História Pitch Bechloe Perfect - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Escolha Perfeita (Pitch Perfect)
Tags Bechloe, Pitch Perfect
Visualizações 161
Palavras 1.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Decolar era um problema para Chloe, ou será que não era tão ruim assim?

Capítulo 6 - Decolagem


Beca

 

Estava em pé ao lado da poltrona, olhando minha melhor amiga e um desconhecido, eles estavam rindo e pareciam muito próximos,  alguma coisa ali me incomodou, aqueles sorrisos todos, preferi não ficar pensando besteiras, nem tinha tempo pra isso, precisava mostrar para ruiva que eu estava ali, indo para o Havaí com ela e.... com as outras Bellas claro, e também a ruiva já deu muita atenção para esse ,..esse...para esse....bonitão, resolvi mexer com ela e perguntei se eu estava atrapalhando, óbvio que eu não estaria, foi quando ela se virou pra mim:

- Beca? - aquele olhar, como eu sentia falta.

- Oi Chlo!!! - ela se levantou toda sorridente e me abraçou, foi um abraço tão apertado, tão gostoso, tanto que parecia que só existia nós duas ali, senti uma proteção, uma paz, fiquei me sentindo diferente com aquele abraço, nãaaoooo, pensando bem, tinha a ver com o fato de não nos vermos durante um tempão, era saudade!!! Certeza, saudade da minha amiga mais querida de todas.

- Becs como assim você está nesse avião?? Pensei que não poderia ir em função do trabalho...

- Ah Chloe uma longa história, depois eu prometo te contar pode deixar, mas o importante é que estou aqui, e vamos para o Havaí!!!

- Ai amiga simm!!! - Ela me deu um lindo sorriso e me abraçou de novo, era tão bom - mas Beca e o Jesse?

 - Oi ?? Ah o Jesse, ele não pôde vir, conseguiu trabalho para fazer a nova trilha sonora de um filme sinistro a que ele tanto queria vai  ter que ficar 2 meses em Los Angeles acredita?.

- Que bom!! - Chloe deu uma leve pigarreada - quero dizer , que bom ele conseguir esse trabalho, isso é bem importante para ele.

De repente a aeromoça se aproximou:

- Senhoritas, desculpem atrapalhar, percebo que estão em uma conversa animada, mas precisam sentar e colocar o cinto, vamos decolar em 5 minutos.

Tinha esquecido que estávamos no avião, nos sentamos e colocamos o cinto de repente o desconhecido me encarou, olhou para a Chloe e disse:

- Chloe não vai me apresentar a sua amiga também? - como assim me apresentar?, por que ele achava que teria que me conhecer??, por acaso era namorado da Chloe? ou algo assim? Será que era? - Olá sou Bryan Denver, o novo amigo da Chloe -  ele olhou para a Chloe e deu uma piscada, simultaneamente estendeu a mão para que eu o cumprimenta-se.

- Rebeca Mitchell - resolvi cumprimentá- lo, também o moço não me fez nada - Vocês se conhecem a muito tempo?, Chloe por que nunca me falou dele antes? - Chloe me olhou confusa, pensou um pouco e então:

- Ah não Beca, não o conhecia também, na verdade mal o conheço, só um pouquinho porque nos esbarramos antes de embarcar e ele pegou a bolsa para mim do chão - Claro, só o que me faltava, cena de filme então, muito manjado pro meu gosto.

- É Beca - Bryan se pronunciou, mas espera, ele me chamou de Beca?? que intimidade era essa?? - conheci a Chloe hoje, mas se depender de mim nos conheceremos pelo o resto da vida - Ah não, ele não poderia ser mais clichê, Chloe não podia estar encantada com todo esses galanteios baratos vai.

- Já falamos sobre isso não é mesmo Bryan - Chloe o encarou e deu um sorriso tímido.

-Ah sim claro, desculpa de novo - ele sorriu.

Ouvi o som do avião,  o piloto nos avisando que estava taxiando e que em instantes decolaríamos, eu estava um tanto apreensiva, mas notei que Chloe estava muito pior que eu, ela apertava com força os dois braços da poltrona, a ruiva definitivamente estava angustiada e nervosa,  nunca tinha presenciado isso nela, ela sempre estava calma, alegre e pronta para ajudar, foi quando eu vi o tal de Bryan segurar a mão dela, ela virou para ele e deu um sorriso meio sem graça, mas percebi que ela gostou do gesto, não pensei duas vezes e no impulso segurei a outra mão dela, ela me olhou surpresa, mas me deu um sorriso também, apertava  forte a minha mão, me senti muito bem, mostrei para ela que estava ali pra ela também e acho que deu certo pois logo ela soltou a mão do Bryan, decolamos e o avião se estabilizou no ar, ela também soltou minha mão e nos agradeceu pelo gesto, se levantou e falou que iria ao banheiro.

Olhei para o lado e Bryan estava com um sorriso no rosto, me olhou por um instante e depois olhou para frente sorrindo novamente,  porque algo nele me incomodava tanto?, claro que o fato dele ser bem atirado também não ajudou em nada para eu me simpatizar com ele, virei para frente e fechei os olhos, estava feliz por estar com Chloe, finalmente, ela era muito especial para mim, mas ai me lembrei novamente do  Cavalheiro Galanteador aqui do lado, pelo visto aquela viajem ia ser mais  longa do que eu imaginava!!

 

Chloe

 

Fui para o banheiro porque era muita coisa para digerir, primeiro Beca estava ali comigo, que sonho, sem o Jesse ainda por cima, ela me pareceu tão amável, tão tranquila, não via Beca ser muito assim, ela sempre foi de esconder seus sentimentos, durona, e ai ela vai e segura a minha mão  no meu momento apreensivo, aliás duas pessoas seguraram a minha mão, fiquei agradecida quando Bryan segurou minha mão confesso, mas quando senti a mão de Beca na minha, uma corrente elétrica passou por todo o meu corpo, como ela podia causar isso em mim com um simples toque? e porque ela também segurou minha mão? Será que ela ficou com ciúmes do Bryan?, Ah claro que não Chloe para de ser besta, é óbvio que ela segurou sua mão porque queria te apoiar como qualquer outra amiga faria, bom, mesmo assim o fato é que aquele toque não saia mais da minha cabeça, queria poder sentir mais daquele toque, não importava que ela não sentia o mesmo, eu estava muito mais feliz com outra coisa,Beca estava ali, indo para o Havaí comigo, e só isso importava.


Notas Finais


Tentarei postar outro capítulo ainda hoje gente!! Espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...