História Pinkcorn e o E.T mal dotado (Yoonseok) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Cross Gene, EXO, Seventeen
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Cl, G-Dragon, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Jihun "Woozi", Lu Han, Rap Monster, Suga, T.O.P, Terada Takuya, V
Tags Baekhyun, Baekyeol, Bigbang, Black Pink, Chanbaek, Chanyeol, Cross Gene, Gtop, Hoseok, Jennie, J-hope, Jihope, Jikook, Jimim, Jin, Jungkook, Jyoongi, Luhan, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Suga, Sugajennie, Taehyung, Taekuya, Takuya, Top Yoonseok, Vhope, Woozi Jirin, Yoonjin, Yoonnie, Yoonrin
Exibições 68
Palavras 1.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ooieeeen? Voltei? Sim. Se vai o especial de Chanbaek por que eu tô sem tempo mas ansiosa? Puff. Claro que não XD
Assim, ficou meio tipo, não ficou bom como eu esperava mas deu trabalho. Não ficou do tamanho que eu queria também, mas novamente, deu trabalho. Então espero que gostem.
Vamos ler essa porra logo.
Boa leitura.

Capítulo 15 - BÔNUS: Chanbaek/ Bacoruja


Baek'S POV

Chanyeol estava me arrastando como se fosse um homem das cavernas.  Caralho filho de viado gostoso sem pau, eu não sou um boneco não. Ah não ser que queira me fazer de boneco sexual e me tacar na cama. Aí eu deixo.  Ele me arrastou por todos os corredores da escola e paramos quando chegamos bem no final. Não tinha ninguém. Estávamos completamente sozinhos e eu estava muito nervoso mesmo.  Queria ir embora, queria ficar com ele. Só queria fazer algo, mas não sei o que.

-Byun Baekhyun...
-Eu mesmo, Park Chanyeol
-Gosta de mim mesmo?
-Gosto muito
-Por que.. Por que não falava?
-Tinha medo de você não gostar de mim?
-Por que não gostaria?
-Você é tão lindo e tão descolado.. Popular. E eu sou só.. Um nerd idiota da porra do terceiro ano estendido e pré-avançado.  Quem disse que você gostaria de mim? Você não é o tipo de cara que gosta de caras tipo eu
-Que?  Baek... Eu gosto muito de você
-Mesmo?-Falei com os olinhos brilhando que nem puta quando vê a palavra motorola-Por que tem duas coisas que elas gostam. Não entendeu? Notas finais, a moça doente que escreve explica.
-Sim. Não acredita?
-Não é isso. É que…
-Baek! Baekhyun.. Eu não gosto de você. Eu te amo desde o terceiro ano estendido. E olha que estou no terceiro ano estendido avançado final.  Eu penso em você todos os dias. Sempre que o sol brilha, eu já acordo pensando que você deve ter sorrido alguma hora pra emprestar o brilho pra ele. Penso sempre se você me notará na escola, ou se eu sou popular de mais pra um nerd comum olhar pra mim. Penso se você me notaria se eu estudasse mais.. E hoje eu descubro que você gosta de mim?  Confesso que gostei do plano. Mostrou que se esforça para ter minha atenção, mas não precisava. Era só você chegar e falar. Eu te amo. Estou tão feliz que poderia estar saindo um unicórnio do meu cu e de quebra, um elfo também
-Você parece um elfo com essas suas orelhas, anjo-Ele corou forte-E é muito foto
-Para de me deixar sem graça. Eu deixo você primeiro, ok?
-Tá... -Corei.
-Falei. Enfim. Eu sempre sonhei em ter você pra mim. Poder te fazer feliz e sorrir, e essas viadagens cor de rosa todas aí do mundo. Queria poder te ver todos os dias com a certeza de que você é meu e de que não me deixaria ou tocaia. Queria poder ser livre pra mostrar a você e ao mundo, todo meu amor e ciúmes e possessão também-Ele disse rindo e me fez rir também-Byun Baekhyun... Quer namorar comigo? Você aceita ser minha branca de neve?
-Sim, Dumboruja!-Eu agarrei ele chorando e o beijei calmo.

E logo o beijo calmo virou intenso e cheio de desejo. Muito quente mesmo.  Estávamos  nos beijando de modo desesperado. Me impressionei ao perceber que sua ereção já estava grande e mais ainda ao ver que a minha também.

-Já? Sim.. Espero tanto tempo por isso-Falamos em coro e rimos um ao outro.
-Pro meu carro?-Ele disse me pegando no colo.
-Agora-Eu disse mordendo o pescoço dele.

O mesmo gemeu e foi apressado. Ele me tacou no banco de trás e entrou fechando a porta. Ele se colocou em cima de mim e me beijou forçando minha cintura pra cima. Eu gemi e o mesmo sorriu. Ele tirou minha blusa e foi descendo dando chutões, mordidas e lambidas por toda a extensão do meu corpo até chegar no cós da calça e chupar minha cintura flexionando a língua. Eu gemia de modo pré-desesperado e senti minha cueca melar toda de pré-gozo.
Ele desceu suas mãos de modo gentil e retirou minha calça. Ele beijou meu membro por cima da cueca me fazendo soltar gemidos e suspiros. Eu não sabia que transar era tão bom, e nós nem havíamos feito nada ainda. Ele a desceu e sem cerimônia, introduziu todo meu membro em sua boca chupando com vontade e rápido. Eu gemia alto puxando os cabelos dele e implorando por mais. Ele atendia a cada pedido meu indo cada vez mais fundo me fazendo tombar a cabeça pra trás (…) Senti minhas veias pulsarem forte e sabia que gozaria. Assim como ele também sabia, então ele parou e sorriu.

