História Play of lifes (imagine Jimin) - Capítulo 23


Escrita por: ~ e ~Lula_Molusca

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Joo Heon, Jungkook, Kai, Ki Hyun, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Show Nu, Suga, Suho, Tao, V, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Jimin Bts Imagine
Exibições 178
Palavras 1.514
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Depois de tanto tempo olha quem voltou :3 Eusinha
Espero que estejam bem, primeiro cap do segundo arco yeiiii, escrevi umas 4 vezes esse cap, e esse foi o melhorsinhos, dei tudo de mim e espero que gostem.

Vocês podem esperar muita ação, pegação, mistérios e por ai vai para esse arco ^^

Boa leitura

Capítulo 23 - Que os jogos comecem!


Fanfic / Fanfiction Play of lifes (imagine Jimin) - Capítulo 23 - Que os jogos comecem!

Jimin On


Que droga! Como, alguém conseguiu invadir minhas contas? Agora por causa desse incomodo imprevisto vou ter que cancelar todos os meus planos com a (S/n) aqui em Páris.


Estavam todos na sala, alguns dos meninos já sabiam o que estava acontecendo, já outros não:


-Iremos voltar imediatamente para a Coreia! - Aviso a todos, que me olham surpresos.


-Mas por que Jimin? - Hope perguntou confuso, afinal essa notícia foi bem imprevista.


-Chegando lá eu conto. - Olhei para (S/n) disfarçadamente, e entendendo a mensagem Hope, confirmou. 


-Jimin já avisei o jato vai poisar daqui uma hora, o suficiente para arrumarmos nossas coisas. - Suga disse, e depois saiu para ir organizar as coisas.


-Ok, se arrumem e daqui 40 minutos apareçam aqui. - Todos saíram da sala, assim como eu e (S/n).


(...)


Depois que a uma hora se passou, fomos direto para o aeroporto particular,embarcamos no jato, e partimos para Seul, (S/n) esta a ao meu lado dormindo, como um anjo:


-Agora que a (S/n) dormiu pode contar o que esta acontecendo? - Hope indagou, pegando um copo de run.


-Alguém invadiu as contas, assim como o sistema, não falaram tudo mas pelo que entendi, roubaram informações valiosas, que podem expor a todos nós, estamos fudidos se isso for verdade. - Respondo Hope, cada vez mais eu ficava preocupado com tudo isso.


-Então temos que localizar a pessoa que fez isso, e dar um jeito de pegar as informações e destruir as provas. - Rap aparece do nada.


-Fala como se fosse simples Nam. - Hope fala para ele, que concorda com a opinião do mais velho.


-Já tem algum suspeito Jimin? - Perguntou-me Suga, na cadeira de trás.


-Ainda não, mas Jin tem alguma idéia de quem seja, embora ache que seja Jeon. - Meu tom mostrava a desconfiança que sentia.


-Hum, falando em Jeon Jungkook, por que foi que ele não veio? Afinal ele é um ótimo atirador, poderia ter sido bem útil. - Comentou Tae do nada.


-O respondo essa Tae, é ciúmes! - Quando Hope terminou a fala os meninos começaram a rir. 


-Para de falar merda Hoseok! - Grito.


-Ai nossa, revoltado o senhor hein, anda admite que tem ciúmes da (S/n) com ele. - Suga cutuca meu braço, e os meninos me olham com a cara "sabemos que sente"


-Ta bom talvez um pouco. - Olho para o lado ao falar, apenas para conferir se (S/n) esta a dormindo.


-Eu já sabia. - Namjoon deu de ombros. 


-Eu também. - Os meninos falaram em uníssono.


-Seus doentes, agora voltem para o lugar de vocês, pois chegando em Seul, vamos ter muito trabalho. - E assim eles fizeram, apoiei minha cabeça no banco e adormeci.


Jimin Of


J-hope On


Quem diria, Park Jimin com ciúmes, devo admitir que é até fofo, mas essa fixação pelo Jeon é meio estranha, dei uma leve risada e Tae me olhou:


-Ta fazendo o que Taehyung? - Dei um peteleco em sua testa, ele me olhou feio mas depois abriu quele sorriso quadrado.


