História PlayBoy! (Imagine Park Jimin) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), SHINee
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Taemin Lee, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Park Jimin, Kpop, Lee Taemin, Romance Escolar, Shinee
Visualizações 561
Palavras 1.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello^^

Capítulo 24 - Não caia nos joguinhos


Fanfic / Fanfiction PlayBoy! (Imagine Park Jimin) - Capítulo 24 - Não caia nos joguinhos


(S/N)   P. O. V




Estava tão distraída olhando pro nada que parei de costas pra porta da salinha que guardam as coisas. Saio imediatamente de meus pensamentos quando sinto algo pegar meu braço e me puxar pra dentro daquela sala.




Era Jimin, ao me fazer entrar na sala ele fecha a porta.




Eu: O que pensa que está fazendo? - Falo em um tom alto. Na mesma hora ele coloca o dedo em meus lábios para que eu me cale.




Jimin: Deixa eu adivinhar... Você veio me ver... - Da um sorrisinho malicioso.




Eu: Você acha mesmo que eu viria só pra te ver?




Jimin: Haha parece que sim, ficou olhando pra mim o jogo inteiro...




Eu: Eu... Eu fiquei? - Sinto meu rosto esquentar, fiquei envergonhada, acho que realmente, encarei ele o tempo todo...




Jimin: Você não tirava os olhos de mim haha... Mas, se não veio me ver... Você veio ver aquele seu amiguinho americano então... - Olha em direção a um ponto quaquer, tentando não olhar em meus olhos, com uma expressão fechada.




Eu: "Amiguinho"? - Ele tá falando do Jungkook? Ele não sabe que o kookie é meu irmão? Hm... Então ninguém falou isso à ele, acho que tô gostando da situação... - Na verdade ele é mais que um "amiguinho". 




Jimin: Hm... Na verdade sua vida não me interessa nem um pouco. 




Eu: Então me deixa sair daqui. - Tento sair mas ele me cerca. 




Jimin: Pelo jeito eu vou ter que ensinar o seu "mais que um amiguinho" a cuidar melhor do que é dele... - Ele diz sorrindo, ao colocar as mãos na parede atrás de mim, me cercando. 




Eu: O que quer dizer com isso?




Jimin: Nada... Vamos ao que interessa. - Ele chega mais perto encarando meu corpo. - Pra uma garota desleixada, você está bem arrumadinha hoje.




É verdade, ele nunca me viu sem uniforme antes, eu estava com um cropped de manga longa azul e um short jeans, um tênis e uma blusa amarrada na cintura, é o tipo de roupa que eu uso normalmente fora da escola. 




Ele se aproxima mais e mais, até que sinto sua respiração muito perto, encostou sua boca em meu pescoço num selar,  me arrepiei...




Jimin: E sobre aquelas garotas... não liga pra elas não, cuido delas mais tarde... - Falou em um tom malicioso e debochado. Isso me irritou tanto que não me segurei em falar.




Eu: Você não cansa de brincar com tudo que vê? - Falei em um tom de desprezo. 




Jimin: O que?  - Ele afasta um pouco do meu pescoço voltando seu olhar pro meu rosto. 




Eu:  Você não leva ninguém a sério, quando não está brigando com alguém, está brincando com os sentimentos de alguma garota. Eu vou falar só uma vez: Eu não vou entrar no seus joguinhos, não sou um brinquedo, quero ser levada a sério, e se você não vai fazer isso tem quem faça! - O impurro.




Ele ergue a sobrancelha surpreso, em seguida solta um riso debochando do que ouviu sair de minha boca. 




Jimin: Uau... Você é a primeira garota corajosa o suficiente pra me dizer isso, parabéns senhorita "seriedade", só não venha pra mim choramingando depois que eu esquecer da sua existência...




Ele ele abre a porta, parecendo um pouco irritado, sai da salinha com as mãos nos bolsos, e eu fico lá, ainda encostada na parede, quase no mesmo segundo, kookie entra com uma bola na mão. 