-Ainda não, mocinho!-Ele deitou no sofá e me puxou de leve.

Eu olhei ele nervoso e o mesmo sorriu fofo.

-Não precisa ter medo.. Confia em mim.

Eu sorri e coloquei seu membro em minha boca devagar. Eu chupava rápido e de modo desengonçado. Seu membro batia em minha garganta causando um incômodo bom. Ele gemia, puxava meus cabelos forte e gritava meu nome. Eu sentia muito tesão, muito tesão mesmo.. Eu queria ele dentro de mim. Ele gozou sem avisar e eu confesso que eu amei, senti a porra quente dele dentro da minha boca era muito, muito gostoso. Escorreu um pouco pelo canto da minha boca e eu limpei com a língua. Ele me olhou mordendo os lábios e puta merda, como foi sexy. Fiquei muito mais excitado que antes.

Ele me sentou de modo gentil em seu colo e me beijou desesperadamente. Andando com sua língua por cada rua da minha boca, até descobrir o nome de todas elas. Chanye fez carinho em meu rosto com as costas da mão e sorriu me dando vários selinhos. E então ele sussurrou em meu ouvido.

-Amor..posso?-Primeira vez que ele me chamou de amor, corei forte.
-Po-pode..
-Confia em mim, ok?
-Tudo bem...

Eu estava com medo, mas confiaria nele assim como ele disse. O mesmo me deu uma leve levantada e me pois de joelhos no banco. Ele introduziu um dedo em minha entrada e eu gritei muito alto, choramingando de dor e  senti meus olhos se encherem d'água. Ele enfiou outro piorando a dor e começou a mexer de modo cincular para 'alagar'. Ele percebendo a dor, começou a distribuir beijos por toda minhas costas.

-Dói, eu sei. Mas passa(…)

Logo a dor foi diminuindo e eu sentia cada vez mais vontade de tê-lo dentro de mim. Eu rebolei em seus dedos e dei uma leve gemida. Ele tirou seus dedos de mim e me sentou em seu colo penetrando seu membro de leve me fazendo gemer alto. Ele começou a movimentar o quadril pra cima penetrando rápido e eu comecei a gemer…quando percebi já estava gritando e implorando por mais, enquanto o mesmo me masturbava rápido e chupava meus mamilos. Ele ia fundo e estocava forte, atingindo meu ponto máximo de prazer... Eu não aguentei muito mais tempo e acabei gozando todo seu abdômen. O mesmo gozou me preenchendo por completo, quatro estocas depois e terminou tudo com um beijo lerdo e calmo.

-Park Chanyeol.... Eu te amo
-Eu também te amo, Byun Baekhyun... Amo muito.

[…]

Faziam dois anos que eu namorava o Chanyeol, a Omma dongsaeng já  estava na terra terminando a escola para poder casar e eu conversei com ele. Ele disse que eu já tinha 20 anos e que deveria falar com meus pais. E era isso que eu iria fazer. Estava na porta de casa esperando Chanye, que chegou dois minutos atrasados. Mas eu vou desculpar. Ele estava de óculos, estava lindo.

-Amor-Ele disse baixo e me deu um selinho rápido-Perdão, não tava achando os óculos
-Imaginei que foi por isso. Só desculpo por que que está fofo-Sorri alegre e nervoso-Va-vamos?
-Sim.. Calma. Vai dar certo, ok?-Ele segurou minha mão forte me passando segurança-Eu estou aqui e não te deixarei, não importa o que ele digam.
-Te amo-Sorri doce.
-Também o amo muito…meu pequeno byun...

[…]

-O QUE?  VOCÊ É GAY?-Falaram os dois juntos.
-Sim. E namoramos a dois anos.. Quase três
-Termina agora e vai arranjar uma namorada. Coisa de menino descente.
-Não. Eu amo o Chanye
-Eu também o amo, senhor e senhora Byun.. Ele é maravilhoso.. Não estamos fazendo anda além de amar
-Amar errado
-Não tem essa de amar errado.. Amor é amor. Desde que seja são e verdadeiro
-Byun Baekhyun, não aceitamos isso. Ou você larga ele e vira homem. Ou sai dessa casa-Meu pai disse autoritário e eu comecei a chorar.
-Não podem fazer isso... Eu não tenho pra onde ir
-A escolha é sua
-Tem sim, meu amor. Não liga, ok? Eles vão te deixar mais eu estou aqui pra você.. E você é homem sim. Muito mais que seu pai está sendo agora.. Byun Baekhyun, sei que não é hora para isso mas não vejo outra senão agora.. Quer casar comigo?
-Sé-sério?
-Muito, meu amor-Ele abriu uma caixinha com dois anéis lindos e estendeu na minha direção.
-Baek-Minha mãe dizia cautelosa-Se aceitar des-herdamos.
-Não quero seu dinheiro. Ele é preconceituoso e não vê amor. Claro que aceito-Eu coloquei o anel e dei um selinho nele-Além do mais, já, fui chamado pra ser engenheiro da NASA quando morei na Terra ano passado.. Não preciso de você. Te amo, Chanyeol
-Também te amo-Ele colocou o anel dele e me abraçou bem forte. Eu comecei a chorar.
-Obrigado por não desistir de mim
-Obrigado você, por me amar durante esses anos.

Eu estou tão feliz…finalmente sou livre. Para dar meu cu..

-Let it go let it go. Não posso mais segurar. Let it go, let it go. Pro Chanye meu cu eu vou dar…

Quem diria... Hoseok é mesmo a Rainha Izabel dos gays.. Eu vou me casar com Park Chanyeol...


Notas Finais


Motorola= Moto/rola. XD
Ynhaaaa. Até o próximo bônus. Beijos, morangos e abraços. Amo vocês.
* ___ *


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...