava sentada no banco do piano. 

- Você tem namorado? - Yoongi perguntou tímido sentando ao lado de Hey Ri, que o encarou por alguns segundos antes de responder.

- Não - a resposta saiu quase como um sussurro. 

"Ela está tão perto, o cheiro doce do perfume" pensou Yoongi sustentando o olhar "Vá, tome alguma atitude, não há nada te impedindo Min Yoongi".

Ainda com os olhos fixos nos de Hey Ri, Yoongi puxou-a delicadamente pela nuca e selou seus lábios nos doces e rosados lábios de Hey Ri. A mesma foi pega de surpresa, mas desde o primeiro dia que viu Yoongi sentia o mesmo, a necessidade de te-lo, então entregou-se ao beijo, os lábios de Yoongi eram quentes e macios. 

Era lábios que a hipnotizaram por completo, Yoongi foi igualmente hipnotizado pelos lábios de Hey Ri. Tomados pelo momento, sem separar do beijo que os conectavam, Yoongi tomou Hey Ri em seu colo apoiando as costas da mesma no piano. Com uma perna de cada lado do corpo de Yoongi, Hey Ri abraçou-o colando seus corpos. 

Nada se passava na cabeça de ambos, era como se estivessem esperando um ao outro a vida inteira e quando se encontraram não puderam mais perder tempo.

Hey Ri estava usando um vestido florido curto e solto e ao sentar no colo de Yoongi suas coxas ficaram totalmente a mostra, e o mesmo não se controlou ao apalpa-la, subindo a mão por baixo do vestido, Hey Ri arfou com o toque tentando puxar o ar pela boca sem separar do beijo.

A sala estava começando a ficar quente, a escola estava praticamente vazia por conta da competição todos estavam no local organizando e os alunos não estavam tendo aulas, talvez aquilo seria um sinal, eles não sabiam. 

"O que eu estou fazendo" de repente a realidade bateu em Yoongi e ele ficou paralisado encarando Hey Ri em seu colo. 

- De... Desculpa eu... - gaguejou Yoongi com os olhos tristonhos, ele não queria assusta-la ou deixar que o corpo comandasse a ação. 

- Yoon - chamou Hey Ri baixo - Se eu não quisesse, não teria continuado - e acariciou o rosto branco de Yoongi, observou os olhos negros do moreno e iniciou outro beijo calmo, sem pressa. 

Yoongi ficou mais tranquilo, separou os lábios dos de Hey Ri descendo os beijos pelo pescoço da mesma fazendo-a arfar. Com uma mão Yoongi segurou Hey Ri pela cintura colocando-a sentada na tampa do teclado do piano ficando em pé na frente da mesma. 

Agora estavam necessitados, não importava que se conheceram a uma semana, não importava que estivessem na escola de piano ou em cima do instrumento, não importava mais nada, a única coisa que importava era calor do sentimento, os batimentos cardíacos acelerados, as bocas inchadas pelo beijo, a conexão que tinham desde a primeira troca de olhares.

Yoongi passou a mão na coxa de Hey Ri subindo até a cintura por dentro do vestido. Ele pode sentir o corpo escultural que Hey Ri escondia por baixo das roupas e isso o deixou ainda mais exitado "Meu Deus que corpo" pensou.  

Hey Ri puxou o corpo de Yoongi para mais perto, colando-os quase por inteiro, ela arfava com os toques do mesmo e então começou a desabotoas o cinto e a calça rapidamente sentindo que iria explodir. 

Agora estavam com pressa, necessitados a possuir o corpo um do outro. Yoongi abaixou um pouco a calça e a cueca, colocou a proteção, afastou calcinha de Hey Ri para o lado e começou a investir. Os longos cabelos castanhos escuros de Hey Ri estavam soltos caídos pelos ombros e suados colando em sua nuca dando um ar sensual e Yoongi não resistiu, segurou os cabelos da mesma pela nuca deixando a cabeça de Hey Ri para trás beijando e lambendo o pescoço da mesma. Estavam cada vez mais ofegantes, quando estavam perto de alcançar o ápice alguém bateu na porta. 

- Não tem ninguém aqui - disse a voz masculina. Yoongi tampou a boca de Hey Ri, ele sustentou o olhar e ficaram imóveis, ambos podiam sentir a excitação um do outro. Depois de alguns segundos de silêncio Yoongi começou com movimentos lentos e tomou os lábios de Hey Ri que gemia baixo entre os beijos. 

Yoongi acelerou até que sentiu Hey Ri se desmanchar, segundos depois foi a vez dele. Permaneceram na mesma posição até que os espasmos passassem. Logo se arrumaram e quando sentaram no banco, Lee a recepcionista entrou na sala. 

- Hey Ri vou dar uma saida e vou trancar a recepção - disse Lee na porta - Volto antes de vocês irem embora. 

- Ta bem Lee - respondeu Hey Ri. 

O resto do dia ensaiaram sem dar intervalos, precisavam ganhar, queriam ganhar. E a competição seria acirrada, muitos alunos era ótimos e eles não podiam ficar para trás. As oito da noite arrumaram as coisas e foram embora. Yoongi levou Hey Ri para casa, mesmo depois do que fizeram não ficou nenhum clima esquisito entre eles. 

Hey Ri se despediu com um beijo demorado e Yoongi ainda ficou alguns segundos com o carro parado na frente da casa da mesma. O que fizeram foi loucura, mas foi maravilhoso. 

 

O dia da competição chegou e Yoongi e Hey Ri estava de mãos dadas dando apoio um ao outro esperando a vez deles, seriam os próximos. Na plateia estavam os familiares de ambos, Namjoon também estava para dar apoio ao amigo. Haviam três jurados e um deles era o diretor representante de Julliard. 

Ouviram aplausos e a chamada de ambos para entrarem no palco, se reverenciaram para a platéia e começaram a Quinta Sinfonia de Beethoven. O único som no auditório era a melodia do piano, o professor observava do lado do palco seus grandes alunos, pareciam anjos. 

As mãos de ambas levitavam no teclado do piano e ao terminar respiraram fundo antes de se levantarem e agradecer com uma reverencia e saíram. 

- Parabéns! - exclamou o professor - Foram maravilhosos. 

- Obrigada! - agradeceram em uníssono. 

E foi uma longa espera até que todas as duplas se apresentassem. Hey Ri tremia e segurava a mão de Yoongi com força. A hora do resultado chegou, todas as duplas estavam presentes no palco e o locutor, como sempre, fazendo mistério para dizer quem foi o ganhador e para a surpresa de todos, ele anunciou o terceiro que ganhou desconto de trinta por cento na aula de piano e em segundo ganho cinquenta por cento. E nenhum deles Yoongi e Hey Ri ganharam. 

- Meu Deus - sussurrou Hey Ri tremendo. 

- A dubla ganhadora da bolsa em Julliard foi - fez mistério deixando todos ainda mais nervosos - Min Yoongi e Oh Hey Ri. 

Eles não estavam acreditando, o sonhos deles estavam se tornando realidade e, melhor ainda, realizariam juntos. E essa conexão foi até se tornarem grandes pianistas e muito mais além. 
 
 


Notas Finais


Quem tiver o Amino me sigam lá! Kim Nari. E participem da próxima enquete.

O que acharam.

Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...