Kookie: O Jimin tá estranho hoje... - Ele fala pra si mesmo, logo depois percebe minha presença.  -  Ué, você estava aqui?  Estava falando com o Park?




Eu: É... Não!  Ele só veio procurar algo que perdeu e saiu rápido...




Kookie: Ele estava me encarando com um olhar mortal agora pouco,  fingi nem ter percebido, porque senão ele viria pra cima de mim, esse cara gosta de brigar. - Jogou a bola que estava segurando dentro do carrinho, então saímos da sala.




Eu: Pois é... Ele é estranho, nunca tente arranjar uma briga com ele, okay? Não estou afim de cuidar de você. 




Kookie: Uau, que irmã maravilhosa você é... -Falou em um tom irônico. 




{...}




Na volta do treino do Kookie, passamos na  casa do Yoongi. Batemos na porta e esperamos, até que um garoto de cabelo castanho liso, magro e alto, e bem bonito por sinal, abre a porta e me encara confuso. 




Kookie: Hoseok! Cara... Tá fazendo o que aqui?  - Diz, dando um abraço no garoto. 




Hoseok: Jungkook!  Eae, voltei ontem do Japão,  bem que eu achei que você viria.. - Antes de continuar a frase, vejo o Tae vindo em nossa direção, ao parar ao lado de Hoseok, coloca seu braço em volta do pescoço dele. Olho de relance pra Jungkook, ele parece ficar tenso, não entendi o motivo...




Tae: Ah... São vocês!  Entrem aí. 




Ao entrarmos, me deparo com um garoto de cabelos lisos caídos em sua testa,  ele tinha uma boca carnuda e bochechas fofas, ele estava sentado no sofá mexendo no celular. Pronto, mais um desconhecido muito gato,  o que está acontecendo aqui? 




Ao perceber nossa presença, esse garoto olha pra gente e sorri. 




Eu:... Oi! - Aceno pro garoto.




Jungkook: Eu sabia, Hoseok não voltaria pra Coréia sem você, Jin. - Disse ao olhar pro garoto. 




Fico meio sem graça ao ver que eu era a única que não conhecia esses dois garotos. Até que Namjoon aparece na porta da  cozinha com uma colher de pau na mão. 




Namjoon: Gente, alguma coisa na panela estourou... - Disse um pouco preocupado. 




Jin: Quem mandou esse garoto pra cozinha? Vocês querem explodir a casa? - Disse se levantando do sofá e indo até a cozinha. Todos rimos, Namjoon realmente não servia pra cozinhar. 




Tae: Então Hobi... - Ele, atrás de mim,  coloca as mãos em meus ombros. - Essa aqui é a (S/n), irmã gêmea desse guri aqui. - Põe a mão na cabeça de Jungkook, que estava ao meu lado. Olho pro kookie,  ele olhava pra Tae de um jeito estranho, mas não liguei, esses dois são estranhos mesmo. 




Hoseok: Irmã gêmea? Vocês não se parecem muito... (S/n) É mais bonita.  - Sorriu e eu fiquei sem graça. - Prazer sou Hoseok, Jungkook falava muito de você...




Eu: Sério?  Own... - Me aproximo de Kookie  na intenção de abraça-lo.




Kookie: Não encosta em mim... - Diz sem esboçar expressão. 




Eu: Tá...- Volto pra onde eu estava abaixando a cabeça, chateada. - Então foram vocês quem o Yoongi e o Nam foram buscar no aeroporto ontem né? - Voltei a falar normalmente. 




Jin: Foi! - Voltou da cozinha. - Prazer (S/n), meu nome é Seokjin... - Pegou minha mão e a beijou, fiquei envergonhada e surpresa, logo após ele riu de sua própria atitude.  - Tá, chega de formalidade. 




Nam: JIIIIIIN! - Grita da cozinha, logo após um barulho alto de alguma coisa caindo ecoa pela casa inteira.




Jin: Meu Deus Namjoon, para de fazer barulho!  O Yoongi vai acordar... - Ele volta pra cozinha. 




Eu: Falando em Yoongi... Cadê ele?


...








Notas Finais


Desculpem-me os erros! Bjs*-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...