História Pink Diamond-Return - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Exibições 26
Palavras 645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bom eu queria agradecer a todos que leem minha fics em especial ~Lyre-kun que comentou no ultimo capitulo valeu.
e mais um capitulo fresquinho pra vocês.

Capítulo 6 - Rubi e Perolas


Fanfic / Fanfiction Pink Diamond-Return - Capítulo 6 - Rubi e Perolas

*Steven on*

Garnet avia saído atras do garoto Ólivin, a algum tempo Connie tentava me acalmar, estava andando de um lado para o outro quando vi uma coisa no chão, era o objeto que tinha derrubado Garnet, o peguei do chão e o observei, parecia um desestabilizador de gem mas era diferente, porque não pufou, um barulho me tira dos meus pensamentos, era uma batida porta olhei, la batendo na porta avia um Rubi? ele tinha uma aparência parecida com o que compõe Garnet, mas sua pedra não estava a vista, não tinha a faixa na cabeça mas tinha um colar com uma pequena pedra preta no pescoço, tinha um sanduíche enorme em uma mão e com a outra batia na porta, em seu rosto tinha um sorriso amigável, ele olhou pra mim.

- é oi criança - disse ele, com o canto do olho vi Connie mover sua mão em direção a espada, e o rubi também.

- ou ou ou, não viemos aqui para lutar, nos viemos buscar um garoto gem ele ta aqui - o garoto, bem que Garnet falou que homeworld viria atrás dele mas isso foi rápido.

- oi, da pra abrir a porta - 

- não Ólivin não ta aqui - disse Connie já com a espada em mão.

- cansei disso - falou uma voz vinda de algum lugar atrás do rubi, que parecia ocupado com seu sanduíche.

- não espera só mais um pouco eles vão colaborar - quase no mesmo instante em que o rubi disse isso algo cortou a porta e parte da parede assim derrubando a mesma, convoquei meu escudo e Connie sacou sua espada.

- haaaaa, que parte do podemos resolver isso sem violência - disse o rubi aparentemente irritado.

- a parte do sem violência - disse uma perola que acabara de entrar, mas avia algo de diferente nela, era definitivamente uma perola mas tanto seu cabelo quanto sua perola eram pretos estava vestida com as roupas normais de uma perola mas tinha uma jaqueta de couro e uma enorme foice de ceifeiro apoiada em seu ombro, ela entrou lentamente e olhou para mim e Connie.

- bom, então é nisso que se transformou Rose, em uma criança, que pena tinha contas para acertar com você sua vadia, mas antes - disse levantando Connie pela camisa.

- onde esta o garoto - oque eu faço, estamos sozinhos contra duas gems, e como se atende se meus pensamentos o teleportador se ativa, olho e vejo Ametista e perola chegando.

- oque ou... - Rerola ia falar algo mas ficou sem fala ao ver a perola negra.

- oou - disse Ametista pegando seus chicotes e rolando em direção a perola negra.

Aproveitei que a perola negra soutou Connie quando Ametista a atingiu, nos dois avancemos contra o rubi que se defendia com uma facilidade, meu escudo só servia para atacar pois o rubi não revidava, diferente da perola negra que deu um chute, jogando Ametista para sima e outro que a arremessou na parede seguido de sua foice que a pregou na parede pela testa assim pufando a mesma.

- como se um lixo da terra pudesse me derrotar, e agora - disse ela se aproximando de perola.

- não sai daqui sai de perto de mim nãoooooooo - perola estava histérica e seu grito foi muito alto, nesse momento de distração que o rubi pegou sua arma de sua joia que se localizava em suas costas, que era uma corrente com uma pequena bola em uma das pontas e enrolou eu e Connie, já a perola negra ergia perola com uma das mãos.

- lixo, é isso que você é, empregadinha, um monte de lixo em forma de perola - ela levantou sua foice mas algo a deteve, uma pequena nuvem de poeira na praia que baixou vagarosamente revelando uma Garnet enfurecida.


Notas Finais


bom agora sim, não sei se sou bom escrevendo cenas de batalhas mas que tal, e black pearl. ou o rubi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...