História Piedmont Uma Cidade de Mistérios - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Gravity Falls
Exibições 9
Palavras 805
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie gente :3
Ia postar só na sexta mas decidi postar hj
E talvez eu poste outro na sexta ok?

Capítulo 3 - Casa na árvore


Fanfic / Fanfiction Piedmont Uma Cidade de Mistérios - Capítulo 3 - Casa na árvore

Mabel:O que é isso Dipper
Dipper:I-isso o que?
Mabel:Esse negócio que você pois em baixo da cama
Dipper:Nada
Mabel:Deixa eu ver

Ela tentou pegar o pote mais eu segurei ela, só que ela conseguiu se soltar de mim.

Mabel:Que coisa é essa?
Dipper:Também não sei, achei isso na fazendo do pai, ele estava puxando as cenouras pra baixo da terra
Mabel:Talvez seja uma experiência mal sucedida
Dipper:Pode ser mas isso não me convenceu
Mabel:Pera vou mostrar pro pai talvez ele saiba
Dipper:Não Mabel, o pai nem a mãe pode saber disso, é o nosso segredo okay?
Mabel:Tabom

Ela colocou o pote de baixo da cama e saiu de casa eu apenas a segui.

Dipper:A onde você vai?
Mabel:Na fazenda, quem saiba tenha mais desse bicho lá
Dipper:Verdade, vamos!

Na fazenda

Dipper:Foi aqui onde eu encontrei o bicho
Mabel:Deixa eu ver

Quem olha pode até pensar que a Mabel é esperta desse jeito mas eu acho que é só curiosidade mesmo.
Ela enfiou a mão no buraco e fez uma cara de nojo.

Dipper:Pegou alguma coisa?
Mabel: Peguei uma coisa gosmenta
Dipper:Deixa eu ver

Ela tirou a mão e tinha um Joli, ela colocou no chão e pois a mão de novo e tirou mais um, depois ela tirou outro, e mais outro, e mais outro.
Enfim ao todo ela tirou uns 23 Joli, percebi que eles mudavam de tamanho então colocamos eles em outro pote, vai que eles fiquem gigantes e acabem com a cidade, bom nunca se sabe.
Pegamos todos os potes e levamos pra aquela floresta, colocamos dentro de um arbusto que ficava perto daquela árvore que eu gosto de subir.

Mabel:Porque não fazemos uma casa na árvore?Aí a gente pode guardar esses bichos
Dipper:Boa idéia mas acho que a casa deveria ficar mais pra lá, se ficar aqui vai ficar muito visível e qualquer um pode subir, e o nome dos bichos são Joli
Mabel:Tá tá tá, eu acho que o pai tinha algumas tábuas de madeiras lá na fazenda, podemos perguntar pra ele se podemos usar, vem

Ela me puxou até a nossa casa.

Mabel:Mãe cade o pai?
Mãe:Não sei, ele deve estar lá no centro da cidade
Mabel:Podemos ir lá?
Mãe:Se tomarem cuidado sim
Dipper:Valeu mãe

Andamos por toda a cidade  e nada do nosso pai.

Dipper:Só não olhamos em um lugar
Mabel&Dipper:O bar

Corremos até lá, não íamos poder entrar somos menores de idade então acho melhor falar com nosso pai amanhã ou mais tarde.

Mabel:Onde você vai?
Dipper:Pra casa, você não vem?
Mabel:Eu não vim aqui pra nada, vamos entrar
Dipper:Somos menores de idade não vai rolar Mabel
Mabel:Vamos usar nossas identidades falsas
Dipper:Você ainda tem esse negócio?E Mabel acho que ele não vai cair nessa..mas não custa tentar

Fomos até a entrada e Mabel pegou as identidades e mostrou pro guarda, ele nos deixou entrar, como assim cara?Como as pessoas caiem nisso???
Entramos e avistamos nosso pai com uns caras que não conhecemos, corremos até lá

Pai:O que fazem aqui?
Mabel:A gente queria saber se podemos usar as tábuas de madeira que estão na fazenda pra fazer uma casa na árvore
Pai:Claro, vão lá
Dipper:Valeu pai!

Na fazenda

Pegamos algumas tábuas pois não conseguimos pegar todas, eu estou levando umas 7 e a Mabel está levando umas 4.

Pronto depois de muito sacrifício conseguimos trazer todas, a Mabel foi buscar as ferramentas lá na fazenda e eu estou vendo em que árvore a gente pode construir, tem que ser uma que tenha galhos firmes, depois de um tempo achei uma que iria ficar boa.

Não demorou muito pra Mabel chegar, ela veio correndo e tropeçou numa pedra fazendo eu rir.

Mabel:Não tem graça
Dipper:Tem sim
Mabel:Tá vamos começar, qual você escolheu?
Dipper:Aquela-disse apontando pra árvore
Mabel:Ok, você começa porque eu não sei como faz, aí eu te ajudo em alguma coisa

Ela me ajudou a levar algumas tábuas lá pra cima, e comecei a construir.

Já são 5 horas da tarde e eu já fiz uma boa parte da casa, achei que Mabel não iria ajudar mas até que ela foi útil, escondemos as tábuas que restaram em cima da casinha pra ninguém pegar.
Voltamos pra casa e eu fui lavar as mãos pra comer, corri até a cozinha e nosso lanche já estava pronto, comi rápido o meu lanche e entrei no meu quarto, não posso mentir isso tudo tá me deixando muito animado.
Logo depois Mabel entrou no quarto e sentou em sua cama, a nosso mãe veio logo em seguida

Mãe:Só queria avisar que semana que vem começa as aulas de vocês, amanhã vamos comprar o material ok?
Mabel:Tá mãe

Nossa semana que vem já começa as aulas, queria ficar em casa pra sempre com a Mabel, desvendando mistérios e me divertindo com ela, mas infelizmente tudo que é bom não dura pra sempre.


Notas Finais


Desculpa se tiver muitos erros, não estou afim de corrigir agr
Espero que tenham gostado
Vlw Flw ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...