-Admirando sua beleza. - Dei outro peteleco nele. -Aish Hope, pra que agredir? - Tae fez bico colocando a mão na testa.


-Larga de ser bobo, criatura! - Ele abaixou a cabeça, o que foi estranho, mas depois entendi era para pegar uma tampinha de refri que foi direto para minha testa.


-Só descontei os petelecos! - O menino loiro cruzou os braços. -Quando é que você vai notar hein?... - V pronúncia baixo, mas pude ouvir.


-Notar o que? - Ele arregalou os olhos e ficou vermelho como uma pimenta.


-Eu não disse nada. - Ele falou tudo embolado, e rápido e dava para perceber como estava nervoso. -Esquece, hahaha foi besteira.


-V você ta me assustando. - Coloquei a mão em suas costas. 


-Viu o anime que lançou agora? - O menino desvia de assunto.


-Junjou romantica? - Eu não fazia idéia.


-O que?!! Claro que não, da onde você tirou esse nome? - Ele engoliu em seco, e começou a brincar com os dedos. 


-Na sua lista de animes ué! - O respondo e ele abre a boca.


-Eu não vejo isso, deve ter sido alguém querendo me zuar. - Ele escorou a cabeça na poltrona.


Ficamos um tempo falando sobre coisas aleatórias, tipo muito aleatórias, conversamos sobre ornitorrincos, e Dragon Ball. Ele dormiu, coloquei meus fones e uma música aleatória começou a tocar, com uns 3 minutos de música, senti a cabeça do V cair em meu ombro, como não queria acorda-lo deixei ele no mesmo lugar, senti meus olhos pesarem e o sono chegar.


J-hope Of


(...)


Jimin On


Com o impacto do jato pousando acordei assim como todos, pegamos os carros e fomos para "casa", pedi para que (S/n) ficasse no quarto dela, lendo ou assistindo tv, fomos para a sala de reunião, todos menos Jeon, pedi para que ele ficasse cuidando de uma coisa qualquer como desculpa. Os meninos do B.A.P estavam sentados junto com Jin a mesa:


-Finalmente chegou Jimin! Temos muito para conversar. - Yoo se levantou e veio me cumprimentar assim como os outros meninos.


-Me atualizem, quero saber tudo o que aconteceu, dos documentos que foram roubados as pessoas que estiveram nesse lugar. - Disse ríspido, e logo se voltaram para as anotações de Jin, foi assim que demos início a reunião, mais importante de todas, afinal se fossemos expostos perderíamos tudo.

(S/n) On


Jimin falou para subir, por que? Simples ele vai ter uma reunião com os meninos sobre alguma coisa que ele não quis me contar, tudo bem que na cabeça dele é tipo "Estou protegendo ela", mesmo assim o que seria tão ruim a ponto de termos que pegar um jato do nada? Acho melhor deixar isso prá lá. Eu ainda nem vi o Kook e o Jin, estou com saudade dessas dois.


Fui para o meu quarto e me joguei ma cama, liguei a tv e estava passando uns mv's qualquers. Depois de cansar de ouvir música, peguei o livro O pequeno príncipe, embora já tenha lido ele centenas de vezes, ainda me encanto com ele. 


Se passou uma hora, e nada de senhor Park, como eu não sou curiosa nem nada, calcei meus sapatos e fui para aonde eles estariam, caminhava com cuidado, para não chamar atenção dos guardas. 


Chegando no corredor vi a porta enorme de madeira com entalhes de leões, muito bonita por sinal e encostei minha cabeça para ouvir a conversa:


-Por isso precisamos colocar mais 6 nessa parte! - Era a voz grossa do Nam, mas 6 o que? Do que eles estão falando?


-Discordo ai é um ponto vulnerável da casa, seria melhor colocar nessa parte. - Agora foi o Yoongi discordando do Nam.


-Como faríamos isso? Precisamos colocar ao menos 12 nessa área. - Acho que foi o Zelo que se pronunciou.


