História Play The Chords - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sherlock
Personagens Dr. John Watson, Personagens Originais, Sherlock Holmes
Tags Johnlock, Sherlock Holmes
Exibições 13
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Smoke


- And that's the final piece of this giant puzzle. - Sherlock terminou de explicar um de seus casos para Charlotte enquanto partia em direção à cozinha, e ela estava encantada com as palavras usadas pelo homem e sentia-se no mais puro deleite. Suas pernas estavam bambas, se atrevesse a se levantar do sofá, cairia, podia sentir ambos os membros tremendo.

- You shouldn't feel aroused just for... This. - John resmungou baixo o bastante para que apenas a irmã o escutasse, levando a xícara de café até seus lábios de forma lenta, para que pudesse soprar o líquido esfumassante.

- Jealous? - Charlotte perguntou sussurradamente ao pé do ouvido do loiro, que a olhou de esgoela e, antes que pudesse retrucar, ela já havia retirado a xícara de suas mãos e bebericado do líquido negro.

Já fazia um uma semana e meia que Charlotte havia aparecido no flat para esfolar o irmão com o buquê que ele enviou no trabalho dela. Era aniversário dela no dia, mas John sabia perfeitamente que ela não gostava de flores e odiava recebê-las. O discurso "uma flor para outra flor" sempre a fizera ranger os dentes. Flores eram delicadas e frágeis. Talvez Charlotte não pudesse ser tão não-delicada quanto queria, mas, definitivamente, ela não era frágil.

- Come on, John, you've made the same face the first time I stayed over. - relembrou com um pequeno riso, bebericando do café mais uma vez.

- I do not want to be indelicate, but, I'm starting to wonder what exactly you might be doing in my bed, ms. Watson. - Sherlock perguntou cautelosamente, observando a mulher que vestia apenas um roupão e repousava sobre sua cama, em seu quarto.

- You see, I'd never share a room with my brother.

- I understand, but I'm not sleeping in his bed.

- I see. Well, then we must sleep together, mr. Charming. I mean...- Charlotte passou a olhar para John. - Share the bed, as, like, sleep right beside each other. You don't mind it, do you, John?

- You're ridiculous. - John desabafou, vendo a xícara já vazia ser repousada sobre a mesa de centro, enquanto o pequeno pires ainda estava em suas mãos. - What about Harry? What happened between the two of you? You haven't spoken of her since you first stepped in this flat.

- I can't help it. And we're over it. I mean, you know me, I have my up and downs. None of my relationships has worked so far, but what can I do? Harry just felt right in that moment, just like mr. Charming feels so right right now. - a voz da mulher passou a abaixar gradualmente conforme Sherlock voltava para a sala e se sentava em sua poltrona, bebericando de sua xícara de chá e resmungando algo sobre estar entediado novamente. - I know this isn't very Brithish of mine but, bro, ya sure ya ain't gay? 'Cause mr. Charming over there is just so hot... - Chalotte falava em seu tom normal, e não se importava se alguém além de John, e até mesmo Sherlock, poderia escutá-la. - Damn! I need to light up a cigarette after watching him for so long. - em sua voz, a necessidade era forçadamente sexual, e algo havia pescado a atenção de Holmes por completo.

- Please, do. - o detetive pediu de imediato, repousando a xícara sobre o píres que sua mão segurava firmemente. O foco de seu olhar entava nas mãos femininas, onde a esquerda segurava um cigarro e a direita retirava um isqueiro do bolso da calça.

- Oh, dear, only if you beg. On your knees and right in front of me. - brincou, porém ainda sim deixando seu olhar firme nos anis do de cabelos quase que no mesmo tom que os seus. Um pequeno riso escapando de seus lábios ao ver que o homem estava falando sério ao pedir que ela realmente acendesse o cigarro.

- Please. Do it, please. - um riso nasal escapou de Charlotte, porque Sherlock estava de fato ajoelhado em sua frente. Levou o cilindro até seus lábios e o acendeu com calma, puxando o ar pela boca e enchendo seus pulmões com a química enquanto guardava o isqueiro. Agora, com a mão livre, segurou a mão esquerda de Sherlock e a levou até o joelho de John, fazendo-o segurar ali, mantendo sua mão por cima da do homem para garantir que ele não a tiraria.

Sem desviar os olhos dos de Sherlock, ela passou a liberar a fumaça lentamente, numa altura em que o homem pudesse deleitar-se com o cheiro do cigarro ao máximo. Os dedos longos apertavam-se contra o joelho do amigo, que precisou ajeitar a postura ao sentir um arrepio percorrer-lhe a espinha.

- This is much better than flower's scent. - Sherlock soou em ecstase, com olhos fechados e respiração profunda, quase falha, tamanho era sua satisfação.

- See? You should smoke, bother.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...