História Play Date {Vol:02 da Coleção D.o.l.l.h.o.u.s.e} - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin & Ally, Laura Marano, R5
Personagens Laura Marano, Personagens Originais, Ross Lynch
Tags Raura
Exibições 21
Palavras 305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Ele está lá fora


P.O.V Alexa

- Bom dia seu Jorge

- Bom dia querida - ele falou em um tom carinhoso.

- Quem está aí? - pergunto curiosa.

- Um garoto, alto de olhos verdes, bonito - ele falou divagando. - Mas, ele está procurando o seu pai.

- Bom, pelo menos não é um dos amigos da minha irmã - falo sentindo a Nataly me fuzilar com o olhar.

- Sorte a dela - ele falou rindo.

- Qual é o nome dele? - pergunto um tanto curiosa.

- Ele disse que era Eidan - ele disse pensativo.

- Certo, espera só um minuto. - digo colocando o aparelho no meu ombro. - Pai, você conhece um Eidan, olhos verdes, alto, loiro, bonito? - pergunto curiosa.

- Sim, porque? - ele perguntou desconfortável

- Ele está ali fora, posso mandar ele entrar? - pergunto o olhando.

- Pode - minha falou com um olhar confuso.

- Certo - falo colocando o aparelho no meu ouvido de novo. - Você pode o mandar entrar.

P.O.V Ross

- Pai que é Eidan? - ouso o Brian me perguntar.

- Ele o meu... - eu não consegui terminar a frase pois o meu telefone começou a tocar. - Só um minuto.

LIGAÇÃO ON

- Alô? - pergunto avoado.

- Oi, Ross sou eu a Cristina - ela falou calma.

- Oi, era com você mesmo que eu queria falar, você sabe porque o Eidan está na minha casa, ou melhor em Los Angeles? - pergunto serio, afinal não era para ele estar aqui.

- Meu filho está aí?! - ela perguntou animada.- Porque?

- Eu não sei - falo pensativo. - Deve ser algo do meu pai.

- Olha eu vou para aí agora - ela falou e logo depois desligou.

LIGAÇÃO OFF

Logo depois disso ouso batidas na porta.





Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...