-Sabia que é feio escutar a conversa dos outros? - Me assustei um pouco, mas como sabia de quem era a voz apenas sorri e me virei para ele.


-Kook, senti sua falt... - Antes que eu pudesse terminar minha frase ele me abraçou.


-Que bom que está bem (S/n)! Fiquei preocupado com você sua louca. - Retribui o abraço, e o vi abrir um sorriso. -Vamos sair daqui (S/n). - Jeon pegou em meu pulso com delicadeza e me guiou até um lugar que ei desconhecia. Um quarto não muito pequeno, com uma cama simples cobertas por um lençol azul claro, uma estante cheia de livros, e um vaso cheio de flores que dava um ar menos pesado ao local.


-Aonde estamos? - Perguntei o encarando.


-Meu quarto ué. - Respondeu como se fosse óbvio, nos sentamos na cama e um clima estranho pairou sobre o ambiente.


-Jeon, por que o Jimin não te chamou para a reunião? - Minha voz saiu meio falha, estava receiosa quanto a resposta que ele me daria.


-Acho que o Jimin não confia em mim (S/n), sabe tivemos nossas diferenças. - Ele me respondeu direcionando seu olhar para minha boca.


(S/n) Of


Jungkook On


(S/n) estava linda como sempre, seu olhar, sua pele tudo nela continuava perfeito, embora meu plano tenha falhado... Suho fez um bom trabalho, não entendo do porque ele se matou, que idiota:


-Jeon tudo bem? Esta tão calado. - A mulher passou a mão em frente meus olhos, me retirando de transe.


-Estou sim, não se preocupe estava apenas pensando. - Meu olhar estava baixo, mas assim que a olhei pus um pequeno sorriso em meus lábios.


-Jeon, não acha que o Jimin mudou? - Sua voz transparecia alegria, assim como sua expressão.


-Realmente ele mudou, tudo graças a você (S/n). 


"Fujam! Não fiquem aqui!"


Um flash do meu passado surgiu, me fazendo ficar tonto e me lembrar de tudo.


"Papai eu te amo!" - Ela estendia suas pequenas mãos até mim, pedindo para que eu a pegasse no colo.


-Jungkook! Você esta muito pálido! Está bem? - (S/n) se assustou e começou a se preocupar comigo. -Vou pegar um copo de água, já volto. - Ela saiu correndo, e eu nada disse.


"Amor venha" - Ela grudou seu corpo com o meu, e sorrimos para tirar nossa primeira foto juntos.


Meus remédios, onde eles estão? Comecei a bagunçar minha gaveta a procura deles, mas não consegui encontra-los. Levantei-me meio cambaleando e fui até o banheiro, esbarrando nas coisas, me olhei no espelho e disse a mim mesmo:


-Park Jimin, você vai pagar por tudo qme causou...





Notas Finais


Foi isso, foi meio fraco mas estamos apenas começando, já suspeitam do que vai acontecer no próximo?
Espero que tenham gostado de verdade, e desculpem por qualquer erro.


Estou escrevendo outra fic com a Baekhyun eo Sehun se chama "Algemas do passado" vou deixar a sinopse para quem se interessar:

Se passaram 4 anos, des de que fui humilhada! Pisada, e usada pela pessoa que dizia me amar, a voz desse homem ainda me afeta, embora nunca mais eu tenha visto ele, Byun Baekhyun, esse é seu nome, a pessoa qual eu amei, me entreguei e que me tratou como um pedaço de carne, me mastigou e depois cuspiu.

Agora finalmente depois desse tempo, achei alguém que me faz bem, me ensinou a amar novamente Sehun o nome pelo qual eu chamo, sua timidez, seu jeitinho tudo nele é perfeito... mas eu estou amarrada ao meu passado, e ele nunca vai me deixar em paz, eu farei de tudo para proteger Sehun, passarei pelas mesmas humilhações por sua cousa, pois eu o amo. E dessa vou quebrar essas algemas que me prendem.

[+18/ Imagine/ Sehun e Baekhyun]



https://spiritfanfics.com/historia/algemas-do-passado-imagine-baekhyun-sehun-7614230

Bjs e unicórnios da Yuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...