História Pieces - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Castle, Criminal Minds
Personagens Aaron Hotchner, Chefe de Seção Erin Strauss, David "Dave" Rossi, Derek Morgan, Dr. Spencer Reid, Elle Greenaway, Emily Prentiss, Jennifer "JJ" Jareau, Penelope Garcia
Exibições 45
Palavras 612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como eu disse no último capítulo, o tempo vai dar uma avançada agora.
Vai começar a rolar entre eles agora heiinnn

Capítulo 3 - Do not you dare touch him...


Fanfic / Fanfiction Pieces - Capítulo 3 - Do not you dare touch him...


Passaram-se quatro meses desde a adição de Elizza a equipe. Ela se acostumou bem, foi bem recebida por todos e lidou muito bem com todos os casos que resolveram nesse tempo.
Agora, estavam em outro caso. Cinco corpos encontrados em Las Vegas.

- Como não amar Vegas? - Dave sorria para Elizza. Eles haviam criado uma amizade muito bonita ao longo do tempo.

- Nasci e cresci aqui. Por isso sempre ganho de você no poker. - ele riu do jeito meigo dela. Apesar das feridas, ela era uma mulher de bem com a vida.

[...]

Logo encontraram o suspeito. A equipe se dividiu em um imenso galpão, cada um por si para conseguir prende-lo.
Hotchner passava a lanterna por todos os cantos quando foi atingido por algo. Ele caiu tonto por conta do impacto e sentiu um soco forte em seu rosto. O suspeito iniciou uma luta com ele e ganhou. Ele desarmou Hotchner e apontou a arma para o mesmo, que estava atirado no chão.

- Quais são suas últimas palavras, agente? - o suspeito ria e Hotch suava frio, temendo o pior.

Um barulho de trava de arma tomou conta do lugar e então, uma voz conhecida.

- Me dê um bom motivo para não estourar sua cabeça. - Elizza estava com a arma encostada na nuca do suspeito. - Solta a arma. Um movimento em falso e eu acabo com a sua vida.

Derek chegou junto com JJ. Ele algemou o suspeito e as duas levaram Hotch para a ambulância, para prestarem os devidos socorros.
Depois dos procedimentos, Elizza foi em direção à ambulância.

- Tudo bem garotão? - ele riu. - Achei que você fosse melhor de briga.

- Isso é para o Morgan. - ela gargalhou alto. - Sei o básico. Você salvou a minha vida, obrigada.

- Você faria o mesmo por mim. Não tem que agradecer. - ela deu um leve tapinha em seu ombro e quando ia sair, sentiu sua mão a puxar.

- Fique. Eles vão demorar com os curativos, não quero ficar pensando muito. - ela sorriu e sentou ao seu lado.

Elizza e Aaron se deram bem logo de início. Ela era uma mulher forte e entendia os medos dele, por mais estranhos que fossem. Ele viu nela a amiga que perdeu quando Elle Greenaway saiu da equipe.
E ela, viu nele um bom motivo para recomeçar.
Os meses passam depressa é cada dia mais Elizza é encantada por Hotch. E ele, encantado por ela.


                     [ Um ano depois ]

Elizza caminhava pelos corredores da UAC quando for surpreendida pela voz animada de Garcia.

- Você sabe que dia é hoje?
- 12 de julho?
- E o que mais?
- Quarta feira?
- Pense mais! - Elizza fechou os olhos tentando lembrar de algo importante. - Ah Lizza, hoje faz um ano que você trabalha aqui! E hoje, faltam exatamente 17 dias para o seu aniversário!
- Garcia, não acredito que você guarda essas datas. - ela riu e deixou um beijo estalado na bochecha da amiga.
- Temos que comemorar. - ela parou de caminhar, o que fez Garcia parar também. - Quem sabe um barzinho? A JJ sabe dançar muito bem, você tem que ver.
- Garcia, eu não comemoro aniversários.
- Como não? Aniversários são dádivas por você estar mais um ano viva!
- Não vejo graça em comemorações sem o Matthew. - Garcia a olhou com certa pena, o que a irritou um pouco.
- Não seja boba, aposto que ele gostaria que você comemorasse com seus amigos. - ela pegou nas mãos de Elizza e sorriu. - Vamos tentar?
- Tudo bem, vamos tentar.


Notas Finais


Esses dois... ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...