História Play Date {Vol:02 da Coleção D.o.l.l.h.o.u.s.e} - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin & Ally, Laura Marano, R5
Personagens Laura Marano, Personagens Originais, Ross Lynch
Tags Raura
Exibições 29
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Brian

Capítulo 2 - Estamos Ferrados


Fanfic / Fanfiction Play Date {Vol:02 da Coleção D.o.l.l.h.o.u.s.e} - Capítulo 2 - Estamos Ferrados

P.O. V Brian

- Tire a sua mão daí agora Jack! - digo tentando parecer revoltado.

- Mas você parece estar gostando - ele falou colocando dois dos seus dedos mais para dentro de uma das minhas partes íntimas.

- Jack - falo em forma de gemido. - Não... Brinque... Comigo - falo pausadamente tentando não começar a soltar gemidos altos.

- Então você está gostando - ele falou subindo em cima de mim e tirando os seus dedos. - Você quer o meu amiguinho, não quer?

- Quero - digo em sussurro. - Mas não agora.

- Porque não? - ele perguntou fazendo movimentos de vai e vem em cima de mim.

- Papai e mamãe então em casa - falo mordendo um travesseiro.

- Mas e daí? - Ele perguntou perto do meu ouvido.

Jackson dendê sempre foi muito retrovertido e nunca se importou com as consequências, mas isso deve estar no sangue dele, pois ninguém foi casa foi mimado pelo papai ou pela mamãe.

- Eles vão ficar bravos - digo com a respiração acelerada.

- Entendo - ele falou ainda fasendo os mesmos movimentos só que mais rápidos. - Mas irá valer a pena.

- Uhmm - gemo baixinho com o rosto cravado no travesseiro.

Essa não seria a nossa primeira vez, a minha primeira vez com o Jack foi quando eu tinha 14 e ele 15 e a primeira vez dele foi quando ele tinha 14, nós namoramos  escondido dos nossos pais desde os meus 12 pois nós, melhor, eu tenho medo da reação deles.

- Geme alto! - ele falou aumentando a intensidade dos movimentos.

- Ahhhhhh! - gemo fora do travesseiro deixando ele preencher o quarto inteiro.

- Isso! - eu sinto ele sair de cima de mim e logo depois as minhas causas serem abaixadas junto com a minha cueca. - Pronto? - ele fez essa pergunta retórica e logo depois colocou todo os seus 21cm dentro de mim ne fazendo berrar de dor e prazer.

- Ahhhhhhhhh!! - exclamo sentindo os movimentos fortes dele dentro de mim.

- Você é tão gostoso e apertado! - ele falou em um gemido acelerando os movimentos.

- Ahhhhhhhhh!!! - palavras são impossíveis de sair pela minha boca nesse momento.

- Geme mais alto! - ele me dá uma estocada forte me fasendo berrar. - Isso!! Muito bem! É assim que eu gosto!

- Ahhhhhhhhhhhhh!!!!! - esse além de ser alto foi agudo.

- A isso bebê! - ele disse alto. - Se prepara que eu estou vindo!

Ele começou a me masturbar para nós chegarmos juntos e foi oque aconteceu.

- Meninos é para vocês descer... - a Nataly ia continuar mas não acabou pois nós viu.

Eu cheguei no ápice mas como sempre ele foi mudo com a minha boca formando o "O" perfeito, mas ao contrário de mim, o Jack é daqueles que geme alto e foi oque ele fez.

- Ahhhhhhhhh! Ooooh Brian!!! - depois disso ele demorou e a porta bateu.

Eu não consegui falar nada a minha respiração estava descompassada. A única coisa que eu sei é que estamos ferrados.

P.O. V Nataly

Aí meu Deus!!!! Aí Meu Deus!!!

- Nataly você chamou eles? - minha mãe perguntou quando eu cheguei na sala. - Está tudo bem?

- Não!! - digo estérica tentando apagar a imagem dos meus irmãos transando.

- Oque ouve? - papai perguntou tocando no meu ombro.

- Eles estavam fazendo coisas! - digo cossando meus olhos em uma forma falha de apagar aquela cena.

- Que coisas? - a minha mãe perguntou me olhando suponho.

- Sexo - digo ainda com os olhos fechados. - Eu vi o Brian e o Jack fazendo sexo.

- Oque?! - papai perguntou um tanto bravo - Você está falando serio?- fasso que sim com a cabeça.

- Ross onde você está indo?! - ouso os passos dos dois na escada de madeira.

- Merda - sussurro para mim mesma.


Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...