História Pizza - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desafiosdefanfics, Umahistoriadenatal
Exibições 33
Palavras 420
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Festa

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oii,
aqui vou eu de novo, tentar ganhar.
Espero que eu fique um pouco mais próxima do primeiro, foi muito bom ter recebido 14,6.
Por favor me perdoem os erros.
Brigada.

Capítulo 1 - Sem peru?


Fanfic / Fanfiction Pizza - Capítulo 1 - Sem peru?

Por onde começar? Vamos partir do dia que meus pais decidiram colocar eu, minha irmã Molly e minha outra irmã Nadine num carro e irmos para a casa dos meus avós. Não, não estou animada pra isso, provavelmente vamos passar o natal todos encolhidos na sala de estar dos meus avós, que coincidentemente tem uma lareira, comendo e assistindo filmes  proféticos, acredito que acontece na casa de muita gente. Lembrando, comemos coisas gordurosas, afinal, somos gordinhos e amamos coisas boas e deliciosas.

Mas ainda assim, papai insistiu em cair na estrada, num dia frio e chuvoso, porque alguém, no caso eu, teria que ir comprar a comida no fim de tudo, junto de mamãe.

Encare os fatos, Gisele, você iria amanhecer com a sua vó te chamando e te mandando numa pizzaria, como sempre a pessoa gentil, no caso, eu, teria que levantar e sair com a mamãe. Bem, era sempre assim, ela fazia comida o bastante para nós comermos e nunca gostamos de almoçar peru, pois algo nele nos incomoda, pelo menos depois de amanhecido, vovó pedia pra irmos buscar a pizza e nós iriamos:

- Ei! Gisele- Molly chamou- Eu sou um unicórnio- mostrou a toca do seu pijama e eu ri.

- Sim, é um unicórnio- falei- E eu sou a princesa que monta nele.

- Você não pode montar em mim- ela negou com a cabeça- Sou muito mais baixa e menos pesada que você- falou se espreguiçando e deitando no meu colo.

- Mas então... que unicórnio é esse do qual não posso montar?- perguntei-lhe recebendo apenas um sussurro de “Eu vou dormir agora”.

Olhei para janela, vendo alguns garotos montando bonecos de neve, isso me fez sorrir, com Molly se remexendo em meu colo, Nadine continuava mexendo no celular... viciada. Soltei um riso em sopro e ela me olhou:

- Como você acha que está à vovó e o vovô?- perguntou desligando o celular.

- Animada, com a dentadura e o óculos de sempre- ela riu- Da forma previsível.

- Você me entendeu- falou e eu assenti.

- Com certeza bem- garanti.

- Vocês estão falantes- falou papai- Geralmente no carro vocês não falam.

- Estamos com fome- disse junto dela.

Nossos pais riram e paramos no próximo fast food, gorduroso e de estrada.

Eu não vou narrar a viagem, mas posso dizer? Adoro as monotonias da festa, além de que é sempre engraçado ver eu e minha irmãs caindo no centro de patinação, ou, minha antissocialidade nas festas onde fico sentada no celular.


Notas Finais


Obrigada por ler e me dar uma chance. ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...